Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Lbj lição 11 A forma do culto

800 views

Published on

Lbj lição 11 A forma do culto

Published in: Spiritual
  • DOWNLOAD THAT BOOKS INTO AVAILABLE FORMAT (2019 Update) ......................................................................................................................... ......................................................................................................................... Download Full PDF EBOOK here { http://bit.ly/2m6jJ5M } ......................................................................................................................... Download Full EPUB Ebook here { http://bit.ly/2m6jJ5M } ......................................................................................................................... Download Full doc Ebook here { http://bit.ly/2m6jJ5M } ......................................................................................................................... Download PDF EBOOK here { http://bit.ly/2m6jJ5M } ......................................................................................................................... Download EPUB Ebook here { http://bit.ly/2m6jJ5M } ......................................................................................................................... Download doc Ebook here { http://bit.ly/2m6jJ5M } ......................................................................................................................... ......................................................................................................................... ................................................................................................................................... eBook is an electronic version of a traditional print book that can be read by using a personal computer or by using an eBook reader. (An eBook reader can be a software application for use on a computer such as Microsoft's free Reader application, or a book-sized computer that is used solely as a reading device such as Nuvomedia's Rocket eBook.) Users can purchase an eBook on diskette or CD, but the most popular method of getting an eBook is to purchase a downloadable file of the eBook (or other reading material) from a Web site (such as Barnes and Noble) to be read from the user's computer or reading device. Generally, an eBook can be downloaded in five minutes or less ......................................................................................................................... .............. Browse by Genre Available eBooks .............................................................................................................................. Art, Biography, Business, Chick Lit, Children's, Christian, Classics, Comics, Contemporary, Cookbooks, Manga, Memoir, Music, Mystery, Non Fiction, Paranormal, Philosophy, Poetry, Psychology, Religion, Romance, Science, Science Fiction, Self Help, Suspense, Spirituality, Sports, Thriller, Travel, Young Adult, Crime, Ebooks, Fantasy, Fiction, Graphic Novels, Historical Fiction, History, Horror, Humor And Comedy, ......................................................................................................................... ......................................................................................................................... .....BEST SELLER FOR EBOOK RECOMMEND............................................................. ......................................................................................................................... Blowout: Corrupted Democracy, Rogue State Russia, and the Richest, Most Destructive Industry on Earth,-- The Ride of a Lifetime: Lessons Learned from 15 Years as CEO of the Walt Disney Company,-- Call Sign Chaos: Learning to Lead,-- StrengthsFinder 2.0,-- Stillness Is the Key,-- She Said: Breaking the Sexual Harassment Story That Helped Ignite a Movement,-- Atomic Habits: An Easy & Proven Way to Build Good Habits & Break Bad Ones,-- Everything Is Figureoutable,-- What It Takes: Lessons in the Pursuit of Excellence,-- Rich Dad Poor Dad: What the Rich Teach Their Kids About Money That the Poor and Middle Class Do Not!,-- The Total Money Makeover: Classic Edition: A Proven Plan for Financial Fitness,-- Shut Up and Listen!: Hard Business Truths that Will Help You Succeed, ......................................................................................................................... .........................................................................................................................
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here

