3º Apresentação TFG*

15,631 views

Published on

3º Apresentação TFG ainda não concluida :B

Published in: Education
1 Comment
4 Likes
Statistics
Notes
  • Ola, tudo bem? qual foi a metragem total? estou fazendo eu tfg de tetro tbm.. achei bem interessante seu projeto. Secesso!
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here
No Downloads
Views
Total views
15,631
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3
Actions
Shares
0
Downloads
280
Comments
1
Likes
4
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

3º Apresentação TFG*

  1. 1. FACULDADE DA AMAZÔNIA OCIDENTALCURSO DE ARQUITETURA E URBANISMOProposta De Integração Arquitetônica e Urbanística Da Tentamen E Seu Entorno Para Criação do Centro de Cultura Acriana  Dissertação de TFG  Carla Raíssa G. Dos Santos<br />
  2. 2. <ul><li>TEMAINTERVENÇÃO URBANA E ARQUITETÔNICA
  3. 3. DELIMITAÇÃO DO TEMA</li></ul>Proposta de integração arquitetônica e urbanística da TENTAMEN e seu entorno para criação do centro de cultura acriana.<br />
  4. 4. CENTRO CULTURAL DE ARARASSÃO PAULO.<br />Projeto resultado de um concurso cultura, para a recuperação da historia da estação ferroviária de araras para implantação de um centro cultura municipal.<br />A intervenção teve como principal objetivo, resgatar e valorizar as características histórica de cada construção, através da restauração de seus elementos construtivos e da inserção de novos atributos relativos a mudança de uso.<br />A postura adotada para a intervenção no conjunto pautou-se na distinção dos diversos momentos históricos das construções, através da valorização das características mais significativas que resistiram ao tempo.<br />
  5. 5. PLANTA – CENTRO CULTURAL ARARAS – SÃO PAULO<br />LEGENDA: <br />Plataforma<br />Edifício de serviços: Auditório e Sala de Exposições.<br />Edifício administrativo <br />Edifício de serviços<br />Biblioteca<br />
  6. 6. Centro Cultural de Araras – São Paulo<br />Edifício do Auditório<br />Salão de Exposições<br />Fonte: Centro Cultural de Araras – São Paulo « concursosdeprojeto.org <br />
  7. 7. CENTRO DE DANÇAArchi 5 Arquitetos Associados.<br />Sala de Aula<br />Destaque as aberturas na parede central do sobrado, à direita<br />Construção, que no final do século 19 foi a residência do pintor Victor Meirelles, sobrado oitocentista de estilo eclético , no bairro da Glória, foi eleito pelos arquitetos do escritório carioca Archi 5 para abrigar a nova sede da companhia de dança de Deborah Colker. A escolha do imóvel se revelou adequada não só às demandas do programa, mas também às solicitações da bailarina e coreógrafa em relação a fácil acessibilidade, preservação arquitetônica e revitalização cultural de trecho do núcleo histórico da cidade.<br />“O projeto simboliza a relação entre passado e presente, característica de toda criação artística”, declara o arquiteto Bruno Fernandes. <br />
  8. 8. PLANTAS – CENTRO DE DANÇA - Archi 5 Arquitetos Associados.<br /><ul><li>Legenda
  9. 9. Legenda</li></ul>Hall<br />Secretaria<br />Figurinos<br />Cenotécnica<br />Área Livre<br />Diretoria<br />Estar<br />Galpão de Ensaios<br />Salas de Aula<br />Aquecimento<br />Vazio<br />CORTE E FACHADA<br />
  10. 10. CENTRO DE DANÇA - Archi 5 Arquitetos Associados.<br />Hall de Entrada com a modificação para um pé direito duplo.<br />Espaço de ensaio dos bailarinos - Luminosidade natural, pé-direito elevado e cobertura metálica.<br />Fonte: ARCOWEB - Archi 5 Arquitetos Associados<br />
