Planif anual do 2. ¦ ano mat

1,094 views

Published on

0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
1,094
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
11
Actions
Shares
0
Downloads
39
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Planif anual do 2. ¦ ano mat

  1. 1. AGRUPAMENTO DE ESCOLAS BENTO CARQUEJA (151658) Escola Básica Bento Carqueja (340418) Planificação do 2.º Ano Resolução de Problemas (RP) • Compreensão do problema; • Concepção, aplicação e justificação de estratégias. Capacidades Raciocínio Matemático (RM) Transversais • Justificação; • Formulação e teste de conjecturas. Comunicação Matemática (CM) • Interpretação; • Representação; • Expressão; • Discussão. Objetivo Métodos de avaliação Calendarização/ Nº de tempos lectivos • Recolher • Observação; informações sobre o • Questões orais que levem os alunos a explicarem os seus procedimentos; De 16 a 23 de setembro Avaliação estado das • Ficha de avaliação de diagnóstico. Diagnóstica aprendizagens dos 10 Horas alunos. 1.º Período Metas Propósito Objetivos gerais de Notas/ CalendarizaçãoTema Tópico/Sub-tópico principal de Objetivos específicos /Nº de tempos lectivos aprendizagem Tarefas ensinoNúmeros Números naturais 1 a 10 • Desenvolver nos • Realizar contagens progressivas • Propor situações que envolvam De 26 de • Noção de número • Compreender e ser e regressivas, representando os classificação (invariância da quan- e 11 alunos o sentido setembro aoperaçõe natural. capazes de usar números envolvidos tidade), contagem (correspondên- • Relações numéricas 12 de número, a 31 de s propriedades dos • Compreender várias utilizações cia termo a termo), ordenação e • Sistema de 16 compreensão dos outubro numeração decimal números naturais; do número e identificar números cardinalidade. números e das em contextos do quotidiano • Propor o uso de modelos estru- operações e a • Compreender o • Compor e decompor números turados de contagem como, por (31 Horas) capacidade de Novo Programa de Matemática do Ensino Básico – 2011/2012 1
  2. 2. AGRUPAMENTO DE ESCOLAS BENTO CARQUEJA (151658) Escola Básica Bento Carqueja (340418) cálculo mental e sistema de • Comparar e ordenar números exemplo, o colar de contas, escrito, bem como numeração decimal; • Utilizar a simbologia >; < e = cartões com pontos, molduras de a de utilizar estes • Identificar e dar exemplos de dez e ábacos horizontais. Nota: No dia • Ser capazes de diferentes representações para o • Fazer decomposições de 27 de outubro conhecimentos e apreciar ordens de mesmo número números do tipo: 30=15+15; realizar-se-á capacidades para • Ler e representar números pelo 30=18+12; 30=6+24. grandeza de um teste resolver menos até 99 • Levar os alunos a: números. formativo. Nos problemas em • Compreender o valor posicional - contar gradualmente até 99; • Ser capazes de restantes dias contextos de um algarismo no sistema de - contar a partir de um número as aulas serão resolver problemas, diversos. numeração decimal dado, de 2 em 2, 3 em 3, 5 em 5, para colmatar raciocinar e • Representar números na recta 6 em 6, 10 em 10. as comunicar em numérica • Utilizar números em situações insuficiências contextos numéricos. • Identificar e dar exemplos de envolvendo quantidades, ordena- diagnosticadas números pares e impares ção, identificação e localização. e consolidar os • Resolver problemas envolvendo • Propor aos alunos que usem, tópicos relações numéricas por exemplo, rectas com números desenvolvidos. entre 0 e 100. • Desenvolver nos Figuras no plano e 1 a 10 alunos o sentido • Reconhecer propriedades de • Classificar objectos quantoGeometria • Desenvolver a sólidos espacial, com ênfase visualização e ser capazes figuras no plano e fazer ao tamanho, forma,e Medida na visualização e na geométricos 23 de representar, descrever classificações espessura, textura e cor. compreensão de e construir figuras no plano • Identificar linhas rectas e curvas • Promover a observação de propriedades de figuras • Propriedades e geométricas no plano e e no espaço; a partir da observação de objectos modelos de sólidos classificação 25 no espaço, a noção de e de figuras geométricas e geométricos, separando, por • Linhas rectas e grandeza e respectivos • Ser capazes de resolver representá-las exemplo, os que têm todas as curvas processos de medida, problemas, raciocinar e • Identificar no plano figuras superfícies planas (poliedros) • Reflexão bem como a utilização comunicar, no âmbito simétricas em relação a um eixo e os que têm superfícies deste tema. destes conhecimentos • Desenhar no plano figuras curvas (não poliedros). e capacidades na simétricas relativas a um eixo • Salientar que o quadrado resolução de horizontal ou vertical pode ser visto como um caso problemas geométricos e de medida em • Resolver problemas envolvendo particular do rectângulo. contextos diversos. a visualização e a compreensão • Utilizar espelhos e miras na de relações espaciais exploração de reflexões. • Propor a construção, no plano, de figuras simétricas através de dobragens e recortes e utilizando papel Novo Programa de Matemática do Ensino Básico – 2011/2012 2
