Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Projeto de Cabeamento - sub-sistemas

11,331 views

Published on

Published in: Travel, Business
  • Be the first to comment

Projeto de Cabeamento - sub-sistemas

  1. 1. Sub-sistemas Carlos Melo
  2. 2. Subsistemas
  3. 3. Subsistemas <ul><li>As normas dividem o cabeamento estruturado em sete subsistemas, cada qual com uma função bem definida: </li></ul><ul><ul><li>Área de trabalho </li></ul></ul><ul><ul><li>Cabeamento horizontal </li></ul></ul><ul><ul><li>Salas de telecomunicações </li></ul></ul><ul><ul><li>Cabeamento de backbone </li></ul></ul><ul><ul><li>Salas de equipamento </li></ul></ul><ul><ul><li>Salas de entrada de telecomunicações </li></ul></ul><ul><ul><li>Administração </li></ul></ul>
  4. 4. Subsistemas Área de Trabalho (WA) – voz/dados/imagem <ul><li>Local ocupado pelo usuário. </li></ul><ul><li>Onde estão os dispositivos terminais de telecomunicações. </li></ul><ul><li>Tipicamente calculado como possuindo 10m 2 de área. </li></ul><ul><li>No mínimo, deve possuir dois pontos de telecomunicações (TO): dados e voz. </li></ul><ul><li>Inclui adaptadores (baluns) e cordões de ligação (patch cords). </li></ul><ul><li>Cordão de ligação: máximo de 5m. </li></ul>Cabeamento da área de trabalho PT PT
  5. 5. Tamanhos das Áreas de Trabalho
  6. 6. Subsistemas Área de Cobertura – automação de edifícios <ul><li>Local onde é instalado um dispositivo de automação predial (BAS). </li></ul><ul><li>Tipicamente calculado como possuindo 25m 2 de área (em escritórios). </li></ul><ul><li>Integra sistemas BAS com o cabeamento estruturado. </li></ul>I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I I
  7. 7. Subsistemas Horizontal <ul><li>Interliga a área de trabalho à sala de telecomunicações mais próximo. </li></ul><ul><li>Topologia em estrela. </li></ul><ul><li>Comprimento máximo de 90 metros, tanto para UTP quanto para FO. </li></ul><ul><li>Pode ser composto pelos cabos: </li></ul><ul><ul><li>UTP de 4 pares Cat3 (voz)‏ </li></ul></ul><ul><ul><li>UTP de 4 pares Cat5e ou superior (dados)‏ </li></ul></ul><ul><ul><li>FO com 2 fibras multimodo </li></ul></ul><ul><li>Um cabo por ponto de telecom. </li></ul><ul><li>Não admite emendas! </li></ul>Cabeamento Horizontal
  8. 8. Subsistemas Sala de Telecomunicações (TR)‏ <ul><li>Espaço fechado que abriga equipamentos de telecomunicações, terminações de cabos e conexões cruzadas. </li></ul><ul><li>Deve haver pelo menos 1 TR por andar. </li></ul><ul><li>É o local onde se deve fazer a conexão cruzada entre o cabeamento horizontal e o backbone ou ativos. </li></ul><ul><li>Atende até 1.000m 2 em áreas de trabalho. Tamanho entre 3 x 2,2m e 3 x 3,4m. </li></ul>Armários de Telecomunicações
  9. 9. Recomendações da TIA/EIA-569-B para Salas de Telecomunicações Alimentação elétrica: mínimo de duas tomadas duplas de 110V, 20A, cada uma em um circuito. (m)‏ 3 x 3.4 3 x 2.8 3 x 2.2 Área da TR Área de Piso (m 2 )‏ 1,000 800 500
  10. 10. Plywood Sala de Telecomunicações TIA/EIA-569-B Rear Rear 3 x 100 mm (4  )‏ 20 mm (3/4  Plywood Backboard Ceiling Level Ladder Rack Ceiling Fluorescent Fixture Ladder Rack (Above Relay Racks)‏ F r o n t F r o n t 19 mm (3/4  )‏ Backboard 914 mm (36  ) x 2134 mm (84  )‏ Door with Lock Externally Opened Only Ceiling Fluorescent Fixture Ceiling Fluorescent Fixture Equipment Power Power Bar 19  Equipt. Rack Power Bar Sleeves (minimum)‏ Ceiling level ladder rack TR Interconnection Conduit (Fire Stopped)‏ 19  Equipt. Rack Instrument Power Eqpt. Power 1 m (39  plus) Aisle (Eqpt. Repair & Install)‏ Distribution Facilities to Offices Distribution Facilities to Offices
