A poda para o “Safra Zero” MSc. André luíz A. Garcia  –  Eng. Agr. Fundação Procafé 35º  CONGRESSO BRASILEIRO DE PESQUISAS...
Ciclo fenológico de 2 anos agrícolas Trabalha concentrando a bienalidade do cafeeiro Otimizar o sistema de manejo, reduzin...
<ul><li>Manual </li></ul>Típico da Cafeicultura de Montanha Busca de maiores produtividades  Dificuldades de sustentabilid...
<ul><li>Mecanizado </li></ul><ul><li>Manual </li></ul>Até 5000 plantas por há Cultivares de porte Alto com decote mais alt...
EXPERIMENTO SAFRA ZERO:Acaiá IAC 474/19  esp. 3,0 x 1,0 m  2008 2009 INICIO: 1º ESQUELETAMENTO EM 2003 Produtividade (saca...
 
Safra Zero não corrige os Cafeeiros A lavoura deve ser preparada para o Safra Zero PESQUISA ANÁLISE TÉCNICA <ul><li>Mecani...
Distribuição e viabilidade de ramos plagiotrópicos <ul><li>Ramos presentes porém inviáveis (fechamento) </li></ul><ul><li>...
SETEMBRO 2008 JULHO 2009 Esqueletamento Decote
Ensaio com  recepa de linhas em anos alternados com intervalo de 2 anos Fechamento x viabilidade de ramos
Esqueletamento em área de recepa alternada NOVEMBRO / 2008
JULHO 2009 Recepa alternada após esqueletamento Recepa 2 anos mais nova Recepa 2 anos mais velha
<ul><li>Chek up: </li></ul><ul><li>histórico (podas, idade, cultivar, vigor, etc) </li></ul><ul><li>Pragas de solo </li></...
Planejamento <ul><li>Poda tardia - Crescimento maior que produção  </li></ul>Fagundes, 2007 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 ...
Distância de corte x palmeamento 1º  corte 3º corte M.Novo 4,0 x 1,0 Produtividade (sacas/ha) Tratamentos 2004 2005 2006 2...
Palmeamento dos plagiotrópicos 1º  corte  (1ª safra< prod.) 3º corte
Altura do decote? Via de regra a altura do decote é inversamente proporcional ao estande de plantas na área, porém, faltam...
Ferrugem 2 aplicações: fungicidas sistêmicos + Cu Proteção das folhas para evitar desfolha antes do enchimento de grãos  1...
Cercosporiose PROBLEMAS - Redução da produção - Queda de frutos  - Qualidade 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 ...
Aplicação única Fungicida sistêmico para controle de ferrugem e cercóspora  MONITORAMENTO 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14...
Phoma Altos teores de N potencializam o ataque do patógeno  1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24...
Desfolha sem sintoma visual de patógenos, com escurescimento do pecíolo   Fisiolológica?? X Sanidade???
Colheita Planejamento para liberação das lavouras a serem novamente podadas 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 1...
<ul><li>Inicio 2003 </li></ul><ul><li>Colheitas (2005; 2007; 2009) </li></ul>Pesquisa Pesquisas na Fazenda Experimental de...
EXPERIMENTO CICLOS DE PODA – Mundo Novo IAC 376/4  4,0 X 1,0m Produtividade (sacas/ha) Tratamentos 2004 2005 2006 2007 200...
EXPERIMENTO CICLOS DE PODA – Catuai Vermelho IAC-144  3,8 X 0,8m 44,0  37,0  =  40,0 0  86,2  =  43,0 Produtividade (sacas...
EXPERIMENTO PRODUTOS : Catuaí Vermelho IAC 144  esp.4,0 x 1,0m 12 anos de idade BAIXO VIGOR  X  PRODUTOS DE SOLO  ?  - DEC...
<ul><li>Necessidade de pesquisas para desenvolvimento de um programa de manejo específico ao sistema Safra Zero </li></ul>...
Ciclagem de resíduos da poda   <ul><li>Rotação de culturas P.D. -  Média 7 ton M.S./ha  </li></ul><ul><li>Incremento de Ma...
Ciclagem de resíduos da poda   <ul><li>Rotação de culturas P.D. -  Média 7 ton M.S./ha  </li></ul><ul><li>Imobilização de ...
Safra Zero 3 ciclos Convencional
Safra Zero 3 ciclos (6 anos após 1ª poda) Convencional
CONTATO [email_address] (35)3214 1411
Testemunha Julho 2009
Safra Zero a cada 4 anos +  DECOTE a 2,0 m Julho 2009 Safra Zero a cada 4 anos +  DECOTE a 1,4 m Julho 2009
Nutrição <ul><li>Demanda  225 N e 180 K2O </li></ul><ul><li>Catuai IAC144  2,0 x 1,0 m </li></ul><ul><li>(Matiello, 2008) ...
“ Viabilidade do Sistema”   PESQUISAS ? ? ?
Mecanizado Manual Até 5000 plantas por ha > Produtividade Cultivares de porte Alto Acima de 5000 plantas/ha > produtividad...
Potencial da Lavoura <ul><li>Arquitetura da planta  </li></ul><ul><li>Estande de plantas </li></ul><ul><li>Pragas de solo ...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Palestra A poda para o “Safra Zero” - André luíz A. Garcia – Eng. Agr. Fundação Procafé - 35º CONGRESSO BRASILEIRO DE PESQUISAS CAFEEIRAS 2009