  3. 3. AGRUPAMENTO DE ESCOLAS BENTO CARQUEJA (151658) Escola Básica Bento Carqueja (340418) quadriculado. • Dar e pedir exemplos que evidenciem reflexões como simetrias axiais no meio natural e físico. • Resolver, por exemplo, o problema: Qual é a face do dado que está oposta à face com seis pintas? E à face com um pinta? 34 OTD Representação e 35 . • Desenvolver nos interpretação de alunos a capacidade • Recolher dados de diversas 36 dados de ler e interpretar • Explorar e interpretar • Ler, explorar e interpretar formas: observação, questionário e • Leitura e dados organizado na dados organizados de informação (apresentada em análise de documentos, usando interpretação de forma de tabelas e diversas formas; listas, tabelas de frequência, registos e contagens. informação gráficos, assim • Realizar estudos que gráficos de pontos e pictogramas) • Trabalhar dados qualitativos (que apresentada em como de os recolher, envolvam a recolha, respondendo a questões e não se podem obter por contagem tabelas e gráficos organizar e organização e formulando novas questões ou medição, como a cor de olhos) e • Tabelas de representar com o representação de dados • Formular questões e recolher dados quantitativos discretos (que se frequência fim de resolver e comunicar dados registando - os através de obtêm por contagem, como o absolutas, gráficos problemas em utilizando linguagem esquemas de contagem gráfica número de irmãos). Podem ser de pontos e contextos variados própria deste tema. (tally charts) e de gráficos de trabalhados dados de tipo contínuo, pictogramas relacionados com o pontos que são discretizados. Por exemplo, seu quotidiano • Organizar os dados em tabletas os dados referentes à altura podem de frequência absolutas e ser organizados em classes de representá - los através de acordo com critérios devidamente pictogramas. especificados. • Indicar o uso de papel quadriculado para construir gráficos de pontos. Propósito Objetivos gerais de Notas/ CalendarizaçãoTema Tópico/Sub-tópico principal de Objetivos específicos /Nº de tempos lectivos aprendizagem Tarefas ensinoNúmeros Números naturais 1 a 10 • Desenvolver nos • Realizar contagens progressivas • Propor situações que envolvam De 2 de e • Noção de número • Compreender e ser e regressivas, representando os classificação (invariância da quan- 11 alunos o sentido novembro aoperaçõe natural. capazes de usar números envolvidos tidade), contagem (correspondên- s 12 de número, a 16 de • Relações propriedades dos • Compreender várias utilizações cia termo a termo), ordenação e Novo Programa de Matemática do Ensino Básico – 2011/2012 3
  4. 4. AGRUPAMENTO DE ESCOLAS BENTO CARQUEJA (151658) Escola Básica Bento Carqueja (340418)numéricas 16 compreensão dos números naturais; do número e identificar números cardinalidade. dezembro• Sistema de números e das em contextos do quotidiano • Propor o uso de modelos estru-numeração decimal • Compreender o • Compor e decompor números turados de contagem como, por operações e a (44 Horas) sistema de • Comparar e ordenar números exemplo, o colar de contas, capacidade de numeração decimal; • Utilizar a simbologia >; < e = cartões com pontos, molduras de cálculo mental e Nota: No dia 7 • Identificar e dar exemplos de dez e ábacos horizontais. escrito, bem como • Ser capazes de diferentes representações para o • Fazer decomposições de de dezembro a de utilizar estes apreciar ordens de realizar-se-á mesmo número números do tipo: 30=15+15; conhecimentos e um teste grandeza de • Ler e representar números pelo 30=18+12; 30=6+24. sumativo. Nos capacidades para números. menos até 299 • Levar os alunos a: restantes dias resolver • Compreender o valor posicional - contar gradualmente até 299; as aulas serão problemas em de um algarismo no sistema de - contar a partir de um número • Ser capazes de para colmatar contextos numeração decimal (centena) dado, de 2 em 2, 3 em 3, 5 em 5, as diversos. resolver problemas, • Representar números na recta 6 em 6, 10 em 10. insuficiências raciocinar e numérica • Utilizar números em situações diagnosticadas comunicar em • Identificar e dar exemplos de envolvendo quantidades, ordena- e