Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

FILOSOFIA DAS LUZES

  • Be the first to comment

FILOSOFIA DAS LUZES

  1. 1. CONSTRUÇÃO DA MODERNIDADE EUROPEIA A filosofia das Luzes
  2. 2. A FILOSOFIA DAS LUZES <ul><li>“ O século que sucede à filosofia cartesiana volta-se contra a ideia de uma razão impessoal, superior ao individuo (…). A razão está no individuo, que deve procurar todos os elementos da sua vida moral e intelectual na sua própria experiência.” </li></ul><ul><li>in, Pensar a História </li></ul><ul><li>“ O Iluminismo constitui a emancipação de uma menoridade que só aos homens se devia”. Kant </li></ul>
  3. 3. DIREITOS NATURAIS <ul><li>Liberdade </li></ul><ul><li>Igualdade </li></ul><ul><li>Cabe ao Estado assegurar os direitos naturais de um povo, por isso, o poder do Estado deve ser tripartido, separado da Igreja e a soberania residir na nação. </li></ul>A preservação dos direitos naturais está dependente da consolidação da liberdade individual. O exercício de soberania depende da posse da propriedade (deve assim garantir-se o acesso por igual, de todos os irmãos, aos bens de herança).
  4. 4. PRINCÍPIOS FUNDAMENTAIS <ul><li>Liberdade de pensamento </li></ul><ul><li>Tolerância </li></ul><ul><li>Primado da Razão </li></ul><ul><li>Crença no Progresso </li></ul><ul><li>Crítica à Religião </li></ul><ul><li>Procura da Felicidade </li></ul>
  5. 5. MEIOS DE DIFUSÃO <ul><li>Enciclopédia </li></ul><ul><li>Jornais </li></ul><ul><li>Academias </li></ul><ul><li>Bibliotecas e Livrarias </li></ul><ul><li>Cafés </li></ul><ul><li>Salões </li></ul><ul><li>Maçonaria </li></ul>
  6. 6. <ul><li>Acentua-se o processo de valorização do indivíduo. </li></ul><ul><li>Acredita-se na felicidade do homem, pelo contacto com a Natureza e conquistada pela razão. </li></ul><ul><li>Rousseau defende a Educação Natural. </li></ul><ul><li>A razão, “conhecimento das verdades úteis à felicidade”, é vista como gerador de progresso. </li></ul><ul><li>Para Locke, a educação não se deve ficar apenas pela cultura. Ao erudito, prefere-se o virtuoso. O homem deve partir da sua própria condição social, para julgar e criticar os costumes do seu mundo e assim fazer prevalecer as exigências da razão. </li></ul>A EDUCAÇÃO
  7. 7. <ul><li>Para ver a importância da educação reconhecida pela sociedade do seu tempo, os iluministas: </li></ul><ul><ul><li>Impulsionaram a ideia de que esta era fator de progresso; </li></ul></ul><ul><ul><li>Procuraram facilitar o acesso de todos (incluindo mulheres) à educação; </li></ul></ul><ul><ul><li>Promoveram o alargamento das rede de escolas públicas; </li></ul></ul><ul><ul><li>Fomentaram a construção de Museus, Jardins Botânicos… </li></ul></ul><ul><ul><li>Defenderam a reforma do ensino (novos currículos e novos métodos, que incentivassem ao conhecimento e ao saber). </li></ul></ul><ul><ul><li>Seguindo as ideias de Rousseau, foi dado um papel fundamental aos pais na educação dos filhos. </li></ul></ul>
  8. 8. <ul><li>Rousseau defende o regresso à Natureza e ao homem puro, antes da civilização o corromper. </li></ul><ul><li>Condorcet acredita que a educação porá fim à servidão. </li></ul><ul><li>O Século das luzes quer pôr fim às trevas da ignorância, uma vez que apenas o saber pode conduzir ao progresso e à felicidade. </li></ul>
  9. 9. <ul><li>Conscientes de que as suas ideias podiam conduzir a conflitos sociais e políticos, os iluministas aceitaram soluções moderadas: </li></ul><ul><ul><li>A desigualdade social é fruto do aproveitamento de cada um das suas capacidades pessoais; </li></ul></ul><ul><ul><li>É aceite o absolutismo monárquico, desde que auxiliado pelos filósofos (Despotismo Esclarecido). </li></ul></ul><ul><li>Defenderam ainda ideias que conduziram à abolição da escravatura e à inviolabilidade da propriedade privada. </li></ul>
  10. 11. SOBERANIA POPULAR <ul><li>O Homem possui direitos inalienáveis e intransmissíveis: os Direitos Naturais (liberdade, igualdade…) – Voltaire. </li></ul><ul><li>O povo é detentor da sua própria soberania, que delega nos seus representantes, por ele escolhidos. </li></ul><ul><li>O governante exerce o poder tendo por base o interesse dos governados. </li></ul>Rousseau defende o Contrato Social (quando o governante não exerce o governo a bem do seu povo, pode ser destituído das suas funções).
  11. 12. SEPARAÇÃO DE PODERES <ul><li>O Espírito das Leis , obra de Montesquieu, desenvolve a teoria da separação de poderes de Locke. Para ele, a lei é a relação necessária que deriva da natureza das coisas. Para que não se possa abusar do poder, a liberdade tem que surgir associada às leis e os poderes terão que ser divididos. </li></ul>
  12. 13. DEÍSMO <ul><li>Deus existe , atua e é justo. </li></ul><ul><li>Se Deus é comum a todas as religiões, a intolerância e o fanatismo religioso são irracionais. </li></ul><ul><li>Se a religião pressupõe a existência de um ser superior, que tudo criou com base em leis imutáveis, o culto é desnecessário. </li></ul><ul><li>A atitude do homem afasta-se cada vez mais da influência da Igreja. </li></ul><ul><li>Os valores morais apoiam-se agora nas virtudes cívicas (o bem ao próximo que deve orientar a conduta moral do Homem). </li></ul><ul><li>Exalta-se a IGUALDADE, FRATERNIDADE, LIBERDADE e FELICIDADE individuais. </li></ul>

×