Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Seleção de leitor

249 views

Published on

  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Seleção de leitor

  1. 1. Leitores1) Varejo ou robusto a. Varejo feito para hospitalidade, escritório, ambiente de varejo ou similar. b. Robusto usado para estoque / depósito ou similar.2) 1D or 2D a. Leitores 1D feitos para códigos lineares como o UPC (o mesmo código de barras encontrado em itens de uma mercearia). b. Leitores 2D são feitos para códigos de barra no estilo QR (semelhante aos novos códigos de barras quadrados que estão sendo colocados em etiquetas de rastreamento UPS).3) Com ou sem fio a. Leitores com fio serão fixados diretamente ao host e dependendo da interface vai puxar energia do host. b. Leitores sem fio com opção Bluetooth, que pode se conectar diretamente a um dispositivo Bluetooth como um laptop, um coletor de dados ou telefone celular.4) Laser, Linear Imager, Area Imager a. Leitores Laser projeta uma única linha com a qual digitaliza códigos de barras. (Leitores a laser são bons para ambientes de varejo e robusto e com códigos de barras muito agrupados. NÃO PODEM digitalizar telas de computadores ou celulares). b. Linear imagers são leitores 1D como os leitores laser, no entanto não existem peças móveis dentro do scan engine o que os torna menos propensos a quebrar do que um leitor a laser. (Linear imagers são bons em ambientes de varejo e robusto e PODEM digitalizar telas de computadores e celulares). c. Area Imagers são leitores 2D. (São bons em ambientes de varejo e robusto, tiram uma espécie de imagem do código de barras para decodificá-la. Tem um pouco de dificuldade de leitura em situações em que códigos de barras estão próximos. Area Imagers PODEM digitalizar telas de computadores e celulares).5) Alcance do Rádio - A faixa de rádio dos leitores variam de 9,14m a 91,44m. O alcance do rádio é o quão longe o leitor pode ler a partir de sua base e ainda operar. Os números nas folhas de especificação dos leitores são baseados em ambientes abertos. Se a base e os leitores têm paredes ou outro sinal bloqueando, o alcance do rádio pode ser afetado.6) Faixa de Digitalização (SR, ER, DPM, HD) – A faixa de leitura de cada leitor é baseado no ‘mil’ size do código de barras. O mil size é um cálculo que mede a menor barra no código de barras. Quanto maior o tamanho mil maior será distância que o leitor pode digitalizá-lo.
  2. 2. a. Leitores SR significa Standard Range. Estes leitores são os modelos básicos com nenhuma capacidade especial para diferentes tamanhos, distâncias ou impressões de códigos de barras. b. Leitores ER significa Extended ou Long Range. Estes leitores são capazes de ler os códigos de barra a uma distância de até 13,72m dependendo do mil size do código. c. Leitores DPM significa Direct Parts Marketing. Estes leitores são utilizados para digitalizar códigos de barras que são colocados diretamente sobre os produtos. (Exemplos: Gravações a laser e dot peen) d. Leitores HD significa High Density. Estes leitores são utilizados para a digitalização de códigos de barras que tenham um mil size que são inferiores aos leitores SR. (Normalmente um código de barras 4 mil ou menor precisará de um leitor HD. Leitores HD scanners geralmente não podem ler a grandes distâncias).7) Interfaces (USB, RS-232/Serial, PS-2/Keyboard Wedge, USB PowerPlus/PoweredUSB, RS-232 WITH Power on Pin 9, IBM Port 9) a. USB se conecta com um padrão USB 2.0, como o que está na parte de trás de praticamente qualquer computador moderno. O leitor USB irá extrair energia do host e NÃO REQUER UMA FONTE. b. RS-232/Serial é a conexão padrão em computadores antigos e em POS específicos e/ou máquinas de depósitos. Normalmente tem um conector de 9 pinos e REQUER UMA FONTE EXTERNA. c. PS-2/Keyboard wedge é um cabo com conexão ‘Y’ que usa a porta do teclado em um PC. Esta conexão irá depender do host para saber a necessidade de energia externa ou não. Alguns hosts fornecem energia pela porta do teclado e outros não. (Costuma ser uma boa ideia para obter energia externa se for um cabo mais longo, 4,5m). d. USB PowerPlus/PoweredUSB é uma conexão especifica que é mais usada em computadores POS e terminais All-In-One POS. Esta conexão não é igual à conexão USB padrão, a conexão é mais um “quadrado” do que um “retângulo”. Esta solução NÃO REQUER UMA FONTE EXTERNA. e. RS-232 com energização do Pino 9 é uma conexão serial como o padrão RS-232, no entanto, este cabo extrai energia do host. Para usar esta conexão o host tem de ser capaz de fornecer energia ao pino 9 para eliminar a necessidade de uma fonte externa. f. IBM Porta 9 é uma conexão de registro que os leitores podem usar. Esta conexão é semelhante a uma conexão de telefone. Esta solução NÃO REQUER UMA FONTE EXTERNA.

×