consolidar os contextos numéricos. números pares e impares ção, identificação e localização. tópicos • Resolver problemas envolvendo • Propor aos alunos que usem, desenvolvidos. relações numéricas por exemplo, rectas com números entre 0 e 299. • Compreender e ser • Elaborar sequências de números • Exemplos:Regularidades • Desenvolver nos - 2, 4, 6, 8, 10... (números pares); 1 a 10 capazes de usar segundo uma dada lei de• Sequências 11 alunos o sentido de propriedades dos - 1, 4, 7, 10, 13... (começar com 1 12 número, a números naturais e formação e investigar e adicionar 3 sucessivamente); compreensão dos racionais não negativos; - 2, 5, 11, 23... (duplicar o número 20 regularidades em sequências e em e adicionar 1). números e das • Compreender o operações e a sistema de numeração tabelas de números • Colocar questões do tipo: Numa capacidade de decimal; tabela de números até 100, cálculo mental e marcar números de 5 em 5, escrito, bem como a começando no 3. Qual é o padrão de utilizar estes representado pelos algarismos conhecimentos e das unidades? capacidades para resolver problemas em contextos diversos. Novo Programa de Matemática do Ensino Básico – 2011/2012 4
  5. 5. AGRUPAMENTO DE ESCOLAS BENTO CARQUEJA (151658) Escola Básica Bento Carqueja (340418) • Desenvolver nos • Compreender as • Sugerir o uso de estratégias Operações com 1 a 10 alunos o sentido operações e ser • Compreender a adição nos e registos informais, números naturais 11 de número, a capazes de operar com sentidos combinar e acrescentar . recorrendo a desenhos, • Adição 12 números naturais e • Compreender a subtração nos esquemas ou a operações compreensão dos conhecidas. • Subtracção 15 números e das racionais não negativos sentidos retirar , comparar e 16 na representação completar. • Propor o uso de tabelas da operações e a decimal; adição para realizar capacidade de • Ser capazes de subtracções, identificando a cálculo mental e apreciar ordens de subtracção como operação escrito, bem como grandeza de números e inversa da adição. a de utilizar estes compreender o efeito conhecimentos e das operações; capacidades para • Ser capazes de resolver estimar e de avaliar a razoabilidade dos problemas em resultados; contextos • Desenvolver destrezas diversos. de cálculo numérico mental e escrito; • Ser capazes de resolver problemas, raciocinar e comunicar em contextos • Desenvolver nos numéricos. Representação e 34 alunos a capacidade • Explorar e interpretar • Recolher dados de diversasOTD 35 interpretação de de ler e interpretar dados organizados de • Ler, explorar e interpretar formas: observação, questionário e dados 36 dados organizado na diversas formas; informação (apresentada em análise de documentos, usando • Leitura e forma de tabelas e • Realizar estudos que listas, tabelas de frequência, registos e contagens. interpretação de gráficos, assim envolvam a recolha, gráficos de pontos e pictogramas) • Trabalhar dados qualitativos (que informação como de os recolher, organização e respondendo a questões e não se podem obter por contagem apresentada em organizar e representação de dados formulando novas questões ou medição, como a cor de olhos) e tabelas e gráficos representar com o e comunicar • Formular questões e recolher dados quantitativos discretos (que se • Tabelas de fim de resolver utilizando linguagem dados registando - os através de obtêm por contagem, como o frequência problemas em própria deste tema. esquemas de contagem gráfica número de irmãos). Podem ser absolutas, gráficos contextos variados (tally charts) e de gráficos de trabalhados dados de tipo contínuo, de pontos e pontos Novo Programa de Matemática do Ensino Básico – 2011/2012 5
  6. 6. AGRUPAMENTO DE ESCOLAS BENTO CARQUEJA (151658) Escola Básica Bento Carqueja (340418) pictogramas relacionados com o • Organizar os dados em tabletas que são discretizados. Por exemplo, seu quotidiano de frequência absolutas e os dados referentes à altura podem representá - los através de ser organizados em classes de pictogramas. acordo com critérios devidamente especificados. • Indicar o uso de papel quadriculado para construir gráficos de pontos. 2.º Período Propósito Objetivos gerais de Notas/ Calendarização Tema Tópico/Sub-tópico principal de Objetivos específicos /Nº de tempos lectivos aprendizagem Tarefas ensinoNúmeros Números naturais 1 a 10 • Desenvolver nos • Compreender e ser • Realizar contagens progressivas • Propor situações que De 3 dee • Noção de número 11 alunos o sentido de capazes de usar e regressivas, representando os envolvam classificação janeiro a 31operaçõe natural. 