Gestão de Projetos de TI em Empresas

5,043 views

Published on

Published in: Business
0 Comments
3 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
5,043
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
207
Comments
0
Likes
3
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Gestão de Projetos de TI em Empresas

  1. 1. GESTÃO DE PROJETOS DE T.I. EM EMPRESAS Prof. Camilo Almendra – UFC Quixadá
  2. 2. Roteiro• T.I. nas Empresas• Gestão de Projetos• Desafios dos Projetos de T.I.
  3. 3. TI em Empresas
  4. 4. Informatização nas EmpresasUso organizacional da TI (Empresa Digital) “Extensão com que uma organização utiliza sistemas de informação para promover a integração e oferecer suporte à decisão e ao seu planejamento estratégico.”
  5. 5. Informatização nas EmpresasCOLETA E Decisões PlanejamentoANÁLISE DE DADOS Operacionais Estratégico PROCESSOS Integração IntegraçãoCANAIS DE Interna ExternaCOMUNICAÇÃO
  6. 6. Informatização nas Empresas 2008
  7. 7. Informatização nas Empresas 2008
  8. 8. Informatização nas Empresas 2008 Evolução Implantação
  9. 9. Papel da Área de TI • Mapeamento e desenho de processos e Processos soluçõesde Negócios • Essencial na nova economia do conhecimento e economia criativa • TI como provedora de serviços Gestão de • Catálogo de Serviços Serviços • Base para o alinhamento de negócios e TIGestão de • Não traz competitividade na maioria dos Infra- casosestrutura • Franca terceirização
  10. 10. Papel da Área de TI Estratégico Sistemas de Informação Tático servem a todos os Operacional níveis
  11. 11. Papel da Área de TI Perspectivas de Sistemas de Informação Estratégico Objetivos e metas Tático Processos Requisitos de Operacional Sistemas
  12. 12. Papel da Área de TI• Valor da TI (Magalhães e Pinheiro, 2007)
  13. 13. Parada!• Papel e caneta/lápis• 5 minutos• Resposta para uma pergunta simples Por quê?
  14. 14. Gestão de Projetos
  15. 15. Conceitos “Projeto é um empreendimento único e temporário, concebido para criar um produto, serviço ou resultado único.” “Gerenciamento de Projetos é a aplicação de conhecimento, habilidades, técnicas e ferramentas em atividades de projeto, a fim de cumprir os requisitos do projeto.” (PMBoK, 4ª edição)
  16. 16. Projeto é único• Exemplos de projetos: – Viajar nas férias – Trocar de casa – Reformar o jardim• Não são projetos, são rotinas: – Visitar os pais no final de semana – Manutenção básica da casa (lâmpadas, ...) – Compras de supermercado
  17. 17. Exemplos de Projetos de T.I.• Desenvolvimento interno de uma nova funcionalidade para o módulo financeiro
  18. 18. Exemplos de Projetos de T.I.• Implantar WiFi na empresa
  19. 19. Exemplos de Projetos de T.I.• Decidir qual sistema de VoIP adquirir para a empresa
  20. 20. Exemplos de Projetos de T.I.• Desenvolvimento externo de novo sistema de gestão de força de vendas
  21. 21. Exemplos de Projetos de T.I. • Mudança de Legislação do ponto eletrônicohttp://exame.abril.com.br/pme/noticias/ponto-eletronico-comeca-a-valer-para-pequenas-empresashttp://www.opovo.com.br/app/economia/2012/09/03/noticiaseconomia,2912290/ponto-eletronico-entra-em-vigor-para-219-mil-pequenas-empresas-cearens.shtml
  22. 22. Exemplos de Projetos de T.I.• Migração da infraestrutura de servidores para serviços de computação em nuvem
  23. 23. Quem precisa do projeto?• Usuários – Pessoas que vão utilizar o produto/serviço para realizar alguma atividade de forma melhorada ou uma nova atividade Usuário• Partes interessadas (stakeholders) – Qualquer parte interessada no sucesso do projeto • Patrocinadores • Gerência sênior • Investidores – Essas partes também podem ser usuários Stakeholder
