C+Vitae+Port 2011 I

774 views

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
774
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
16
Actions
Shares
0
Downloads
6
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

C+Vitae+Port 2011 I

  1. 1. CESAR ANTONIO SCHENINITel. (21) 2512-4885 – Cel. (21) 99746442 – e-mail: cesar.antonio@terra.com.br FORMAÇÃO ACADÊMICA Universidade Federal do Estado do Rio Grande do Sul /Instituto Geociências/UFRGS/Porto Alegre - Graduação em Geologia Fundação Getúlio Vargas-FGV/RJ - Curso de Aperfeiçoamento em Comércio e Meio Ambiente – CIDS/EBAPE/MMA - Monografia: Indicadores de Sustentabilidade e uma Agenda Positiva para o Comércio Exterior Brasileiro – 2002 EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL Concremat Engenharia e Tecnologia S/A Setembro 2009 – Março 2011 Trabalhos de campo na fiscalização dos trabalhos de empresas terceirizadas ao longo da Faixa de Dutos Angra dos Reis- Caxias – Orbig /Itaguaí e Mangaratiba - RJ no acompanhamento dos serviços de topografia, mapeamento geológico- geotécnico detalhe, sondagem SPT e Rotativa. Autorizado pela Transpetro como requisitante de PT e PTT junto a emitente: Transpreto/REDUC / Petrobras. - Dez – 2010 / Fevereiro 2011 – Validade Autorização: 2 anos Trabalhos campo visando à caracterização do risco geológico e geotécnico coa mapas de setorização das áreas de risco de escorregamento – baixo medio e alto - de comunidades, caracterização geomorfologica/declividade localizadas nas comunidades situadas do Maciço da Tijuca e Zona Norte da cidade do Rio de Janeiro com estudo geologico-geotecnico, com apoio em ortofotos na escala 1:2. 000 com respeito e estabilidade de encostas, uso e ocupação do solo e encostas, caracterização das obras de proteção e contenção em contrato de prestação de serviços para a Fundação GEORIO: Complexo do Morro do Alemão, Morro do Adeus/Piancó, Mineira São Carlos, Juramento, Morro da Formiga, Borel, Urubu, Morro dos Macacos e Comunidades do Andaraí em períodos pré e pós-instalação de UPPs / 2010 com execução de sobrevoo com helicóptero para tomadas de fotos oblíquas das áreas previamente marcadas e utilização de técnicas de sensoriamento remotos em plataforma GIS para gerar os mapas de susceptibilidade de escorregamentos. Elaboração de relatórios padronizados contendo itemização textualizada do histórico e da setorização, geologia e geomorfologia documentação fotográfica in loco para o cliente / prefeitura Rio de Janeiro. Cartografia de Risco Quantitativo a Escorregamentos em Setores de Assentamentos Precários da Cidade do Rio de Janeiro. Coordenação dos trabalhos com acompanhamento e fiscalização de das empresas terceirizadas nos serviços de: Topografia, Geofísica, Sondagem Mista/em terra e sobre flutuantes) nas interferências/rios e estradas localizadas ao longo do duto projetado com serviços de Engenharia de Pré-detalhamento (front-end engineering detail – FEED), destinado ao Projeto Geométrico e Urbanização da faixa de dutos COMPERJ / REDUC, com a interligação 1
  2. 2. COMPERJ /Terminal Campos Elíseos – TECAM, pertencente ao Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro – COMPERJ para a ocupação dos 11 dutos. Acompanhamento de consultores nos estudos das travessias COMPERJ – REDUC. O escopo multidisciplinar do FEED envolve a execução de coletas de informações e ensaios em laboratório geotecnológicos, estudos hidrológicos. Trabalhos na equipe de fiscalização de empresas terceirizadas nas escavações, serviços de topografia e geofísica junto das travessias e interferências do GASEBE/ II – BA, situadas entre os municípios de CatuBA e Itaporanga D ÁjudaBA. ITAFOS Mineração Ltda.: Set 2008 / Fev 2009 Geólogo Responsável pelo Mapeamento Geológico Regional e modelamento Pesquisa geológica situadas em ambiente de rochas fosfatadas, fosforitos brechados e laminados do Grupo Bambuí, região de Campos Belos/GO, Nova Roma e Arraias/TO, na Província Tocantins, a NE da faixa Brasília e bordejando a oeste o cráton S. Francisco. Gerenciamento de equipes de campo com