12 número, a propriedades dos números envolvidos (invariância da quantidade),s • Relações numéricas de janeiro 16 compreensão dos números naturais; • Compreender várias utilizações contagem (correspondência • Sistema de numeração decimal números e das • Compreender o do número e identificar números termo a termo), ordenação e operações e a sistema de numeração em contextos do quotidiano cardinalidade. (28 Horas) capacidade de decimal; • Compor e decompor números • Propor o uso de modelos cálculo mental e • Ser capazes de • Comparar e ordenar números estruturados de contagem Nota: No dia escrito, bem como apreciar ordens de • Identificar e dar exemplos de como, por exemplo, o colar de 26 de Janeiro a de utilizar estes grandeza de números. diferentes representações para o contas, cartões com pontos, realizar-se-á conhecimentos e • Ser capazes de mesmo número molduras de dez e ábacos um teste capacidades para resolver problemas, • Ler e representar números pelo horizontais. formativo. Nos resolver problemas raciocinar e comunicar menos até 500 • Fazer decomposições de restantes dias em contextos em contextos • Representar números na recta números do tipo: 30=15+15; as aulas serão diversos. numéricos. numérica 30=18+12; 30=6+24. para colmatar • Resolver problemas envolvendo • Levar os alunos a: as relações numéricas - contar gradualmente até 500; insuficiências - contar a partir de um número diagnosticadas dado, de 2 em 2, 3 em 3, 5 em e consolidar os 5, 6 em 6, 10 em 10. tópicos • Utilizar números em desenvolvidos. situações envolvendo quantidades, ordenação, identificação e localização. Novo Programa de Matemática do Ensino Básico – 2011/2012 6
  7. 7. AGRUPAMENTO DE ESCOLAS BENTO CARQUEJA (151658) Escola Básica Bento Carqueja (340418) • Propor aos alunos que usem, por exemplo, rectas com números entre 0 e 500. • Compreender as 1 a 10 • Propor aos alunos situaçõesOperações com 11 • Desenvolver operações e ser • Compreender e memorizar em que o modelo rectangularnúmeros naturais nos alunos o capazes de operar com factos básicos da adição e 12 seja o adequado para resolver • Adição sentido de números naturais e relacioná-los com os da 16 a situação. • Subtracção número, a racionais não negativos subtracção. 17 • Sugerir o uso de estratégias• Multiplicação na representação • Compreender a multiplicação nos 19 compreensão e registos informais, decimal; sentidos aditivo e combinatório) dos números e • Ser capazes de recorrendo a desenhos, • Usar os sinais +, - e x na das operações e apreciar ordens de esquemas ou a operações representação horizontal do a capacidade de grandeza de números e conhecidas. cálculo • Propor o uso de tabelas da cálculo mental e compreender o efeito • Estimar somas, diferenças e das operações; adição para realizar escrito, bem produtos • Ser capazes de subtracções, identificando a como a de utilizar • Adicionar, subtrair e multiplicar estimar e de avaliar a subtracção como operação estes utilizando a representação razoabilidade dos inversa da adição. conhecimentos e horizontal e recorrendo a resultados; • Por exemplo: estratégias de cálculo mental e capacidades para • Desenvolver destrezas escrito - estimar um produto resolver arredondando um dos factores de cálculo numérico • Resolver problemas envolvendo problemas em mental e escrito; (4x19 é um resultado próximo adições, subtracções e contextos • Ser capazes de de 4x20); multiplicações - calcular 143+264, diversos. resolver problemas, • Compreender, construir e raciocinar e comunicar adicionando memorizar as tabuadas da em contextos mentalmente 14 dezenas+26 multiplicação do 2 numéricos. dezenas (o resultado é um pouco acima de 400). • Por exemplo, calcular 39-24 de diferentes formas: - decompondo os números, 30-20+9-4=10+5=15; - usando a propriedade da invariância do resto, 40-25=15; 40-20-5=15; - utilizando uma recta Novo Programa de Matemática do Ensino Básico – 2011/2012 7
  8. 8. AGRUPAMENTO DE ESCOLAS BENTO CARQUEJA (151658) Escola Básica Bento Carqueja (340418) graduada; - utilizando uma recta não graduada • Explorar e interpretar Representação e 34 dados organizados de • Recolher dados de diversasOTD interpretação de 35 • Desenvolver nos diversas formas; • Ler, explorar e interpretar formas: observação, questionário e dados 36 alunos a • Realizar estudos que informação (apresentada em análise de documentos, usando • Leitura e capacidade de ler e envolvam a recolha, listas, tabelas de frequência, registos e contagens. interpretação de interpretar dados organização e gráficos de pontos e pictogramas) • Trabalhar dados qualitativos (que informação organizado na representação de dados respondendo a questões e não se podem obter