Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

49

999 views

Published on

Published in: Education, Technology
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

49

  1. 1. A CONSTRUÇÃO E O USO DA MAQUETE DA BAIXADA SANTISTA NO ENSINO DE GEOGRAFIA Clézio Santos Doutorando no Instituto de Geociências da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) e professor de Geografia da FSA e UNIMES cleziosantos@ig.com.br A construção e o uso de modelos tridimensionais no ensino fundamental e médio de geografia não é novidade, mas ainda é pouco utilizado como material didático. Permanece um alto grau de desconhecimento sobre o potencial das maquetes no ensino por parte de professores de geografia. Dessa forma organizamos um curso que foi oferecido no programa de capacitação de professores da rede estadual de ensino de São Paulo denominado de Teia do Saber para a Baixada Santista no ano de 2007. O curso foi repetido para alunos dos cursos de licenciaturas de geografia da Universidade Católica de Santos (UNISANTOS), Universidade Metropolitana de Santos (UNIMES), Centro Universitário Assunção (UNIFAI), e Centro Universitário Fundação Santo André (FSA) nos anos de 2007 e 2008. Os objetivos dos cursos foram: a) construir um material didático específico (maquete) para o entendimento dos processos geológicos/geomorfológicos no ensino de geografia; e b) compreender a produção e organização do espaço a partir da análise dos elementos naturais que o compõem visíveis na maquete. Os conteúdos abordados estão presos aos conceitos de geologia e geomorfologia; e da geomorfologia regional da Baixada Santista. As estratégias de Ensino/Atividades: Projeção multimídia de croquis topográficos, mapas hipsométricos e imagens de formas de relevo; observação e Interpretação da carta topográfica da Baixada Santista; construção da maquete de relevo da Baixada Santista; e formas de utilização da maquete em sala de aula: construção dos conceitos e entrega de uma apostila com os principais passos de construção e contextualização do uso das maquetes no ensino de geografia. No final do curso são construídas algumas maquetes da Baixada Santista que servem de apoio didático para o ensino de conteúdos de geografia física e geociências nas aulas de geografia. Referências: AB´SABER, Aziz. Os Domínios de Natureza no Brasil. Potencialidades Paisagísticas. São Paulo: Ateliê Editorial, 2003. GUERRA, Antonio; CUNHA, Sandra. Geomorfologia: uma atualização de bases e conceitos. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1995. 2ª. Edição. ROSS, Jurandyr. Geografia do Brasil. São Paulo: Edusp, 1996. SANTOS, Clézio. A maquete no ensino de geografia. Santo André, 2004 (apostila). SIMIELLI, Maria Elena. Do Plano ao Tridimensional: a maquete como recurso didático. Boletim Paulista de Geografia, 70, 2ºsemestre/1991, São Paulo. Palavras-chave: cartografia escolar, maquetes, geografia física, geociências e ensino. Comunicação oral

×