Successfully reported this slideshow.
Your SlideShare is downloading.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

ESTAÇÃO DE AVISOS FITOSSANITÁRIOS - CEC PATROCÍNIO - MG - ANTONIO WANDER

  1. 1. ESTAÇÃO DE AVISOS FITOSSANITÁRIOS Antônio Wander Rafael Garcia Engº Agrº - Fiscal Federal Agropecuário
  2. 2. O que é? Sistema de informações que tem como função fornecer orientações aos cafeicultores visando um controle de pragas e doenças mais eficiente. A idéia: Utilizar o clima como um aliado no controle das pragas e doenças, promovendo assim uma menor agressão ao meio ambiente. Emitir avisos periódicos informando níveis de infecção ou ataque para que sejam tomadas as decisões de controle.
  3. 3. Origem dos Avisos Fitossanitários: França - 1878 Cultura - Uva Doença – Míldio (originário dos EUA) Hoje tem 16 estações Brasil 1981 – Fraiburgo/SC - Maçã 1989 – São José do Rio Claro/MT - Seringueira 1998 – Varginha/MG - Café 2002 – Manhuaçu/MG - Café
  4. 4. Objetivos: Registrar dados climáticos da região Determinar a época e o grau de incidência de pragas e doenças Testar eficiência de métodos e técnicas de controle Desenvolver programas alternativos de controle Formar uma consciência fitossanitária Reduzir custos de controle com menor uso de defensivos Diminuir o desequilíbrio biológico Proteger solo, ar e água Utilizar produtos com menor teor de resíduos de defensivos Aumentar o competitividade do setor Melhorar a qualidade do produto
  5. 5. Monitorar dados climáticos associados a fisiologia e ocorrência de pragas e doenças do cafeeiro, auxiliando na Defesa Fitossanitária da cultura e demais tratos culturais.
  6. 6. INSTALAÇÃO: Varginha – 1998 Latitude 21o 34’ 00’’S Longitude 45o 24’ 22’’W Altitude: 940m Carmo de Minas – 2006 Latitude 22o 10’ 31’’S Longitude 45o 09’ 03’’W Altitude: 1080m Boa Esperança – 2007 Latitude 21º 03’ 59”S Longitude 45º 34’ 37”W Altitude: 830m Carmo de Minas Boa Esperança
  7. 7. Varginha
  8. 8. Carmo de Minas
  9. 9. Boa Esperança
  10. 10. Tipos de Informações: Fenologia da cultura: crescimento vegetativo e enfolhamento Comportamento de pragas e doenças: ciclo evolutivo, epidemiológico e flutuação populacional Dados climáticos: temperatura, precipitação, balanço hídrico, umidade, evapotranspiração, radiação solar e outros
  11. 11. Equipamento: Estação meteorológica automatizada, registro de dados de 30 em 30 minutos, 24 horas por dia.
  12. 12. Sensores e acessórios: Pluviômetro Molhamento foliar
  13. 13. Radiação Solar Temperatura, Umidade e Pressão
  14. 14. Direção e intensidade do vento Armazenamento e comunicação
  15. 15. Metodologia: Seleção de talhões para amostragens no início do ano agrícola 2 talhões adensados com carga alta 2 talhões adensados com carga baixa 2 talhões largos com carga alta 2 talhões largos com carga baixa Os talhões selecionados não recebem controle fitossanitário Ao final de cada mês são coletados os dados fenológicos e fitossanitários
  16. 16. Dados fenológicos: Crescimento vegetativo e enfolhamento. (nó pequeno após a última roseta) Dados fitossanitários: Doenças: ferrugem, cercóspora e phoma/ascochyta Pragas: bicho-mineiro, broca e ácaro Coletadas 100 folhas do terço médio entre o terceiro e quarto par de folhas. Fotos de pragas e doenças
  17. 31. Esquema de Amostragem 3º/4º Par
  18. 32. Tabulação de dados meteorológicos: Todo início de mês os dados são descarregados Realizam-se os cálculos do balanço hídrico Montagem final do Boletim: Envio dos Boletins para rede de assistência técnica e imprensa Aproximadamente 1200 boletins por mês enviados via correio eletrônico e impresso. Disponibilização no site www.fundacaoprocafe.com.br
  19. 35. Cálculos do Balanço Hídrico Solo “ Caixa d´água” 100 mm Precipitação Excesso SEDE Evapotranspiração “ Ladrão” Déficit
  20. 36. Inserir ano atipico
  21. 52. http://www.fundacaoprocafe.com.br
  22. 53. <ul><li>TENDÊNCIAS: </li></ul><ul><li>Instalação de duas novas Estações: </li></ul><ul><li>Araxá (local: CAPAL) </li></ul><ul><li>Patrocínio (local a definir) </li></ul><ul><li>Muzambinho, em estudo. </li></ul><ul><li>PESQUISA: </li></ul><ul><li>- Parceria com a Embrapa em trabalhos científicos. </li></ul><ul><li>- Publicação anual dos resultados em Congressos Científicos. </li></ul>
  23. 54. <ul><li>Resultados alcançados: </li></ul><ul><li>Os Boletins mensais são enviados a todas as Cooperativas (departamento técnico), EMATER, firmas de insumos e defensivos (técnicos), consultores independentes e cafeicultores mais informatizados. </li></ul><ul><li>Na região de abrangência das Estações (Sul e Oeste de Minas Gerais), mais de 80% da cafeicultura ou 450 mil hectares em 30 mil propriedades cafeeiras recebem direta ou indiretamente orientações fundamentadas nos dados emitidos mensalmente. </li></ul>
  24. 55. EQUIPE Antônio Wander Rafael Garcia – MAPA Leonardo Bíscaro Japiassú – Fundação PROCAFÉ Roque A. Ferreira – MAPA
  25. 56. OBRIGADO [email_address]

    Be the first to comment

    Login to see the comments

Apresentação da ESTAÇÃO DE AVISOS FITOSSANITÁRIOS no Centro de Excelência do Café em Patrocínio MG. Por Antônio Wander Rafael Garcia Engº Agrº - Fiscal Federal Agropecuário

Views

Total views

2,369

On Slideshare

0

From embeds

0

Number of embeds

6

Actions

Downloads

43

Shares

0

Comments

0

Likes

0

×