Successfully reported this slideshow.
RESERVA PARTICULAR DO
PATRIMÔNIO NATURAL – O CASO DA
RPPN SERRA DOS CRIMINOSOS –
FAZENDA ITAOCA
ROSÂNGELA ALVES TRISTÃO BO...
CONSERVAÇÃO DA BIODIVERSIDADE
ARGUMENTOS PARA CONSERVAÇÃO
- Científico;
- Econômico;
- Ecológico;
- Cultural/ Social;
- Es...
Lei Federal nº 9.985/2000
Decreto Federal nº 4.340/2002
UNIDADES DE CONSERVAÇÃO
UNIDADES DE CONSERVAÇÃO:
Sistema Nacional ...
CATEGORIAS DE UNIDADES
DE CONSERVAÇÃO:
1 - UNIDADES DE PROTEÇÃO INTEGRAL
(Preservar a natureza; uso indireto dos recursos
...
PARQUE YELLOWSTONE
PARQUES DE CAÇA NA AFRICA
CATEGORIAS DE UNIDADES
DE CONSERVAÇÃO:
2 - UNIDADES DE USO SUSTENTÁVEL
(Conservação com o uso sustentável de parcela dos
s...
Reserva Particular do Patrimônio
Natural
Reserva de Desenvolvimento
Sustentável
Área de Relevante Interesse
Ecológico
Refú...
Principais pressões e ameaças:
- Conversão do uso do solo;
- Conflitos fundiários e parcelamento;
- Ocupação desordenada e...
• ESTAMOS DIANTE DO GIGANTESCO
DESAFIO DE CONCILIAR O
CRESCIMENTO ECONÔMICO COM UMA
NOVA MENTALIDADE ECOLÓGICA.
O QUE TEMOS QUE FAZER?
AÇÕES SUSTENTÁVEIS !
FAZENDA ITAOCA
AREA TOTAL: 215.42 ha
CAFÉ : 109.1045 ha
30% DA ÁREA TOTAL EM RESERVA LEGAL AVERBADA
CERTIFICAÇÕES
UTZ CERT...
Área total de 215 ha
100 ha com a cultura do
café,
•66 ha de reserva legal,
•16 de APP,
•20 ha de eucalipto
•09 ha de past...
BR 267 Rodovia Vital Brazil
Coordenadas da entrada: S 21º54.29’ W 045º09.61’
Localização da Fazenda Itaoca
•Estratégias de conservação de solo
•Fertilização com base analise de solo e foliar
•Controle de todos os gastos
•Possui p...
•Inspeções constantes de maquinas e implementos
•Não são empregadas técnicas de irrigação
•A água do lavador de café é des...
A FAZENDA ITAOCA
•A colheita leva em consideração maturação do café
•Realizada toda no pano
•Mantém separado o café de pan...
A FAZENDA ITAOCA
• Armazenagem em tulhas de madeira / período de descanso
• Rastreabilidade por lote produzido.
• Armazéns...
A FAZENDA ITAOCA
• Identificar, alertar e orientar as atividades de risco.
• São fornecidos EPI aos trabalhadores de acord...
A FAZENDA ITAOCA
Todos os funcionários são registrados em carteira de trabalho
sindicalizados
Possuem condições adequada...
A FAZENDA ITAOCA
A Itaoca possui a área de reserva legal averbada e APP´s (Áreas de
Preservação Permanente) identificadas...
BENEFÍCIOS PARA O PRODUTOR COM A CRIAÇÃO DE
UMA RPPN:
• agregar valor ao seu café de qualidade;
• aumentar sua receita atr...
A FAZENDA ITAOCA
 De acordo com os proprietários os funcionários da
Fazenda Itaoca já sabem da implantação da RPPN da
Ser...
A sociedade conhece RPPN?
DESTAQUE
AÇÕES REALIZADAS NO
PROCESSO DE CRIAÇÃO
DA RPPN
Foram realizadas
entrevistas
aleatórias, de
forma informal e
caráter
descontraído,
onde os temas
surgiam de forma
natural....
