Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.
Movimento Cidades pela Retoma, um exemplode mobilização cívica e de estímulo à reflexão    colectiva sobre o papel das cid...
‘vivemos o fim de uma dasmaiores narrativas do 25 de Abril eque alimentámos durante anosque era a esperança na melhoriada ...
‘a situação económicaexige a identificação denovas áreas de aposta ede novos métodos paramobilizar e alinhar asenergias in...
‘as cidades são o territórioprivilegiado das políticas públicase de concentração do potencialeconómico, social e infra-est...
As cidades são uma das principaisheranças que recebemos daprodução colectiva… expressamdiferentes formas de vivência econf...
‘como podem ascidades e as suascomunidadescontribuir para aretoma, reformaou transição?’
‘todas as cidades têm micro-histórias que podem fazer delascidades globais’‘temos de procurar asparticularidades que torna...
COMO NÃO HÁ MILAGRES…MOVIMENTO ‘CIDADES PELARETOMA, REFORMA E TRANSIÇÃO’Iniciativa cívica colectiva dedicada a discutir o ...
MOVIMENTO ‘CIDADES PELA RETOMA, REFORMA E TRANSIÇÃO’               OUT 2010                                               ...
MOVIMENTO ‘CIDADES PELA RETOMA, REFORMA E TRANSIÇÃO’                   AMBIENTE E            TECNOLOGIAS                RE...
MOVIMENTO ‘CIDADES PELA RETOMA, REFORMA E TRANSIÇÃO’               MOBILIZAÇÃO
globalcity.blogs.sapo.pt                                      ‘GLOBAL CITY 2.0’                                         NE...
‘GLOBAL CITY 2.0’           rede informal global de           ‘movimentos cívicos de           cidade’           espaço de...
GLOBAL CITY 2.0mapa global de ‘blogues ousites de ruas, bairros,vilas ou cidades’promovidos por cidadãos,grupos (formais o...
PROJECTOS URBANOS ‘BAIXO-CUSTO’ E              ‘ELEVADO BENEFÍCIO’                                     contribuir com idei...
Inspirado conceito LQC - Lighter,                                               Quicker, Cheaper que se baseia nos        ...
•projectos de baixo CUSTO, essencial num momento de pouca disponibilidade de recursos (públicosou privados);
•projectos de baixo CUSTO, essencial nummomento de pouca disponibilidade de recursos(públicos ou privados);
http://www.guerrillagardening.org/•projectos de baixo CUSTO, essencial num momento de pouca disponibilidade de recursos (p...
Limpezas                                                performativas                                                www.c...
•projectos cuja identificação e proposta parta da COMUNIDADE, respondam a um interesse colectivo ese desenvolvam num conce...
‘communal oven also becomes a focus for social life                                                (“focus” is Latin for “...
•projectos cuja identificação e proposta parta da COMUNIDADE, respondam a um interesse colectivo ese desenvolvam num conce...
•projectos CIRÚRGICOS, respondam a problemas ou necessidades concretas e espacialmente bemlocalizadas ou valorizem competê...
•projectos CIRÚRGICOS, respondam a problemas ou necessidades concretas e espacialmente bemlocalizadas ou valorizem competê...
•projectos de CURTO PRAZO, de execução rápida e visível;
•projectos de CURTO PRAZO, de execução rápida e visível;
•projectos de CURTO PRAZO, de execução rápida e visível;
•projectos de CURTO PRAZO, de execução rápida e visível;
•projectos de CURTO PRAZO, de execução rápida e visível;
•projectos que incorporem CONHECIMENTO e acrescentem valor, com preocupação de aumentar autilidade social do conhecimento ...
MOVIMENTO ‘CIDADES PELA RETOMA, REFORMA E TRANSIÇÃO’        CIDADES ‘PONTOS FOCAIS’       PORTO, AVEIRO, COIMBRA,         ...
Se é verdade que vivemos ummomento crítico da nossa vidacolectiva, esta é talvez umaoportunidade única para pensar onosso ...
Participe neste projecto colaborativo!Contamos consigo!Para mais informação:[movimento ‘Cidades pela Retoma’]http://noecon...
Cidades pela retoma agueda
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Cidades pela retoma agueda

2,426 views

Published on

'Movimento Cidades pela Retoma, um exemplo de mobilização cívica e de estímulo à reflexão colectiva sobre o papel das cidades'  - Seminário ”Águeda: cultura, inovação e criatividade” - Auditório CM Águeda - 27 ABRIL 2011 - JCMota