  11. 11. Subsistemas Backbone <ul><li>Cabos e dispositivos de terminação que provêm interconexões entre TR, ER e EF. </li></ul><ul><li>Máximo de dois níveis, em estrela hierárquica (1º e 2º níveis). Entre os dois níveis, deve haver um BD (Distribuidor Intermediário). </li></ul><ul><li>Cabos permitidos e comprimentos máx.: </li></ul><ul><ul><li>UTP 100ohm: 800m (voz)‏ </li></ul></ul><ul><ul><li>UTP 100ohm: 90m (dados)‏ </li></ul></ul><ul><ul><li>FO MM (62,5/125): 2.000m </li></ul></ul><ul><ul><li>FO SM (8,3/125): 3.000m </li></ul></ul><ul><li>Deve-se projetar backbones especializados (um tipo/conjunto de cabos por aplicação), ao contrário do cabeamento horizontal. </li></ul><ul><li>Deve ser projetado com folga suficiente para atender as demandas atuais e futuras. </li></ul>Backbone Interno Backbone Externo
  12. 12. Subsistemas Backbone Backbone de 1º Nível Externo (Campus)‏ Backbone de 1º Nível Interno ( Riser )‏ Backbone de 2º Nível Interno ( Riser )‏ CD FD BD
  13. 13. Subsistemas Sala de Equipamentos (ER)‏ <ul><li>Espaço central que abriga os equipamentos de telecom. que servem os ocupantes de um edifício. </li></ul><ul><li>Os equipamentos dessa sala são diferentes daqueles nos TRs por sua natureza ou complexidade. </li></ul><ul><li>Normalmente abriga o CD, de onde parte todo o backbone. </li></ul><ul><li>Tamanho mínimo de 14m 2 ou 0,07m 2 por área de trabalho atendida. </li></ul><ul><li>Restrição de acesso, temperatura entre 18° e 24°C, umidade entre 30 e 55%, sem forro suspenso, bem iluminada, livre de poeira e longe de fontes de EMI. </li></ul>Sala de Equipamentos
  14. 14. Área da Sala de Equipamentos Regra geral: ANSI/TIA/EIA-569-A recomenda 0,07m 2 de ER por WA (1 WA/10m 2 )‏ mais 0,02m 2 de ER por área de cobertura BAS (1 BAS/23m 2 ). Tamanho mínimo: 14m 2 Edifícios de uso Específico  Áreas de Trabalho Até 100 101 a 400 401 a 800 801 a 1200 (m 2 )‏ 14 37 74 111 (ft 2 )‏ 150 400 800 1200 Área
  15. 15. Checklist da Sala de Equipamentos <ul><li>( ) Altura mínima (2,6m)‏ </li></ul><ul><li>( ) Tamanho da sala (>14m 2 )‏ </li></ul><ul><li>( ) Iluminação (500 lux a 1m do piso)‏ </li></ul><ul><li>( ) Resistência do piso (4,8 kPa / 8,8 kN)‏ </li></ul><ul><li>( ) Alimentação elétrica </li></ul><ul><li>( ) Controle climático (*)‏ </li></ul><ul><li>( ) Portas </li></ul><ul><li>( ) Espaço de parede </li></ul><ul><li>( ) Aterramento </li></ul><ul><li>( ) Energia reserva </li></ul><ul><li>( ) Acabamento do piso e paredes </li></ul><ul><li>( ) Dutos de água e sprinkler </li></ul>* Temperatura: 18°C a 24°C Umidade relativa: 30% a 55% 200 ft. (60m)‏ 150 ft. (45m)‏ Sala de Entrada Sala de Equipamentos Elevadores
  16. 16. Subsistemas Sala de Entrada de Telecom. (EF)‏ <ul><li>Entrada do prédio para os cabos de sistemas de redes, públicos ou privados. </li></ul><ul><li>Campo de terminação que intermedeia qualquer cabo externo com o cabeamento interno. </li></ul><ul><li>Abriga a proteção elétrica e aterramento dos cabos externos. </li></ul><ul><li>Abriga o PTR (Ponto de Terminação de Rede), onde termina a rede da concessionária. </li></ul><ul><li>Interliga-se o PTR e o CD com um “cabo de interligação interna”. </li></ul>Sala de Entrada de Telecomunicações
  17. 17. Subsistemas Visão Geral Distribuidor Geral (CD)‏ Distrib. Intermediário (BD)‏ Distribuidor Secundário (FD)‏ Distribuidor Secundário (FD)‏ Distribuidor Secundário (FD)‏

×