Foram listados 15 temas desenvolvidos nas entrevistas:
1 – Tempo de serviço na propriedade
2 – Histórico da família em rel...
... 15 temas desenvolvidos nas entrevistas
9 – Futuro dos filhos: se há alguma preocupação e o
querem para o futuro dos fi...
No primeiro dia apenas as mulheres
foram abordadas por duas integrantes da
equipe, pois a presença masculina
poderia inibi...
Para você o que é meio ambiente?
COLETA SELETIVA
Satisfação com a colônia
As casa
A água
Individualização
A rua
Relação com o lugar: na folga o que se
busca fazer, se há local para divertir na
fazenda e onde.
Crianças:
o que elas
querem ser
quando crescer.
O que eles acham ou sabem
sobre nosso trabalho,
criação da RPPN.
Apenas um, revelou que tinha
conhecimento das atividades ...
A MAIOR SATISFAÇÃO
Análise da Água
• Para se verificar a qualidade da água foi feita a
análise, físico-química.
Foi classificada com relação ...
Área da coleta das amostras de água
COLETA DE SOLO
MEIO BIÓTICO:
BIODIVERSIDADE
Levantamento da Fauna
C
A B
D
Mamíferos registrados por câmera “trap”. L. pardalis (A), D. albiventris (B),
E. barbara (C)...
Levantamento Florístico
Foto:
Daniella
Carneiro
• plaquetas de alumínio
• Indivídos arboréos (CAP)
15,70 cm
• Estimativa da Altura
• Espécies cole...
Infra-estrutura da fazenda
Lavouras de café, vistas da
sede.
Complexo da sede, com RPPN ao
fundo
Mapa da área onde será criada a RPPN
CONFORMIDADES – MEIO AMBIENTE
DISPOSIÇÃO E TRATAMENTO DOS
RESÍDUOS SÓLIDOS E LIQUÍDOS;
 APP REVEGETADAS;
 RESERVA LEGAL...
CONFORMIDADES AMBIENTAIS
CONFORMIDADESSOCIAIS
MELHORIA DO AMBIENTE DE TRABALHO
(RANCHO, BANHEIRO, CRECHE);
MELHORIA DAS CONDIÇÕES DE TRABALHO
(SU...
Rancho com refeitório e abrigo
- Sanitários masculino e feminino com água encanada,
vaso, papel higiênico, toalhas de mão,...
Crianças na creche,
recebem alimentação
complementar e assistência
enquanto as mães
trabalham na lavoura, das
7h às 11h da...
CONFORMIDADES TRABALHISTAS:
(SAÚDE, SEGURANÇA E BEM-ESTAR DOS TRABALHADORES)
EPIs;
CARTEIRA ASSINADA;
PAGAMENTO POR ATI...
Criação de RPPN:
Melhor tradução
BENEFICIO X BENEFICIO
PROJETO DE CRIAÇÃO DA RPPN SERRA DOS
CRIMINOSOS
EQUIPE:
Ana Cristina França
Carolina Gusmão Souza
Daniela Nogueira
Diego A...
ESTE É O NOSSO PRODUTO …
MUITO OBRIGADA !
MEIO AMBIENTE, CRISES MUNDIAIS,
PRODUÇÃO AGRICOLA,
SUSTENTABILIDADE, COMO VAMOS
EQUALIZAR ???
Pandemias Influenza A (H1N1)
Na Argentina, os panelaços voltaram a ser
ouvidos. Consumidores irritados com a
escassez nos supermercados.
Na Somália, a polícia dispersa multidões famintas a tiros
Dois em cada três guineenses vivem na pobreza absoluta e
1 em cada 4 crianças morre antes dos cinco anos de idade
No Haiti os preços altos derrubam o governo
Na Tailândia, um dos celeiros de
arroz do planeta, a mercados
limitando a compra do produto
por cliente
Disponibilidade de Terras Aráveis por
país
Nota: Área colhida em 2004. Terras aráveis em equivalente potencial.
