Modelo grego parte 1

4,543 views

Published on

Published in: Education

Modelo grego parte 1

  1. 1.  Identificar a pólis ateniense como um centro politicamente autónomoonde se tornou possível desenvolver formas de participaçãodemocrática restritas à comunidade dos cidadãos. Valorizar processos de intervenção democrática na vida coletiva. Mostrar a importância da educação para o exercício dos direitoscívicos. Desenvolver a sensibilidade estética através da identificação e daapreciação de manifestações do período clássico. Inferir o contributo grego na civilização europeia.
  2. 2.  Pólis  Isocracia Ágora  Isegoria Acrópole  Isonomia Democracia  Cidadania Cidadão  Ostracismo Meteco  Capitel Escravo  Friso Ordem arquitetónica  Arte
  3. 3. Localização Espacial Península Balcânica
  4. 4. A Grécia localiza-se na Península Balcânica e é banhada a Sulpelo mar Mediterrâneo, a este pelo mar Egeu e a Oeste pelo marJónico. As características geográficas marcaram a sua evolução:• Terreno muito montanhoso;• Apresenta vales profundos e pequenas planícies;• Costa muito recortada e numerosos portos naturais.
  5. 5. O relevo montanhoso dificultava o contacto entre as cidades, peloque as populações começaram a desenvolver-se isoladamente,formando cidades-estado ou pólis, cidades com governo, leis e exércitopróprios. Era fundamental a existência do território, das leis (Nomos) edo corpo cívico para que a pólis existisse em pleno. A pólis deveriabastar-se a si própria (ideal de autarcia).
  6. 6.  Atenas transformou-se na mais rica e prospera cidade do mundo grego para o qual contribuíram:  Situação geográfica, perto do mar Egeu que permitiu aos atenienses dedicarem-se, predominantemente, ao comércio marítimo;  O comércio florescente e o uso da prata na cunhagem de moeda – dracma – que passou a ser aceite, no comércio realizado em todo o Mediterrâneo;  O assumir a liderança da Liga de Delos, aliança defensiva, contra as invasões dos persa.
  7. 7. A pólis era Partenon constituída por: ErectéionAcrópole,situada na parte mais altada cidade, era o centro Acrópoleda vida religiosa e ondese encontravam ostemplos.
  8. 8. ou praça pública, eraa parte mais baixa dacidade, onde seencontravam aszonas residenciais,administrativas ecomerciais. Constituíao centro da cidade. A zona rural, com campos, pastos e bosques, servia para abastecer a cidade de produtos agrícolas.
  9. 9.  Atenas foi governada por diversos sistemas políticos: • Monarquia (época micénica - até aos inícios do séc. VII a.C.); • Oligarquia ou aristocracia (séc. IX-VII a.C.). Primeira colonização (fixação). Como reformadores, Drácon e Sólon. • Tirania de Pisístrato e de Clístenes (séc. VI a V a.C.). Segunda colonização (comercial). Os conflitos sociais levaram Clístenes a realizar reformas que defendiam a igualdade de direitos políticos, entre todos os cidadãos. Esta reforma foi concluída por Péricles no séc. V a.C., dando origem à DEMOCRACIA.
  10. 10.  Isonomia: todos são iguais perante a lei; Isocracia: todos têm as mesmas oportunidades de acesso aos cargos políticos; Isegoria: todos têm o mesmo direito ao uso da palavra. Clístenes dividiu o território em 10 tribos, subdivididas em 10 demos, de onde eram sorteados os cidadãos que prestariam serviço na cidade. Péricles completou esta reforma com a introdução das mistoforias (pagamento feito pelo estado aos que exerciam cargos públicos). Era uma democracia direta, uma vez que os cidadãos não delegavam em ninguém o poder.
  11. 11.  A sociedade grega estava dividida em três grupos:  Cidadãos  Metecos  Escravos
  12. 12.  Cidadãos  Sexo masculino;  filho de pai e mãe ateniense;  maior de 18 anos;  único grupo social com direito a possuir propriedades na Ática;  único grupo social a ter direitos políticos.
