Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Aula 2 classificação dos seres vivos-2º ano

2,507 views

Published on

Published in: Education
  • Be the first to comment

Aula 2 classificação dos seres vivos-2º ano

  1. 1. AULA -2Prof(a): Paula Aciole
  2. 2. AJUDAR A COMPREENDER A NATUREZA
  3. 3. A IDÉIA FOI...AGRUPAR POR SEMELHANÇAS.
  4. 4. QUAIS SERIAM AS SELHANÇASLEVADAS EM CONSIDERAÇÃO?
  5. 5. TIPO DE ALIMENTAÇÃOHABITATNICHO ECOLÓGICOA UTILIDADE DESSA SER VIVO PARA O HOMEMCAPACIDADE DE LOCOMOÇÃO
  6. 6. 1. ARISTÓTELES – CRIOU O PRIMEIRO MODELO DE CLASSIFICAÇÃOSERES AQUÍCOLAS
  7. 7. SERES TERRÍCOLAS
  8. 8. SERES AERÍCOLAS
  9. 9. ESSA CLASSIFICAÇÃO ERA MUITO AMPLA.
  10. 10. 2. TEOFRASTO – ORGANIZOU OS VEGETAIS EM 3GRUPOS:ERVAS
  11. 11. ARBUSTOS
  12. 12. ÁRVORES
  13. 13. 3. LINEU – DESENVOLVEO O MÉTODE DECLASSIFICAÇÃO BINOMIAL DOS SERES VIVOS,QUE ATÉ HOJE É USADO.
  14. 14. 4- CHARLES DARWIN – FOI UM GRANDECOLABORADOR A CLASSIFICAÇÃO DEVERIA REVELAR O PARESTESCO DOS SERES VIVOS.
  15. 15. CARACTERÍSTICAS ANATÔMICAS E FISIOLÓGICAS;METABOLISMO;HABITAT E NICHO ECOLÓGICODNABIOQUÍMICA
  16. 16. 1. CRIAR CATEGORIAS DE CLASSIFICAÇÃO
  17. 17. CRIAR O “NOME CIÊNTÍFICO”
  18. 18.  NOME COMPOSTO FORMADO POR DUAS PALAVRA, UMA REPRESENTA O GÊNERO E OUTrA A ESPÉCIE.EX: Felis catus NOME DO GÊNERO ESCRITO COM LETRA MAIÚSCULA. NOME DA ESPÉCIE COM LETRAS MINÚSCULAS. O NOME CIENTÍFICO DEVE SER DESTACADO DO TEXTO COM LETRAS EM ITÁLICO, O NOME SUBLINHADO OU EM NEGRITO.
  19. 19. RESUMOEspécies fúngicas do gênero Aspergillus são frequentemente associadas com altamortalidade de aves marinhas em cativeiro. Tendo em vista que a aspergilosegeralmente é adquirida pela inalação dos propágulos fúngicos presentes no ar, oestudo objetivou avaliar a qualidade do ar quanto às espécies de Aspergillus, dasinstalações internas de um centro de reabilitação de animais marinhos quefrequentemente recebe pingüins, gaivotas, albatrozes e petréis acometidos poralguma moléstia. Oitenta e um dias de colheitas foram realizados distribuídosem um período de aproximadamente dois anos, através da exposição de placasde Petri contendo Agar Sabouraud dextrose acrescido de cloranfenicol noambiente, as quais foram posteriormente incubadas a 25ºC. As colôniasidentificadas como pertencentes ao gênero Aspergillus, foram classificadasquanto à espécie através da avaliação macro e micro morfológica associada auma chave de identificação. Foram obtidos 43 isolados classificados em seteespécies distintas, sendo A. fumigatus a predominante correspondendo a 27,9%,seguida de A. niger, A. flavus e outras quatro espécies de Aspergillus sp.,demonstrando que as aves marinhas estão expostas a espécies fúngicas compotencial patogênico, o que enfatiza a necessidade de um controlemicrobiológico no ambiente onde são mantidos os animais em cativeiro.Palavras-chave: Ar; Aspergilose; Pingüim; Micologia; Aves marinhas.
  20. 20. ABSTRACTAspergillosis in captivity seabirds is often associated with elevated rates ofmortality. The infection is usually acquired by inhalation of airborne fungalconidia. The aim of this study was to evaluate the presenceofAspergillus species in the indoor environment of a rehabilitation centre formarine animals in Southern Brazil. This centre continuously receives injuredpenguins, seagulls, albatrosses and petrels. Petri dishes plates with AgarSabouraud dextrose and chloramphenicol were left open for 15 minutes in 3distinct points in the rehabilitation centre and then incubated at 25ºC. Duringa period of two years the indoor air was sampled in 81 occasions. A total of43 isolates belonging to 7 different Aspergillus species wererecovered. Aspegillus fumigatus was the predominant species (27.9%),followed by A. niger (25.6%), and A. flavus (16.3%). Fourother Aspergillus species were isolated. This study demonstrates thatseabirds were exposed to pathogenic Aspergillus species in our rehabilitationcentre, reinforcing the need for a strict microbiology control of the indoor airin the captivity environment.Key-words: Air; Aspergillosis; Penguin; Mycology; Seabird.

×