Apresentação Institucional    Reunião APIMEC 2012              9 de Abril de 2012
DISCLAIMER             Nossas estimativas e declarações futuras têm por embasamento, em grande parte,             expectat...
AGENDA  Visão Geral da Indústria  Visão Geral da Companhia  Resultados de 2012  Perspectivas
O ambiente macroeconômico permanece positivo...Crescimento do PIB                                                         ...
...com perspectiva favorável para o consumo de vestuário...   Distribuição de Classes Sociais                             ...
...proveniente também das aberturas de shoppingsTotal de Shoppings em 2011                            Evolução de Unidades...
AGENDA  Visão Geral da Indústria  Visão Geral da Companhia  Resultados de 2012  Perspectivas
Crescimento expressivo acompanhado de incremento demargem e rentabilidade desde 2007   Vendas Brutas (R$ Milhões)         ...
A combinação de marcas fortes e um modelo de negócios diferenciado resultou no aumento da geração de valor ao acionista   ...
Marcas fortes que atuam em diversos segmentos                                                              Jeans Casual   ...
Visão Geral Cia. Hering              •    Capturamos valor nas 3 etapas da cadeia de vestuário: Produção,Modelo de        ...
Ciclos mais curtos dentro das coleções trouxeram maioratratividade ao consumidor O prazo mais curto para colocar as peças ...
Forte presença no mercado através de diversos canaisde distribuição                           Franquias e Lojas próprias  ...
Cadeia de suprimentos: combinação de produção própria, produçãoterceirizada e sourcing garante flexibilidade, velocidade e...
AGENDA  Visão Geral da Indústria  Visão Geral da Companhia  Resultados de 2012  Perspectivas
DESEMPENHO DE VENDASVendas Brutas ( R$ milhões)                                                                           ...
DESEMPENHO DE VENDAS (cont.)Mercado Doméstico ( R$ milhões)               2010                        2011              R$...
EVOLUÇÃO DA REDE DE DISTRIBUIÇÃO                                                                                          ...
LUCRO BRUTO E MARGEM BRUTA                            -0,7 p.p.            52,6%                         51,9%            ...
EBITDA E MARGEM EBITDA                        +1,7 p.p.        32,8%             31,1%                                    ...
LUCRO LÍQUIDO                      30,5%   - 4,7 p.p.                                           25,8%                     ...
CAPEXPor Atividade ( R$ milhões)                                                                  71,0                    ...
AGENDA  Visão Geral da Indústria  Visão Geral da Companhia  Resultados de 2012  Perspectivas
Expressivo potencial de abertura da Rede Hering Store emtodas as regiões do Brasil...                                     ...
...além de oportunidades de crescimento na base de lojas jáexistente – Same Store Sales (SSS)  Melhor Experiência de Compr...
Demais Canais (Varejo Multimarcas e Webstore) tambémapresentam boas perspectivas de expansão       VAREJO MULTIMARCAS     ...
Implementação do modelo iniciará em 2012, com o potencialnúmero de lojas estimado em 200-250Presença em shoppings         ...
Equipe de Relações com Investidores                               Fabio Hering – CEO                    Frederico Oldani –...
CIA. HERING
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Apimec 2012

4,030 views

Published on

0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
4,030
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1,995
Actions
Shares
0
Downloads
98
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Apimec 2012

  1. 1. Apresentação Institucional Reunião APIMEC 2012 9 de Abril de 2012
  2. 2. DISCLAIMER Nossas estimativas e declarações futuras têm por embasamento, em grande parte, expectativas atuais e projeções sobre eventos futuros e tendências financeiras que afetam ou podem afetar o nosso negócio. Muitos fatores importantes podem interferir adversamente nossos resultados, tais como previstos em nossas estimativas e declarações futuras. As palavras “acreditamos”, “podemos”, “visamos”, “estimamos” e outros termos similares têm por objetivo identificar estimativas e projeções. As considerações sobre estimativas e declarações futuras incluem informações referentes a resultados e projeções, estratégias, planos de financiamentos, posição concorrencial, ambiente setorial, potenciais oportunidades de crescimento, os efeitos de regulamentações futuras e os efeitos da concorrência. Tais estimativas e projeções referem-se apenas à data em que foram expressas, sendo que não assumimos a obrigação de atualizar publicamente ou revisar quaisquer dessas estimativas em razão da ocorrência de nova informação, eventos futuros ou de quaisquer outros fatores, ressalvada a regulamentação vigente a que nos submetemos, em especial às Instruções CVM 480 e 358.
