Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

A Cafeicultura no Espírito Santo por Evair Mello

2,441 views

Published on

A Cafeicultura no Espírito Santo, Apresentação de Evair Mello / INCAPER

Published in: Education, Spiritual, Business
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

A Cafeicultura no Espírito Santo por Evair Mello

  1. 1. S ITUAÇÃO DA C AFEICULTURA NO E STADO DO E SPÍRITO S ANTO Evair Vieira de Melo Diretor do Incaper
  2. 2. Exportações do agronegócio brasileiro dos principais produtos em valores (%) Fonte: AgroStat Brasil a partir de dados da SECEX/MDIC Elaboração: CGOE / DPI / SRI / MAPA
  3. 3. Produção de Café no Brasil Fonte: Conab – Jan./ 2010 Safra 2009 – Produção Final
  4. 4. C AFEICULTURA NO E SPÍRITO S ANTO CAFÉ ARÁBICA - 200 mil ha CAFÉ CONILON – 300 mil ha <ul><li>2º >Produtor do Brasil </li></ul><ul><li>>Produtor de Robusta/Conilon </li></ul><ul><li>+ 10,2 milhões de sacas </li></ul>7,6 Milhões de sacas 2,6 Milhões de Sacas
  5. 5. <ul><li>300 mil hectares colhidos </li></ul><ul><li>600 milhões de covas </li></ul><ul><li>+ 7,6 milhões de sacas </li></ul><ul><li>72% da safra nacional </li></ul><ul><li>40 mil propriedades </li></ul><ul><li>Produzido em 64 dos 78 municípios </li></ul><ul><li>78 mil famílias rurais envolvidas </li></ul><ul><li>+ 70% produção:base familiar </li></ul><ul><li>Ocupação de 250 mil capixabas, somente no setor de produção </li></ul><ul><li>+ R$ 1,3 bilhão por ano (produção) </li></ul><ul><li>Produtividade média - 26 sacas/ha </li></ul><ul><li>Potencial de 214 sacas/ha </li></ul>O Conilon no Espírito Santo, 2009
  6. 6. <ul><li>200 hectares </li></ul><ul><li>49 municípios </li></ul><ul><li>1,8 a 2,8 milhões de sacas/ano </li></ul><ul><li>58 mil famílias </li></ul><ul><li>20 mil propriedades </li></ul><ul><li>150 mil empregos diretos </li></ul><ul><li>Área Média: 4,84 ha </li></ul><ul><li>Produtividade média: 16,00 Sc./ha </li></ul><ul><li>Lavouras tecnificadas: 80 Sc./ha </li></ul>ARÁBICA
  7. 8. <ul><li>77,5% das propriedades são de base familiar </li></ul><ul><li>Café principal fonte de renda. </li></ul>ESPÍRITO SANTO : AGRICULTURA DE BASE FAMILIAR
  8. 9. Produção de café beneficiado nos Estados Fonte: ABIC – Convênio MAPA / CONAB
  9. 10. Produção de café beneficiado no Espírito Santo Fonte: ABIC – Convênio MAPA / CONAB
  10. 11. Produção de café arábica beneficiado nos Estados Fonte: ABIC – Convênio MAPA / CONAB
  11. 12. Produção de café arábica beneficiado no Espírito Santo Fonte: ABIC – Convênio MAPA / CONAB
  12. 13. Produção de robusta nos Estados Fonte: ABIC – Convênio MAPA / CONAB
  13. 14. Produção de robusta no Espírito Santo Fonte: ABIC – Convênio MAPA / CONAB
  14. 15. ELABORAÇÃO: 26 INSTITUIÇÕES ASSOCIADAS AOS ELOS DA CADEIA DO CAFÉ METAS AÇÕES ESTRATÉGICAS PONTOS FACILITADORES PONTOS DIFICULTADORES CENÁRIO FUTURO Planejamento Cafeicultura ES – 2007 - 2025
