Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Seminário Prebióticos-DCA/FEA2012

5,718 views

Published on

Seminário Prebióticos-DCA/FEA2012

  1. 1. Papel funcional de PrebióticosCamilo Barroso TeixeiraRuann Janser Soares de CastroTópicos em Ciência de AlimentosCampinas, 2011
  2. 2. Prebióticos: aspectos gerais
  3. 3. 3 O que são Prebióticos? Componentes não Inibem a multiplicação de digeríveis patógenos PrebióticosEstímulo do crescimento Benefícios à saúde dode bactérias benéficas no hospedeiro cólon
  4. 4. 4 Prebióticos: definição química Carboidratos com Ligações glicosídicas do diferentes graus de tipo β (1-2), β (1-4) ou β polimerização (1-6) Prebióticos Número de A composição depende domonossacarídeos variável carboidrato de origem
  5. 5. 5 Principais requisitos de um Prebiótico No trato gastrointestinal: não pode ser hidrolisado nem absorvido em sua parte superior; Bactérias potencialmente benéficas ao cólon devem ter a capacidade de fermentá-los seletivamente; Equilíbrio na composição da microbiota intestinal; Deve induzir efeitos benéficos para a saúde do hospedeiro.
  6. 6. 6 Principais requisitos de um PrebióticoFigura 1 – Esquema geral das características e efeitos dos prebióticos no organismo.
  7. 7. 7 Importante!Prebióticos Efeito simbiótico: benefícios à saúde!Probióticos
  8. 8. 8Fontes naturais de Prebióticos
  9. 9. 9Oligossacarídeos com função Prebiótica Composto Estrutura molecular* Ciclodextrinas (Glu)n Fruto-oligossacarídeos (Fru)n–Glu Galacto-oligossacarídeos (Ga)n–Glu Gentio-oligossacarídeos (Glu)n Glicosilsacarose (Glu)n–Fru Isomalto-oligossacarídeos (Glu)nIsomaltulose (ou paliatinose) (Glu–Fru)n Lactusacarose Ga–Glu–Fru Lactulose Ga–Fru Malto-oligossacarídeos (Glu)n Rafinose Ga–Glu–Fru Oligossacarídeos de soja (Ga)n–Glu–Fru Xilo-oligossacarídeos (Xil)n *Ga: galactose; Glu: glicose; Fru: frutose; Xil: xilose.
  10. 10. 10 Principais vias de obtenção Síntese microbiana ou enzimática HidróliseFontes naturais enzimática de polissacarídeos Prebióticos
  11. 11. 11 FOS: obtenção Obtidos a partir de sacarose ou inulina: processos físicos e enzimáticos(transfrutosilação). Figura 2 - Estrutura química dos principais fruto-oligossacarídeos: (A)1- kestose (GF2), (B) nistose (GF3) e (C) frutofuranosil nistose (GF4).
  12. 12. 12 FOS: principais características Cerca de 33% do poder adoçante da sacarose; Não são calóricos; Solubilidade alta; Não cristalizam e não precipitam; Ausência de cor e odor; Alta resistência à tratamentos térmicos.
  13. 13. 13 GOS: obtenção São produzidos a partir da lactose por atividade de transgalactosilação da enzima β-galactosidase; Figura 3 – Reações catalisadas pela enzima β-galactosidase.
  14. 14. 14 GOS: principais características Cerca de 35% do poder adoçante da sacarose; Pressão osmótica e Aw semelhantes à da sacarose; Estáveis à alta temperatura.
  15. 15. 15 XOS: obtenção e principais características Constituídos de unidades de xilose obtidas principalmente de materiais lignocelulósicos (resíduos agroindustriais): associação de processos físicos, químicos e enzimáticos; Cerca de 30% do poder adoçante da sacarose; Estáveis em ampla faixa de pH (2,5 a 8,0) e temperaturas acima de 100°C; Baixa caloria.
  16. 16. 16 Produtos presentes no mercado PreB-Floranew: produto obtido por meio de fermentação e rico em oligossacarídeos com função pré-biótica.
  17. 17. 17 Produtos presentes no mercado Aptamil: “A exclusiva mistura de prebióticos (GOS e FOS) contidos no Aptamil ajuda a imunidade dos lactentes” (Danone).
  18. 18. 18 Produtos presentes no mercado NUTREN® Active: “Possui Prebio 1, um avançado ingrediente desenvolvido pela NESTLÉ® que contribui com a saúde do sistema digestório, melhorando o aproveitamento dos nutrientes presentes nos alimentos”.
  19. 19. 19 Principais Efeitos e Mecanismos de AçãoModulação de funções fisiológicas chaves: absorção de cálcio emetabolismo lipídico;Efeito Bifidogênico;Modulação da composição da microbiota intestinal;Redução do Risco de Câncer de Cólon .
  20. 20. 20Efeito Bifidogênico Inulina e FOS BifidobacteriumEscherichia coli, Streptococus faecales e Proteus
  21. 21. 21
  22. 22. 22 Fermentação de PrebióticosProdução de Gases (CO2), Produção de Ácidos Orgânicos (Lático, (H2) e (CH4) Fumárico) e AG de Cadeia Curta (Propiônico, Acético e Butírico) pH Maior Absorção de Ca
  23. 23. 23Absorção de Cálcio
  24. 24. 24 Diminuição da Translocação Microbiana Bactérias eEndotoxinasCélulas M eEnterócitos CorrenteSanguínea
  25. 25. 25 Fermentação de Prebióticos Produção de ÁcidosCrescimento da Mucosa e Estímulo da Defesa Intestinal
  26. 26. 26 Efeito Fibra PrebióticosFibras + Glicose + Gordura
  27. 27. 27
  28. 28. 28 Modulação da Microbiota Intestinal PrebióticosMicrobiota Intestinal Bifidogênicos
  29. 29. 29 Redução do Risco de Câncer de CólonCriptas Adenomas e CarcinomasPrebióticos Modificação da Microbiota Intestinal
  30. 30. 30
  31. 31. Obrigado pela atenção!

×