reconhecimentos expeditos; malha topográfica com amostragem de solo. Acompanhamento das sondagens wireline, descrição dos testemunhos, abertura e mapeamento de trincheiras em novas ocorrências de Mn supergênicas e rochas fosfatadas/ agrominerais. Sensoriamento remoto aplicado ao mapeamento e uso de cintilometria com georeferenciamento dos pontos geológicos. No estudo das ocorrências de fosforitos e ou rochas fosfatadas/ siltitos fosforosos, sedimentares primários ou diageneticas na base do grupo Bambui, com definição da mineralogia composição geoquímica, mapeamento geológico, petrografia, geoquímica de solo e difratometria de raios X, com sensoriamento remoto a partir de imagens Aster, com definição do arcabouço tectônico alem de dados gamaespectometricos regionais e de areas especificas / cintilometria, identificação de chapéus de fosfato lateritizados com ocorrência de wavelita, crisoprásio e manganês supergênico. Gestão das novas áreas com a descoberta das ocorrências de rochas fosfatadas na região das Fazendas: Covanca, Santo Antonio, Paranã e Domingos, a saber: ocorrências descobertas de fosforito, ocorrência de calcário brechados com fosforito, siltito fosforoso, calcários fosfatados e ocorrência de Wavelita em litologias do grupo Bambuí mapeamento geológico semidetalhe e detalhe, Controle e acompanhamento das amostras de solo e rocha no laboratório.PROMINAS - Projetos e Serviços de Mineração Ltda.: 2008 Coordenador dos trabalhos de pesquisa mineral para Fe em 17 áreas/DNPM totalizando 32.000 Ha, localizadas na Província da Borborema / Estado da PB. Mapeamento geológico regional e de detalhe, modelamento metalogenético das ocorrências minerais, caracterização fisiográfica das bacias de 3ª. Ordem para a campanha de geoquímica estratégica, estudos das trincheiras existentes, elaboração dos mapas e relatórios de serviços e do relatório conjunto parcial de pesquisa mineral e seus anexos, protocolado e prorrogação outorgada pelo DNPM-PB, acompanhamento das vistorias efetuadas pela equipe do DNPM nos trabalhos realizados nas áreas contidas no relatório protocolado. Vistorias às 2
  3. 3. lavras e ocorrências minerais Fe existentes na região com mapeamento geológico.VALGOLD Res Ltd. 2008 Coordenação dos serviços de pesquisa mineral para ouro e metais base, na região do Guiana Shield / Takatu Norte /Mathews Ridge/GGT, a partir de acampamentos avançado com apoio de 20 ameríndios, na abertura de Linha Base e Transversais georeferenciadas para amostragem geoquímica de solo residual/ Trado Manual, mapeamento geológico 1:10. 000 e a elaboração de relatório final de atividades e mapa geológico com apoio de geofísica aérea. A área de Takatu situa-se na parte norte da Archean-Proterozoic Guiana Shield, que é mapeada na Guiana como o paleoproterozóica Barama-Mazaruni Super grupo. Projetos de apoio às comunidades ameríndias (Consultoria). GEOMECANICA Engenharia S.A. 2006 - 2007 Coordenação e execução dos serviços de zoneamento geológico geotécnico regional e detalhe para o projeto básico- FEED do gasoduto Paulínia – Jacutinga ao longo dos Domínios I / Bacia do Paraná e II / Embasamento Pré Cambriano (94 km), com manuseio e apoio cartográfico de ortofotos coloridas planialtimétricas - 1:10. 000 e 1: 1.000 - executado ao longo das estradas principais, SP 340, municipais, trilhas / barrancos / taludes, no inventário das unidades da Bacia do Paraná antropizadas, elúvios, colúvio, com a compartimentação dos blocos geoestruturais regionais e locais. Obtenção das autorizações necessárias para acesso das equipes de campo às áreas de pesquisa nas propriedades rurais e urbanas, e em zonas de interferência inseridas na diretriz do gasoduto. Elaboração da documentação junto ao DAEE /SP, ANA, SEC Meio Ambiente. / DERPN/SP, MARINHA DO BRASIL, Rede Ferroviária Paulista Ferroban, Cooperativa Holambra, Usina Maluf. Levantamentos topográficos de áreas de fornecimento de materiais naturais de construção /áreas de empréstimo (E 1: 2.000). Serviços de topografia envolveram instalação de marcos tipo C e de mudança de