Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Painel Synos Crhistian Souza

998 views

Published on

  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Painel Synos Crhistian Souza

  1. 1. Implementação Integrada MPS.BR-C e CMMI-3 Synos Technologies
  2. 2. Agenda • A Synos / Algar • A Fábrica de Software da Synos / Algar • O Synos UP – processo de software da Synos / Algar • O projeto MPS.BR-C / CMMI-3 • Melhoria contínua – o que vem por aí
  3. 3. “Trabalhamos para servir a comunidade” ALexandrino GARcia
  4. 4. O grupo Algar • Grupo empresarial brasileiro, sólido, empreendedor, com mais de 50 anos. • Atua nos setores de TI/Telecom, Agro, Serviços e Turismo. • Receita líquida de 2,5 bilhões (2008). • 15 mil associados. • 8,4 milhões em investimentos em educação corporativa (2008). • 2,5 milhões em investimentos sociais diretos. *Valores em Reais
  5. 5. Fábrica de Software Qualidade Contratação para produção completa ou célula Codificação especialista. Arquitetura Especificação Planejamento
  6. 6. Fábrica de Software Cliente Fábrica
  7. 7. O Synos UP
  8. 8. O Synos UP - Influências PMBOK C 3
  9. 9. O projeto MPS.BR-C / CMMI-3
  10. 10. O projeto MPS.BR-C / CMMI-3 Iniciado em Dezembro de 2007 Finalizado em Julho de 2009 Duração de 18 meses Meta: certificar a empresa no nível C do MPS.BR Resultado: certificação simultânea no MPS.BR-C e CMMI-3 Unidade organizacional: Fábrica de Software Cenário: • Empresa recém-certificada no nível F do MPS.BR (6 meses) • Processo já estruturado para organizacional (padrão), porém pouca cultura organizacional
  11. 11. O projeto MPS.BR-C / CMMI-3 Reestruturação do SEPG (política de novos membros) • 7 pessoas: Diretor Técnico, Gerente de Melhoria Processo, Gerentes de Projeto, Arquitetos, Analista de Sistema, Analista de Testes • Divisão processos conforme especialidade de cada um • Revisão e coordenação do Gerente Melhoria Processos Consultoria de Implementação da Fumsoft (Carlos Barbieri) e ASR (Flávio Harasaki) Implementação fora de grupo cooperado (custo maior, porém maior flexibilidade)
  12. 12. O projeto MPS.BR-C / CMMI-3 Preparação para avaliação Em 75% do projeto, surgiu a oportunidade da avaliação CMMI-3 Necessidade de revisão do Synos UP para contemplar o CMMI-3 Desafio de preparar duas avaliações em uma só: Dois planos de avaliação (português e inglês) Documentação adicional do SEI, cadastro dos sponsors Duas IA’s (COPPE-RJ e Liveware) Silvia não fala português nem Crhistian espanhol... Cursos oficiais do MPS.BR (C1) e CMMI
  13. 13. O projeto MPS.BR-C / CMMI-3 Processo de avaliação Dois treinamentos preparatórios (CMMI e MPS) Necessidade de criação de um processo de avaliação comum, com uma linguagem compatível Equipe de avaliação: Ana Regina Rocha (Avaliador Líder) Andrés Rubinstein (Lead Appraiser) Ana Liddy (Avaliador Adjunto) Anne Elise (Avaliador Adjunto) Cristina Cerdeiral (Avaliador Adjunto) Crhistian e Leandro (Representantes da empresa) Ariadne e Árley (Coordenadores locais)
  14. 14. O projeto MPS.BR-C / CMMI-3 Processo de avaliação Leandro Serranegra Ana Liddy Andrés Crhistian Cristina Anne Ana Regina
  15. 15. O projeto MPS.BR-C / CMMI-3 Vantagens Possibilita obter dois selos de uma só vez Otimiza custos (IA’s, h.h., logística) Avaliação conjunta tende a ter menor preço do que duas avaliações separadas Avaliação conjunta tende a durar menos tempo que duas avaliações separadas Processo de avaliação com chances de maior qualidade, visto que são dois Avaliadores Líderes acompanhando Maior aprendizado para os participantes da empresa e entrevistados
  16. 16. O projeto MPS.BR-C / CMMI-3 Lições aprendidas Certeza de um maior reconhecimento do mercado e abertura de novas oportunidades com esta dupla certificação Consolidação da imagem da empresa como referência de qualidade Forma transparente com que os trabalhos foram conduzidos pela equipe de avaliação tornou o processo único e imperceptível para a empresa Preparação do Synos UP para o MPS.BR-C facilitou aderência ao CMMI-3, devido à compatibilidade dos dois modelos e à maior exigência do MPS.BR Ficou evidente que o bom entrosamento e alta experiência da equipe de avaliação foi fundamental para ajudar a empresa a atingir esta conquista
  17. 17. O projeto MPS.BR-C / CMMI-3 Recomendações Tomar o MPS como referência para elaboração dos processos, pois facilita o atendimento aos resultados do CMMI, visto que o MPS é um modelo de maior exigência e abrangência Durante a elaboração dos processos, garantir o atendimento dos resultados que forem específicos do CMMI, para evitar problemas na avaliação conjunta Procurar manter a cultura de processos da empresa sempre fluente nos dois modelos, CMMI e MPS. Para isso, é fundamental a capacitação do SEPG nos dois modelos Garantir que a equipe de avaliação tenha um líder para cada modelo, MPS (Avaliador Líder) e CMMI (Lead Appraiser) Selecionar somente IA’s que tenham experiência comprovada nos dois modelos, ou seja, Avaliador Líder com experiência em avaliações CMMI e Lead Appraiser em avaliações MPS
  18. 18. Melhoria Contínua... O que vem por aí Rumo ao nível “A5” Sinergia dos processos de todas as unidades da Algar Tecnologia (BH, Uberlândia e Campinas) Aprimoramento das ferramentas do processo crhistiangs@algartecnologia.com.br

×