  15. 16. CAFEICULTURA DE ARÁBICA <ul><li>Visão de Futuro : A marca “Café das Montanhas do Espírito Santo” se consolidará nos mercados interno e externo, destacando-se no comércio internacional pela qualidade e certificação. </li></ul><ul><li>Estratégias: </li></ul><ul><li>Elevar a produtividade e a qualidade dos cafés das Montanhas (certificação, variedades, sementes); </li></ul><ul><li>Promover a capacitação técnica e prestação de serviços diferenciados de ATER (BPA, recuperação, conservação dos recursos naturais); </li></ul><ul><li>Estimular, apoiar e incentivar o associativismo e o cooperativismo (ganhos de escala na cadeia). </li></ul>
  16. 18. CAFEICULTURA DE CONILON <ul><li>Visão de Futuro : O Espírito Santo manterá sua posição de primeiro produtor nacional de café Conilon, destacando-se pelo diferencial de qualidade e produtividade com a marca “Conilon Capixaba, Robusta de Qualidade”. </li></ul><ul><li>Estratégias: </li></ul><ul><li>Avançar em ganhos de produtividade e qualidade (ajustamento de equidade regional; pesquisa; base genética); </li></ul><ul><li>Incentivar e a apoiar a industrialização e participação dos cafés solúvel, torrado e moído (mercados nacional e internacional); </li></ul><ul><li>Ampliar os serviços de ATER e pesquisa em parceria com instituições locais e representações do setor (BPA, gestão associativa; recursos naturais). </li></ul>
  17. 19. 14 de maio de 2009 – Jaguaré, ES
  18. 22. RENOVAR CAFÉ ARÁBICA
  19. 23. I DADE DAS L AVOURAS FONTE: GTZ- Cooperação Técnica Alemã
  20. 24. 100% em 20 anos
  21. 25. TECNOLOGIAS NOVAS BASES TECNOLÓGICAS <ul><li>16 AÇÕES </li></ul><ul><li>5%/ano </li></ul><ul><li>10.000 ha/ano </li></ul><ul><li>16 variedades </li></ul><ul><li>Publicações </li></ul><ul><li>20 ton. sementes/ano </li></ul><ul><li>700 ações de transferência de tecnologia/treinamentos </li></ul><ul><li>Implantação de U.Ds </li></ul><ul><li>Implantação de Campos de produção de sementes </li></ul>
  22. 26. Tecnologias e Inovações... Irrigação Manejo de Podas Nutrição Escolha e preparo da área Mudas, Variedades........ Conservação do Solo Calagem e adubação, .........
  23. 27. <ul><li>CONTEÚDO </li></ul><ul><li>Escolha e preparo da área </li></ul><ul><li>Variedades </li></ul><ul><li>Mudas </li></ul><ul><li>Espaçamento, Poda </li></ul><ul><li>Calagem e adubação </li></ul><ul><li>Conservação de Solo </li></ul><ul><li>Manejo de pragas </li></ul><ul><li>Manejo de doenças </li></ul><ul><li>Manejo do “mato” </li></ul><ul><li>Irrigação </li></ul><ul><li>Colheita </li></ul><ul><li>Secagem e Armazenamento </li></ul><ul><li>Cafeicultura Sustentável </li></ul><ul><li>Café Orgânico </li></ul>
  24. 28. PRINCIPAIS PROBLEMAS NO ES, 2009/10 <ul><li>Preço baixo dos cafés arábica e conilon </li></ul><ul><li>Elevado Custo de Produção </li></ul><ul><li>Toda a colheita é manual: mão-de-obra </li></ul><ul><li>Manejo irrigação </li></ul><ul><li>Problemas climáticos : altas temperaturas, a seca, falta de água para irrigação. </li></ul><ul><li>Conseqüências: redução de cerca de 25% produção, interferência negativa na qualidade final do produto; desestímulo dos cafeicultores. </li></ul>
  25. 29. MUITO OBRIGADO

×