Fonte: FAO...
Elaboração: Revista VEJA, edição 03/03/2004
Fontes: IBGE e CONAB
Adaptação: MAPA
Distribuição territorial – Estimativa
(mi...
LUCAS DO RIO VERDE
Projeto “Lucas do Rio Verde Legal”
modelo para outros municípios
Economia
Social
Meio
Ambiente
E O CRESCIMENTO DA POPULAÇÃO?
E O USO INDISCRIMINADO DOS RECURSOS
NATURAIS?
Fonte: http://postconflict.unep.ch/sudanreport/sudan_website/doccatcher/data/Photographs
 Novas exigências de mercado Org...
O QUE TEMOS QUE FAZER???
COMO???
…TEMOS RESULTADOS:
FAZENDA ITAOCA
FAZENDA RECANTO
GRUPO SETE CACHOEIRAS
SENDO SUSTENTÁVEL!
ISTO PODE SER REALIDADE?
SERÁ QUE ESTAMOS PREPARADOS
PARA PRODUZIR CAFÉ
SUSTENTÁVEL?
Reserva particular do patrimônio natural   o caso da rppn serra dos criminosos – fazenda itaoca
Reserva particular do patrimônio natural   o caso da rppn serra dos criminosos – fazenda itaoca
Reserva particular do patrimônio natural   o caso da rppn serra dos criminosos – fazenda itaoca
Reserva particular do patrimônio natural   o caso da rppn serra dos criminosos – fazenda itaoca
Reserva particular do patrimônio natural   o caso da rppn serra dos criminosos – fazenda itaoca
Reserva particular do patrimônio natural   o caso da rppn serra dos criminosos – fazenda itaoca
Reserva particular do patrimônio natural   o caso da rppn serra dos criminosos – fazenda itaoca
Reserva particular do patrimônio natural   o caso da rppn serra dos criminosos – fazenda itaoca
Reserva particular do patrimônio natural   o caso da rppn serra dos criminosos – fazenda itaoca
Reserva particular do patrimônio natural   o caso da rppn serra dos criminosos – fazenda itaoca
Reserva particular do patrimônio natural   o caso da rppn serra dos criminosos – fazenda itaoca
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Reserva particular do patrimônio natural o caso da rppn serra dos criminosos – fazenda itaoca

1,333 views

Published on

2º SIMPÓSIO DE CERTIFICAÇÃO DE CAFÉS SUSTENTÁVEIS

Reserva Particular do Patrimônio Natural - O caso da RPPN Serra dos Criminosos – Fazenda Itaoca
# Palestrante: Rosângela Borém Alves Tristão (UFLA)

Published in: Education
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Reserva particular do patrimônio natural o caso da rppn serra dos criminosos – fazenda itaoca

  1. 1. RESERVA PARTICULAR DO PATRIMÔNIO NATURAL – O CASO DA RPPN SERRA DOS CRIMINOSOS – FAZENDA ITAOCA ROSÂNGELA ALVES TRISTÃO BORÉM SETOR DE ECOLOGIA
  2. 2. CONSERVAÇÃO DA BIODIVERSIDADE ARGUMENTOS PARA CONSERVAÇÃO - Científico; - Econômico; - Ecológico; - Cultural/ Social; - Estético/ Afetivo.
  3. 3. Lei Federal nº 9.985/2000 Decreto Federal nº 4.340/2002 UNIDADES DE CONSERVAÇÃO UNIDADES DE CONSERVAÇÃO: Sistema Nacional de Unidades de Conservação da Natureza SNUC Espaço territorial e seus recursos ambientais, incluindo as águas jurisdicionais, com características naturais relevantes, legalmente instituído pelo Poder Público, com objetivos de conservação e limites definidos, sob regime especial de administração, ao qual se aplicam garantias adequadas de proteção.