  24. 24. Quem desenvolve um projeto?• Equipe – Software • Analistas, desenvolvedores, ... – Construção civil Equipe • Engenheiros, técnicos, ... – Infra-estrutura de rede • Administrador de Rede, técnicos, ...• Responsáveis pela construção e implantação do novo produto/serviço – Em geral, multidisciplinar
  25. 25. Onde estão essas pessoas?• Internas Empresa Stakeholder Equipe Usuário• Externas (terceiros) Empresa Stakeholder Usuário Equipe• Externas Empresa (usuários) Stakeholder Equipe Usuário
  26. 26. Quem articula?• Gerente de projetos planeja e guia o projeto – Responsável por identificar usuários e partes interessadas (stakeholders) – Determinar as necessidades que justificam o projeto – Coordenar a equipe de desenvolvimento – Comunicar e facilitar a comunicação entre todas as partes Gerente de Projeto
  27. 27. Quem articula? Equipe Gerente de Projeto Stakeholder Usuário 27
  28. 28. Restrição Tripla CUSTO QUALIDADEESCOPO TEMPO 28
  29. 29. Como começar um projeto?O que já existe de conhecimento sobre o assunto? 29
  30. 30. O que é o PMBoK• Corpo de conhecimento sobre gestão de projetos – Mantido pelo PMI (Project Management Institute) – Material Didático e de Referência• Compreende: – Processos – Práticas – Técnicas – Ferramentas – Código de ética 30
  31. 31. Áreas de Conhecimento Escopo Tempo Custos Comunicaç Qualidade Riscos ão Recursos Integração Aquisições Humanos 31
  32. 32. Grupos de Processos INICIAÇÃO PLANEJAMENTO CONTROLE EXECUÇÃO ENCERRAMENTO
  33. 33. Processos de Iniciação• Grupo de processos de Iniciação engloba os processos voltados para concepção e autorização de um novo projeto• Os processos desse grupo são: – Desenvolver termo de abertura do projeto – Identificar as partes interessadas
  34. 34. Desenvolver termo deabertura do projeto Integração• Objetivos – Estabelecer escopo inicial – Estabelecer estimativas iniciais de custos e prazo – Conseguir autorização formal para o início do projeto – Definir quem será o gerente de projetos!
  35. 35. Desenvolver termo deabertura do projeto Integração• Entradas – Declaração de trabalho – Caso de Negócio• Benefícios – Reconhece formalmente a existência do projeto – Concede ao gerente de projeto autoridade para uso dos recursos – Fornece requisitos de alto nível – Consolida a visão do projeto
  36. 36. Identificar as partesinteressadas Comunicação• Objetivo – Identificar partes interessadas internas e externas – Documentar poder de influência e interesses – Identificar impactos positivos ou negativos da influência de cada parte interessada• Benefícios – Análise de ameaças e oportunidades – Ganhar comprometimento com o projeto
  37. 37. Importância da Iniciação• Consolidar o que será feito – Alinhamento entre projeto e estratégia de negócio – A isso chama-se VISÃO DO PROJETO• Identificar quem estará envolvido – Comunicação começa a ser estruturada• Na fase de Planejamento, tudo será detalhado – Sempre observando os objetos de alto nível estabelecidos
  38. 38. Desafios dos Projetos de T.I.
  39. 39. Desafio: Perfil das Equipes • Habilidades e competências distintas • Necessidade de equipes multidisciplinares • Capacitação e treinamento constantes • Anomalia: – Contratar um perfil e exigir atividades de outro – O “faz tudo” é como um pato ** Pato anda, mas não anda bem. Nada, mas não nada bem. Voa, mas não voa bem.
  40. 40. Desafio: Gerenciamento dos Processos• Sistemas são um meio para executar processos• Base de processos de uma empresa é importante ativo – Inteligência corporativa – Diferencial competitivo – Aderente a cultura e refinado com o tempo• Não pode estar apenas na cabeça das pessoas• Qualquer projeto de T.I. deve considerar os processos atuais