2,874 views

Published on

35º CONGRESSO BRASILEIRO DE PESQUISAS CAFEEIRAS 2009 - Araxá MG

A poda para o “Safra Zero”

MSc. André luíz A. Garcia – Eng. Agr. Fundação Procafé

Published in: Technology
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
2,874
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
78
Actions
Shares
0
Downloads
133
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide
  • ‘ ~ao de nutrientes pela colheita:
  • ‘ ~ao de nutrientes pela colheita:
  • ‘ ~ao de nutrientes pela colheita:
  • ‘ ~ao de nutrientes pela colheita:
  • Palestra A poda para o “Safra Zero” - André luíz A. Garcia – Eng. Agr. Fundação Procafé - 35º CONGRESSO BRASILEIRO DE PESQUISAS CAFEEIRAS 2009

    1. 1. A poda para o “Safra Zero” MSc. André luíz A. Garcia – Eng. Agr. Fundação Procafé 35º CONGRESSO BRASILEIRO DE PESQUISAS CAFEEIRAS
    2. 2. Ciclo fenológico de 2 anos agrícolas Trabalha concentrando a bienalidade do cafeeiro Otimizar o sistema de manejo, reduzindo os custos de colheita em anos de carga baixa 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 jul ago set out nov dez jan fev mar abr mai jun jul ago set out Nov dez jan fev mar abr mai jun 1º ano – Desenvolvimento Vegetativo 2º ano - Frutificação
    3. 3. <ul><li>Manual </li></ul>Típico da Cafeicultura de Montanha Busca de maiores produtividades Dificuldades de sustentabilidade econômica
    4. 4. <ul><li>Mecanizado </li></ul><ul><li>Manual </li></ul>Até 5000 plantas por há Cultivares de porte Alto com decote mais alto Acima de 5000 plantas/há Cultivares de porte Baixo com decote mais baixo Custo de colheita
    5. 5. EXPERIMENTO SAFRA ZERO:Acaiá IAC 474/19 esp. 3,0 x 1,0 m 2008 2009 INICIO: 1º ESQUELETAMENTO EM 2003 Produtividade (sacas/ha) Média 6 anos 2005 2007 2009 2004 a 2009 80,3 75,6 110 44,3
    6. 7. Safra Zero não corrige os Cafeeiros A lavoura deve ser preparada para o Safra Zero PESQUISA ANÁLISE TÉCNICA <ul><li>Mecanizado ou manual </li></ul><ul><li>Estande </li></ul><ul><li>Idade da lavoura </li></ul><ul><li>Pragas de solo </li></ul><ul><li>Distribuição dos plagiotrópicos </li></ul><ul><li>Vigor </li></ul><ul><li>Nutrição </li></ul><ul><li>Manejo de phoma </li></ul><ul><li>Cultivar * Ambiente* espaçamento </li></ul><ul><li>Área de vegetação </li></ul><ul><li>Sistema Radicular </li></ul>Sul de Minas – Muitas áreas esqueletadas em 2009
    7. 8. Distribuição e viabilidade de ramos plagiotrópicos <ul><li>Ramos presentes porém inviáveis (fechamento) </li></ul><ul><li>Perda de saia </li></ul>3 situações mais comuns: <ul><li>Plantas depauperadas (formação de “pescoços”) </li></ul>
    8. 9. SETEMBRO 2008 JULHO 2009 Esqueletamento Decote
    9. 10. Ensaio com recepa de linhas em anos alternados com intervalo de 2 anos Fechamento x viabilidade de ramos