  11. 11. CAFETERIA Flávio Agostini, Frederico Bernis e Juliana MyrrhaCafé e Charutaria, Belo Horizonte - MG.<br />Foi em Meca que surgiram as primeiras cafeterias. Cidades como essas, eram centros religiosos para reza e meditação e a religião muçulmana proibia o consumo de qualquer tipo de bebida alcoólica. Desta forma, os cafés se transformaram em casas onde era possível se passar à tarde conversando, ouvindo música e bebendo café. A bebida conquistou o mundo. As cafeterias tornaram-se famosas no Oriente pelo seu luxo e suntuosidade e pelos encontros entre comerciantes, para a discussão de negócios ou reuniões de lazer.<br /><ul><li>Legenda</li></ul>Acesso Principal<br />Área para mesas<br />Bancada de Apoio<br />Balcão<br />Área para fumantes <br />Umidor<br />Fonte: ARCOWEB - Flávio Agostini, Frederico Bernis e Juliana Myrrha / AS CAFETERIAS - Café Historia. <br />
  12. 12. PROPOSTA<br />Proposta de integração arquitetônica e urbanística da TENTAMEN e seu entorno para criação do centro de cultura acriana.<br />
  13. 13. LOCALIZAÇÃO<br />CINE TEATRO<br />TENTAMEN<br />
  14. 14. TENTAMEN<br />Criada em 1924, pela necessidade de espaços recreativos , algumas famílias resolveram criar um clube recreativo. Construída de madeira de lei, a TENTAMEM é o símbolo de valorização do projeto.<br />
  15. 15.
  16. 16. CINE TEATRO RECREIO<br />Antes de se tornar Cine Teatro Recreio, em 1928 havia o Cine Éden um cinema que projetava filmes mudos. Depois o proprietário do Cine Éden vendeu os maquinários e a razão social para a diretoria da sociedade recreativa TENTAMEN, que cria o Cine Teatro, fazendo assim parte da vida, da cultura e da arte do estado do acre. <br />O Cine passou por várias reformas. Antes com estruturas de madeira e assoalho de cambril. Hoje em sua atual reforma, valorizando e conservando a fachada e fazendo a junção dos cines com a Galeria de Artes e todo o entorno, o Cine se torna assim um ponto de encontro da população como se era antigamente.<br />
  17. 17. PLANTA TÉRREO – CINE TEATRO RECREIO<br />Pátio Coberto – Bar/ Bomboniere – Banheiros e Bilheteria.<br />Depósito – Subestação e Sala de Projeção<br />Funcionários: Depósito – Administração – Copa – Área Aberta de Convivência e Sanitários. <br />LEGENDA: <br />Sala Memória do Cine Teatro Recreio<br />Circulação<br />Artístico: Palco – Camarim e Sanitários.<br />Camarote e Platéia<br />ACESSO AO PÚBLICO<br />ACESSO DE FUNCIONÁRIOS<br />CIRCULAÇÃO<br />ACESSO A GALERIA DE ARTE<br />
  18. 18. PLANTA TÉRREO – CINE TEATRO RECREIO<br />Cobertura<br />Sala de Projeção<br />Hall de Entrada e Cabine de Projeção<br />LEGENDA: <br />Circulação – Sala de Som/Iluminação e Sala de Apoio<br />Administração<br />Camarote – platéia - Palco e Camarim.<br />
  19. 19. CORTES– CINE TEATRO RECREIO<br />CORTE AA<br />CORTE BB<br />CABINE DE PROJEÇÃO<br />SALA DE EXIBIÇÃO<br />
  20. 20. CORTES– CINE TEATRO RECREIO<br />CORTE CC<br />CORTE DD<br />FORRO ACÚSTICO/ PLATÉIA E BANHEIROS<br />SALA DE EXIBIÇÃO - PALCO<br />
  21. 21. PLANTA – CAFÉ<br />Área de Mesas Área: 162,75m²<br />Cozinha <br />Área: 26,59m²<br />Carga/Desc.<br />Área: 2,25m²<br />Lixo<br />Área: 1,66m²<br />Legenda: <br />Banheiros:<br />Área: 10,0m²<br />Depósito<br />Área: 4,12m²<br />WcFunc.<br />Área: 162,75m²<br />Espaço Aberto<br />Área: 76,65m²<br />
  22. 22. PLANTA – CAFÉ<br />ENTRADA PRINCIPAL<br />Exposição de Livros<br />Área: 116,17m²<br />Espaço Administrativo <br />Área: 10,50m²<br />Brinquedoteca<br />Área: 66,56m²<br />Legenda: <br />ACESSOS A CAFETERIA<br />Espaço para Leitura:<br />Área: 55,68m²<br />Caixa<br />Área: 8,76m²<br />Leitura de Periódicos<br />Área: 25,26m²<br />VENTILAÇÃO<br />
  23. 23.
  24. 24. j<br />

×