Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.
Princípios estratigráficos
Princípio da horizontalidade dos estratos <ul><li>Os estratos sedimentares formam-se horizontalmente, isto é, os sedimento...
 
 
Princípio da sobreposição <ul><li>Numa sequência estratigráfica não deformada, um estrato mais recente sobrepõe-se a um es...
 
 
Princípio da identidade paleontológica  ou do  sincronismo <ul><li>Dois estratos apresentam a mesma idade se apresentarem ...
 
<ul><li>A sequência estratigráfica põe ênfase na cronologia das camadas e na sucessão de ambientes sedimentares. A idade e...
<ul><li>A velocidade e as condições de sedimentação variam ao longo do tempo e pode mesmo haver períodos de interrupção da...
<ul><li>As grandes descontinuidades no registo geológico, marcadas pela ausência de camadas mais ou menos espessas, design...
 
Princípio da continuidade lateral   <ul><li>Em diferentes pontos da Terra pode haver a mesma sequência estratigráfica, mes...
 
 
Princípio da intersecção <ul><li>Sempre que uma estrutura é intersectada por outra a que intersecta é mais recente. </li><...
 
Princípio da inclusão   <ul><li>O estrato que apresenta a inclusão é mais recente que os fragmentos do estrato incluído. S...
 
Principio do actualismo ou das causas actuais   <ul><li>1) os fenómenos geológicos existentes na actualidade são idênticos...
 
FIM
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Princípios estratigráficos

Princípios da estratigrafia

Related Books

Free with a 30 day trial from Scribd

See all

Princípios estratigráficos

  1. 1. Princípios estratigráficos
  2. 2. Princípio da horizontalidade dos estratos <ul><li>Os estratos sedimentares formam-se horizontalmente, isto é, os sedimentos depositam-se horizontalmente à medida que vão chegando à bacia de sedimentação, por efeito gravítico. </li></ul>
  3. 5. Princípio da sobreposição <ul><li>Numa sequência estratigráfica não deformada, um estrato mais recente sobrepõe-se a um estrato mais antigo, o que significa que os estratos serão tanto mais antigos, quanto mais profundos se encontrarem e tanto mais recentes quanto mais superiormente se encontrarem na sequência estratigráfica. </li></ul>
  4. 8. Princípio da identidade paleontológica ou do sincronismo <ul><li>Dois estratos apresentam a mesma idade se apresentarem o mesmo fóssil de idade. </li></ul>
  5. 10. <ul><li>A sequência estratigráfica põe ênfase na cronologia das camadas e na sucessão de ambientes sedimentares. A idade estabelecida por este processo é, no entanto, limitada. Nesta cronologia, o geólogo pode dizer que uma camada de rocha é mais antiga do que outra, mas não pode dizer quantos anos é mais velha, nem sequer quantos anos tem. </li></ul>
  6. 11. <ul><li>A velocidade e as condições de sedimentação variam ao longo do tempo e pode mesmo haver períodos de interrupção da sedimentação. Se as rochas afloram durante essa interrupção, podem ser emersas e erodidas. Se, posteriormente, a sedimentação, devido a nova imersão, prosseguir, forma-se um estrato que assenta numa superfície erodida. Essa superfície representa uma superfície de descontinuidade . </li></ul>
  7. 12. <ul><li>As grandes descontinuidades no registo geológico, marcadas pela ausência de camadas mais ou menos espessas, designam-se por discordâncias estratigráficas simples ou lacunas ou discordâncias estratigráficas angulares que podem ser explicadas por ausência de sedimentações no local ou por erosão de camadas que existiam. </li></ul>
  8. 14. Princípio da continuidade lateral <ul><li>Em diferentes pontos da Terra pode haver a mesma sequência estratigráfica, mesmo faltando um elemento tem a mesma idade, ou seja, é a correlação entre estratos distanciados lateralmente. </li></ul>
  9. 17. Princípio da intersecção <ul><li>Sempre que uma estrutura é intersectada por outra a que intersecta é mais recente. </li></ul><ul><li>São exemplos as fracturas, as falhas e as intrusões magmáticas </li></ul>
  10. 19. Princípio da inclusão <ul><li>O estrato que apresenta a inclusão é mais recente que os fragmentos do estrato incluído. Segundo, o princípio da inclusão fragmentos de rocha incorporados ou incluídos numa rocha –  encraves ou xenólitos – são mais antigos do que a rocha que os engloba. </li></ul><ul><li>São exemplos: Fragmentos de rochas antigas em rochas sedimentares mais recentes; Porções de rochas mais antigas no seio de intrusões ou extrusões magmáticas </li></ul>
  11. 21. Principio do actualismo ou das causas actuais <ul><li>1) os fenómenos geológicos existentes na actualidade são idênticos aos que ocorreram no passado, </li></ul><ul><li>2) os acontecimentos geológicos do passado, explicam-se através dos mesmos processos naturais que se observam na actualidade, </li></ul><ul><li>3) &quot; o presente é a chave do passado&quot;. </li></ul>
  12. 23. FIM

    Be the first to comment

    Login to see the comments

  • juniornicacio5

    Jul. 15, 2014
  • eduardapinto2

    Oct. 8, 2014
  • megavaidosaa

    Oct. 19, 2014
  • nokascoelhoo

    Dec. 9, 2014
  • anaritamarinho18

    Oct. 14, 2015
  • filipacardosoo

    Oct. 21, 2015
  • FelipeHazan

    Jan. 22, 2016
  • YolaMarisaFaustino

    Aug. 1, 2017
  • CatarinaMalhadas

    Oct. 30, 2017
  • CristianaPereira34

    Nov. 22, 2017
  • JanettDosSantos

    May. 7, 2018
  • FredJr4

    Jun. 21, 2018
  • RafaelRibeiro42

    Sep. 11, 2019
  • bezerraanabela

    Sep. 16, 2019
  • RafaelaClaussenHoffmannGomes

    Oct. 18, 2019
  • RicardoCruz310

    Oct. 21, 2019
  • VanessaPinho1

    May. 12, 2020
  • SniaBrito10

    Jul. 8, 2021

Princípios da estratigrafia

Views

Total views

88,182

On Slideshare

0

From embeds

0

Number of embeds

7,926

Actions

Downloads

1,008

Shares

0

Comments

0

Likes

18

×