por contagem apresentada em forma de tabelas e e comunicar formulando novas questões ou medição, como a cor de olhos) e tabelas e gráficos gráficos, assim utilizando linguagem • Formular questões e recolher dados quantitativos discretos (que se • Tabelas de como de os própria deste tema. dados registando - os através de obtêm por contagem, como o frequência recolher, organizar esquemas de contagem gráfica número de irmãos). Podem ser absolutas, gráficos e representar com (tally charts) e de gráficos de trabalhados dados de tipo contínuo, de pontos e o fim de resolver pontos que são discretizados. Por exemplo, pictogramas problemas em • Organizar os dados em tabletas os dados referentes à altura podem contextos variados de frequência absolutas e ser organizados em classes de relacionados com o representá - los através de acordo com critérios devidamente seu quotidiano pictogramas. especificados. • Indicar o uso de papel quadriculado para construir gráficos de pontos. Propósito Objetivos gerais de Notas/ CalendarizaçãoTema Tópico/Sub-tópico principal de Objetivos específicos /Nº de tempos lectivos aprendizagem Tarefas ensinoNúmeros Operações com 1 a 10 • Desenvolver nos • Compreender as • Compreender, construir e • Propor aos alunos situações em que o De 1 de e números naturais 11 alunos o sentido de operações e ser memorizar as tabuadas da modelo rectangular seja o adequadooperaçõe fevereiro a • Adição 12 número, a capazes de operar com multiplicação (5 e 10) para resolver a situação. 29 de s • Subtracção 16 compreensão dos números naturais e • Estimar somas, diferenças e • Sugerir o uso de estratégias e registos fevereiro • Multiplicação 17 números e das racionais não negativos produtos informais, recorrendo a desenhos, 19 operações e a na representação • Resolver problemas envolvendo esquemas ou a operações conhecidas. (26 Horas) Novo Programa de Matemática do Ensino Básico – 2011/2012 8
  9. 9. AGRUPAMENTO DE ESCOLAS BENTO CARQUEJA (151658) Escola Básica Bento Carqueja (340418) capacidade de decimal; adições, subtracções e • Propor o uso de tabelas da adição para cálculo mental e • Ser capazes de multiplicações realizar subtracções, identificando a Nota: No dia 7 escrito, bem como apreciar ordens de subtracção como operação inversa da de fevereiro a de utilizar estes grandeza de números e adição. realizar-se-á conhecimentos e compreender o efeito • Por exemplo: um teste capacidades para das operações; - estimar um produto arredondando um formativo. Nos resolver problemas • Ser capazes de dos factores (4x19 é um resultado restantes dias em contextos estimar e de avaliar a próximo de 4x20); as aulas serão diversos. razoabilidade dos - calcular 143+264, adicionando men- para colmatar resultados; talmente 14 dezenas+26 dezenas (o as • Desenvolver destrezas resultado é um pouco acima de 400). insuficiências de cálculo numérico • Por exemplo, calcular 39-24 de diagnosticadas mental e escrito; diferentes formas: e consolidar os • Ser capazes de - decompondo os números, tópicos resolver problemas, 30-20+9-4=10+5=15; desenvolvidos. raciocinar e comunicar - usando a propriedade da invariância do em contextos resto, 40-25=15; 40-20-5=15; numéricos. - utilizando uma recta graduada; - utilizando uma recta não graduada • Propor a construção das tabuadas. • Recolher dados de diversasOTD Representação e • Desenvolver nos • Ler, explorar e interpretar 34 • Explorar e interpretar formas: observação, questionário e interpretação de alunos a informação (apresentada em análise de documentos, usando 35 dados organizados de dados capacidade de ler e listas, tabelas de frequência, registos e contagens. 36 diversas formas; • Leitura e gráficos de pontos e pictogramas) • Trabalhar dados qualitativos (que interpretar dados • Realizar estudos que interpretação de organizado na respondendo a questões e não se podem obter por contagem envolvam a recolha, informação forma de tabelas e formulando novas questões ou medição, como a cor de olhos) e organização e apresentada em gráficos, assim • Formular questões e recolher dados quantitativos discretos (que se representação de dados tabelas e gráficos como de os dados registando - os através de obtêm por contagem, como o e comunicar • Tabelas de recolher, organizar esquemas de contagem gráfica número de irmãos). Podem ser utilizando linguagem frequência e representar com (tally charts) e de gráficos de trabalhados dados de tipo contínuo, própria deste tema. absolutas, gráficos o fim de resolver pontos que são discretizados. Por exemplo, de pontos e problemas em • Organizar os dados em tabletas os dados referentes à altura podem de frequência absolutas e Novo Programa de Matemática do Ensino Básico – 2011/2012 9
