Café e Sustentabilidade<br /> Como a certificação alavanca a produção e agrega valor: Por que certificação veio para ficar...
Definições de  Sustentabilidade<br />“Development that meets the needs of the present without compromising the ability of ...
Evolução do conceito<br />1985-2000: Caminhamos da subjetividade de interpretação do conceito de sustentabilidade dos anos...
Transparência: Alavancando e agregando valor<br />Transparência verdadeira respostas para as seguintes questões:<br /> De ...
Modelo atual:Comunicandoa linha tripla de ação<br />Social<br />Práticas negociais<br />Ambiente<br />Controle racional no...
           UTZ CERTIFIED Good inside      Como programa de Sustentabilidade<br />Fundaçao nao lucrativa independente<br />...
Via SMS ou leitor de Video <br /><ul><li>Scan with your mobile
You always have access to information about your sustainable product - even if you sit at the breakfast table or if your c...
Send an SMS with the text “ UTZ SCAN“ To an SMS address (ordinary SMS charges apply).
We send free an SMS with a link to the small program Video Reader You must download to your phone. Follow the instructions...
Scan your first product and see who you help!
All it requires is that your phone has a camera. Please be aware that your service provider can take credit for data traff...
Membros varejistas Global gap  <br />fonte: Foodplus 2005<br />
Visão de programa Market driven<br />  Garantir sustentabilidade na  cadeia de produção  e consumo de Café/Cacau e Chá, ao...
Indústria assume  responsabilidade demandando, promovendo e premiando produtos produzidos sustentavelmente;
Consumidores confiam nas suas marcas comprando produtos que satisfazem suas expectativas</li></li></ul><li>UTZ CERTIFIED G...
Credibilidade modelo de programa atual:<br /><ul><li> 15 auditores independentes (ISO 65)
 UTZ CERTIFIED membro fornecedorn do </li></ul>Food Safety Standards <br /><ul><li> Como membro fornecedor da GLOBALGAP, U...
 Equlíbrio garantido por:: Norte/Sul, Professionalismo, Social, padrão ambiental
 Auditorias Surpresa & cobtrole de rastreabilidade de fazendas e comercializadores
 Membro ISEAL  Consultas Públicas, ISO 14000 interno
 CQI- MoU
ABIC- MoU </li></ul>origin cup quality<br />
CoC<br />CoC<br />CoC<br />CoC<br />Impactonoscompradoresatravésdarastreabilidade<br />Registro de vendas<br />Anúncio de ...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Agrocafe 2010 Eduardo Sampaio 2

1,433 views

Published on

Agrocafe 2010 Eduardo Sampaio 2

Published in: Education, Technology
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
1,433
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
77
Actions
Shares
0
Downloads
29
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Agrocafe 2010 Eduardo Sampaio 2