    10. 11. Esqueletamento em área de recepa alternada NOVEMBRO / 2008
    11. 12. JULHO 2009 Recepa alternada após esqueletamento Recepa 2 anos mais nova Recepa 2 anos mais velha
    12. 13. <ul><li>Chek up: </li></ul><ul><li>histórico (podas, idade, cultivar, vigor, etc) </li></ul><ul><li>Pragas de solo </li></ul><ul><li>Bienalidade </li></ul><ul><li>Arquitetura </li></ul>SELECIONADA A ÁREA
    13. 14. Planejamento <ul><li>Poda tardia - Crescimento maior que produção </li></ul>Fagundes, 2007 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 jul ago set out nov dez jan fev mar abr mai jun jul ago set out Nov dez jan fev mar abr mai jun 1º ano – Desenvolvimento Vegetativo 2º ano - Frutificação
    14. 15. Distância de corte x palmeamento 1º corte 3º corte M.Novo 4,0 x 1,0 Produtividade (sacas/ha) Tratamentos 2004 2005 2006 2007 2008 2009 Média 2004-2009 2 – Decote + esqueletamento a cada 2 anos 0,0 74,05 0,00 94,18 0,00 111,88 46,6 7 – Decote + desponte a cada 2 anos 0,0 75,75 0,00 69,32 0,00 93,75 40,0
    15. 16. Palmeamento dos plagiotrópicos 1º corte (1ª safra< prod.) 3º corte
    16. 17. Altura do decote? Via de regra a altura do decote é inversamente proporcional ao estande de plantas na área, porém, faltam pesquisas para o sistema de manejo cíclico levando em consideração principalmente o aspecto genético de arquitetura Santinato 2007, Catuai Vermelho IAC144 3,8 x 0,5 irrigado Decote1,5m 42,8 sacas/ha Decote 2,0 m 97,0 sacas/ha EXPERIMENTO CICLOS DE PODA – Mundo Novo IAC 376/4 esp.4,0 X 1,0m Produtividade (sacas/ha) Tratamentos 2004 2005 2006 2007 2008 2009 M é dia 2004-2009 4 – Safra Zero cada 4 anos + decote a 2,0 metros 0,0 78,00 55,05 50,10 0,00 134,69 52,9 5 – Esqueletamento + decote a 1,4m a cada 4 anos 0,0 50,00 72,75 24,85 0,00 58,75 34,39
    17. 18. Ferrugem 2 aplicações: fungicidas sistêmicos + Cu Proteção das folhas para evitar desfolha antes do enchimento de grãos 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 jul ago set out nov dez jan fev mar abr mai jun jul ago set out Nov dez jan fev mar abr mai jun 1º ano – Desenvolvimento Vegetativo 2º ano - Frutificação
    18. 19. Cercosporiose PROBLEMAS - Redução da produção - Queda de frutos - Qualidade 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 jul ago set out nov dez jan fev mar abr mai jun jul ago set out Nov dez jan fev mar abr mai jun 1º ano – Desenvolvimento Vegetativo 2º ano - Frutificação
    19. 20. Aplicação única Fungicida sistêmico para controle de ferrugem e cercóspora MONITORAMENTO 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 jul ago set out nov dez jan fev mar abr mai jun jul ago set out Nov dez jan fev mar abr mai jun 1º ano – Desenvolvimento Vegetativo 2º ano - Frutificação
