Romantismo contexto histórico

10,133 views

Published on

1 Comment
1 Like
Statistics
Notes
No Downloads
Views
Total views
10,133
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
60
Comments
1
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Romantismo contexto histórico

  1. 1. O ROMANTISMO
  2. 2. VERSUS AS TRADIÇÕES CLÁSSICAS
  3. 3. A ESTÉTICA DO CORAÇÃO
  4. 4. Contexto histórico <ul><li>O Iluminismo deixa um rastro de rebelião no ar. A partir da independência dos EUA e da Revolução Francesa, segue-se no mundo ocidental uma onde de liberalismo que compreenderá, fundamentalmente: </li></ul><ul><li>- a independência das colônias hispânicas e portuguesas da América; </li></ul><ul><li>- Guerras entre a França revolucionária e nações absolutistas da Europa. Receava-se a exportação da revolução; </li></ul><ul><li>- o governo de Napoleão Bonaparte e ocupação militar de toda a Europa continental pela França; </li></ul><ul><li>- guerra entre França e Inglaterra; </li></ul>
  5. 5. Contexto histórico <ul><li>na implantação de governos liberais, que representavam basicamente as idéias da alta burguesia; </li></ul><ul><li>adoção dos três poderes independentes: o executivo, o legislativo e o judiciário, com a subordinação de todos à lei e à justiça; </li></ul><ul><li>- substituição do critério para ter acesso ao poder: não mais o nascimento distingue os poderosos da população em geral, mas sim o dinheiro; </li></ul>
  6. 6. Contexto histórico <ul><li>- repressão do tráfico negreiro e da escravidão. Deseja-se constituir uma classe proletária, consumidora, por isso, era fundamental substituir o escravo pelo operário. Além disso, produzir usando escravos baixava os custos e desfavorecia as nações industrializadas; </li></ul><ul><li>- surgimento de novas nações na Europa, pela unificação de pequenos principados, principalmente Alemanha e Itália. </li></ul>
  7. 7. Contexto histórico brasileiro <ul><li>- Vinda da família real portuguesa, fugida das tropas napoleônicas, e elevação do Brasil a condição de reino-unido; </li></ul><ul><li>- Progresso na colônia: a vinda da nobreza obriga a providências na urbanização e a implementação de uma infra-estrutura básica, com bancos, universidades, teatros, imprensa, bibliotecas, escolas, teatros, jornais, meios de transportes e uma incipiente atividade manufatureira. Os portos foram abertos às outras nações; </li></ul><ul><li>- Vinda de missões culturais; </li></ul><ul><li>- Após o retorno de D. João VI, declara-se a independência do Brasil; </li></ul>
  8. 8. Contexto histórico brasileiro <ul><li>Construção da identidade nacional; </li></ul><ul><li>Guerras que visavam manter a integridade nacional; </li></ul><ul><li>Guerras aos países vizinhos; </li></ul><ul><li>Em Portugal, o despótico D. Miguel usurpa o trono, obrigando as forças liberais a lutarem contra ele, comandadas por D. Pedro IV ( o nosso D. Pedro I); </li></ul>
  9. 9. Contexto histórico brasileiro <ul><li>- Rebeliões nas províncias; </li></ul><ul><li>- Disputas entre liberais e conservadores; </li></ul><ul><li>- Voto censitário; </li></ul><ul><li>- Escravagismo e cultura cafeeira. </li></ul>
  10. 10. A ESTÉTICA DO CORAÇÃO <ul><li>CARACTERÍSTICAS DO ROMANTISMO </li></ul>
  11. 11. ORIGENS <ul><li>Grã-Bretanha, com James Macpherson , em 1760: </li></ul><ul><li>Frei Ossian </li></ul>
  12. 12. <ul><li>Alemanha:primeiras manifestações organizadas: O movimento Sturm und Drang: </li></ul><ul><li>1) Romper com a rigidez clássica </li></ul><ul><li>2) Individualidade. </li></ul><ul><li>Os Sofrimentos do jovem Werther , de Goethe , levaram a uma onda de suicídios juvenis na Europa que durou um século. </li></ul>
  13. 13. <ul><li>O Arcadismo e o Romantismo são duas faces do mesmo evento histórico: O ideário liberal (ILUMINISMO). É o gérmen do moderno Capitalismo. </li></ul><ul><li>Uma revolta impressionante estava em curso na Europa e atingiria todo o mundo ocidental... </li></ul>
  14. 14. <ul><li>Neoclassicismo: obediência a padrões dos “antigos” </li></ul><ul><li>x </li></ul><ul><li>Romantismo: produção inovadora, individual, subjetiva, norteada apenas pela sensibilidade individual. </li></ul>
  15. 15. <ul><li>É errado afirmar-se que sua obra era totalmente descompromissada: mais livres para escrever, ainda prezava uma série de quesitos sem os quais a obra não teria valor artístico. </li></ul>
  16. 16. <ul><li>Desprezava padrões universais: </li></ul><ul><li>- Volta-se para o ego, mas, para fugir a solidão, busca na Idade Média referências norteadoras. </li></ul><ul><li>- Tente relembrar as características da arte medieval, anti-clássica. Você terá uma idéia das características do Romantismo. </li></ul>
  17. 17. <ul><li>As invasões napoleônicas, a independência das colônias americanas e o rearranjo social levou a alterações tão drásticas que todo o conceito de nação foi repensado. </li></ul>
  18. 21. <ul><li>Portanto, o primeiro esforço dos romântico foi buscar os antigos valores que caracterizavam a nação... </li></ul><ul><li>Onde estes valores foram buscados? </li></ul><ul><li>Na origem, claro, ou seja, </li></ul><ul><li>NA IDADE MÉDIA... </li></ul>
  19. 22. <ul><li>Por isso, o Romantismo é muito parecido com a arte medieval – TROVADORISMO </li></ul><ul><li>E rejeita o que é clássico... </li></ul>
  20. 23. <ul><li>Os românticos criaram heróis que personificavam os valores que lhes eram importantes.... </li></ul><ul><li>Quem seria este herói? </li></ul>
  21. 25. E o Brasil, que não teve Idade Média...
  22. 26. Não podemos esquecer, também, a grande inspiradora do romântico

×