  1. 1. Café e Sustentabilidade<br /> Como a certificação alavanca a produção e agrega valor: Por que certificação veio para ficar!!!<br />Eduardo Sampaio<br />
  2. 2. Definições de Sustentabilidade<br />“Development that meets the needs of the present without compromising the ability of future generations to meet their needs” – Brundtland UN Commission 1987<br />“Living on nature’s income rather than it’s capital”- Murray Gell-Mann, Nobel Prize Physicist <br />Balance between business, social and environmental needs <br />Importance of Sustainable Practices in your products and services…how to build a business case for sustainability<br />
  3. 3. Evolução do conceito<br />1985-2000: Caminhamos da subjetividade de interpretação do conceito de sustentabilidade dos anos 80-90 para maior clareza e praticidade. Surgiram os conceitos de G.A.P,inclusão da OIT,dentro do famoso critério PPP. Mais tarde SA8000, e a necessidade de rastreabilidade, satisfazendo a demanda do público no mercado BtoC muito focado somente nos pilares social(fair trade) e orgânico (ambiental)<br />2000-2010 : mais recentemente, com a necessidade de expansão no mercado BtoB, adicionou-se aos conceitos acima, equilíbrio econômico e éticos, alavancando os programas de indústria(market driven), onde uma grande corporação, pode pela primeira vez na história colocar metas de 100% de sustentabilidade praticada, diferença fundamental do conceito inicial. Este momento é portanto decisivo e pede em termos de produção de gêneros agrícolas respostas para duas perguntas:<br />Aonde foi produzido<br />Como foi produzido<br />
  4. 4. Transparência: Alavancando e agregando valor<br />Transparência verdadeira respostas para as seguintes questões:<br /> De onde vêm meu café?”<br />“Como ele foi produzido?”<br />
  5. 5. Modelo atual:Comunicandoa linha tripla de ação<br />Social<br />Práticas negociais<br />Ambiente<br />Controle racional no uso de agroquimicos<br />Rastreabilidade e guarda de registros<br />Assistência <br />Monitorando os processos negociais<br />Saúde e bem estar<br />Reduçao no uso da água e poluiçao<br />Moradia decente<br />Sem desmatamento<br />Treinamento<br />Acesso á educação<br />Minimizaçao de erosao de solo<br />Segurança alimentar safety<br />
  6. 6. UTZ CERTIFIED Good inside Como programa de Sustentabilidade<br />Fundaçao nao lucrativa independente<br /> Guatemala 2002; UTZ = ‘good’ em lingua Maia<br />Certificação de volume de produção sustentável<br />Maior em café e de rápido crescimento<br />Expandindo em outras agri-commodities desde 2007<br />Muito além da certificaçao com:<br />Apoio á pequenos produtores: parceria<br />Profissionalizaçao de produtores: Colheitas econômicas máximas (CEM)<br />Treinamento em produção, processamento, vendas(estratégia)trading<br />Good Inside Foundation<br />
  7. 7.
  8. 8.
  9. 9.
  10. 10.
  11. 11.
  12. 12.
  13. 13.
  14. 14.
  15. 15.
  16. 16.
  17. 17.
  18. 18. Via SMS ou leitor de Video <br /><ul><li>Scan with your mobile
  19. 19. You always have access to information about your sustainable product - even if you sit at the breakfast table or if your computer is not switched on.
  20. 20. Send an SMS with the text “ UTZ SCAN“ To an SMS address (ordinary SMS charges apply).
  21. 21. We send free an SMS with a link to the small program Video Reader You must download to your phone. Follow the instructions from the program.
  22. 22. Scan your first product and see who you help!
  23. 23. All it requires is that your phone has a camera. Please be aware that your service provider can take credit for data traffic. </li></li></ul><li>Fazendo seu marketing<br />
  24. 24. Membros varejistas Global gap <br />fonte: Foodplus 2005<br />
  25. 25. Visão de programa Market driven<br /> Garantir sustentabilidade na cadeia de produção e consumo de Café/Cacau e Chá, aonde:<br /><ul><li>Produtores são profissionais implementando boas práticas;
  26. 26. Indústria assume responsabilidade demandando, promovendo e premiando produtos produzidos sustentavelmente;
  27. 27. Consumidores confiam nas suas marcas comprando produtos que satisfazem suas expectativas</li></li></ul><li>UTZ CERTIFIED Good inside <br />Traceability System<br />Transparency of <br />Trade Markets<br />Good Agricultural Practices<br />Code of Conduct<br />
  28. 28. Credibilidade modelo de programa atual:<br /><ul><li> 15 auditores independentes (ISO 65)
  29. 29. UTZ CERTIFIED membro fornecedorn do </li></ul>Food Safety Standards <br /><ul><li> Como membro fornecedor da GLOBALGAP, UTZ CERTIFIED is participa ativamente no GLOBALGAP rede de padronização.
  30. 30. Equlíbrio garantido por:: Norte/Sul, Professionalismo, Social, padrão ambiental
  31. 31. Auditorias Surpresa & cobtrole de rastreabilidade de fazendas e comercializadores
  32. 32. Membro ISEAL Consultas Públicas, ISO 14000 interno
  33. 33. CQI- MoU
  34. 34. ABIC- MoU </li></ul>origin cup quality<br />
  35. 35. CoC<br />CoC<br />CoC<br />CoC<br />Impactonoscompradoresatravésdarastreabilidade<br />Registro de vendas<br />Anúncio de vendas<br />Número de Identificação<br />3-310-64-7-460<br />3-310-64-7-460<br />3-310-64-7-460<br />Cadeia de<br /> Custódia<br />Cadeia de<br /> Custódia<br />Cadeia de<br /> Custódia<br />Cadeia de<br /> Custódia<br />Código do<br /> produtor<br />