  41. 41. Desafio: Aquisições• Qualquer compra deve estar vinculada a um objetivo ou meta de negócio• Igual a ir ao supermercado: antes de sair as compras, faça sua lista de necessidades!• Difícil encontrar soluções que atendam tudo da melhor forma possível – Custos colaterais devem fazer parte da decisão de compra• Anomalia: – Novo sistema impor mudança de processo e perda de desempenho• Oportunidade: – Incorporar o processo implícito ao sistema adquirido
  42. 42. Desafio: Homologações• Etapa importante do processo• Verificar se o recebido adere aos requisitos do que foi contratado• Ambiente de homologação deve ser idêntico ao de produção• Anomalias: – Sistemas passam na homologação mas não são aceitos pelos usuários (falha no levantamento de requisitos) – Sistemas passam na homologação mas não funcionam em produção (falha na configuração do ambiente de homologação) – Sistemas não fazem o que deveriam (falha na homologação)
  43. 43. Desafios: Gerenciamento do Tempo• Projetos ou Rotinas: o que priorizar?• Rotinas: atividades recorrentes• Projetos: atividades planejadas• Importante medir o tempo em cada atividade – Quanto tempo semanal para as rotinas? – Quanto tempo semana para um projeto?• Dados sobre tempo ajudam no planejamento... – ... de pessoal (quantas pessoas contratar, qual perfil) – ... de projetos (é possível iniciar esse projeto, quanto tempo durará)• Anomalia: – Planejar projetos envolvendo a equipe sem considerar tempo das rotinas
  44. 44. Desafios: Fatores Culturais• Not Invented Here (NIH) – Privilegiar soluções caseiras (geralmente de pior qualidade) – Receio de depender de um fornecedor• Dados “debaixo do colchão” – Mito do servidor dentro da empresa – Resistência para migrar base de dados e sistemas para serviços especializados• Falta de reconhecimento – Área de T.I. vista apenas na perspectiva de “suporte”
  45. 45. Desafios: Outros Fatores• Fatores organizacionais • Fatores humanos – Cultura da organização – Existência de profissionais – Infraestrutura capacitados – Processos e – Retenção de pessoas ferramentas disponíveis – Suporte executivo • Fatores externos – Tolerância do – Concorrentes patrocinador a riscos – Legislação
  46. 46. Mudança de cenário (Magalhães e Pinheiro, 2007)
  47. 47. Por fim...• Projetos de T.I. permeiam todos setores de uma empresa• T.I. é uma área integradora nas empresas• Alinhamento de T.I. e Negócios é diferencial competitivo• Essencial que haja organização e planejamento de atividades de T.I.
  48. 48. Perguntas?
  49. 49. Referências• “Um Estudo da Informatização nas Empresas Paulistas”. A. G. R. Vidal; R. Zwicker; C. A. de Souza. Rev. Adm. Contemp. vol.9 no.2 Curitiba Abril/Junho, 2005. Url: http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1415- 65552005000200009&script=sci_arttext• “Gerenciamento de Serviços de TI na Prática”, Capítulo 1. I. L. Magalhães, W. B. Pinheiro. Editora Novatec, 2007. Url: http://www.martinsfontespaulista.com.br/anexos/produtos/capitulos/235588.pdf• “O Papel Estratégico da TI nas Micro e Pequenas Empresas”. Sebrae-RN, 2009. Url: http://201.2.114.147/bds/bds.nsf/7B838AA9EB5A715683257689004F32FC/$File/O %20papel%20estrat%C3%A9gico%20da%20tecnologia%20da%20informa%C3% A7%C3%A3o%20nas%20MPE.pdf• “As Tecnologias da Informação e Comunicação (TICs) nas MPEs Brasileiras”. Observatório das MPEs, Sebrae-SP, 2008. Url: http://201.2.114.147/bds/bds.nsf/EDE8C2F488EF9E878325752F004A6D2A/$File/N T0003D9E2.pdf
  50. 50. Licença:Onde rever os slides: www.slideshare.net/ccalmendra

×