  3. 3. AGENDA Visão Geral da Indústria Visão Geral da Companhia Resultados de 2012 Perspectivas
  4. 4. O ambiente macroeconômico permanece positivo...Crescimento do PIB Rendimento Médio Real 1.627 1.669 7,5% 1.525 1.536 1.439 1.472 1.309 1.381 1.303 5,7% 5,7% 5,1% 4,0% 3,2% 1,1% -0,2% 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010Inflação - IPCA Taxa de Desemprego 9,3% 11,7% 12,3% 11,5% 9,8% 10,0% 9,3% 7,6% 6,6% 7,9% 7,9% 5,7% 5,9% 5,9% 6,7% 6,0% 4,5% 4,2% 3,1% 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011Fonte: Banco Central do Brasil (FOCUS), IBGE, e FGV. 4
  5. 5. ...com perspectiva favorável para o consumo de vestuário... Distribuição de Classes Sociais Potencial de Consumo de Vestuário 2005 2010 Renda média % do potencial% da população % da população por família (R$) de consumo 5,0% A A 4,1% R$8,4 -12,9k 14,9% 7,0% B B 21,0% 24,6% 30,4% R$2,6 -4,4k 45,5% R$73 7,4% bilhões 48,1% C C 42,5% 49,5% R$1,0 -1,5k 33,8% 16,6% 28,0% D/E D/E 16,0% R$0,5 -0,7k 5,8% Evolução do Consumo de Vestuário por Faixa de Renda Índice de Vendas Reais de Vestuário 160 Até R$830 150 >R$830- 140 R$1.245 130 1,5x >R$1.245- 120 R$2.490 2,4x 110 >R$2.490- 100 R$4.150 3,8x 90 >R$4.150- R$6.225 80 5,0x 70 >R$6.225- R$10.375 60 7,2x >R$10.375 Fonte: IBGE, Ipeadata, ABEP e IPC Target 11,2x 5
  6. 6. ...proveniente também das aberturas de shoppingsTotal de Shoppings em 2011 Evolução de Unidades de Shoppings  Total de 430 shoppings até o final do ano • 44 aberturas esperadas para 2012 474  220 shoppings nas capitais 430 392 408 363 376 338 351 15 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012E 59 Evolução do Faturamento de Shoppings (R$ bilhões) 37 CAGR: 15% 108 91 240 74 65 58 46 50 18%* 79 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011Fonte: ABRASCE * Vendas em relação ao Varejo Nacional De acordo com a Alshop, 113 shoppings estão atualmente em construção no Brasil, e devem entrar em operação até meados de 2014. 6
  7. 7. AGENDA Visão Geral da Indústria Visão Geral da Companhia Resultados de 2012 Perspectivas
  8. 8. Crescimento expressivo acompanhado de incremento demargem e rentabilidade desde 2007 Vendas Brutas (R$ Milhões) 1,2 1,6 bilhões bilhões 876,9 629,2 442,6 2007 2008 2009 2010 2011 EBITDA (R$ Milhões) e Margem EBITDA (%) ROIC 29,1% 27,3% 21,4% 17,4% 13,8% 48,6% 394,5 44,3% 276,5 24,9% 154,5 89,6 51,1 2007 2008 2009 2010 2011 2009 2010 2011Modelo de negócios que permite maior alavancagem operacional e ROIC. 8