  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Cidades pela retoma agueda

  1. 1. Movimento Cidades pela Retoma, um exemplode mobilização cívica e de estímulo à reflexão colectiva sobre o papel das cidades Seminário ”Águeda: cultura, inovação e criatividade” Auditório CM Águeda 27 ABRIL 2011 José Carlos Mota
  2. 2. ‘vivemos o fim de uma dasmaiores narrativas do 25 de Abril eque alimentámos durante anosque era a esperança na melhoriada qualidade de vida dosportugueses’‘o presente momento vai trazeruma série de modificações (namaneira de viver, no consumismo,como se olha para a política, nasrelações entre as pessoas)’[no fundo, nas formas deorganização colectiva]José Gil, filósofo
  3. 3. ‘a situação económicaexige a identificação denovas áreas de aposta ede novos métodos paramobilizar e alinhar asenergias intelectuais,cívicas e produtivas’
  4. 4. ‘as cidades são o territórioprivilegiado das políticas públicase de concentração do potencialeconómico, social e infra-estrutural das nações’‘o momento de transiçãooportunidade para propor novasformas de reestruturação daeconomia com base no potencialdas suas cidades’
  5. 5. As cidades são uma das principaisheranças que recebemos daprodução colectiva… expressamdiferentes formas de vivência econflito estando no seu DNA asua gestão através da dimensãocívica.As cidades podem afirmar-secomo um laboratório vivo degestão de conflitos, um teste àmobilização colectiva pararesolver problemas (ambientepropício para a criação deinovação social pertinente,profunda e criativa)
  6. 6. ‘como podem ascidades e as suascomunidadescontribuir para aretoma, reformaou transição?’
  7. 7. ‘todas as cidades têm micro-histórias que podem fazer delascidades globais’‘temos de procurar asparticularidades que tornam ascidades diferentes, atraentes[olhar para a história]’‘temos de ir caminhando pelasruas e conversando com aspessoas para ir à procura dessasmicro-históriasSaskia Sassen (Público 24 Abril)
  8. 8. COMO NÃO HÁ MILAGRES…MOVIMENTO ‘CIDADES PELARETOMA, REFORMA E TRANSIÇÃO’Iniciativa cívica colectiva dedicada a discutir o papeldas cidades e das suas comunidades em momentos detransição social e económica, e a reflectir sobrepráticas urbanas e o futuro da cidadania.
  9. 9. MOVIMENTO ‘CIDADES PELA RETOMA, REFORMA E TRANSIÇÃO’ OUT 2010 FEV 2011 ABR 2011 DEZ 2010
  10. 10. MOVIMENTO ‘CIDADES PELA RETOMA, REFORMA E TRANSIÇÃO’ AMBIENTE E TECNOLOGIAS RECURSOS NATURAIS CULTURAPLANEAMENTO DO TERRITÓRIO CITY CIVIC TASK FORCE MOBILIDADE uma equipa multidisciplinar com diferentes backgrounds ARQUITECTURA GESTÃO ECONOMIA DESIGN SOCIOLOGIA INVESTIGADORES E EMPRESÁRIOS E CIDADÃOSPROFISSIONAIS CIENTISTAS ARTISTAS GESTORES INTERESSADOS
  11. 11. MOVIMENTO ‘CIDADES PELA RETOMA, REFORMA E TRANSIÇÃO’ MOBILIZAÇÃO
  12. 12. globalcity.blogs.sapo.pt ‘GLOBAL CITY 2.0’ NETWORK CIDADES PELA RETOMA, REFORMA E TRANSIÇÃO noeconomicrecoverywithoutcities.blogs.sapo.pt www.facebook.com/CidadespelaRetoma groups.google.com/group/cidadespelaretoma LOW-COST & HIGH-VALUE URBAN INITIATIVES CITIES CIVIC ‘THINK TANK’ruadasideias.blogs.sapo.pt REPOSITÓRIO CONHECIMENTO AGENDA LOCAL PARA citiescivicthinktank.blogs.sapo.pt A RETOMA’ agendalocalpelaretoma.blogs.sapo.pt
  13. 13. ‘GLOBAL CITY 2.0’ rede informal global de ‘movimentos cívicos de cidade’ espaço de reflexão sobre o potencial destas formas emergentes de ‘democracia de proximidade’ para transformar as cidades http://globalcity.blogs.sapo.pt/
  14. 14. GLOBAL CITY 2.0mapa global de ‘blogues ousites de ruas, bairros,vilas ou cidades’promovidos por cidadãos,grupos (formais ouinformais) ou instituiçõesque pretendem pensar deforma colaborativa sobre ofuturo das suas cidades VOLUNTEER PONTO-C AVEIRO http://www.pontoc.pthttp://globalcity.blogs.sapo.pt
  15. 15. PROJECTOS URBANOS ‘BAIXO-CUSTO’ E ‘ELEVADO BENEFÍCIO’ contribuir com ideias novas para a ‘retoma, reforma ou transição’ e por isso aprofundar o conceito ‘projectos LOW-COST & HIGH-VALUE em cidades ‘projectos urbanos’ com potencial de geração de emprego, de animação da actividade económica e social e de organização espacial e funcional das cidadeshttp://ruadasideias.blogs.sapo.pt/
