Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Agropecuária geral e do brasil

21,243 views

Published on

Published in: Technology, Business

Agropecuária geral e do brasil

  1. 1. GEOGRAFIA HOMEM & ESPAÇO <br />6º ANO<br />ELIAN ALABI LUCCI E ANSELMO LAZARO BRANCO<br />Agricultura e pecuária<br />
  2. 2. Agricultura e Pecuária<br />São atividades que tem a finalidade de produzir alimentos e fornecer matéria-prima para transformação industrial. <br /><ul><li>Agricultura: plantio
  3. 3. Pecuária: Criação de determinados rebanhos.</li></ul>A atividade agropecuária é dependente de alguns fatores <br />
  4. 4. Solo <br />Sua fertilidade varia bastante.<br />Há solos naturalmente férteis e outros não muito férteis.<br />Para cultivar os menos férteis, os seres humanos procuraram melhorar sua qualidade<br />Acrescentando-lhes elementos, como os adubos.<br />
  5. 5. Clima <br />A agricultura é a atividade que mais depende das condições do clima.<br />Sendo muito vulnerável às variações de alguns fenômenos meteorológicos, como a temperatura e a quantidade de chuvas. <br />
  6. 6. Relevo <br />Fator natural que pode facilitar ou dificultar a produção agrícola.<br /><ul><li> Os terrenos pouco acidentados, o plantio, o uso da água e o emprego de máquinas na lavoura são mais facilitados.</li></ul>Nos terrenos mais acidentados são necessárias técnicas de plantio em curvas de nível para diminuir o processo erosivo.<br />
  7. 7. Técnica de plantação em curva de nível para controlar a erosão.<br />
  8. 8. Tipos de agricultura <br />Atualmente, são cultivadas aproximadamente 300 espécies.<br />Conforme o objetivo do cultivo dos produtos ou o destino que se dá a eles, existem dois tipos de agricultura: <br />Subsistência e comercial.<br />
  9. 9. Agricultura de subsistência<br />Se uma parte do que o agricultor planta destina-se ao seu sustento e ao de sua família,chamamos de <br />Agricultura de subsistência.<br />Geralmente essas estruturas apresentam baixa modernização<br />
  10. 10. Agricultura comercial<br />Geralmente são grandes plantações voltada para a exportação. Com a utilização de muita tecnologia no campo.<br />Na agricultura comercial, é muito comum a prática da monocultura.<br />O cultivo de um único produto em grandes extensões de terra.<br />
  11. 11. Pulverização de cultura de soja no município de Cuiabá, MT (2007).<br />
  12. 12. Os sistemas agrícolas<br />Conjunto dos conhecimentos técnicos que foram sendo acumulados pelos agricultores e as técnicas de cultivo usadas por eles.<br />O sistema da roça:<br /><ul><li> derruba e depois queima a mata existente no local;
  13. 13. prepara o solo e planta sobre as cinzas;
  14. 14. utiliza instrumentos simples.</li></li></ul><li>Roça em Pomerode, SC (2003).<br />
  15. 15. O sistema de plantation:<br /><ul><li> introduzido pelos colonizadores europeus;
  16. 16. tem finalidade de explorar a terra e o agricultor;
  17. 17. grande concentração de terra nas mãos de poucos proprietários.</li></ul>Agricultura moderna<br />Bastante praticada nos países mais ricos e desenvolvidos e menos intensamente em alguns países em desenvolvimento, entre eles o Brasil.<br />
  18. 18. Colheita mecanizada de algodão, em Sapezal, MT (2007).<br />
  19. 19. Agroindústrias e agronegócio<br />As atividades agropecuárias vêm se mantendo cada vez mais integradas com a indústria.<br />A concentração de indústrias nas proximidades das áreas de produção agrícola, como as grandes usinas de cana-de-açúcar, são associações que recebem o nome de agroindústria.<br />
  20. 20. Usina de cana-de-açúcar em Mataraca, PB (2006).<br />
  21. 21. Agronegócio e concentração de renda<br />O agronegócio tem intensificado a concentração da propriedade rural nas mãos de poucas pessoas. Essa desigualdade na distribuição de terras provoca uma série de problemas sociais, como:<br /><ul><li> os conflitos pela posse da terra;
  22. 22. a exploração da mão de obra, com baixíssimos salários;
  23. 23. a saída de pessoas do campo para as cidades.</li></li></ul><li>Sistemas de criação pecuário<br />Pode ser desenvolvida por meio de dois sistemas: o extensivo e o intensivo.<br />Na criação intensiva, o gado é criado cercado em estábulos. Para alimentar o rebanho, o pecuarista procura usar tipos de capim mais nutritivos. Além disso, o gado recebe constantemente rações com reforço alimentar.<br />A pecuáriaextensiva normalmente é realizada em grandes áreas onde os animais pastam livremente. O gado sobrevive à custa do alimento natural.<br />
  24. 24. Criação extensiva de gado em Caarapó, MS.<br />
  25. 25. Criação intensiva de gado em Goiás.<br />
  26. 26. Existem diversos regimes de trabalho no meio rural<br /><ul><li>Posseiro: instalam-se em terras que não lhes pertencem legalmente. Terras devolutas e de terceiros.
  27. 27. Parceiro: trabalham na terra de outra pessoa, em troca de parte da produção. Chamados meeiro.
  28. 28. Pequeno proprietário: cultivam sua própria terra, para abastecer sua família.
  29. 29. Arrendatário: alugam a terra de alguém, pagando em dinheiro.
  30. 30. Assalariado permanente: moram nas propriedades em que trabalham, com registro profissional.