  9. 9. A combinação de marcas fortes e um modelo de negócios diferenciado resultou no aumento da geração de valor ao acionista Cia Hering vs. Ibovespa Distribuição de Dividendos Base 100 = 28/12/2007 R$ 1,051.200 180 Milhões HGTX3 +827,4% 1601.000 140 171,6* 800 120 100 R$ 0,51 600 80 60 400 R$ 0,21 82,4 40 R$ 0,14 200 IBOV -11,2% 20 34,6 23,0 0 - 2008 2009 2010 2011 Dividendos Distribuídos Dividendos por Ação * O montante de R$ 106,2 milhões (R$ 0,65/ação) está sujeito à aprovação da Assembleia Geral de Acionistas em 26/04/2012. Volume médio diário negociado (R$ milhões) 50 45,6 45 40,3 40 35 32,1 30,0 30 25 21,6 20 14,7 15 10 5,3 6,7 3,9 5 0,7 0,7 1,5 0,2 0,5 0,6 1,6 - 9
  10. 10. Marcas fortes que atuam em diversos segmentos Jeans Casual Moda Casual “Democrática” Moda Infantil Adulto Jovem Todas idades e públicos Público A/B Público A/B Part. ROB*: 83,5% Part. ROB*: 7,7% Part. ROB*: 6,0% 2010-2011: +32,6% 2010-2011: +26,3% 2010-2011: +42,2% 10* Faturamento Mercado Interno 2011
  11. 11. Visão Geral Cia. Hering • Capturamos valor nas 3 etapas da cadeia de vestuário: Produção,Modelo de Gestão de Marcas e VarejoNegócios • Modelo de Negócios com ROIC bastante elevado • Alta alavancagem operacional com estrutura enxutaMarcasFortes • Abertura de 251 Lojas Hering Store (jan/07-dez/11)Execução • Forte crescimento de SSS na rede Hering Store desde 2007 • Crescimento em todas marcas e canais • Controle difuso com acionistas relevantes envolvidos no negócioGovernança • Administração ProfissionalCorporativa • Novo Mercado GERAÇÃO DE VALOR AO ACIONISTA 11
  12. 12. Ciclos mais curtos dentro das coleções trouxeram maioratratividade ao consumidor O prazo mais curto para colocar as peças no mercado permite à Hering lançar diversas coleções por ano, o que leva ao maior tráfego nas lojas e lealdade do consumidor... Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Coleção de Coleção de Coleção de Coleção de Coleção de Coleção de Férias Outono Inverno Primavera Verão Alto Verão Coleção: 60 dias Receita Líquida 63% 60% 37% 40% Lojas Desenvolvimento Produção ouIdentificação de Interno de Sourcing Tendências Produto 2005 2011 Moda Básico Fast Fashion: 2- 3 semanas ...e resulta em maior representatividade de moda no mix de produtos. 12
  13. 13. Forte presença no mercado através de diversos canaisde distribuição Franquias e Lojas próprias Rede de Lojas Maior visibilidade para as marcas Cidades com mais de 100 mil habitantes 432 Lojas Hering Store 76 Lojas PUC Multimarcas Complemento à Rede de Lojas Presença em todos os Estados Brasileiros - capilaridade + 16.501 clientes Relacionamento com o Consumidor Webstore www.heringwebstore.com.br www.pucwebstore.com.br www.dzarm.com.br Mercado Presença na América Latina e Mercosul Franquias e varejistas multimarcas Internacional 16 lojas no Paraguai, Uruguai, Venezuela, Bolívia e Chile 13