  10. 10. AGRUPAMENTO DE ESCOLAS BENTO CARQUEJA (151658) Escola Básica Bento Carqueja (340418) pictogramas contextos variados representá - los através de ser organizados em classes de relacionados com o pictogramas. acordo com critérios devidamente seu quotidiano especificados. • Indicar o uso de papel quadriculado para construir gráficos de pontos • Situar-se no espaço em relação 1 a a0 • Desenvolver nos aos outros e aos objectos, e • Propor situações que envol-Geome Orientação espacial 22 • Desenvolver a vam vocabulário como: à es- • Posição e alunos o sentido relacionar objectos segundo a sua tria e visualização e ser querda, à direita, em cima, em localização espacial, com posição no espaçomedida capazes de representar, baixo, atrás, à frente, entre, • Pontos de • Seleccionar e utilizar pontos de ênfase na descrever e construir dentro, fora, antes, depois. referência e referência, e descrever a visualização e na figuras no plano e no • Solicitar aos alunos, por itinerários localização relativa de pessoas ou compreensão de espaço; exemplo, que descrevam o • Plantas objectos no espaço, utilizando propriedades de vocabulário apropriado trajecto de casa à escola, de- figuras • Ser capazes de • Realizar, representar e comparar senhando itinerários e indican- identificar e interpretar diferentes itinerários ligando os do pontos de referência. geométricas no relações espaciais; mesmos pontos (inicial e final) e • Propor a realização de jogos plano e no espaço, utilizando pontos de referência de orientação, percursos e la- a noção de • Ser capazes de birintos e as suas represen- grandeza e • Ler e desenhar plantas simples resolver problemas, tações em papel quadriculado. respectivos raciocinar e comunicar, • A propósito de itinerários processos de no âmbito deste tema. usar vocabulário como: meia- medida, bem como volta, um quarto de volta (à a utilização destes direita ou à esquerda) ou uma conhecimentos e volta inteira. capacidades na • Pedir representações no pla- resolução de no e fazer construções a partir de representações no plano. problemas • Propor, como desenho, por geométricos e de exemplo, a planta da sala de medida em aula. contextos diversos. Propósito Objetivos gerais de Notas/ CalendarizaçãoTema Tópico/Sub-tópico principal de Objetivos específicos /Nº de tempos lectivos aprendizagem Tarefas ensinoNúmeros Números naturais 1 a 10 • Desenvolver nos • Compreender as • Realizar contagens progressivas • Propor situações que De 1 de Novo Programa de Matemática do Ensino Básico – 2011/2012 10
  11. 11. AGRUPAMENTO DE ESCOLAS BENTO CARQUEJA (151658) Escola Básica Bento Carqueja (340418) e • Noção de número 11 alunos o sentido de operações e ser e regressivas, representando os envolvam classificação março a 23operaçõe natural. 12 número, a capazes de operar com números envolvidos (invariância da quantidade), de março s • Relações 16 compreensão dos números naturais e • Compreender várias utilizações contagem (correspondência numéricas números e das racionais não negativos do número e identificar números termo a termo), ordenação e (25 Horas) - Sistema de operações e a na representação em contextos do quotidiano cardinalidade. numeração decimal capacidade de decimal; • Compor e decompor números • Propor o uso de modelos cálculo mental e • Ser capazes de • Comparar e ordenar números estruturados de contagem escrito, bem como apreciar ordens de • Identificar e dar exemplos de como, por exemplo, o colar de No dia 15 de a de utilizar estes grandeza de números e diferentes representações para o contas, cartões com pontos, março realizar- conhecimentos e compreender o efeito mesmo número molduras de dez e ábacos se-á um teste capacidades para das operações; • Ler e representar números pelo horizontais. sumativo. resolver problemas • Ser capazes de menos até 1000 • Fazer decomposições de Nos restantes em contextos estimar e de avaliar a • Representar números na recta números do tipo: 30=15+15; dias as aulas diversos. razoabilidade dos numérica 30=18+12; 30=6+24. serão para resultados; • Resolver problemas envolvendo • Levar os alunos a: colmatar as • Desenvolver destrezas relações numéricas - contar gradualmente até 999; insuficiências de cálculo numérico • Estimar somas, diferenças e - contar a partir de um número diagnosticadas mental e escrito; produtos dado, de 2 em 2, 3 em 3, 5 em e consolidar os • Ser capazes de 5, 6 em 6, 10 em 10. tópicos resolver problemas, • Utilizar números em desenvolvidos. raciocinar e comunicar situações envolvendo em contextos quantidades, ordenação, numéricos. identificação