coordenadas ao longo dos pontos de interferência, com apoio prévio de GPS modelo X, ao longo das linhas de interferência, trado manual, sondagem mista / percussão SPT / PES 140 e rotativa /PES 141, classificação e identificação petrografica dos testemunhos de rochas, acondicionamento e encaminhamento de amostras para laboratório no Rio de Janeiro, bem como mobilização e desmobilização das equipes de sondagem entre locais de sondagem e apoio logístico. Acompanhamento da execução de perfilagem geofísica eletroresistividade ao longo dos pontos de interferências – ambas as ombreiras dos rios, rodovias SP e municipal - execução de levantamentos batimetricos nas drenagens, junto as interferência e locais de sondagem em flutuante no eixo da diretriz - rios Mogi Guaçu, Eleutério, do Peixe, Jaguari. Demarcação em ortofotos e no terreno: das rodovias de acesso à faixa, as válvulas, núcleos de terraplanagem, possíveis bota fora e áreas de empréstimo para emprego do Método de Perfuração Horizontal Direcional. Os trabalhos de campo de zoneamento geotécnico ao longo do trecho alvo da medição, conduzidos juntos com mapeamento geológico, levaram em consideração: declividade, tipo e espessura de solo, e observações de processos de dinâmica superficial, movimentos de massa (rastejos, escorregamentos de blocos) feições de erosão pela água e eólica, e modificações antrópicas nas cercanias da diretriz, presença de campos de matacões e blocos, zonas alagadas e planícies de inundação / food plain. Reuniões de apresentação do projeto junto às prefeituras e suas secretarias - Obras e Meio 3
  4. 4. Ambiente - dos municípios envolvidos pela diretriz do gasoduto; Posse, Itapira e Jacutinga, bem como reuniões junto aos Depto. De Meio Ambiente e Jurídico - Grupo AES Tietê - com vistas à obtenção da autorização para realizar os trabalhos de pesquisa – topografia, geofísica e sondagem em flutuante - com visita a hidroelétrica de Mogi Guaçu / rio do Peixe. Comitês de bacias dos rios Médio Tiete e Rio Grande /Mogi Guaçu. / ANA. Os estudos de travessias basearam-se na análise e processamento de dados dos produtos gerados nos serviços de sondagem mista sobre flutuantes e nas ombreiras das drenagens /sondagem geotécnica, perfilagem batimétrica das mesmas no local da travessia da diretriz, envolvendo as informações de: estudos de estabilidade hidráulica da seção de travessia, estudos hidrológicos, geológicos, geomorfológicos, geotécnicos, sedimentológicos, levantamentos topográficos e batimétricos, bem como execução de geofísica/ eletroresistividade ao longo dos pontos de áreas críticas / drenagens - com eletrodos nas ombreiras e no leito das drenagens. Previamente aos trabalhos de campo foi efetuada compilação carto bibliográfica junto a UNICAMP e UNESP com vistas a subsidiar os serviços de mapeamento geológico e zoneamento geotécnico, bem como caracterizar do ponto de vista ambientais áreas de risco ao longo do traçado da diretriz com ênfase na hidrogeologia e geomorfologia integrada e clima regional. Normas de SMS - PPRA, PCMSO, LVs, APR, e Meio Ambiente junto aos locais de interferência com pesquisa e estudos com a elaboração de Boletim Diário de Obra para Cliente / Petrobras. Inventario junto ao Cadastro Mineiro (autorização, concessão, licenciamento lavra garimpeira e extração) dos títulos vigentes minerais existentes ao longo da diretriz do gasoduto - licenciamento mineral e autorização de pesquisa bem como pedreiras e saibreiras de titularidade município, inventário atualizado o seu status na região em questão tendo destacando-se os minerais para construção civil e areias fluviais atestando a vocação da região como pólo fornecedor de material para construção civil; areias e argilas / cerâmica. Inventario de zonas de retirada de material para construção civil e outros fins, e durante os trabalhos de campo, foram checados e georeferenciados os locais situados ao longo da diretriz do duto, inventariados via DNPM 2dst SP e DNPM 3º Dst. / MG com títulos minerarios e suas qualificações perante o Código de Mineração e