  14. 14. Cadeia de suprimentos: combinação de produção própria, produçãoterceirizada e sourcing garante flexibilidade, velocidade e eficiência or 9 UNIDADES DE 2 CENTROS DE PRODUÇÃO DISTRIBUIÇÃO Santa Catarina (5) SC / GO Goiás (3) Rio Grande do Norte (1) Produção Terceirizada Produção Malharia 62% Própria Tinturaria 3% Rotativo 12%72,1%* 49,5% Corte 4% Confecção 90% (82,5%) Terceiros Acabamento 81% Tecido 39% 50,5% Mercado 17,7%27,9%* Outsourcing Doméstico (17,5%) (produto Mercado 82,3% acabado) Internacional * Valores em R$ 14
  15. 15. AGENDA Visão Geral da Indústria Visão Geral da Companhia Resultados de 2012 Perspectivas
  16. 16. DESEMPENHO DE VENDASVendas Brutas ( R$ milhões) 1.647,3 33,4% 21,4 1.235,1 1,0% 21,2 407,4 22,6% 499,3 1.625,9 33,9% 3,8 3,2 1.214,0 -15,7% 403,6 22,9% 496,1 4T10 4T11 12M10 12M11 Mercado Doméstico Mercado Externo TotalVendas Brutas atingiram R$ 1,6 bilhões em 2011, com crescimento de 22,6% e 33,4%no trimestre e ano, respectivamente. 16
  17. 17. DESEMPENHO DE VENDAS (cont.)Mercado Doméstico ( R$ milhões) 2010 2011 R$ 941,1 +31,8% R$ 1.240,5 Hering Kids R$ 82,2 7% +41,6% R$ 116,4 Hering 76% R$ 98,8 +26,3% R$ 124,7 PUC 8% R$ 68,9 +42,2% R$ 98,0 dzarm. Other 6% 3%Crescimento de 2 dígitos em todas as marcas, no 4T11 e em 2011, com destaquepara a performance da marca Hering (+20,9% e +31,8%). 17
  18. 18. EVOLUÇÃO DA REDE DE DISTRIBUIÇÃO 530 16 443 1 76 15 365 1 5 78 311 15 2 248 22 74 Meta: 418 59 Meta: 325 (+14 lojas) 23 Meta: 224 Meta: 273 (+22 lojas) 432 44 (+3 lojas) (+6 lojas) 347 276 230 181 2007 2008 2009 2010 2011 Hering Store Hering Kids PUC dzarm. Internacional - Franquias TotalNo mercado interno, a Companhia encerrou 2011 com 432 Hering Stores, 76 PUC, 5Hering Kids e 1 dzarm. store. 18
  19. 19. LUCRO BRUTO E MARGEM BRUTA -0,7 p.p. 52,6% 51,9% -0,5 p.p. 51,5% 51,0% -1,1 p.p. 50,6% -1,0p.p. 49,5% 49,5% 48,5% 30,7% 655,9 22,1% 501,9 170,5 208,2 4T10 4T11 12M10 12M11 Lucro Bruto (R$ Milhões) Margem Bruta (%) Margem Bruta Caixa (%)Queda de 1,1 p.p. na margem bruta no ano por conta de pressão de preço de matéria-prima. 19
  20. 20. EBITDA E MARGEM EBITDA +1,7 p.p. 32,8% 31,1% 27,3% +1,9 p.p. 29,1% 42,7% 30,0% 276,5 394,5 133,8 102,9 4T10 4T11 12M10 12M11 EBITDA (R$ Milhões) Margem EBITDA (%)A alta alavancagem operacional e o rígido controle de custos permitiram expansãode margem EBITDA de 1,9 p.p. 20
  21. 21. LUCRO LÍQUIDO 30,5% - 4,7 p.p. 25,8% +1,0 p.p. 20,9% 22,0% 40,2% 4,4% 297,3 212,0 100,8 105,2 4T10 4T11 12M10 12M11 Lucro Líquido (R$ Milhões) Margem Líquida (%)Crescimento no LL em função do melhor desempenho operacional, AVP e redução deIR&CS em função de constituição de subvenção de investimentos. 21
  22. 22. CAPEXPor Atividade ( R$ milhões) 71,0 12,1 -33,1% 2,2 8,1 47,5 10,1 1,7 5,9% 17,6 18,6 48,6 13,4 2,7 2,8 1,2 0,6 2,6 7,3 22,3 11,6 7,2 4T10 4T11 12M10 12M11 Indústria TI Outros LojasCapex em 2011 totalizou R$ 47,5 milhões dos quais R$ 22,3 milhões para a áreaindustrial , R$ 13,4 milhões em TI e R$ 10,1 milhões investidos em lojas. 22