e localização. • Propor aos alunos que usem, por exemplo, rectas com números entre 0 e 1000. • Desenvolver nos • Compreender as Operações com 1 a 10 alunos o sentido de • Compreender, construir e • Propor aos alunos situações em que o operações e ser números naturais 11 número, a memorizar a tabuada da modelo rectangular seja o adequado capazes de operar com • Adição 12 compreensão dos multiplicação do 4 para resolver a situação. números naturais e • Subtracção 16 números e das • Estimar somas, diferenças e • Sugerir o uso de estratégias e registos racionais não negativos • Multiplicação 17 operações e a produtos informais, recorrendo a desenhos, na representação 19 capacidade de • Resolver problemas envolvendo esquemas ou a operações conhecidas. decimal; • Propor o uso de tabelas da adição para cálculo mental e • Ser capazes de adições, subtracções e escrito, bem como multiplicações realizar subtracções, identificando a apreciar ordens de a de utilizar estes subtracção como operação inversa da Novo Programa de Matemática do Ensino Básico – 2011/2012 11
  12. 12. AGRUPAMENTO DE ESCOLAS BENTO CARQUEJA (151658) Escola Básica Bento Carqueja (340418) conhecimentos e grandeza de números e adição. capacidades para compreender o efeito • Por exemplo: resolver problemas das operações; - estimar um produto arredondando um em contextos • Ser capazes de dos factores (4x19 é um resultado diversas estimar e de avaliar a próximo de 4x20); razoabilidade dos - calcular 143+264, adicionando men- resultados; talmente 14 dezenas+26 dezenas (o • Desenvolver destrezas resultado é um pouco acima de 400). de cálculo numérico • Por exemplo, calcular 39-24 de mental e escrito; diferentes formas: • Ser capazes de - decompondo os números, resolver problemas, 30-20+9-4=10+5=15; raciocinar e comunicar - usando a propriedade da invariância do em contextos resto, 40-25=15; 40-20-5=15; numéricos. - utilizando uma recta graduada; - utilizando uma recta não graduada • Propor a construção das tabuadas. • Utilizar a tabuada de multiplicação do 2 , através dos dobros descobrir a do 4; Representação e 34 • Desenvolver nos • Recolher dados de diversasOTD interpretação de 35 alunos a • Explorar e interpretar formas: observação, questionário e capacidade de ler e • Ler, explorar e interpretar dados 36 dados organizados de análise de documentos, usando interpretar dados informação (apresentada em • Leitura e diversas formas; registos e contagens. listas, tabelas de frequência, interpretação de organizado na • Realizar estudos que • Trabalhar dados qualitativos (que forma de tabelas e gráficos de pontos e pictogramas) informação envolvam a recolha, não se podem obter por contagem gráficos, assim respondendo a questões e apresentada em organização e ou medição, como a cor de olhos) e como de os formulando novas questões tabelas e gráficos representação de dados dados quantitativos discretos (que se recolher, organizar • Formular questões e recolher • Tabelas de e comunicar obtêm por contagem, como o e representar com dados registando - os através de frequência utilizando linguagem número de irmãos). Podem ser o fim de resolver esquemas de contagem gráfica absolutas, gráficos própria deste tema. trabalhados dados de tipo contínuo, problemas em (tally charts) e de gráficos de de pontos e pontos que são discretizados. Por exemplo, contextos variados os dados referentes à altura podem pictogramas Novo Programa de Matemática do Ensino Básico – 2011/2012 12
  13. 13. AGRUPAMENTO DE ESCOLAS BENTO CARQUEJA (151658) Escola Básica Bento Carqueja (340418) relacionados com o • Organizar os dados em tabletas ser organizados em classes de seu quotidiano de frequência absolutas e acordo com critérios devidamente representá - los através de especificados. pictogramas. • Indicar o uso de papel quadriculado para construir gráficos de pontos. 3.º Período Propósito Objetivos gerais de Notas/ Calendarização Tema Tópico/Sub-tópico principal de Objetivos específicos /Nº de tempos lectivos aprendizagem Tarefas ensinoGeometria Comprimento, • Desenvolver nos • Compreender as • Compreender as noções de • Propor aos alunos a sobreposição De 10 a 30e medida massa, capacidade alunos o sentido grandezas dinheiro, massa , capacidade e área de figuras para comparar áreas. de abril e área espacial, com comprimento, área, • Compreender o que e unidade de • Propor aos alunos que realizem • Medida e unidade ênfase na massa, capacidade, medida e o que é medir partições equitativas de uma unidade (21 Horas) de medida visualização e na volume e tempo; • Comparar e ordenar de medida e que relacionem as • Comparação e compreensão de • Ser