Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.
Upcoming SlideShare
What to Upload to SlideShare
What to Upload to SlideShare
Loading in …3
×
1 of 50

Prática controlada e cultura de registro de dados

0

Share

Download to read offline

Prof. Dr. Márcio Moreira
A prática clínica do analista do comportamento precisa ser baseada solidamente em registros de dados, coletados sistematicamente. Sem dados, a tomadas de decisão na clínica ficam um tanto quanto duvidosas.

Related Books

Free with a 30 day trial from Scribd

See all

Prática controlada e cultura de registro de dados

  1. 1. w w w . w a l d e n 4 . c o m . b r
  2. 2. Prática controlada e cultura de registro de dados Dr. Márcio Borges Moreira Instituto Walden4 | Centro Universitário de Brasília - UniCEUB
  3. 3. Dados?
  4. 4. Registro de dados?
  5. 5. Cultura?
  6. 6. Prática Controlada?
  7. 7. Prática Controlada? S I S T E M A T I Z A Ç Ã O
  8. 8. Prática Controlada? S I S T E M A T I Z A Ç Ã O Intervenção Registro
  9. 9. Intervenção?
  10. 10. Análise do Comportamento Psicanálise Gestalt Terapia Psicoterapias Cognitivistas E muito mais….
  11. 11. Análise do Comportamento FAP TCR TAC ACT DBT BA IBCT MBT PCP VAPT, DAFT, PAFT & ETC.
  12. 12. Análise do Comportamento FAP Evocar CRBs do tipo… Reforçar CRBs do tipo… Reforçamento diferencial…
  13. 13. Análise do Comportamento FAP Reforçamento Diferencial Padronizar é possível?
  14. 14. Registro de Eventos?
  15. 15. Comportamentos do cliente “Coisas” que acontecem. Comportamentos do profissional
  16. 16. Comportamentos do cliente frequência duraçãolatência verbal não-verbal etc.
  17. 17. Comportamentos do cliente VERBAL queixas relatos regras etc. opniões
  18. 18. Comportamentos do cliente VERBAL OPNIÕES Sobre a interação… Sobre os procedimentos… Sobre os resultados… Sobre as sessões… Etc…
  19. 19. Ufa! E agora?
  20. 20. Starling (2010) Starling, R. (2010, March 19). Prática controlada : medidas continuadas e produção de evidências empíricas em terapias analítico-comportamentais. Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da Universidade de São Paulo, São Paulo. https://doi.org/10.11606/T.47.2010.tde-29032010-163308
  21. 21. Starling (2010) S I S T E M A T I Z A Ç Ã O Registro de relatos do cliente (opniões/tatos)
  22. 22. Inventário de Sessão Inventário de Resultados
  23. 23. Starling (2010, p. 212)
  24. 24. (4) (4) (2) (3)
  25. 25. Starling (2010, p. 116
  26. 26. CF (Cliente Faltou)
  27. 27. 19/10/2018
  28. 28. Starling (2010, p. 209)
  29. 29. 00:01:30 00:01:30
  30. 30. O mínimo do mínimo!
  31. 31. Starling (2010, p. 136)
  32. 32. É Analista do Comportamento? Então, me mostre o gráfico!
  33. 33. w w w . w a l d e n 4 . c o m . b r

×