Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.
Cuidados na saúde a
populações mais vulneráveis
• Doenças Infeciosas;
• A problemática e necessidade
da prevenção e rastreio precoce
Avaliação Inicial
As doenças infeciosas são doenças provocadas por organismos,
como bactérias, vírus, fungos ou parasitas....
Algumas doenças infeciosas podem ser transmitidas de pessoa
para pessoa. Contudo, algumas são transmitidas através de
pica...
Os sinais e sintomas podem variar, mas, geralmente, incluem
febre e calafrios. As queixas ligeiras podem responder a
reméd...
Avaliação Inicial (Necessidade da prevenção e rastreio precoce)
As doenças infeciosas ― quer associadas a processos de
tra...
Avaliação Inicial (Necessidade da prevenção e rastreio precoce)
Não é possível discutir o problema das doenças produzidas ...
Avaliação Inicial (Necessidade da prevenção e rastreio precoce)
Por outro lado, é ainda importante equacionar:
• Os hosped...
Avaliação Inicial (Necessidade da prevenção e rastreio precoce)
Este conhecimento terá de ser assegurado de forma continua...
Avaliação Inicial (Necessidade da prevenção e rastreio precoce)
A prevalência de infeções por Mycobacterium tuberculosis, ...
Avaliação Inicial
• 3 Grupos;
- Hepatites;
- Tuberculose;
- Cuidados na Prestação de
Cuidados
• Apresentação 15’ dia 8 NOV!
• Modos de transmissão e
comportamentos de Risco.
• As medidas de atuação e
prevenção.
• A prestação de cuidados.
UFCD 6580 - Cuidados na Saúde a populações mais vulneráveis - outras doenças infeciosas
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

UFCD 6580 - Cuidados na Saúde a populações mais vulneráveis - outras doenças infeciosas

2,597 views

Published on

Curso Profissional Técnico Auxiliar de Saúde
Disciplina de Saúde
Módulo Cuidados na Saúde a populações mais vulneráveis
Apresentação Outras Infeções

Published in: Healthcare
  • Be the first to comment

UFCD 6580 - Cuidados na Saúde a populações mais vulneráveis - outras doenças infeciosas

  1. 1. Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis
  2. 2. • Doenças Infeciosas; • A problemática e necessidade da prevenção e rastreio precoce
  3. 3. Avaliação Inicial As doenças infeciosas são doenças provocadas por organismos, como bactérias, vírus, fungos ou parasitas. Existem diversos organismos a viver no nosso corpo. São normalmente inofensivos ou mesmo úteis, mas alguns organismos em determinadas condições podem provocar doenças.
  4. 4. Algumas doenças infeciosas podem ser transmitidas de pessoa para pessoa. Contudo, algumas são transmitidas através de picadas de insetos ou mordidas de animais. Outras são adquiridas por ingestão de água ou alimentos contaminados ou outras exposições no ambiente.
  5. 5. Os sinais e sintomas podem variar, mas, geralmente, incluem febre e calafrios. As queixas ligeiras podem responder a remédios caseiros, enquanto algumas infeções potencialmente fatais podem requerer internamento. Várias doenças infeciosas, como sarampo ou varicela, podem ser evitadas com vacinas. A lavagem das mãos frequente e minuciosa pode igualmente ajudar a protegê-lo contra doenças infeciosas.
  6. 6. Avaliação Inicial (Necessidade da prevenção e rastreio precoce) As doenças infeciosas ― quer associadas a processos de transmissão pessoa a pessoa, quer por intermédio de vetores mecânicos ou biológicos ― permanecem um dos mais importantes problemas de saúde pública, internacionalmente e em Portugal.
  7. 7. Avaliação Inicial (Necessidade da prevenção e rastreio precoce) Não é possível discutir o problema das doenças produzidas por agentes infeciosos sem abordar: — As questões do “contágio”; (infeções com transmissão por via aérea, como a gripe ou a tuberculose); — As questões da sexualidade (Que importam à hepatite B, à infeção VIH ou à sífilis); — As questões da toxicodependência (fator de risco sobretudo para a hepatite C e a infeção VIH, mas também para a hepatite B).
  8. 8. Avaliação Inicial (Necessidade da prevenção e rastreio precoce) Por outro lado, é ainda importante equacionar: • Os hospedeiros (suscetíveis ou infetados, com as suas opções comportamentais); • Os agentes (e as suas especificidades, nomeadamente em termos de transmissibilidade); • O meio, isto é, as condições gerais de salubridade e de higiene física e mental proporcionadas.
  9. 9. Avaliação Inicial (Necessidade da prevenção e rastreio precoce) Este conhecimento terá de ser assegurado de forma continuada como base para fundamentar as opções preventivas e curativas, bem como para avaliar o seu resultado.
  10. 10. Avaliação Inicial (Necessidade da prevenção e rastreio precoce) A prevalência de infeções por Mycobacterium tuberculosis, pelo vírus da hepatite C ou pelo VIH ainda é bastantante significativa, fruto de um conjunto diversificado de razões que se associam com a prevalência elevada a exposições de risco. Por isso, o controlo das infeções tem de atender às condições específicas de cada ambiente.
  11. 11. Avaliação Inicial • 3 Grupos; - Hepatites; - Tuberculose; - Cuidados na Prestação de Cuidados • Apresentação 15’ dia 8 NOV!
  12. 12. • Modos de transmissão e comportamentos de Risco.
  13. 13. • As medidas de atuação e prevenção.
  14. 14. • A prestação de cuidados.

×