capazes de comprimentos, massas, unidades usadas com o resultado da ordenação propriedades de resolver problemas, capacidades e áreas. medição, concluindo que quanto • Medição figuras geométricas raciocinar e comunicar • Compreender a necessidade de menor é a unidade mais vezes é • Perímetro no plano e no no âmbito deste tema. • subdividir uma unidade em necessário repeti-la. • Estimação espaço, a noção de compreender as subunidades • Solicitar medições com grandeza e grandezas dinheiro, • Realizar medições utilizando instrumentos de medida adequados respectivos comprimento, área, unidades de medida às situações. processos de massa, capacidade, convencionais (centímetro , metro, • Propor a utilização do geoplano, do medida, bem como volume e tempo; quilograma e litro) tangram e dos pentaminós no a utilização destes • Determinar o perímetro de trabalho com perímetros e áreas de conhecimentos e figuras figuras. capacidades na • Estimar comprimentos, massas, • Salientar as relações entre o quilo, resolução de capacidades e áreas. o meio quilo e o quarto de quilo, e problemas • Resolver problemas envolvendo entre o litro, o meio litro e o quarto geométricos e de grandezas e medidas. de litro. medida em contextos diversos. 34 • Desenvolver nos • Explorar e interpretar • Ler, explorar e interpretar • Recolher dados de diversas OTD Representação e 35 alunos a dados organizados de informação (apresentada em formas: observação, questionário e interpretação de 36 capacidade de ler e diversas formas; listas, tabelas de frequência, análise de documentos, usando dados interpretar dados • Realizar estudos que gráficos de pontos e pictogramas) registos e contagens. Novo Programa de Matemática do Ensino Básico – 2011/2012 13
  14. 14. AGRUPAMENTO DE ESCOLAS BENTO CARQUEJA (151658) Escola Básica Bento Carqueja (340418) • Leitura e organizado na envolvam a recolha, respondendo a questões e • Trabalhar dados qualitativos (que interpretação de forma de tabelas e organização e formulando novas questões não se podem obter por contagem informação gráficos, assim representação de dados • Formular questões e recolher ou medição, como a cor de olhos) e apresentada em como de os e comunicar dados registando - os através de dados quantitativos discretos (que se tabelas e gráficos recolher, organizar utilizando linguagem esquemas de contagem gráfica obtêm por contagem, como o • Tabelas de e representar com própria deste tema. (tally charts) e de gráficos de número de irmãos). Podem ser frequência o fim de resolver pontos trabalhados dados de tipo contínuo, absolutas, gráficos problemas em • Organizar os dados em tabletas que são discretizados. Por exemplo, de pontos e contextos variados de frequência absolutas e os dados referentes à altura podem pictogramas relacionados com o representá - los através de ser organizados em classes de seu quotidiano pictogramas. acordo com critérios devidamente especificados. • Indicar o uso de papel quadriculado para construir gráficos de pontos. Operações com 1 a 10 • Desenvolver nos • Compreender asNúmer números naturais • Compreender, construir e 11 alunos o sentido de operações e ser • Propor aos alunos situações em que o os e • Adição memorizar as tabuadas da 12 número, a capazes de operar com modelo rectangular seja o adequadooperaç • Subtracção multiplicação (3 e 6) 16 compreensão dos números naturais e para resolver a situação. • Multiplicação • Estimar somas, diferenças e ões 17 números e das racionais não negativos • Sugerir o uso de estratégias e registos produtos 19 operações e a na representação informais, recorrendo a desenhos, • Resolver problemas envolvendo capacidade de decimal; esquemas ou a operações conhecidas. adições, subtracções e cálculo mental e • Ser capazes de • Propor o uso de tabelas da adição para multiplicações escrito, bem como apreciar ordens de realizar subtracções, identificando a a de utilizar estes grandeza de números e subtracção como operação inversa da conhecimentos e compreender o efeito adição. capacidades para das operações; • Por exemplo: resolver problemas • Ser capazes de - estimar um produto arredondando um em contextos estimar e de avaliar a dos factores (4x19 é um resultado diversas razoabilidade dos próximo de 4x20); resultados; - calcular 143+264, adicionando men- • Desenvolver destrezas talmente 14 dezenas+26 dezenas (o de cálculo numérico resultado é um pouco acima de 400). mental e escrito; • Por exemplo, calcular 39-24 de • Ser capazes de diferentes formas: resolver problemas, - decompondo os números, raciocinar e comunicar 30-20+9-4=10+5=15; Novo Programa de Matemática do Ensino Básico – 2011/2012 14

×