Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

02 - Conexões físicas dos componentes v1.0

208 views

Published on

Ao final da aula, os alunos devem estar aptos à reconhecer os principais componentes de hardware de um computador e identificar a sua conexão.

Published in: Technology
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

02 - Conexões físicas dos componentes v1.0

  1. 1. César Augusto Pessôa
  2. 2. Sumário  Objetivos  Como as peças se encaixam  Principais formas de conexão  O que é um byte  Os principais componentes
  3. 3. Objetivos  Ao final da aula, os alunos devem estar aptos à reconhecer os principais componentes de hardware de um computador e identificar a sua conexão.
  4. 4. Como as peças se encaixam  Assim como um quebra-cabeças, as peças de um computador possuem encaixes específicos para se conectaram.  Este encaixes recebem o nome de “Slots” que, em inglês, significa fendas.
  5. 5. Portas de comunicação  Os periféricos e demais componentes do hardware são conectadas por meio de portas de comunicação.  Estas portas possuem um tipo, barramento, por meio do qual as peças podem se comunicar com a placa-mãe.
  6. 6. Portas de comunicação  Podemos citar alguns exemplos de portas de comunicação:  Universal Serial Bus (USB).  Video Graphics Array (VGA).  Digital Visual Interface (DVI).  High-Definition Multimedia Interface (HDMI).  Conector TRS, mais conhecidos como P2.  FireWire (também chamado IEEE 1394).  IBM Personal System/2 ou simplesmente PS/2.  8P8C, ou Registered Jack (RJ45)
  7. 7. Barramentos internos  Podemos citar alguns exemplos de barramentos internos:  Industry Standard Architecture (ISA).  Extended Industry Standard Architecture (EISA).  Peripheral Component Interconnect (PCI).  PCI Express  Accelerated Graphics Port (AGP)  Audio and Modem Riser (AMR).  Communications and Network Riser (CNR).  Infrared Developers Association (IrDA)
  8. 8. O que é um byte  É a unidade utilizada para calcular o espaço utilizado para armazenamento de informações.  Quando salvamos um arquivo no computador, ele ocupa um determinado espaço no HD. Este espaço é medido por meio de bytes. O mesmo ocorre ao salvarmos um arquivo mídias como pen drives e CDs.
  9. 9. O que é um byte Prefixo binário (IEC) Prefixo do SI Nome Símbolo Múltiplo Nome Símbolo Múltiplo byte B 20 byte B 100 kibibyte KiB 210 Kilobyte kB 103 mebibyte MiB 220 megabyte MB 106 gibibyte GiB 230 gigabyte GB 109 tebibyte TiB 240 terabyte TB 1012 pebibyte PiB 250 petabyte PB 1015 exbibyte EiB 260 exabyte EB 1018 zebibyte ZiB 270 zettabyte ZB 1021 yobibyte YiB 280 yottabyte YB 1024
  10. 10. A importância dos bytes  É extremamente importante entender o forma de armazenamento de informações digitais.  Por exemplo, atualmente só é possível enviar e-mails com anexos de até 20mb. Desta forma, caso seja necessário enviar arquivos superiores a 20mb, será necessária a utilização de compactadores ou servidor de armazenamento em nuvem.
  11. 11. A evolução do hardware  Com o avanço da tecnologia é natural que os componentes e peças utilizadas em um computador necessitem de atualizações.  Com o lançamento de novos softwares juntamente com o surgimento de novas necessidades e utilizações para os computadores, é comum ter a impressão de perda de desempenho do equipamento.
  12. 12. A evolução do hardware  Os processadores que faziam muito há 10 anos atrás, hoje já são inferiores a processadores encontrados em smartphones.  No que diz respeito a pentes de memória e placas gráficas, é possível verificar uma evolução ainda maior. Pode-se verificar esta mudança simplesmente assistindo a um filme gravado há dez anos.
  13. 13. A evolução do hardware  Outra grande diferença está na fabricação dos componentes eletrônicos, que hoje, não só estão mais padronizados e com uma aparência melhor, como mais resistentes e confiáveis.  O design deixou de ser apenas uma característica externa dos computadores e passou a ser um diferencial de mercado.
  14. 14. Memória RAM
  15. 15. Memória RAM  Randon Access Memor., do inglês Memória de Acesso Aleatório.  A memória RAM é considerada volátil, já que, os dados presentes nela são perdidos durante a ausência de energia elétrica.  Ela é o principal componente de apoio ao processador já que mantém registradas as informações que estão sendo utilizadas.
  16. 16. Disco rígido (HD)
  17. 17. Disco rígido (HD)  O termo disco rígido é na verdade um adaptação do termo em inglês Hard Disk Drive (HDD), popularmente difundido como Hard Drive (HD).  No disco rígido as informações são armazenadas de forma persistente, isto é, mesmo após o desligamento do aparelho, as informações continuam gravadas, podendo ser acessadas no futuro.
  18. 18. Processador (CPU)
  19. 19. Processador (CPU)  O microprocessador ou simplesmente processador é o principal componente do computador no que diz respeito a desempenho e velocidade de resposta.  Ele responsável por realizar todas as operações e gerenciamento dos demais periféricos.  O processador também possui um termo em inglês, Central Processing Unit, que significa: unidade central de processamento.
  20. 20. Placa-mãe
  21. 21. Placa-mãe  A placa mãe ou motherboard, é responsável por facilitar toda a comunicação e gerenciar de forma simultânea todos os componentes.  É esta placa que garante que todas as demais se comunicação no momento certo e atendam do forma correta ás solicitações do usuário.  Considerando o funcionamento de um computador como uma orquestra, a placa-mãe seria sem dúvidas a maestrina.
  22. 22. Componentes básicos  É possível portanto, afirmar que:  Para que um computador seja considerado “vivo” ele deve possuir no mínimo os seguintes itens: ○ Placa-mãe ○ Processador ○ Memória
  23. 23. Agradecimentos  Créditos de imagem:  https://www.iconfinder.com  http://findicons.com  https://pt.wikipedia.org  http://images.anandtech.com
  24. 24. Dúvidas?
  25. 25. César Augusto Pessôa capfg@hotmail.com

×