  13. 13.  Metecos  estrangeiros que se dedicavam ao artesanato e comércio;  eram livres;  estavam sujeitos ao serviço militar obrigatório;  pagavam impostos;  não tinham quaisquer direitos políticos;
  14. 14.  Escravos  Considerados instrumentos de trabalho;  cerca de 1/3 da população;  trabalhavam na agricultura, no artesanato, nas tarefas domésticas;  eram geralmente bem tratados;  Origem: prisioneiros de guerra; vítimas de pirataria; Comprados ou filhos de escravos
  15. 15.  Era o dom da palavra (oratória) que permitia o sucesso na política. Todavia, o perigo de manipulação existia, pelo que se decidiram a proteger a democracia:  Introdução da graphê paranomom (pág. 37);  Necessidade de prestar contas no fim dos mandatos;  O ostracismo (pág.37).
  16. 16.  Participação direta dos cidadãos nas assembleias; Concentração da autoridade nas assembleias; Rotatividade dos cargos políticos; Decisões colegiais; Escolha para o cargo através de eleição ou sorteio; Criação de juízes populares (todos os cidadãos eram obrigados a conhecer a lei).
  17. 17.  A democracia ateniense apresenta algumas contradições e limitações:  Limitação à liberdade de expressão: quem conspirasse contra a democracia era condenado ao ostracismo;  Só os cidadãos (pág. 38) podiam participar no governo da cidade;  Segregação de sexos (pág. 39);  Participação na política vedada aos metecos e mulheres (pág.40);
  18. 18. Limites da democracia ateniense Existência de escravos numa forma de governo que defendia a igualdade de direitos (pág. 41); Imperialismo exercido por Atenas através da Liga de Delos; exigia o pagamento de tributos e não respeitava os direitos das outras cidades; Apesar de todas estas limitações a democracia ateniense foi um exemplo de participação cívica, sendo um dos mais importantes legados que a civilização grega nos deixou.
  19. 19. A cultura adquiriu, em Atenas, um estatuto especial durante osséculos V e IV a.C. O jovem grego aprendia, desde o berço, acomportar-se e a preparar-se para a vida de adulto. Ao chegar aos 20anos, o jovem tinha que estar pronto para participar no governo da Polis. A educação começava em casa com a mãe. Até aos sete anos,rapazes e raparigas permaneciam no Gineceu, a parte da casa onde amãe ensinava às crianças as regras de comportamento e os rudimentos(princípios) da religião e das tradições culturais. A partir dos sete anos,os rapazes e as raparigas separavam-se, para cada um deles sepreparar para o futuro que os esperava .
  20. 20. Características da religião grega: •de toda a sociedade, com raízes nos Poemas Homéricos. •Politeísta. •Antropomorfismo dos deuses. •Diferentes tipos de culto. •Locais sagrados: •Oráculos (de consulta, como o de Delfos); •Santuários (como o de Olímpia).
  21. 21. • Culto cívico – celebrado em cada cidade;• Culto pan-helénico – celebrado por todos os gregos:  Mais importantes:  Zeus, em Olímpia (jogos Olímpicos)  Apolo, em Delfos (jogos Píticos)• Culto privado  celebrado em cada lar, junto ao altar doméstico;  celebrado nos cemitérios.
  22. 22. Os gregos adoravam vários deuses, e representavam-nos sob a formahumana. A religião grega era, portanto, politeísta e antropomórfica. Osdeuses habitavam o monte Olimpo onde se encontravam 15 deuses.São eles:  Zeus - Deus do céu e Senhor do Olimpo; Deméter - Deusa da agricultura; Posídeon - Deus dos mares ; Ares - Deus da guerra; Hefesto- Deus do fogo; Hermes - Deus do comércio e das comunicações; Asclépio - Deus da medicina.
  23. 23. Hera - Deusa do casamento Dionísio - Deus Apolo - Deus do do vinho e doSol, das artes e da Diana – Deusa da caça prazer razão; Atena - Deusa da Hades - Deus do inteligência e da mundo subterrâneo Afrodite - Deusa do amor sabedoria; (inferno) e da beleza