as jazidas de areia e cascalho, localizadas no leito dos rios foram levantadas por topobatimetria. HABTEC Engenharia Ambiental:2007 Consultoria com estudos de caráter multidisciplinar, em projeto para a implantação de ações ambientais do PDD da grande São Paulo, na região da bacia de Santos /região Caraguatatuba/SP, na implantação do Plano Diretor de Dutos, visando licenciamento ambiental a nível federal com elaboração de relatório de atividades. Levantamento dos títulos minerários existentes a região do PDD. Estudos sócios ambientais das comunidades, visando elaboração de projetos Sócio – Ambientais.FUNDAÇÃO BIO RIO 2000 - 2009 Gestora do Pólo de Biotecnologia do Rio de Janeiro Consultoria na pesquisa de lavra de água mineral e potável de mesa para consumo humano, bem como, destinada a fins balneários, conforme previstos no Código de Mineração e no Código de Águas Minerais, respectivos regulamentos e legislações correlatas complementares. Estudos hidrogeológicos, análises físico-química, estudos prévios de campo, elaboração de requerimento de 4
  5. 5. pesquisa mineral. Mapeamento geológico, sensoriamento remoto, modelamento geotectônico, geofísica – IR e IP – com locação e acompanhamento das sondagens. Trabalhos junto a prefeituras municipais na adequação do plano diretor e zoneamento comercial, rural, urbano e industrial. Caracterização físico- química e bacteriológica de nascentes, legalização perante DNPM, elaboração de relatórios parciais de prorrogação e finais. Dos relatórios finas de pesquisa fazem estão itemizados; estudos hidrometereológiocos, caracterização climática e do regime das chuvas balanço hídrico e medidas de vazão O cadastro como consultor ad hoc junto a Bio Rio mantém se ativo;FALCONBRIDGE DOMINICANA, C. POR A. 1998 Consultor para compilação cartográfica, geoquímica, estratigráfica, tectônica e geofísica; (Model Norilsk & Bacia do Paraná), Voisey Bay com visita às instalações da mina de Ni laterítico em Bonao/República Dominicana, com apresentação e discussão dos relatórios executados ao staff técnico, gerente geral da América Latina, Salvador Brouwer. Organização de roteiro para visitas da diretoria e gerência de exploração do Canadá no Brasil, em prospectos selecionados de Ni no Brasil, bem como visitas a empresas privadas do setor de metais básicos.XAMUTEBA Mining Inc. 1994 - 1997 Coordenação das atividades de pesquisa mineral e lavra experimental para diamante aluvionar no rio Maú/RR/Brasil e representante nas reuniões efetuadas em Miami/USA/Investing in Americas com o “board staff” da GGMC e em Georgetown para a criação de empresa de mineração e seleção de áreas para estudo de campo. Contratação de 30 ameríndios/ Kopinang para apoio, na execução do Reconassaince Survey, nas bacias dos rios Potaro, Sukaby, lreng e região de Ayangana). Coordenação das equipes técnicas, apoio logístico para acampamentos distantes. A pesquisa da Guiana compreendeu abertura de malhas de pesquisa orientada em áreas selecionadas em imagens Landsat/INPE, seleção de malha de amostragem trado manual, coleta de sedimento corrente, amostragem de rocha (suíte Avanavero e Supergrupo Roraima). Abertura de poços e trincheiras e tratamento do material, identificação mineralógica e seleção de minerais satélites de diamante aluvionar. Vistoria aos garimpos auríferos aluvionares do rio Marowijne. Pesquisa em antiga mina de ouro primário sulfetado na região Palmeiras/Bahia. Inventário e vistoria a antigos garimpos de Chapada do Norte, Virgem da Lapa e Minas Novas/ MG, para ouro 1º. e 2º.SGS do Brasil SA/Mindiv/RJ: 1991 - 1993 Geólogo representante da empresa na elaboração de propostas técnico- comerciais no setor mineral e participação de licitações geoquímicas, com apoio de empresas afiliadas no Canadá. Controle do setor de tratamento de amostras recebidas e dos arquivos e boletins analíticos. Promoção de novos negócios para implantação da Divisão de Meio Ambiente; medição e avaliação de emissões gasosas em fonte estacionárias. Trabalhos com a Waste Mangement/Argentina em depósitos de resíduos sólidos - Salvador/Bahia.ENGERIO/Engenharia, Topografia e Mineração Ltda. 1987 - 1988. Gerente das atividades de campo, envolvendo, mapeamento dos aluviões e colúvios, recentes e antigos, das lavras abandonadas ao longo do rio Piranga/MG (80 km), coleta de bulk samples, serviços de geodésia, geofísica 5
