Homem filmado sob domínio de PMs aparece morto

285 views

Published on

Reportagem do Estadão sobre a escalada violência de São Paulo, sobre as mortes no fim de semana entre 9 e 11 de novembro de 2012. A matéria entrou com o selo "Guerra não declarada". Assinam a matéria Adriana Ferraz, Bruno Paes Manso e Breno Pires, especial para o Estado.

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
285
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
3
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Homem filmado sob domínio de PMs aparece morto

  1. 1. Cidades/Metrópole C3%HermesFileInfo:C-3:20121112:O ESTADO DE S. PAULO SEGUNDA-FEIRA, 12 DE NOVEMBRO DE 2012 GUERRA NÃO DECLARADA Número de pessoas ligadas ao PCC quase triplicou desde 2006, na pág. C4}Homem filmado sob domínio de PMs aparece mortoImagens mostram cinco policiais buscando em casa servente com antecedentes criminais e logo depois um tiro; envolvidos foram presos REPRODUÇÃOA Polícia Militar determinou Violência.ontem a prisão administrativa Vídeo foide cinco policiais suspeitos de gravado porexecutar o servente Paulo Ba- vizinho datista do Nascimento, de 25 vítima noanos, na manhã de anteontem Campono Campo Limpo, zona sul. Limpo eImagens exibidas pelo Fantás- mostratico, da TV Globo, mostram gritos deuma viatura da PM parada na ‘Pelo amorfrente da casa da vítima. Eles de Deus,conduzem Nascimento – que não tenhopede “pelo amor de Deus” pa- nada a ver,ra não ser levado – e batem ne- não, senhor’le. Em seguida, ouve-se um ti-ro e alguém dizendo: “Matou de semana na Grande São Paulo. tiva de assalto. Na Freguesia do soas morreram e uma foi ferida. Feridos. Além dos mortos, hou- Na noite de sábado, em Sãoo cara, matou o cara”. Só entre a noite de sábado e a de Ó, um ladrão que tentou levar a Em um dos casos, um homem vepelo menosnove baleados en- Bernardo do Campo, um vidra- No boletim de ocorrência, po- domingo, foram 17. moto de um policial à paisana foi lavava o carro na rua, entrou em tre sábado e domingo. Por volta ceiro de 24 anos que voltava daliciais dizem que a morte ocor- Na Penha, Milton de Oliveira, morto às 15h de ontem. Na zona casa,foiperseguido emorto –as- da 1h de ontem, três adolescen- casa da namorada levou sete ti-reu após perseguição de três ho- de 24 anos, foi baleado e morto sul, três homens foram atacados sim como a mãe dele. No ABC, tes caminhavam para uma festa, ros. Outros dois homens forammens que teriam atirado contra por dois encapuzados na frente no Campo Limpo. dois homens foram assassina- naVilaMazzei,zonanorte,quan- baleados às 22h de sábado noa viatura. Em nota, o comandan- de um bar – outros dois foram A violência chegou até a zona dos em suposto tiroteio com po- do um veículo preto se aproxi- Campo Limpo. Também na noi-tedaPM,RobervalFerreiraFran- baleados.EmSãoMateus,umsu- rural – em Marsilac, o agricultor liciais em Santo André. E, em mou e um dos ocupantes orde- te de sábado, um homem de 57ça, considerou o caso “lamentá- posto ladrãomorreu emtroca de Felício Alves Pires, de 35 anos, São Bernardo do Campo, um ca- nou que eles não olhassem para anos foi baleado em Guarulhos. /vel” e disse que a Corregedoria tiros com a polícia. Na zona nor- foi morto a tiros em seu sítio, no salfoimorto emcasa. Ocorpo de trás e corressem. Dois dos jo- ADRIANA FERRAZ, BRUNO PAESapura a ocorrência. Essa foi uma te, na região de Perus, um moto- Jardim Embura. um homem de 33 anos ainda foi vens foram atingidos por tiros, MANSO e BRENO PIRES, ESPECIALdas 25 mortes registradas no fim queiromorreuemsupostatenta- Em Guarulhos, quatro pes- achado em Itapevi, em um Fit. mas escaparam. PARA O ESTADOAlckmin diz queviolência ‘estásob controle’O governador Geraldo Alckmin(PSDB) voltou a afirmar ontemque a violência em São Paulo es-tá sob controle, apesar de a Re-gião Metropolitana ter registra-do pelo menos 25 mortes entre anoite de sexta-feira e a de ontem– só de sábado para domingo fo-ram 17. A declaração foi dada na ma-nhã em Carapicuíba, na GrandeSão Paulo. Sem determinar pra-zos, Alckmin ainda disse que apolícia já venceu o crime organi-zado no passado e vai vencer no-vamente. Ao comentar a onda de violên-cia que assusta São Paulo, o go-vernador pediu que as pessoasconfiem na polícia paulista, queclassificoucomoamais bempre-parada do País. “Temosa melhor e amaior po-lícia do Brasil, com 135 mil poli-ciais extremamente bem treina-dos. Além de alta tecnologia”,afirmou. Segundo Alckmin, a parceriaestabelecidacomogovernofede-ral – que será oficializada hojecom a assinaturade um protoco-lo de ações com representanteso Ministério da Justiça – deixaráoEstadomaispreparadoparaen-frentar o crime organizado. Ele listou três medidas queconsidera essenciais para atingiresse objetivo: a remoção de líde-res de facções para presídios fo-ra de São Paulo, a criação de umaagência de inteligência integra-da, que combaterá pontos estra-tégicos do tráfico, e o fortaleci-mento do Instituto de Crimina-lística (IC), para pesquisar o“DNA” da droga que sustenta ocrime organizado. Sobre os casos de violênciapraticados por policiais milita-res,ogovernadorafirmouqueto-dos os episódios serão investiga-dos pela Corregedoria e pelo De-partamento de Homicídios e deProteção à Pessoa (DHPP), queregistra as chamadas “resistên-cias seguidas de morte”.Engano. Alckmin não quis co-mentar o caso envolvendo o sol-dado Edcarlos Oliveira, que foipreso em flagrante na madruga-dadesábado após seracusado deassassinar, por engano, dois ho-mens em São Mateus, na zonaleste da capital. Disse apenasque a polícia cumpriu seu papelao prendê-lo. Para o governador, no entan-to, denúncias sobre a existênciade grupos de extermínio dentroda Polícia Militar merecem cau-tela. “Há muitos aproveitadoresfazendo notícias falsas”, afir-mou sobre supostas ameaças dePMsajovensque moramnaperi-feria da capital. Ontem, o Estado mostrouque já há mães paulistanas man-dando os filhos para fora da capi-tal paulista por medo de que elessejam assassinados por crimino-sos ou policiais. / A.F. e B.P.,ESPECIAL PARA O ESTADO

×