  4. 4. CATEGORIAS DE UNIDADES DE CONSERVAÇÃO: 1 - UNIDADES DE PROTEÇÃO INTEGRAL (Preservar a natureza; uso indireto dos recursos naturais): • Estação Ecológica (EE) • Reserva Biológica (RB) • Parque Nacional (Parna) • Monumento Natural • Refúgio de Vida Silvestre
  5. 5. PARQUE YELLOWSTONE
  6. 6. PARQUES DE CAÇA NA AFRICA
  7. 7. CATEGORIAS DE UNIDADES DE CONSERVAÇÃO: 2 - UNIDADES DE USO SUSTENTÁVEL (Conservação com o uso sustentável de parcela dos seus recursos naturais:): • Área de Proteção Ambiental (APA) • Área de Relevante Interesse Ecológico (ARIE) • Floresta Nacional (FLONA) • Reserva Extrativista • Reserva da Fauna • Reserva de Desenvolvimento Sustentável • Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN)
  8. 8. Reserva Particular do Patrimônio Natural Reserva de Desenvolvimento Sustentável Área de Relevante Interesse Ecológico Refúgio de Vida Silvestre Reserva ExtrativistaMonumento Natural Floresta NacionalParque Nacional Reserva de FaunaReserva Biológica Área de Proteção AmbientalEstação Ecológica Uso SustentávelProteção Integral Reserva Particular do Patrimônio Natural -RPPN (429 - 756) Reserva de Desenvolvimento Sustentáve – RDS ( 1) Área de Relevante Interesse Ecológico – ARIE (17) Refúgio de Vida Silvestre – REVIS (3) Reserva Extrativista – RESEX (51)Monumento Natural- (1) Floresta Nacional – FLONA (64)Parque Nacional – PN (62) Reserva de Fauna – RFReserva Biológica- REBIO (29) Área de Proteção Ambiental – APA (31)Estação Ecológica- ESEC (32) Uso Sustentável (164)Proteção Integral (127) Órgão Gestor Federal: ICMBio – Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade Total de UC’s Federais: 291, perfazendo 8% do Território Nacional
  9. 9. Principais pressões e ameaças: - Conversão do uso do solo; - Conflitos fundiários e parcelamento; - Ocupação desordenada e mau uso do solo; - Poluição dos recursos hídricos; - Corte de vegetação nativa; - Queimadas; - Caça.
  10. 10. • ESTAMOS DIANTE DO GIGANTESCO DESAFIO DE CONCILIAR O CRESCIMENTO ECONÔMICO COM UMA NOVA MENTALIDADE ECOLÓGICA.
  11. 11. O QUE TEMOS QUE FAZER? AÇÕES SUSTENTÁVEIS !
  12. 12. FAZENDA ITAOCA AREA TOTAL: 215.42 ha CAFÉ : 109.1045 ha 30% DA ÁREA TOTAL EM RESERVA LEGAL AVERBADA CERTIFICAÇÕES UTZ CERTIFIED // RAINFOREST ALLIANCE // IMO CONTROL // CERTIFICA MINAS
  13. 13. Área total de 215 ha 100 ha com a cultura do café, •66 ha de reserva legal, •16 de APP, •20 ha de eucalipto •09 ha de pasto. 13 ha - RPPN  38 funcionários registrados e residentes na propriedade  Principais cultivares: •Mundo Novo •Catuai •Catucai. Produção média 1500 sacas •Geo-referenciada •Todo histórico •Rastreabilidade de ações •Registro de operações Responsável técnico A FAZENDA ITAOCA 
  14. 14. BR 267 Rodovia Vital Brazil Coordenadas da entrada: S 21º54.29’ W 045º09.61’ Localização da Fazenda Itaoca
  15. 15. •Estratégias de conservação de solo •Fertilização com base analise de solo e foliar •Controle de todos os gastos •Possui plano de manejo •Funcionários sabem identificar as principais pragas e doenças •O manejo do mato é realizado de forma correta •A casca do café retorna para a lavoura •Não usa agrotóxicos no manejo e controle de pragas, doenças e mato •Realiza três vezes ao ano o monitoramento de pragas e doenças (MIP). A FAZENDA ITAOCA
  16. 16. •Inspeções constantes de maquinas e implementos •Não são empregadas técnicas de irrigação •A água do lavador de café é descartada de forma correta •Resíduos das casa sede e dos colonos passa por uma ETE A FAZENDA ITAOCA
  17. 17. A FAZENDA ITAOCA •A colheita leva em consideração maturação do café •Realizada toda no pano •Mantém separado o café de pano daquele considerado “de chão” •Transporte no mesmo dia para o terreiro •Controle criterioso de medidas e de acompanhamento dos lotes •O café é abanado no próprio terreiro e posteriormente é lavado •O café é revolvido no terreiro no mínimo dez vezes por dia, •Após a “meia seca” o café segue para os secadores •Limpeza e manutenção dos equipamentos •Preocupação dos itens de segurança do trabalhador.