  23. 23. AGENDA Visão Geral da Indústria Visão Geral da Companhia Resultados de 2012 Perspectivas
  24. 24. Expressivo potencial de abertura da Rede Hering Store emtodas as regiões do Brasil... Médias e grandes cidades; Com alto potencial de consumo nas 604 507 classes AB; 432 Benchmark com outras empresas 347 276 Abertura de Shopping Centers 181 230 151 2006 2007 2008 2009 2010 2011 Plano 2012 Potencial de Expansão(*) estimadoHering Stores por região +75 5% Potencial de Consumo 6% 17% População 4% 14% 19% Número de HS 6% 55% 604 Lojas 7% +37 354 59% 57% 7% 279 17% +37 Norte +14 +9 Nordeste 13% 14% 83 106 Centro-Oeste 11 46 36 69 25 27 Sul Sudeste Norte Nordeste Centro-Oeste Sul Sudeste 2011 Total Potencial 24
  25. 25. ...além de oportunidades de crescimento na base de lojas jáexistente – Same Store Sales (SSS) Melhor Experiência de Compra Maior Ticket & Maior Produtividade na Loja • Gestão de Price Points • Mix de Produtos • Venda Adicional Novo Ticket • Novas Categorias de Produto Projeto • Cartão Hering SSS Fluxo Alto Valor Percebido • Posicionamento Democrático • Moda Acessível em ciclos rápidos • Liderança em Básicos • Qualidade Reconhecida • Campanhas de Marketing 25
  26. 26. Demais Canais (Varejo Multimarcas e Webstore) tambémapresentam boas perspectivas de expansão VAREJO MULTIMARCAS HERING WEBSTORE - Foco no crescimento de vendas para os - Canal de vendas com a maior taxa de mesmos clientes principalmente através de: crescimento: + 124,8% (2011) • Especialização - Foco em aumentar as vendas através do • Execução de melhorias dentro da loja canal on-line. • Material PDV - Reavalização do modelo E-commerce - Crescimento orgânico em função do aumento no para aumentar o potencial do negócio. número de clientes. 2007 2008 2009 2010 2011 Varejo Multimarcas Vendas (R$ millhões) 133,0 213,1 322,6 452,6 595,2 +60,2% +51,4% +40,3% +31,5% Número de 7.768 11.105 11.742 12.461 13.038 clientes +43,0% +5,7% +6,1% +4,6% # de clientes (Footprint) Same Clients Sales 26
  27. 27. Implementação do modelo iniciará em 2012, com o potencialnúmero de lojas estimado em 200-250Presença em shoppings Estratégia de Negócios Consumidor • Posicionamento democrático Alvo • Bebês a jovens adolescentes Conceito e • Casual wear posicionamento • Value/Moderate de preço: Referência de • Mini-adulto – básico atual estilo: Tamanho da loja • ~60 m2 Considerando a fase introdutória do conceito, 20 lojas deverão ser abertas em 2012 focando em localizações específicas em shoppings 27
  28. 28. Equipe de Relações com Investidores Fabio Hering – CEO Frederico Oldani – CFO e DRI Patrícia Salem – Gerente de RI Tel. +55 (11) 3371-4867 E-mail: ri@hering.com.br Website: www.ciahering.com.br/ri
  29. 29. CIA. HERING

×