Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Para Estudar Metro Ritmo E Rima

35,961 views

Published on

Published in: Spiritual, Technology
  • Be the first to comment

Para Estudar Metro Ritmo E Rima

  1. 1. Metro, Ritmo e Rima • Metro: é o nome que se dá à extensão da linha poética. Pela contagem de sílabas de um verso, podemos estabelecer seu padrão métrico e suas unidades rítmicas. • Escansão é a contagem das sílabas de um verso. A seguir, as regrinhas para se escandir versos: 1) Na contagem das sílabas métricas, contamos até a última sílaba tônica e desprezamos a sílaba ou sílabas átonas finais. Diante disso, ao encontrarmos um vocábulo paroxítono não contamos a última sílaba (en/ con/ tro). Nas proparoxítonas, desprezamos, para efeito de contagem, as duas últimas sílabas (cá/ lido). 2) Quando houver encontro de vogais (vogal no fim de uma palavra e outra vogal no início do vocábulo seguinte), formando um ditongo, conta-se apenas uma sílaba métrica: 3) Ditongos crescentes forma uma única sílaba métrica: ma/ li/ cia; tê/ nue. 4) Os hiatos permanecem com suas vogais separadas - e estas constituem sílabas métricas: cru/ el ; vô/ o. Classificação do verso quanto ao número de sílabas: a) Isométricos: são os versos de uma só medida. São classificados como: monossílabos • dissílabos • trissílabos • tetrassílabos • pentassílabos (ou redondilha menor) • hexassílabos (heróico quebrado) • heptassílabos (redondilha maior) • octossílabos • eneassílabos • decassílabos (medida nova) • hendecassílabos • dodecassílabos (ou alexandrinos) • b) Heterométricos: são os versos de diferentes medidas, usados em um mesmo poema. c) Versos livres: são aqueles que não obedecem a nenhum esquema.
  2. 2. Estrofes A estrofe é composta por versos. Quanto ao número de estrofes, o poema se classifica em: 1 verso - monóstico 2 versos - dístico 3 versos - terceto 4 versos - quarteto ou quadra 5 versos - quinteto ou quintilha 6 versos - sexteto ou sextilha 7 versos - septilha 8 versos - oitava 9 versos - novena 10 versos - décima Mais de 10 versos chamamos de irregulares. • Ritmo: é a sucessão de tempos fortes e fracos que se alternam com intervalos regulares. No verso, o ritmo é formado pela sucessão de unidades rítmicas resultantes da alternância entre sílabas acentuadas (fortes) e não-acentuadas (fracas); ou entre sílabas construídas por vogais longas e breves. Observe o exemplo abaixo, retirado do poema “Meu sonho”, de Álvares de Azevedo: CavaLEIro das ARmas esCUras, Os versos do poema mantêm o mesmo esquema rítmico. Pela alternância de sílabas tônicas e átonas, percebemos a repetição Onde VAIS pelas TREvas imPUras de uma unidade sonora formada por duas átonas e uma tônica. Com a esPAda sanGRENta na MÃO? Quando o esquema rítmico apresenta o mesmo número de sílabas Por que brilham teus olhos ardentes métricas, os versos do poema são regulares. Se o número de sílabas for diferente, eles são irregulares ou livres. E gemidos nos lábios frementes Vertem fogo do teu coração? RIMA - identidade de som entre duas ou mais palavras (de versos diferentes) a partir de suas últimas sílabas tônicas. Quanto ao seu valor: Rima rica - as palavras que rimam são de diferentes classes gramaticais: atento/ pensamento; tive/ vive. Rima pobre - as palavras que rimam pertencem à mesma classe gramatical: fazer/ dever; canto/ pranto. Porém, se num terceiro verso se acrescentar uma rima de outra classe gramatical, o conjunto das rimas se torna rico: canto/ pranto/ tanto. Rima preciosa — extirpe/ estirpe; há-de/ saudade; estrela/ vê-la. Quanto à sua posição no verso: Rima final - identidade de som da última ou das duas últimas sílabas das palavras finais de dois
  3. 3. versos. Rima interna ou inicial - onde não são as palavras finais dos versos que rimam: Olhos, olhos de boi pendidos vertem Prantos por quem se foi. Ouvidos ouvem, Calam. Crepes enlutam as janelas. Fundas ouças escutam seus gemidos. (Jorge de Lima) Forma especial de rima - Aliteração - consoantes de som idêntico que se repetem: Rara, rubra, risonha, regia rosa. (Felix Pacheco) (…) esquinas e esplanadas de cerveja, (…) escarrando na noite (…) (Inês Lourenço) - Assonância - vogais que se repetem: É um pássaro, é uma rosa, É o mar que me acorda? (Eugênio de Andrade | Quanto à sua posição na estrofe: Rima Emparelhada - aabb Rima abraçada - abba ou abca Rima cruzada - abab Rima interpolada - abbba ou abcda Quanto à coincidência de sons: Rima consoante (ou soante) - quando rima a última vogai tônica, mais todos os sons que se seguem: azedume/vagalume/resume. Rima toante - quando rimam somente as últimas vogais tônicas: terra/ pedra; vela/ terra. Rima imperfeita - ferros/erros; belos/vê-los; imperfeição/som. Verso solto - verso que não rima, entre outros que rimam. Rima branca ou verso branco - sem rima alguma.

×