Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Informática Báica Apresentação 10slides

2,077 views

Published on

O Museu de Arouca

Published in: Education, Spiritual
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Informática Báica Apresentação 10slides

  1. 1. “ O Mosteiro de Arouca e o seu património” Informática Básica
  2. 2. Mosteiro de Arouca <ul><li>Estado de Conservação </li></ul><ul><li>Abertura ao Público </li></ul><ul><li>Rainha Santa Mafalda </li></ul><ul><li>Órgão Monumental </li></ul><ul><li>Museu de Arte Sacra </li></ul><ul><li>Pelourinho </li></ul><ul><li>Gastronomia </li></ul><ul><li>Lendas </li></ul>Património <ul><li>Doçaria Conventual </li></ul><ul><li>Raça Bovina Arouquesa </li></ul><ul><li>O Milagre que fez Nossa Senhora da Mó </li></ul><ul><li>As laranjas do Burgo </li></ul><ul><li>As pegas nas lendas de Santa Mafalda </li></ul><ul><li>A lenda de Soror Rosimunda, abadessa do Mosteiro de Arouca </li></ul><ul><li>A lenda do Lobisomem </li></ul><ul><li>A lenda do Rego do Boi </li></ul><ul><li>A lenda da mula de Santa Mafalda </li></ul>
  3. 3. Estado de Conservação do Mosteiro: O Mosteiro de Arouca foi restaurado ao longo do ano de 2005, a nível interno e externo. <ul><li>Alguns tópicos importantes sobre o Mosteiro de Arouca: </li></ul><ul><li>A Regra adoptada no Mosteiro, desde o século XII é a Ordem de Cister. </li></ul><ul><li>O Mosteiro de Arouca foi classificado como Monumento Nacional, pelo decreto de 16-06-1910. Z.E.P., D.G. 2ªSérie, nº164 de 15-07-1960. </li></ul><ul><li>O Mosteiro encontra-se sob a responsabilidade do Instituto Português do Património Arquitectónico e Arqueológico. </li></ul>Obras na fachada norte Reparação dos Claustros Restauro do Cadeiral Gradeamento das janelas da fachada principal Renovação do telhado
  4. 4. <ul><li>Foi em média 12 739, sendo 2005 o ano que registou mais visitas – 15 001 – e 2006 o que registou menos – 10 556. </li></ul><ul><li>O número de crianças que visitaram o Mosteiro, foi em média 3 296, sendo 2003 o ano que registou mais visitas – 4 556 – e 1999 o que registou menos – 2 137. </li></ul><ul><li>O número de homens que visitaram o Mosteiro, foi em média 3 244, sendo 1998 o ano que registou mais visitas – 4 959 – e 2006 o que registou menos – 1 890. </li></ul><ul><li>O número de mulheres que visitaram o Mosteiro, foi em média 3 752, sendo 1999 o ano que registou mais visitas – 5 740 – e 2006 o que registou menos – 2 180. </li></ul><ul><li>As visitas nacionais foram em maior número que as estrangeiras. </li></ul>Visitas entre 1997 e 2006, inclusive: Abertura ao Público: O Mosteiro de Arouca está aberto ao público todos os dias da semana e o Museu de Arte Sacra também, à excepção da segunda-feira todo o dia e da terça-feira de manhã.
  5. 5. <ul><li>Rainha Santa Mafalda: </li></ul><ul><li>Filha de D. Sancho I, nasceu em 1195 e morreu em 1256 e foi beatificada em 1793. </li></ul><ul><li>A Rainha Santa Mafalda está sepultada num túmulo de pedra, que se encontra sob o altar na igreja do mosteiro. </li></ul><ul><li>No túmulo, a Rainha encontra-se profundamente recamada de ornatos em prata e bronze – destaca-se a coroa real e as armas de Portugal e Castela. </li></ul>Túmulo da Rainha Santa Mafalda Igreja do Mosteiro, onde se encontra o túmulo da Rainha Santa Mafalda
  6. 6. <ul><li>Órgão Monumental: </li></ul><ul><li>Tem 1352 vozes e 24 registos </li></ul><ul><li>Foi assente no Cadeiral do Mosteiro em 1743. </li></ul><ul><li>Estilisticamente, integra-se na 3ªfase de D. João V. </li></ul><ul><li>Por exemplo: </li></ul><ul><li>Trombeta de Batalha </li></ul><ul><li>Trombeta Real </li></ul><ul><li>Baixos imitando o mar agitado </li></ul><ul><li>Registo do Bombo </li></ul><ul><li>Registo de vozes de Canários </li></ul><ul><li>Registos de Vozes de ecos </li></ul><ul><li>Flauta </li></ul><ul><li>Clarinetes </li></ul><ul><li>Flautins </li></ul><ul><li>Trompas </li></ul><ul><li>… </li></ul>Cadeiral do Mosteiro ÓrgãoMonumental
