Aula 1 2011

1,734 views

Published on

Published in: Education, Travel, Technology
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
1,734
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
48
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Aula 1 2011

  1. 1. Curso de graduação: Ciência e Tecnologia/Engenharia deEnergia/Engenharia de ProduçãoDepartamento: Ciências Ambientais e Tecnológicas - DCADisciplina: Sistemas de Gestão em Saúde e Segurança noTrabalho/ Engenharia de Segurança no TrabalhoProfª: Érika do N. Fernandes Pinto Campus Mossoró
  2. 2. AULAPROVAREPOSIÇÃOFINAL
  3. 3. Objetivos: Proporcionar uma visão ampla sobre Engenharia de Segurança do Trabalho, enfocando, principalmente, conteúdos relacionados aos acidentes de trabalho. Levar o aluno a ter um comportamento reflexivo sobre os riscos presentes nos ambientes de trabalho e que interferem em forma de prejuízo na saúde do trabalhador.
  4. 4. CONTEÚDO PROGRAMÁTICOCONTEÚDO I Introdução à Engenharia de Segurança Histórico da Segurança do Trabalho Noções de Saúde Ocupacional Conceito de acidentes de trabalho Doenças do trabalho e doenças profissionais Estatística de acidentes de trabalho Custos de acidentes de trabalho Comunicação de acidentes de trabalho Conceitos de risco e perigo Legislação sobre Condições de Trabalho Introdução Evolução da legislação acidentária Normas Regulamentadoras (NR): NR-1 à NR-34
  5. 5. CONTEÚDO IIAgentes causadores de prejuízo à saúde Agentes Físicos Agentes Químicos Agentes Biológicos Agentes Ergonômicos Causas de acidentes de trabalho Teorias causais de acidentes de trabalho Investigação de acidentes de trabalhoCONTEÚDO III Metodologias para investigação de acidentes de trabalho Técnicas de medição dos agentes Análise de riscos
  6. 6. Horário de AtendimentoSeg Ter Qua Qui Sex
  7. 7. METODOLOGIA TÉCNICAS RECURSOS INSTRUMENTOS DIDÁTICOS DE AVALIAÇÃO TrabalhosExposições Quadro branco temáticos grupaisdialogadas Retroprojetor (Seminários);Aulas mediadas por Datashow Provasconstruções grupais TV e Vídeo TextosEstudo de caso
  8. 8. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICASBARBOSA FILHO, Antônio Nunes. Segurança do trabalho & Gestão ambiental, São Paulo, Atlas, 2010.GONÇALVES, Edgar Abreu. Manual de Segurança e Saúde no Trabalho. São Paulo: Ltr, 2008.GONÇALVES, Edgar Abreu. Segurança e medicina do trabalho em 1200 perguntas e respostas. São Paulo: Ltr, 2000.MORAES, Giovanni. Elementos de Gestão de Segurança, Meio Ambiente e Saúde Ocupacional - SMS, Rio de Janeiro, 2004.Manuais de Legislação Atlas. Segurança e Medicina do Trabalho. São Paulo: Editora Atlas, 2005.BRASIL. Ministério do Trabalho e Emprego. NRs – Normas regulamentadoras de segurança e saúde no trabalho. URL.: http://www.mte.gov.br/legislacao/normas_regulamentadoras/default.asp . Acessado em 06/03/11.
  9. 9. Introdução à Engenharia de SegurançaConceitos importantes TRABALHO1. Origem da palavra: Tripalium = Tri (três) + palium (paus)2. Conotação de “Realizar atividades com um certo esforço”
  10. 10. 3. “Atividade coordenada, de caráter físico e/ou intelectual,necessária à realização de qualquer tarefa, serviço ouempreendimento”
  11. 11.  SEGURANÇAEstado, qualidade ou condição de seguro. Condição daquele ou daquilo em quese pode confiar. Risco – possibilidade de acontecer acidente. É inerente da ação. Perigo – é a exposição aos riscos. Quanto mais estivermos expostos aos riscos, maior será o perigo emenor será a segurança.
  12. 12.  SAÚDEUm estado completo de bem-estar físico, mental e social; não consiste somentena ausência de doença ou enfermidade.Qualidade de vida??+ Desenvolvimento tecnológico- Desenvolvimento Humano
  13. 13.  SEGURANÇA DO TRABALHOCiência que, através de metodologia e técnicas apropriadas, estuda as possíveiscausas de acidentes do trabalho, objetivando a prevenção de suas ocorrências.
  14. 14.  MEDICINA DO TRABALHOÉ o ramo da Medicina que visa à preservação da saúde do trabalhador,melhorando as condições de sua atividade laboral, bem como corrigindo asconseqüências delas advindas que são prejudiciais ao homem.
  15. 15.  SAÚDE OCUPACIONAL- Promover o mais alto grau de bem-estar físico, mental e social detrabalhadores de todas as ocupações;- Prevenir entre os trabalhadores os desvios de saúde causados pelas condiçõesde trabalho, protegê-los em seus empregos contra os riscos resultantes defatores ou agentes prejudiciais a sua saúde;- Colocar e manter o trabalho em um emprego adequado às suas aptidõesfisiológicas e psicológicas e, em suma, o trabalho ao homem e cada homem àsua atividade.

×