  24. 24. Festividades em honra de Atena, deusa protetora de Atenas,realizavam-se no mês de Julho. Estas celebrações festejavam ainda o sentimento de orgulho eunião dos atenienses. De quatro em quatro anos, realizavam-se as Grandes Panateneias.
  25. 25. Festividades em honra de Dionísio, deus do vinho, realizavam-seno mês de Março. Estas celebrações aliavam o culto à competiçãopoética. Surgem então as representações teatrais que conheceramgrande desenvolvimento na Grécia e, particularmente, em Atenas. Tragédias, comédias e tragicomédias, abordam, principalmente, aintervenção dos deuses na vida dos homens. As primeiras tratam dosproblemas humanos e das suas relações com os deuses. Os seusmaiores autores são Sófocles, Ésquilo e Eurípedes.
  26. 26. A comédia, parodiando os homens, troça dos seus costumes e daépoca. Tem o seu principal representante em Aristófanes. Os atores são sempre homens que fazem, quer o papel masculino,como o feminino. Usavam máscaras que pretendiam exprimir ocarácter da personagem. Depois das representações, dez juízesnomeavam o vencedor, que era coroado com uma coroa de Hera.
  27. 27. Construído em espaços abertos, aproveitando as montanhas, para aíescavar a bancada., é composto por: Orquestra, uma área circular emtorno da qual se organiza o teatro; Cena, plataforma onde estavam osatores. Existiam ainda as bancadas e os párodos (acessos laterais).
  28. 28.  Os gregos praticavam ainda o culto dos heróis. Eram seres mitológicos considerados pelos gregos como seus antecessores, fundadores das cidades, às quais davam proteção: Teseu, Perseu, Belerofonte e Hércules; Diversos jogos periódicos eram promovidos pelos gregos em homenagem aos deuses, como os Jogos Olímpicos, dedicados a Zeus, na cidade Olímpia. Os Jogos Olímpicos eram praticados de quatro em quatro anos. Durante sua realização, paravam-se as guerras e respeitavam-se como pessoas sagradas, os seus participantes.
  29. 29. O estado grego não interferia na educação dos jovens, queconsiderava responsabilidade dos pais. No entanto, todos deveriamsaber ler, escrever e nadar. As raparigas permaneciam em casa, aprendendo as "artes" daeconomia doméstica, regras de etiquetae música.
  30. 30. Os rapazes iam à escola onde aprendiam a ler e a escrever. Até aos14 anos, tinham que aprender de cor os Poemas Homéricos (livro basede aprendizagem). Aos 15, entravam para o Ginásio, onde aprendiam aarte da harmonia entre o corpo físico e o espírito (a ginástica era a partefundamental dessa harmonia). Entre os 18 e os 20 anos, os jovenscumpriam o serviço militar (parte final da sua preparação comocidadãos), o que lhes garantia o acesso aos cargos de administraçãopública, do governo da cidade.
  31. 31. A civilização grega foi também importante pelo legado científico quenos deixou: A Filosofia, Sócrates e os Sofistas: Sócrates tentou desenvolver nosjovens o gosto pela sabedoria e pelo estudo do homem, o humanismo.A sua máxima "conhece-te a ti próprio" é tomada como princípio paraatingir a verdade. O conhecimento da verdade permite àquele que opossui, praticá-lo, pois dizia, "quem conhece o bem, pratica-o". Osensinamentos de Sócrates foram continuados e passados a escritopelos seus discípulos, principalmente Platão e Aristóteles.
  32. 32.  A Matemática: estudada por Pitágoras e seus discípulos, foidesenvolvida principalmente em Crotona (uma colónia do sul da Itália).A História foi também criada na Grécia. Heródoto e Tucídidestentaram fazer um relato dos acontecimentos de momentosparticulares da história grega. O primeiro sobre as Guerras Pérsicas, osegundo sobre a Guerra do Peloponeso entre Atenas e Esparta.A Medicina: Hipócrates criou uma escola cujo juramento ainda hoje écumprido pelos médicos.

×