  7. 7. <ul><li>Museu de Arte Sacra: </li></ul><ul><li>O Museu encontra-se instalado em várias dependências do Mosteiro. </li></ul><ul><li>Está sob a guarda e administração da Irmandade da Rainha Santa Mafalda. </li></ul><ul><li>Foi inaugurado em 27 de Novembro de 1933. </li></ul><ul><li>O seu recheio é composto pelas obras de arte que pertencem à comunidade cisterciense do Mosteiro. </li></ul><ul><li>Principais colecções: escultura, pintura, ourivesaria e mobiliário. </li></ul><ul><li>Algumas obras : </li></ul>Relicário: Prata Dourada (Estilo Bizantino) – Séc. XIII Ascenção: Quadro Pintado a óleo sobre madeira, por Diogo Teixeira – Séc. XVI Cadeira Abacial: Cadeira em pau santo – Séc. XVIII
  8. 8. <ul><li>Pelourinho de Arouca: </li></ul><ul><li>Monumento da primeira metade do século XVI. </li></ul><ul><li>Encontra-se situado no Adro do Mosteiro. </li></ul><ul><li>Foi classificado como imóvel de interesse público pelo Dec nº 23 122, publicado no D.G. nº 231 de 11 de Outubro de 1933. </li></ul><ul><li>Foi desmontado em finais do séc.XIX e andou esquecido pelos Claustros do mosteiro durante anos, foi restaurado há 15 anos e colocado num local próximo do primitivo. </li></ul><ul><li>Forma do Pelourinho: </li></ul><ul><li>O Pelourinho é de bola, do tipo Manuelino, sendo o capitel ladeado de 2 escudos reais e culminado por uma singela esfera armilar. </li></ul><ul><li>Tem um fuste granítico cilíndrico, disposto numa base circular que assenta num soco hexagonal de 3 degraus emoldurados. </li></ul>
  9. 9. <ul><li>Gastronomia </li></ul><ul><li>Doçaria Conventual: </li></ul><ul><li>Alguns exemplos de Doçaria conventual: </li></ul><ul><li>O segredo da sua confecção mantém-se nas poucas famílias que a ela tiveram acesso. </li></ul><ul><li>Castanhas Doces </li></ul><ul><li>Morcelas </li></ul><ul><li>Pão de S. Bernardo </li></ul><ul><li>Barrigas de Freira </li></ul><ul><li>Manjar de Língua </li></ul><ul><li>Roscas </li></ul><ul><li>Charutos de Amêndoa </li></ul><ul><li>Pão-de-Ló </li></ul><ul><li>Melindres </li></ul><ul><li>… </li></ul><ul><li>Raça Bovina Arouquesa: </li></ul><ul><li>Esta carne tem denominação de origem protegida e encontra-se certificada desde 1998. </li></ul><ul><li>Os animais são criados em liberdade pelas encostas serranas, alimentados à base de vegetação natural. </li></ul><ul><li>Alguns pratos confeccionados: </li></ul><ul><li>Vitela assada </li></ul><ul><li>Posta arouquesa </li></ul><ul><li>Costela arouquesa </li></ul><ul><li>Bife de Alvarenga </li></ul><ul><li>Cabrito assado na Gralheira </li></ul><ul><li>… </li></ul>
  10. 10. <ul><li>Lenda da Mula de Santa Mafalda: </li></ul><ul><li>A Rainha D. Mafalda morreu aos 90 anos durante uma cobrança de foros e rendas, em Rio Tinto, a 1 de Maio de 1256. </li></ul><ul><li>Os habitantes dessa terra queriam que fosse sepultada na mesma, mas em Arouca discordavam. </li></ul><ul><li>Alguém se lembrou de dizer que pusesse o caixão em cima da mula onde D. Mafalda costumava viajar, e onde o animal parasse, seria o local onde a Rainha seria sepultada. </li></ul><ul><li>A mula apenas parou junto da porta principal do Mosteiro e esperou que lhe tirassem a carga, após o qual, o animal caiu morto de cansaço. </li></ul><ul><li>As freiras inumaram o corpo da que se tornou padroeira de Arouca no chão da igreja e enterraram o cadáver da mula no átrio sobranceiro à entrada principal do Mosteiro. </li></ul><ul><li>Em 1617, perante o bispo de Lamego, o seu corpo foi transladado para um túmulo de pedra, o qual ainda subsiste sob o seu altar, na igreja do Mosteiro. </li></ul><ul><li>Em 1793, o Pápa Pio VI confirmou-lhe o culto com o título de Beata . </li></ul>FIM

×