    20. 21. Phoma Altos teores de N potencializam o ataque do patógeno 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 jul ago set out nov dez jan fev mar abr mai jun jul ago set out Nov dez jan fev mar abr mai jun 1º ano – Desenvolvimento Vegetativo 2º ano - Frutificação
    21. 22. Desfolha sem sintoma visual de patógenos, com escurescimento do pecíolo Fisiolológica?? X Sanidade???
    22. 23. Colheita Planejamento para liberação das lavouras a serem novamente podadas 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 jul ago set out nov dez jan fev mar abr mai jun jul ago set out Nov dez jan fev mar abr mai jun 1º ano – Desenvolvimento Vegetativo 2º ano - Frutificação
    23. 24. <ul><li>Inicio 2003 </li></ul><ul><li>Colheitas (2005; 2007; 2009) </li></ul>Pesquisa Pesquisas na Fazenda Experimental de Varginha A poda por si só não aumenta a produtividade da lavoura, porém otimiza os meios de produção 1º ano – Desenvolvimento Vegetativo 2º ano - Frutificação
    24. 25. EXPERIMENTO CICLOS DE PODA – Mundo Novo IAC 376/4 4,0 X 1,0m Produtividade (sacas/ha) Tratamentos 2004 2005 2006 2007 2008 2009 M é dia 2004-2009 1 – Testemunha sem poda 23,7 105,28 19,50 47,10 49,69 86,56 55,3 2 – Safra Zero cada 2 anos 0,0 74,05 0,00 94,18 0,00 111,88 46,6 3 – Safra Zero cada 3 anos 0,0 76,50 26,95 0,00 84,69 71,88 43,3 4 – Safra Zero cada 4 anos 0,0 78,00 55,05 50,10 0,00 134,69 52,9 5 – Esqueletamento + decote a 1,4m a cada 4 anos 0,0 50,00 72,75 24,85 0,00 58,75 34,39 6 – Decote 2m cada 4 anos 0,0 64,35 47,82 44,45 42,50 69,69 44,8 7 – Decote + desponte a cada 2 anos 0,0 75,75 0,00 69,32 0,00 93,75 40,0
    25. 26. EXPERIMENTO CICLOS DE PODA – Catuai Vermelho IAC-144 3,8 X 0,8m 44,0 37,0 = 40,0 0 86,2 = 43,0 Produtividade (sacas/ha) Tratamentos 2004 2005 2006 2007 2008 2009 Média 04-09 1 – Testemunha sem poda 79,4 46,6 32,0 45,3 44,0 37,0 47,4 2 – Safra Zero cada 2 anos 0,0 39,9 0,00 61,0 0,0 86,2 31,2 3 – Safra Zero cada 3 anos 0,0 45,9 42,6 0,0 49,3 38,8 29,4 4 – Safra Zero cada 4 anos 0,0 44,2 41,2 26,5 0,0 92,0 33,0 5 – Decote 0,0 44,3 42,8 34,9 33,4 48,9 34,0
    26. 27. EXPERIMENTO PRODUTOS : Catuaí Vermelho IAC 144 esp.4,0 x 1,0m 12 anos de idade BAIXO VIGOR X PRODUTOS DE SOLO ? - DECOTE LIMITADO PRODUTOS Produtividade (sacas/ha) Média 6 anos Novembro Fevereiro 2005 2007 2009 2004 a 2009 - - 45,5 49,0 64,1 26,5 20 gr/cv baysiston 10 gr/cv temik 55,5 50,6 55,0 26,8 10 gr/cv temik 51,0 41,2 52,7 24,2 20 gr/cv baysiston 46,8 40,9 47,2 22,5 Premier Plus 3L/ha 45,6 46,5 49,7 23,6 Verdadero 1L / ha Actara 1 kg/ha 50,3 48,8 59,4 26,4 Verdadero 1L / ha 50,6 38,8 59,1 24,7 Actara 1 kg/ha 52,0 47,2 52,5 25,3 Impact 4,0 L/ha 49,5 47,6 50,2 24,6
