Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.
CONTABILIDADE PARA NÃO CONTADORES   PRINCÍPIOS CONTABEIS
PRICIPIOS CONTABEIS•   ENTIDADE•   CONTINUIDADE•   CUSTO HISTÓRIOCO COMO BASE DE VALOR•   COMPETÊNCIA•   OPORTUNIDADE•   P...
ENTIDADE• O patrimônio é o objeto da Contabilidade. O  patrimônio pertence à Entidade. O patrimônio de  seus proprietários...
CONTINUIDADE• A Entidade é um organismo vivo que irá operar por  um período de tempo indeterminado, a não ser que  fortes ...
REGISTRO PELO VALOR         ORIGINAL• Os componentes do patrimônio devem ser  registrados pelos valores originais das tran...
COMPETÊNCIA• As receitas e despesas devem ser incluídas na apuração do  resultado do período em que ocorrerem, sempre  sim...
OPORTUNIDADE• Refere-se, simultaneamente, à legalidade e à  exatidão do registro do patrimônio e das suas  mutações, deter...
PRUDÊNCIA• O princípio da prudência determina a adoção do  menor valor para os componentes do Ativo e do  maior valor para...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Principios contábeis

6,724 views

Published on

Princípios Contábeis

  • Be the first to comment

Principios contábeis

  1. 1. CONTABILIDADE PARA NÃO CONTADORES PRINCÍPIOS CONTABEIS
  2. 2. PRICIPIOS CONTABEIS• ENTIDADE• CONTINUIDADE• CUSTO HISTÓRIOCO COMO BASE DE VALOR• COMPETÊNCIA• OPORTUNIDADE• PRUDÊNCIA
  3. 3. ENTIDADE• O patrimônio é o objeto da Contabilidade. O patrimônio pertence à Entidade. O patrimônio de seus proprietários não se confunde com o da Entidade e vice-versa
  4. 4. CONTINUIDADE• A Entidade é um organismo vivo que irá operar por um período de tempo indeterminado, a não ser que fortes indícios mostrem o contrário. Não obstante, a continuidade ou não da entidade deve ser considerada quando das classificações e avaliações das mutações patrimoniais;
  5. 5. REGISTRO PELO VALOR ORIGINAL• Os componentes do patrimônio devem ser registrados pelos valores originais das transações com o mundo exterior, expressos a valor presente da moeda do País.
  6. 6. COMPETÊNCIA• As receitas e despesas devem ser incluídas na apuração do resultado do período em que ocorrerem, sempre simultaneamente quando se correlacionarem, independentemente de recebimento ou pagamento. A receita é considerada quando do momento da venda ou da prestação de serviço, independentemente da realização efetiva em caixa. A despesa é considerada efetivada quando do reconhecimento de uma obrigação a pagar relativa ao exercício, independentemente da efetiva saída de caixa;
  7. 7. OPORTUNIDADE• Refere-se, simultaneamente, à legalidade e à exatidão do registro do patrimônio e das suas mutações, determinando que este seja feito de imediato e com a extensão correta, independentemente das causas que as originaram. Deve ser integro e verdadeiro.
  8. 8. PRUDÊNCIA• O princípio da prudência determina a adoção do menor valor para os componentes do Ativo e do maior valor para os componentes do Passivo, sempre que se apresentem alternativas igualmente válidas para a quantificação das mutações patrimoniais que alterem o patrimônio líquido.

×