  18. 18. A FAZENDA ITAOCA • Armazenagem em tulhas de madeira / período de descanso • Rastreabilidade por lote produzido. • Armazéns gerais até o momento da comercialização. • Comercialização junto à exportadores, torrefadores e corretores • Acompanham as cotações do café principalmente pela Internet.
  19. 19. A FAZENDA ITAOCA • Identificar, alertar e orientar as atividades de risco. • São fornecidos EPI aos trabalhadores de acordo com a natureza do trabalho. • Os trabalhadores são capacitados para cada função que exercem. As mulheres trabalham na propriedade durante todo o ano / meio período As crianças em idade escolar freqüentam a escola e a propriedade possui uma creche para aquelas menores. A creche é coordenada por uma das mães e a fazenda fornece alimentação às crianças
  20. 20. A FAZENDA ITAOCA Todos os funcionários são registrados em carteira de trabalho sindicalizados Possuem condições adequadas de moradia, Acesso à sanitários e local adequado para realizarem suas refeições. Todos tem acesso à água potável e à leite, subsidiado pela fazenda.
  21. 21. A FAZENDA ITAOCA A Itaoca possui a área de reserva legal averbada e APP´s (Áreas de Preservação Permanente) identificadas e sendo revegetadas;  Preocupação com relação à proteção da Fauna, flora e das nascentes.  Os resíduos caseiros são descartados encaminhados ao aterro municipal;  As sucatas e restos de lixo da produção são descartados de forma correta.  A caça é terminantemente proibida na propriedade Constata-se a presença de muitos pássaros e animais silvestres
  22. 22. BENEFÍCIOS PARA O PRODUTOR COM A CRIAÇÃO DE UMA RPPN: • agregar valor ao seu café de qualidade; • aumentar sua receita através do estimulo à qualidade e preços diferenciados; • melhorar a gestão de sua propriedade; • abertura ao mercado externo rompendo as barreiras de exportação.
  23. 23. A FAZENDA ITAOCA  De acordo com os proprietários os funcionários da Fazenda Itaoca já sabem da implantação da RPPN da Serra dos Criminosos, mas a vizinhança e o entorno ainda não tem esse conhecimento.
  24. 24. A sociedade conhece RPPN?
  25. 25. DESTAQUE
  26. 26. AÇÕES REALIZADAS NO PROCESSO DE CRIAÇÃO DA RPPN
  27. 27. Foram realizadas entrevistas aleatórias, de forma informal e caráter descontraído, onde os temas surgiam de forma natural. MEIO SÓCIO-ECONÔMICO
  28. 28. Foram listados 15 temas desenvolvidos nas entrevistas: 1 – Tempo de serviço na propriedade 2 – Histórico da família em relação ao trabalho rural e a cafeicultura 3- Meio ambiente: significado, medidas de preservação, adoção de medidas na residência e na propriedade. 4 – Paisagem: significado, se há paisagem na propriedade,onde está a paisagem favorita e quais alterações poderiam ser realizadas na paisagem. 5 – Satisfação com o local da colônia. 6 – Relação com o lugar: na folga o que se busca fazer, se há local para divertir na fazenda e onde. 7 – Lugar que gosta de ir. 8 – Existe alguma paisagem que traz alguma lembrança ou sentimento?