    27. 28. <ul><li>Necessidade de pesquisas para desenvolvimento de um programa de manejo específico ao sistema Safra Zero </li></ul><ul><li>Alerta aos pesquisadores </li></ul>O Safra Zero é um sistema de podas cíclicas que altera o comportamento do cafeeiro e de toda parte biótica e abiótica do ambiente ?
    28. 29. Ciclagem de resíduos da poda <ul><li>Rotação de culturas P.D. - Média 7 ton M.S./ha </li></ul><ul><li>Incremento de Matéria orgânica e proteção do solo </li></ul>Moraes Sá (2009)
    29. 30. Ciclagem de resíduos da poda <ul><li>Rotação de culturas P.D. - Média 7 ton M.S./ha </li></ul><ul><li>Imobilização de 20 a 40% do N por microorganismos para decomposição da palhada </li></ul><ul><li>Melhoria de aspectos FÍSICOS, QUÍMICOS E BIOLÓGICOS do solo : erosão, taxa de infiltração e retenção de água no solo, capacidade de troca de catiônica (resposta por cerca de 90% da CTC do solo de cerrado), estoque de nutrientes, resistência a pertubações e atividades biológicas </li></ul><ul><li>Taxa anual de ganho na CTC (0 - 2,5): 2,2 mmolc/kg de solo </li></ul><ul><li>(2,5 - 5,0): 1,0 mmolc/kg de solo </li></ul><ul><li>(5,0 - 10,0): 0,2 mmolc/kg de solo </li></ul><ul><li>Equeletamento - 8,27 Ton M.S. / ha espaçamento 3,5x 1,5 </li></ul><ul><li>(Garcia, Gonçalves e outros 1986) </li></ul><ul><li>Manejo de Nitrogênio: C/N elevada </li></ul>Taxa de imobilização inicial de N e disponibilização?????
    30. 31. Safra Zero 3 ciclos Convencional
    31. 32. Safra Zero 3 ciclos (6 anos após 1ª poda) Convencional
    32. 33. CONTATO [email_address] (35)3214 1411
    33. 34. Testemunha Julho 2009
    34. 35. Safra Zero a cada 4 anos + DECOTE a 2,0 m Julho 2009 Safra Zero a cada 4 anos + DECOTE a 1,4 m Julho 2009
    35. 36. Nutrição <ul><li>Demanda 225 N e 180 K2O </li></ul><ul><li>Catuai IAC144 2,0 x 1,0 m </li></ul><ul><li>(Matiello, 2008) </li></ul>N (150 a 200) Fósforo - Desenvolvimento do novo sistema radicular 30% 40% 30% Análise foliar - N acima de 3,0 dispensa a última adubação (250 a 300) Análise foliar - N acima de 3,0 dispensa a última adubação 40 % 40% 20% 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 jul ago set out nov dez jan fev mar abr mai jun jul ago set out Nov dez jan fev mar abr mai jun 1º ano – Desenvolvimento Vegetativo 2º ano - Frutificação
    36. 37. “ Viabilidade do Sistema” PESQUISAS ? ? ?
    37. 38. Mecanizado Manual Até 5000 plantas por ha > Produtividade Cultivares de porte Alto Acima de 5000 plantas/ha > produtividade Cultivares de porte Baixo
    38. 39. Potencial da Lavoura <ul><li>Arquitetura da planta </li></ul><ul><li>Estande de plantas </li></ul><ul><li>Pragas de solo </li></ul><ul><li>Histórico de produtividade </li></ul>

    ×