  36. 36. Diferentes programas – Dividindo as metas de Sustentabilidade<br />Rastreabilidade<br />Selos de Consumidor(starbucks,Illy)<br />Comércio justo<br />Orgânico<br />COMUNICAÇAO<br />Preservaçao <br />da identidade<br />Segregaçao<br />Balanço de Massa<br />Book and Claim<br />1980<br />B to C<br />B to B<br />Rainforest Alliance<br />UTZ CERTIFIED<br />2000<br />Mesas redondas<br />(Potencial) Market share<br />
  37. 37. Contexto global<br />(1) Recursos Governamentais (financeiros, tecnologia, confiança) estão estruturalmente sob alta pressão (2) A agenda global "bens públicos e bads` (pobreza, alimentos, água, esgotamento dos recursos, degradação do ecossistema, as alterações climáticas, perda de biodiversidade, direitos laborais, as catástrofes naturais, conflitos, etc) é grande e urgente (3) Muitas destas questões são de natureza global que exigem das organizações internacionais e das redes de colaboração, definição para desenvolver políticas comuns, mas a maioria requer, para ser executada e eficaz, soluções locais que envolvem todos os interessados (4) A riqueza global (re-) distribuição será cada vez mais baseada na real ´nova` economia, muitas das quais presentes nos países em desenvolvimento (BRIC), mas ainda "subestimados" (como água, florestas, etc); um reequilíbrio , uma mudança de poder geopolítico está ocorrendo (5) Ambos os setores público e privado estão operando no domínio público, utilizando e beneficiando os bens públicos, mas também causando grandes "males públicos" (6) Não podemos caminhar sozinhos: apenas uma colaboração coerente, eficiente, eficaz entre todos os intervenientes nos sectores doméstico e internacional público e privado vai nos permitir como cidadãos satisfazer as prioridades (7) Negócios em países desenvolvidos e em desenvolvimento tem as capacidades e recursos para executar uma parte importante da agenda, desde que os marcos regulatórios e da política de apoio são suficientemente apoiados(8) Empreendedorismo e comércio são os drivers fundamentais para o crescimento econômico, mas é necessário que operam em mercados bem estruturados (9) O crescimento econômico deve ser ambientalmente sustentável, socialmente justo e eticamente justificável (10) o crescimento económico futuro será, mais do que no passado, impulsionado pelos jogadores na economia real, menos por instituições financeiras <br />
  38. 38. Contexto Global<br /><ul><li>Agigantamento do setor supermercadista
  39. 39. Concentração do comércio nas mãos de poucos firmas multinacionais
  40. 40. Forte relacionamento entre as grandes torrefações e o setor supermercadista
  41. 41. Fortalecimento dos grandes traders(logistica, fixação,multinacionalidade,cash/carry...)
  42. 42. Tecnologias
  43. 43. B/B;B/C marketing
  44. 44. Hábitos de consumo</li></li></ul><li>Cenário futuro Brasil<br />A taxa de câmbio real deve continuar a apreciar no futuro previsível , mantendo os preços de café recebidos pelos agricultores brasileiros extrema ente dependentes da mesma.Os custos trabalhistas também vai continuar a aumentar. Assim, áreas produtoras de arábica intensivos em trabalho terão aumento dos custos de produção.(pequenos produtores familiares?)Maior densidade de plantas não vai melhorar a produtividade como no passado. Melhor manejo, irá melhorar os rendimentos, mas a um ritmo mais lento. Rendimento médio por ha deverá permanecer ou levemente superior ( ao redor de 2% ao ano), para os próximos 10 anos.Melhores rendimentos são susceptíveis para compensar a relação baixo preço / maior custo.Portanto custos totais de produção vão continuar a subir, e em preços correntes de mercado , produtores de arábica vão lutar para ter um retorno positivo. Tempos de extrema profissionalização (agricultura de precisão, irrigação racional, controle de custos e qualidade)<br />
  45. 45. Brasil – Productionandestimatedyields<br />
  46. 46. Brasil – Productioncosts - Labour<br />
  47. 47. Brasil – Producão potencial – Ha<br />55 MM<br />
  48. 48. Comprometimentos da Indústria<br />M&S<br />DE/Sara Lee<br />Mars<br />Frillie<br />Ahold<br />Migros<br />Tesco<br />
  49. 49. Investimento para adequação á lei brasileira, licensa para operar<br />Taxa de auditoria , atesta boas práticas<br />Prêmios<br />Redução de custo de produção: sistema de gestão novo<br />Adequação para outros códigos<br />Relacionamento comercial longo<br />Mercado futuro (próxima palestra)<br />Liquidez<br />Preferência<br />Pré-requisito<br />Agregando valor<br />
  50. 50. A existência de café certificado permite que o comércio gere fluxo operacional,alavancando:<br />Prêmios<br />Permite que a indústria opere e aumente este setor<br />Interesse <br />A redução de custo de produção: sistema de gestão novo permite:<br />Adequação para outros códigos, alavanca outros mercados<br />Relacionamento comercial longo , permite:<br />Ferramentas de mercado garantindo liquidez,fluxo, através de:<br />Mercado futuro (próxima palestra)<br />Liquidez<br />Preferência<br />Alavancando a produção<br />
  51. 51. Informaçoes para contato:<br />Eduardo Sampaio<br />Representante Brasil<br /> Email: eduardo.sampaio@utzcertified.org<br />Phone: 19.3661.5309<br />Celular:19.9179.6006<br />

×