  29. 29. ... 15 temas desenvolvidos nas entrevistas 9 – Futuro dos filhos: se há alguma preocupação e o querem para o futuro dos filhos. 10 – Crianças: o que elas querem ser quando crescer. 11 – O que eles acham ou sabem sobre nosso trabalho, criação da RPPN. 12 – Festividades locais. 13 – Qual a época do ano mais esperada. 14 – Relação deles com religião, se há ligação ou não, e alguma prática tradicional. 15 – Organização/hierarquia dentro da colônia.
  30. 30. No primeiro dia apenas as mulheres foram abordadas por duas integrantes da equipe, pois a presença masculina poderia inibir as entrevistadas.
  31. 31. Para você o que é meio ambiente?
  32. 32. COLETA SELETIVA
  33. 33. Satisfação com a colônia As casa A água Individualização A rua
  34. 34. Relação com o lugar: na folga o que se busca fazer, se há local para divertir na fazenda e onde.
  35. 35. Crianças: o que elas querem ser quando crescer.
  36. 36. O que eles acham ou sabem sobre nosso trabalho, criação da RPPN. Apenas um, revelou que tinha conhecimento das atividades do grupo, disse que estavámos criando uma área de preservação na fazenda e comentou que era importante preservar a natureza.
  37. 37. A MAIOR SATISFAÇÃO
  38. 38. Análise da Água • Para se verificar a qualidade da água foi feita a análise, físico-química. Foi classificada com relação as classes presentes na Deliberação Normativa n° 10 de 1986 do COPAM (Conselho de Política Ambiental). MEIO FÍSICO
  39. 39. Área da coleta das amostras de água
  40. 40. COLETA DE SOLO
  41. 41. MEIO BIÓTICO: BIODIVERSIDADE
  42. 42. Levantamento da Fauna C A B D Mamíferos registrados por câmera “trap”. L. pardalis (A), D. albiventris (B), E. barbara (C) , C. paca (D).
  43. 43. Levantamento Florístico
  44. 44. Foto: Daniella Carneiro • plaquetas de alumínio • Indivídos arboréos (CAP) 15,70 cm • Estimativa da Altura • Espécies coletadas: Foto:Daniella Carneiro 723 espécimes 91 espécies; 73 gêneros; 39 famílias.
  45. 45. Infra-estrutura da fazenda
  46. 46. Lavouras de café, vistas da sede. Complexo da sede, com RPPN ao fundo
  47. 47. Mapa da área onde será criada a RPPN
  48. 48. CONFORMIDADES – MEIO AMBIENTE DISPOSIÇÃO E TRATAMENTO DOS RESÍDUOS SÓLIDOS E LIQUÍDOS;  APP REVEGETADAS;  RESERVA LEGAL AVERBADA.
  49. 49. CONFORMIDADES AMBIENTAIS
  50. 50. CONFORMIDADESSOCIAIS MELHORIA DO AMBIENTE DE TRABALHO (RANCHO, BANHEIRO, CRECHE); MELHORIA DAS CONDIÇÕES DE TRABALHO (SUBSIDIOS E PAGAMENTO POR ATIVIDADES EXECUTADAS); RESPEITO AS QUESTÕES CULTURAIS;  MELHORIA DA QUALIDADE DE VIDA DO TRABALHADOR.
  51. 51. Rancho com refeitório e abrigo - Sanitários masculino e feminino com água encanada, vaso, papel higiênico, toalhas de mão, de papel e sabão. - 12 conjuntos deste nos cafezais da fazenda, o trabalhador estara sempre a menos de 150 metros de um deles.