Lbj lição 11 A forma do culto

  1. 1. Data:011dedezembrode2016 A forma do Culto Lição 11 4º trimestre de 2016 Título: Em Espírito e em verdade — A essência da adoração cristã Comentarista: Thiago Brazil EM ESPÍRITO E EM VERDADE
  2. 2. TextodoDia
  3. 3. Síntese
  4. 4. Agendadeleitura SEGUNDA - 1 Co 11.34 A necessidade de ordem no culto TERÇA - 1 Tm 2.8 A oração e o culto a Deus QUARTA - Ef 5.19 O louvor como parte de nosso culto QUINTA - Cl 3.16 A pregação da palavra como um momento do culto SEXTA - 2 Co 9.13 A administração de ofertas no culto SÁBADO - Cl 2.18 Cuidado com os falsos cultos
  5. 5. Objetivos DEFINIR e problematizar o conceito de liturgia. ANALISAR o problema envolvendo a liturgia entre os coríntios. APRESENTAR os desafios envolvendo a liturgia na Igreja atual
  6. 6. TextoBíblico 1 Coríntios 14-26-33 26 Que fareis, pois, irmãos? Quando vos ajuntais, cada um de vós tem salmo, tem doutrina tem revelação, tem língua, tem interpretação. Faça-se tudo para edificação. 27 E, se alguém falar língua estranha, faça-se isso por dois ou. quando muito, três, e por sua vez, e haja intérprete. 28 Mas, se não houver intérprete, esteja calado na igreja e fale consigo mesmo e com Deus. 29 E falem dois ou três profetas, e os outros julguem. 30 Mas, se a outro, que estiver assentado, for revelada alguma coisa, cale-se o primeiro. 31 Porque todos podereis profetizar, uns depois dos outros, para que todos aprendam e todos sejam consolados. 32 E os espíritos dos profetas estão sujeitos aos profetas. 33 Porque Deus não é Deus de confusão, senão de paz, como em todas as igrejas dos santos.
  7. 7. Introdução Nesta lição, estudaremos questões como: existe uma liturgia ideal? Liturgia, formalismo e fanatismo; culto à forma X culto a Deus. Estudaremos a respeito da natureza, necessidade e lógica da liturgia, compreendida como conjunto de procedimentos públicos que orientam o culto a Deus.
  8. 8. I - LITURGIA
  9. 9. O que é liturgia? 1 1 O termo “liturgia" é derivado de um vocábulo do mundo político da Grécia Antiga, que foi incorporado ao contexto religioso. Definia-se como liturgia o trabalho que um cidadão exercia em beneficio da coletividade. Tal atribuição não era percebida como um encargo, mas com uma honra. Ações como serviço militar, responsabilidade em cargos políticos, construção de bens públicos, todos eram concebidos como liturgia. Quando introduzida no campo religioso a palavra passou a designar a organização dos elementos cúlticos com a finalidade de prestar adoração e louvor a Deus de forma coletiva e saudável. Em o Novo Testamento textos como 2 Coríntios 9.12: Filipenses 2.17 e Hebreus 8.6, utilizam o termo que é traduzido, respectivamente, como administração, serviço, ministério Pode-se assim notar que a liturgia não tem um fim em si mesma, mas tem como objetivo contribuir para que cada elemento do culto cumpra seu papel principal, que é colaborar na adoração.
  10. 10. O QUE COMPOE A LITURGIA? Oração (At 12.12; 16.16) Cânticos (1 Co 14.26; Cl 3.16) Leitura e exposição da Palavra de Deus (Rm 10.17; Hb 13.7) Ofertas (1 Co 16.1,2) Manifestações e operações do Espírito Santo (1 Co 14.26-32) E bênção apostólica (2 Co 13.13; Nm 6.23-27).
  11. 11. Quem precisa de liturgia? 1 2 Se vivemos em comunidade é natural que em determinado momento surjam as divergências. Elas não são necessariamente fruto do pecado ou da influência de Satanás, mas produto de nossas singularidades. Essa natureza multifacetada da humanidade repercute no corpo de Cristo, assim como nos ministérios que exercemos nele (Ef 411: Rm 12.6-8). Diante dessa condição própria da humanidade, o desenvolvimento de um conjunto de princípios para a organização do culto é absolutamente necessário. Sem um ordenamento mínimo qualquer organização humana toma-se caótica, até mesmo a adoração a Deus Deste modo, por melhores que sejamos ou mais espirituais que nos achemos, todos necessitamos de limites e sinais que nos apontem até onde podemos ir.
  12. 12. Quais os fundamentos de uma liturgia. 1 3 O primeiro fundamento da liturgia é o louvor a Deus. Tudo o que acontece no culto deve exaltar e bendizer ao Pai, logo, se algo é realizado sem tal finalidade deve ser suprimido da devoção coletiva. A segunda razão de ser da liturgia é a coletividade, isto é, tudo que envolve o processo de organização do culto deve visar o bem comum, jamais o interesse individual. Por isso, gostos e preferências particulares precisam ser deixados de lado. O culto é organizado para glória de Deus e alegria de todos os adoradores (Sl 32.11; 68.3). O terceiro elemento da liturgia é a organização; a aplicação da liturgia deve permitir que participação no culto seja inteligível a todos. Não há nada indiscernível ou misterioso no culto; tudo o que acontece deve promover uma adoração racional.
  13. 13. II - O PROBLEMA DO CULTO EM CORINTO