  31. 31. Assalariado temporário: são contratados por dia, para realizar tarefa ou empreitada.
  32. 32. Não remunerado: são membros de grupos familiar do trabalhador, que ajudam sem receber salário.</li></li></ul><li>A Agropecuária brasileira<br />
  33. 33. A estrutura fundiária brasileira<br />A estrutura fundiária brasileira, ou seja, a forma como se distribuem as propriedades rurais, é extremamente concentradora.<br /> “ Isso significa que pouca gente possui muita terra, muita gente possui pouquíssima terra e muita mais gente não possui terra nenhuma.”<br />
  34. 34. Observe os gráficos.<br />
  35. 35. Como se pôde perceber pelos gráficos, quase metade das terras no Brasil está concentrada nas mãos de grandes proprietários<br />Sendo muitas dessas propriedades improdutivas.<br />Existem no Brasil aproximadamente 12 milhões de pessoas Sem Terra, uma das maiores reivindicações do (MST) é realização de uma verdadeira reforma agrária, abrangendo todas as terras improdutivas do país<br />Os pequenos proprietários possuem uma parcela muitíssimo reduzida das terras.<br />
  36. 36. A Reforma Agrária: a reforma agrária traria benefícios não só para os habitantes do meio rural, com a geração de empregos e o acesso à propriedade, mas para a população brasileira como um todo, pois diminuiria a migração para o grande centros urbanos.<br />Os Conflitos pela posse da terra tem se tornado cada vez mais freqüentes. O Massacre de Eldorado dos Carajás foi a morte de dezenove sem-terra que ocorreu em 17 de abril de 1996 no município de Eldorado dos Carajás, no sul do Pará, Brasil decorrente da ação da polícia do estado do Pará.<br />
  37. 37. Critérios da reforma agrária<br />O valor de uma propriedade rural não depende necessariamente do seu tamanho.<br /> Deve se levar em consideração alguns fatores:<br /> - Localização numa região mais favorável à comercialização.<br />- Qualidade natural dos elementos da paisagem<br /> - Infraestrutura de energia<br /> Na visão dos grandes proprietários de terra, o governo poderia resolver logo o problemas dos sem-terra, distribuindo terras vazias da Amazônia e no semiárido nordestino<br />
  38. 38. O aproveitamento do espaço agrícola<br />Plantar custa caro e envolve riscos de toda ordem; se não houver uma rentabilidade comprovada, que compense o trabalho e os investimentos, os grandes proprietários preferem deixa a terra ociosa valorizando com o tempo.<br />usando a terra como fontes de especulação<br /> Financeira, enquanto grande parte da população passa fome e freqüentemente, alimentos têm de ser importados.<br />
  39. 39. Uso das terras no Brasil <br />
  40. 40. Etapas da produção de alimentos e seus custos<br /> A produção de alimentos envolve várias etapas: plantar, colher, estocar e transportar. Qualquer deficiência numa delas é capaz de comprometer seriamente o abastecimento da população. NoBrasil, parece ter-se instaurado quase uma cadeia de comprometimento.<br />Baixa produtividade pela pouca modernização<br />Insumos caros, ocasionando baixa lucratividade<br />Falha no setor de estocagem, estimulando o aparecimento dos atravessadores.<br />Desaparecimento dos hortifrutigranjeiros, ocupados cada vez mais com culturas voltadas para exportação. Aumentando o preço final dos produtos.<br />
  41. 41. A questão do transporte de alimentos vem se agravando nos últimos anos. A falta de sistemas adequados, em alguns casos, chega a inviabilizar o escoamento das produções para o mercado, em razão dos altos custos<br />O setor alimentício, sem incentivos e pouco rentável, tem dificuldades para se mecanizar , produzir mais e arcar com os custos de transportes. Assim alguns alimentos vão sumindo da mesa do consumidor, pelo preço e pela distância.<br />
  42. 42. Hoje existe uma preocupação mundial no que diz respeito ao avanço da fronteira agrícola brasileira sobre o bioma amazônico. Essa preocupação reside no fato de que o modelo de produção brasileiro atual prioriza a exportação de commodities, grandes latifúndios e a mecanização intensiva<br />
  43. 43. O agronegócio brasileiro<br />Embora o agronegócio gere grande produção e rentabilidade, é caracterizado pelo latifúndio e pela mecanização da agricultura, o que resulta em desemprego no campo e êxodo rural.<br />
  44. 44. Exercício<br />Assinale a alternativa que indica CORRETAMENTE uma iniciativa de caráter conservador presente nas políticas agrícolas:<br />a) Incentivo estatal à permanência na terra do pequeno produtor, para gerar desenvolvimento local.<br />b) Apoio incondicional à produção de alimentos nas pequenas propriedades destinados ao mercado interno.<br />c) Financiamento e incentivo à produção de “commodities” para a agroindústria e para o mercado externo.<br />d) Transferência de renda para a agricultura familiar, através dos assentamentos de reforma agrária.<br />
  45. 45. Observe o mapa.<br />Pecuária <br />Mário Yoshida<br />
  46. 46. Observe o mapa.<br />Brasil – ocupação da terra pelas atividades agropecuárias<br />Carlos Tadeu de Carvalho Gamba<br />Parte integrante da obra Geografia Homem & Espaço, Editora Saraiva<br />Fonte: Atlas geográfico escolar. Rio de Janeiro: IBGE, 2004. p. 133.<br />

×