Declaraçao direitos humanos 30 10-10-__

3,701 views

Published on

Declaração Direitos Humanos, Comentada, Lida

Published in: Education, Technology, Travel
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
3,701
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
32
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Declaraçao direitos humanos 30 10-10-__

  1. 1. INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA DECLARAÇÃO UNIVERSAL DOS DIREITOS HUMANOS - LIDA E COMENTADA Introdução da Declaração Universal dos Direitos Humanos, até a proclamação da Assembléia Geral. Clique para começar!
  2. 2. LEI (Remete a leitura – Assim, nosso curso dará uma explicação superficial; a leitura é imprescindível, vital, ou seja, indispensável para o aprendizado do texto das leis... menos que isso será dúvida, e dúvida na hora do exame – não dá!)
  3. 3. 9- (SEGUINDO ORDEM EDITAL) Declaração Universal dos Direitos Humanos Adotada e proclamada pela resolução 217 A (III) da Assembléia Geral das Nações Unidas em 10 de dezembro de 1948
  4. 4. PREÂMBULO Considerando que o reconhecimento da dignidade inerente a todos os membros da família humana (...) (Observemos o termo “inerentes” que é um adjetivo e significa ‘inseparável, essencial’). Assim, dignidade é essencial a todos os seres humanos.
  5. 5. CONT. DO PREÂMBULO e de seus direitos iguais e inalienáveis é o fundamento da liberdade, da justiça e da paz no mundo, (...) Outro termo que merece ser destacado é “inalienáveis”, que se diz do que ‘não se pode alienar’, ou seja, não se pode transferir posse ou propriedade de alguma coisa, neste caso, refere-se a ‘pessoa humana’!
  6. 6. CONT. DO PREÂMBULO Considerando que o desprezo e o desrespeito pelos direitos humanos resultaram em atos bárbaros que ultrajaram a consciência da Humanidade (...) Esta referência aos “atos bárbaros” se faz principalmente em relação à Segunda Grande Guerra Mundial
  7. 7. CONT. DO PREÂMBULO e que o advento de um mundo em que os homens gozem de liberdade de palavra, de crença e da liberdade de viverem a salvo do temor e da necessidade foi proclamado como a mais alta aspiração do homem comum, (...) Advento é um substantivo masculino que significa ‘vinda, chegada, começo’. O homem então “espera” esta liberdade... Já o termo aspiração diz-se do ‘maior desejo’ do homem,
  8. 8. CONT. DO PREÂMBULO         Considerando essencial que os direitos humanos sejam protegidos pelo Estado de Direito, (...) Segundo a Wikipédia, “o Estado de Direito é assim ligado ao respeito da hierarquia das normas, da separação dos poderes e dos direitos fundamentais. Em outras palavras, o Estado de Direito é aquele no qual os mandatários políticos (na democracia: os eleitos) são submissos às leis promulgadas. A teoria da separação dos poderes de Montesquieu, na qual se baseiam a maioria dos Estados ocidentais modernos, afirma a distinção dos três poderes (executivo, legislativo e judiciário) e suas limitações mútuas”.
  9. 9. CONT. DO PREÂMBULO para que o homem não seja compelido, como último recurso, à rebelião contra tirania e a opressão, Considerando essencial promover o desenvolvimento de relações amistosas entre as nações, Considerando que os povos das Nações Unidas reafirmaram, na Carta, sua fé nos direitos humanos fundamentais, na dignidade e no valor da pessoa humana e na igualdade de direitos dos homens e das mulheres, e que decidiram promover o progresso social e melhores condições de vida em uma liberdade mais ampla, (...)
  10. 10. CONT. DO PREÂMBULO Considerando que os Estados-Membros se comprometeram a desenvolver, em cooperação com as Nações Unidas, o respeito universal aos direitos humanos e liberdades fundamentais e a observância desses direitos e liberdades, Considerando que uma compreensão comum desses direitos e liberdades é da mais alta importância para o pleno cumprimento desse compromisso
  11. 11. A presente Declaração Universal dos Diretos Humanos como o ideal comum a ser atingido por todos os povos e todas as nações, com o objetivo de que cada indivíduo e cada órgão da sociedade, tendo sempre em mente esta Declaração, se esforce, através do ensino e da educação, por promover o respeito a esses direitos e liberdades, e, pela adoção de medidas progressivas de caráter nacional e internacional, por assegurar o seu reconhecimento e a sua observância universais e efetivos, tanto entre os povos dos próprios Estados- Membros, quanto entre os povos dos territórios sob sua jurisdição. AASSEMBLÉIA GERAL PROCLAMA
  12. 12. EDIÇÃO: CARMEN LIGIA Blog: aprendizdepoetaenavida .blogspot.com You tube: carmen ligia poetisa No Power Mensagens: carmenligiapoetisa Veja este lindo soneto: http://www.powermens agens.com/mensagens -em- powerpoint/amor/me nsagens/soneto_de_se paracao.html

×