  14. 14. Corinto, uma igreja de excessos. 2 1 A igreja em Corinto espelhava a comunidade na qual estava inserida: cheia de exageros e imoderação (1Co 4 8; 5,6) Não que aquela comunidade fosse apenas um reduto de pecados - apesar deles existirem (1 Co 5.1.2; 8.12) - Mas, ao contrário, a graça de Deus fora derramada ali de modo especial (2 Co 74:8.7:3.8,14). Aquela igreja transbordava em bênçãos de Deus (1 Co 1.7), esse talvez fosse o ‘bom problema" em Corinto: havia tantos dons. bênçãos, milagres e ministérios, que se iniciou ali um choque de atuações e serviços; enquanto alguns eram abençoados, outros eram atribulados (1 Co 14.17). Foi algo tão sério que a comunidade chegou a partidarizar-se em torno de algumas lideranças - as quais por sua vez possuíam características ministeriais e carismáticas diferentes (1 Co 3.1-6). Diante desse abençoado, mas problemático, excesso de dádivas, o que fazer?
  15. 15. A adoção de uma liturgia para edificação coletiva. 2 2 Havia muitos talentos entre os coríntios (1 Co 14. 26). Per isso, para o desenvolvimento espiritual de todos, era necessário a adoção de um plano litúrgico para que as celebrações em Corinto fossem edificantes para todos Logo, deveria haver espaço para tudo, do louvor ao falar em línguas, passando pela profecia e pelo discernimento de espírito. Um conceito chave, entretanto, era a ordem, de modo que cada um, a partir de seu próprio relacionamento com Deus e no desenvolvimento de sua adoração, deviam colaborar, individualmente, para o estabelecimento de um bom ambiente de louvor a Deus. A desculpa de que o momento da adoração nos conduz ao descontrole é inválida.
  16. 16. O principio do amor na estruturação da liturgia. 2 3 Paulo deixa bastante claro que todas as regras comunitárias, operações sobrenaturais, normas coletivas e manifestações espirituais precisam ser mediadas pelo amor (1 Co 12.31). Nada deve ser feito por revanchismo, sentimento de humilhação do próximo, ou narcisismo (1 Co 14.36). Cada cristão daquela comunidade tinha o privilégio de exercer seus dons e ministérios, desde que levasse em conta que a existência desses era para a glória de Deus e serviço à comunidade. Sem a devida conciliação entre dons ministérios e amor, a bênção de Deus pode tornar-se inválida (1 Co 14.19,23). Não existe culto sem a manifestação de Deus, as operações espirituais sem a mediação do amor tornam-se puro exibicionismo e espetáculo que somente atrapalham o culto e afastam a glória de Deus.
  17. 17. III - LITURGIA. FORMALISMO E EXIBICIONISMO
  18. 18. O culto a Deus X o culto ao culto. 3 1 A história é dinâmica, assim como o desenvolvimento do povo de Deus. Durante o curso do desenvolvimento do plano divino sobre a terra, o Senhor vem se utilizando de diversas estratégias para auxiliar o seu povo no louvor: orientou a construção do tabernáculo e do Templo. Exigiu sacrifícios de animais e agora pede sacrifícios de louvor (Hb 13.15). Se com Israel e a Igreja Primitiva as formas de cultuar a Deus mudaram é natural que em nossas comunidades algo também se altere, sem contudo, a essência ser perdida.
  19. 19. O Formalismo.. 3 2 Formalismo é uma observância estrita a regras e formas, e isso em algumas igrejas vem se tornando um problema no momento do culto. Em alguns lugares, o culto é tão mecânico que sua previsibilidade engessa a adoração. Em outros casos, uma pessoa pode até não andar realmente de acordo com os padrões de Deus, mas se ela seguir o formalismo do culto, pode até ministrar a adoração. Isso é errado! Pois, os adoradores verdadeiros mais do que seguir regras, seguem uma vida de obediência a Deus. Não existe fervor nas orações, que já se tornaram vãs repetições. A forma como o culto é apresentado é muito mais importante que o Deus que se pretende adorar. Ir à igreja tornou-se uma tradição.
  20. 20. O perigo da falta de ordem. 1 3 Semelhante a comunidade em Corinto, em várias igrejas a abundância de dons, que deveria ser um sinal de bênção, tem se tornado motivo de tribulação. Em alguns lugares há tanto louvor que não é possível ter pregação da Palavra já em algumas comunidades o momento da oferta tornou-se o centro do culto, ocupando a maior parte do tempo Como faz falta uma boa e genuína liturgia nestes lugares.
  21. 21. A importância da liturgia para o desenvolvimento da adoração a Deus é algo que devemos continuamente reconhecer Todos somos capazes de perceber quando a programação de um culto está mal elaborada ou simplesmente não existe: isto porque essa irresponsabilidade afeta coletivamente o louvor que se pretende apresentar ao Senhor Busquemos a Deus com fervor, mas sempre numa perfeita organização. CONCLUSÃO
  22. 22. Horadarevisão 1. Explique com suas palavras o que é liturgia. Resposta pessoal. (Sugestão: O conjunto de procedimentos públicos que orientam o culto a Deus). 2. Por que a organização do culto por meio de uma liturgia se faz tão necessária? Para que se evite discórdia no momento do culto a Deus, pois somos todos seres únicos e por isso diferentes uns dos outros. 3. Quais os três fundamentos que justificam a natureza da liturgia? Adoração, coletividade e organização. 4. Por que a igreja em Corinto enfrentava problemas se ela era abundante em dons e ministérios? Porque lhe faltava organização na administração dos dons, isto é, na liturgia. 5. Que perigos corremos quando não se adota uma liturgia básica para cultuar a Deus? Exageros e excessos de um lado; manipulação, controle personalista e formalismo do outro.

×