  6. 6. (sísmica), sondagem percussão, campanhas de trado, sedimento decorrente/concentrado de batéia. Acordos com superficiários, contatos com UFOP para assistência no estudo da seqüência "vulcano sedimentar" do grupo Dom Silvério/Arqueano Proterozóico. Instalação de sistema de recuperação do ouro em circuito fechado, com recuperação e tratamento do rejeito em bacias de decantação. Reuniões com DNPM/3º. Dst/MG.Saint. Joe Mining Corp /COMIPA / Fluor Group 1986 – 1987 Pesquisa regional com abertura de acessos / trilhas e malhas regulares para amostragem a trado manual, mapeamento geológico, perfilagem radiométricas/ contador geiger e a seleção de áreas alvo para Sn, W, Mo e Au. Implantação de acampamentos pioneiros em áreas alvos, com base em foto interpretação Landsat/Radar nas frentes de lavra aluvionar; sondagem percussão, trincheiras – com base operacional na mina do Mocambo, São Felix do Xingú / PA. Supervisão do lab. mineral do projeto grande Mocambo, com avaliação visual %Sn contido. Descoberta de ocorrência de molibdenita primária em placas disseminadas nos granitos da serra do Frito. Responsável pela elaboração dos relatórios finais de pesquisa para cassiterita/COMIPA/ DNPM/PA. SANDEL & CMP: 1983 - 1985 Coordenação dos trabalhos de pesquisa mineral no acampamento Rosa de Maio / Porto Tropical, para ouro primário e secundário nos aluviões, colúvios e elúvios, nas ocorrências abandonadas da região do rio Parauari, Pacu, Urubadi, Carauari, Abacaxis, rio Madeira (Amazonas), com apoio logístico em Jacareacanga e garimpo Rosa de Maio/AM. Vistoria aos garimpos (Criminoso, Praia Rosa) na região dos rios Teles Pires e Juruena (Estado Mato Grosso).Acompanhamento de Lavra experimental com equipamento Knelson Com, nos aluviões do rio Vermelho/Goiás. Amostragens sistemáticas na seqüência metassedimentares do Morro do Avião, Boa Vista, Taquari e Baú em Uruaçu/GO e garimpos de Niquelandia/GO. Campanhas de sondagem trado profundo (>10m), sondagem percussão, abertura de trincheiras, amostragem de rocha e sedimento de corrente. Supervisão do laboratório de campo para análise dos concentrados (Au: Gr/m³), descrição poços de pesquisas em tabelas (overburden, cascalho, bedrock), elaboração de planilhas de produção e logística para gerenciar as várias equipes envolvidas. Estudo detalhado das aluviões do Igarapé Caititu e Ciúmes com poços profundos até o bedrock e cascalho basal. Projeto RADAMBRASIL / VOL. 32: 1980 - 1983 Reconhecimento e inventário multitemático - geologia, geomorfologia, vegetação, uso potencial do solo - em área abrangida pelos Estados de MG, RJ, ES e SP. Inventário integrado, consistindo no mapeamento geológico regional, com coleta amostras e estudos geocronológicos e petrológicos em cooperação IG / USP e perfilagem pedológica / cooperação Embrapa. Estudo e interpretação de mosaicos de radar obtidos por sensoriamento e imageamento de visada lateral (SLAR), imagem satélite Landsat, Folha SF. 23 Rio de Janeiro e folha SF. 24 Vitória. 6
  7. 7. CURSOS: Curso de Aperfeiçoamento em Comércio e Meio Ambiente – Apoio Min. Meio Ambiente/CIDS e EBAPE da Fundação Getúlio Vargas-FGV/RJ – 300 horas - aula / Maio/Agosto de 2002 - (Monografia: Indicadores de Sustentabilidade e uma Agenda Positiva para o Comércio Exterior Brasileiro). Indicadores de Sustentabilidade e uma Agenda Positiva para o Comércio Exterior. Escola Superior de Guerra/RJ/MME: Curso Extensão-I/2002 – Monografia: ÁGUA – Recurso Natural Estratégico no III Milênio/Maio 2002. PUC-RJ: Introdução ao Geoprocessamento com sof tware Arcgis 9.3 CEPUERJ: Geotecnologias: Ferramentas de Sistemas de Informações Geográficas com Arcgis 9.3 (completar)IDIOMAS; Inglês, fluência no escrito, falado e leitura, Leitura no Francês e Espanhol. 7

×