  16. 16. Inspirado conceito LQC - Lighter, Quicker, Cheaper que se baseia nos princípios de trabalho incremental (pequenos passos), envolvendo os talentos locais (cidadãos, empreendedores, promotores & autarquias), usando experiências de baixo custo e de escala micro- local numa variedade de ambientes urbanos E também nos conceitos de…Tactical Urbanism, DIY Urbanism, Pop-up city•projectos localizados em CIDADES, porque é esse o espaço de maior concentração de pessoas, infra-estruturas e conhecimento e um palco privilegiado de articulação de diferentes projectos
  17. 17. •projectos de baixo CUSTO, essencial num momento de pouca disponibilidade de recursos (públicosou privados);
  18. 18. •projectos de baixo CUSTO, essencial nummomento de pouca disponibilidade de recursos(públicos ou privados);
  19. 19. http://www.guerrillagardening.org/•projectos de baixo CUSTO, essencial num momento de pouca disponibilidade de recursos (públicosou privados);
  20. 20. Limpezas performativas www.c-e-m.org•projectos de baixo CUSTO, essencial num momento de pouca disponibilidade de recursos (públicosou privados);
  21. 21. •projectos cuja identificação e proposta parta da COMUNIDADE, respondam a um interesse colectivo ese desenvolvam num conceito de experimentação e aprendizagem;
  22. 22. ‘communal oven also becomes a focus for social life (“focus” is Latin for “hearth”), a place to gather and gossip and escape the solitude of cooking at home’•projectos cuja identificação e proposta parta da COMUNIDADE, respondam a um interesse colectivo ese desenvolvam num conceito de experimentação e aprendizagem;
  23. 23. •projectos cuja identificação e proposta parta da COMUNIDADE, respondam a um interesse colectivo ese desenvolvam num conceito de experimentação e aprendizagem;
  24. 24. •projectos CIRÚRGICOS, respondam a problemas ou necessidades concretas e espacialmente bemlocalizadas ou valorizem competências e talentos locais;
  25. 25. •projectos CIRÚRGICOS, respondam a problemas ou necessidades concretas e espacialmente bemlocalizadas ou valorizem competências e talentos locais;
  26. 26. •projectos de CURTO PRAZO, de execução rápida e visível;
  27. 27. •projectos de CURTO PRAZO, de execução rápida e visível;
  28. 28. •projectos de CURTO PRAZO, de execução rápida e visível;
  29. 29. •projectos de CURTO PRAZO, de execução rápida e visível;
  30. 30. •projectos de CURTO PRAZO, de execução rápida e visível;
  31. 31. •projectos que incorporem CONHECIMENTO e acrescentem valor, com preocupação de aumentar autilidade social do conhecimento científico e não científico, eventualmente com uma dimensão denegócio associado que garanta a sua sustentabilidade;
  32. 32. MOVIMENTO ‘CIDADES PELA RETOMA, REFORMA E TRANSIÇÃO’ CIDADES ‘PONTOS FOCAIS’ PORTO, AVEIRO, COIMBRA, GUARDA, COVILHÃ, TORRES VEDRAS, LISBOA, FARO & LAGOS, LEIRIA, GUIMARÃES, SANTARÉM, …•projectos que COMUNIQUEM a sua concepção, desenvolvimento e execução, no sentido de estimularo seu desenvolvimento colaborativo e de potenciar a sua articulação e replicação
  33. 33. Se é verdade que vivemos ummomento crítico da nossa vidacolectiva, esta é talvez umaoportunidade única para pensar onosso futuro colectivo de formadiferente.O desafio que o movimento‘Cidades pela Retoma’ vos deixa éque não deixem de participar naconstrução desse futuro, e emparticular do futuro dos nossosespaços comuns – as nossascidades!
  34. 34. Participe neste projecto colaborativo!Contamos consigo!Para mais informação:[movimento ‘Cidades pela Retoma’]http://noeconomicrecoverywithoutcities.blogs.sapo.pt/[Facebook] http://www.facebook.com/CidadespelaRetoma[projecto Global City 2.0] http://globalcity.blogs.sapo.pt/[projecto Rua das Ideias] http://ruadasideias.blogs.sapo.pt/[email] cidadespelaretoma@gmail.com

×