Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Petição inicial ação alimentos

3,526 views

Published on

  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Petição inicial ação alimentos

  1. 1. EAJ – Escritório de Assistência Judiciária UNIVALE – Universidade Vale do Rio Doce EXCELENTÍSSIMO SENHOR JUIZ DE DIREITO DA ____ VARA CÍVEL DA COMARCA DE GOVERNADOR VALADARES: ELIZANJA PEREIRA DOS SANTOS, brasileira, solteira, portadora do CPF 046.0036.366-23, identidade MG 10.494.477-SSP/MG, residente na Rua P nº 111, Vale Verde, Governador Valadares/MG CEP: 35059-650, vem, por seus procuradores infra-assinados, com mandado de procuração anexo, ajuizar AÇÃO ORDINÁRIA em face de NOVA CASA BAHIA S/A, cnpj.: 10.757.237/0418-74, localizada na Rua Belo Horizonte, 344 – Centro - Governador Valadares/MG CEP: 35010-050, pelos seguintes fatos e fundamentos legais, seguintes: O requerente, nascido em 15/10/2012, é filho do requerido, conforme certidão de nascimento anexa, o qual não lhe fornece os alimentos necessários ao suprimento das suas necessidades básicas, levando para a sua genitora, ao seu bel prazer, pequenas quantias ou materiais de higiene, cujos valores são insuficientes para o seu sustento. A mãe do requerente está atualmente desempregada, impossibilitada de suprir as suas necessidades próprias e as do autor. O Requerido trabalha sem carteira assinada, na loja infantil “ Kid’s Baby”, situada no Shoping Feira, na Rua Belo Horizonte, nº 549, nesta cidade, vendendo roupas, entre outros serviços. O mesmo se encontra recebendo seguro desemprego desde o mês de março. Ainda, o Requerido mora com sua mãe em casa própria, ao passo que o Requerente e sua genitora moram em uma casa alugada. _________________________________________________________________________ Rua Israel Pinheiro, no 2000 , Bairro Universitário, – CEP: 35020-220 Telefone: (33) 3279-5922/3279-5542 – Governador Valadares – MG e-mail: eaj@univale.br
  2. 2. EAJ – Escritório de Assistência Judiciária UNIVALE – Universidade Vale do Rio Doce É cediço que o dever de prestar alimentos a quem os reclame, por não capacidade de prover a própria mantença, é devido, na forma da lei, por aquele que possa suportar o encargo alimentar, obedecendo ao critério da reciprocidade do dever/direito de determinadas pessoas, conforme o arts. 1.695 e 1696 do Código Civil. O Código Civil, ao regular o instituto dos Alimentos, dispõe que o direito à prestação de alimentos é recíproco entre pais e filhos, e, devidos são quando quem os pretende não tem bens suficientes, nem pode prover, por si próprio, a própria mantença, e aquele de quem se reclama pode fornecê-lo sem desfalque ao seu sustento. Portanto, a capacidade do Requerido é garantidora de seu encargo para com a Requerente, inclusive no valor de 60% (sessenta por cento) do salário mínimo vigente. a) Dos Alimentos Provisórios À luz do art. 4º, da Lei nº. 5.478/68, que confere sejam fixados alimentos provisórios quando do despacho do pedido pelo órgão julgador, haja vista a necessidade mesma dos alimentos que se impera, o Requerente, conforme os fatos narrados, pugna pela fixação dos ALIMENTOS PROVISÓRIOS no valor de 60% (sessenta por cento) do salário mínimo vigente. Ante o exposto, requerer: a) os benefícios da justiça gratuita, por não terem, o Requerente e sua genitora, condições de arcar com as custas da ação, nos termos da declaração anexa, conforme disposto no art. 1º, § 2º, da Lei n.º 5.478/68; b) a citação do Requerido para, no prazo legal, apresentar a defesa que lhe for conveniente, sob as penas da lei; _________________________________________________________________________ Rua Israel Pinheiro, no 2000 , Bairro Universitário, – CEP: 35020-220 Telefone: (33) 3279-5922/3279-5542 – Governador Valadares – MG e-mail: eaj@univale.br
  3. 3. EAJ – Escritório de Assistência Judiciária UNIVALE – Universidade Vale do Rio Doce c) a intimação do Ministério Público para atuar no feito; d) a fixação de Alimentos Provisórios em favor da Requerente no valor de 60% (sessenta por cento) do salário mínimo vigente; e) a abertura de conta corrente em nome da genitora da Requerente, em estabelecimento bancário, com a finalidade de realização dos depósitos dos alimentos; f) a procedência da ação com o deferimento dos alimentos definitivos no valor de 60% (sessenta por cento) do salário mínimo vigente no país; g) a de provar o alegado por todos os meios de prova admitidos em direito, notadamente prova testemunhal. Dá-se à causa o valor de R$ 4.881,16 (Quatro mil oitocentos e oitenta e um reais e dezesseis centavos). Pede deferimento. Governador Valadares, 02 de julho de 2013. SAINT CLAIR CAMPANHA DE SOUZA CAROLINA APARECIDA LOBO CAMPOS OAB/MG 21642 OAB/MG 121.112 BRUNO RODRIGUES DE OLIVEIRA MARIA REJANE PIMENTEL ACADÊMICO DE DIREITO ACADÊMICA DE DIREITO _________________________________________________________________________ Rua Israel Pinheiro, no 2000 , Bairro Universitário, – CEP: 35020-220 Telefone: (33) 3279-5922/3279-5542 – Governador Valadares – MG e-mail: eaj@univale.br

×