  52. 52. Crianças na creche, recebem alimentação complementar e assistência enquanto as mães trabalham na lavoura, das 7h às 11h da manhã. Colônia com 19 casas.
  53. 53. CONFORMIDADES TRABALHISTAS: (SAÚDE, SEGURANÇA E BEM-ESTAR DOS TRABALHADORES) EPIs; CARTEIRA ASSINADA; PAGAMENTO POR ATIVIDADE EXECUTADA; TRANSPORTE SEGURO; INSTALAÇÕES ADEQUADAS.
  54. 54. Criação de RPPN: Melhor tradução BENEFICIO X BENEFICIO
  55. 55. PROJETO DE CRIAÇÃO DA RPPN SERRA DOS CRIMINOSOS EQUIPE: Ana Cristina França Carolina Gusmão Souza Daniela Nogueira Diego Antônio França de Freitas Eduardo Matavelli Gabriel Arvelino Geovany Reis Jackeline Fidélis Duarte Jerusa Cristina Bazzo Katiane Ribeiro Ligiane Martins Moraes Lisiane Zanella Lívia Lopes Marina Secco Marcelo Costa Murilo Malveira Brandão Sérgio Parreiras Pereira Coordenadora: Rosângela Alves Tristão Borém
  56. 56. ESTE É O NOSSO PRODUTO … MUITO OBRIGADA !
  57. 57. MEIO AMBIENTE, CRISES MUNDIAIS, PRODUÇÃO AGRICOLA, SUSTENTABILIDADE, COMO VAMOS EQUALIZAR ???
  58. 58. Pandemias Influenza A (H1N1)
  59. 59. Na Argentina, os panelaços voltaram a ser ouvidos. Consumidores irritados com a escassez nos supermercados.
  60. 60. Na Somália, a polícia dispersa multidões famintas a tiros
  61. 61. Dois em cada três guineenses vivem na pobreza absoluta e 1 em cada 4 crianças morre antes dos cinco anos de idade
  62. 62. No Haiti os preços altos derrubam o governo
  63. 63. Na Tailândia, um dos celeiros de arroz do planeta, a mercados limitando a compra do produto por cliente
  64. 64. Disponibilidade de Terras Aráveis por país Nota: Área colhida em 2004. Terras aráveis em equivalente potencial. Fonte: FAO, Land Resource Potential and Constraints at Regional and Country Level (2000); FAO (2007). Elaboração: ICONE.
  65. 65. Elaboração: Revista VEJA, edição 03/03/2004 Fontes: IBGE e CONAB Adaptação: MAPA Distribuição territorial – Estimativa (milhões de ha) Floresta Amazônica 350 Pastagens 220 Áreas protegidas 55 Culturas anuais 47 Culturas permanentes 15 Cidades, lagos e estradas 20 Florestas cultivadas 5 Sub-total 707 Outros usos 38 Áreas não exploradas ainda disponíveis para a agricultura 106 TOTAL 851 Capacidade do Brasil
  66. 66. LUCAS DO RIO VERDE
  67. 67. Projeto “Lucas do Rio Verde Legal” modelo para outros municípios
  68. 68. Economia Social Meio Ambiente
  69. 69. E O CRESCIMENTO DA POPULAÇÃO? E O USO INDISCRIMINADO DOS RECURSOS NATURAIS?
  70. 70. Fonte: http://postconflict.unep.ch/sudanreport/sudan_website/doccatcher/data/Photographs  Novas exigências de mercado Organizações precisam se adequar
  71. 71. O QUE TEMOS QUE FAZER??? COMO???
  72. 72. …TEMOS RESULTADOS: FAZENDA ITAOCA FAZENDA RECANTO GRUPO SETE CACHOEIRAS
  73. 73. SENDO SUSTENTÁVEL! ISTO PODE SER REALIDADE? SERÁ QUE ESTAMOS PREPARADOS PARA PRODUZIR CAFÉ SUSTENTÁVEL?

×