Texto 1 Dia De Aula

11,022 views

Published on

1 Comment
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
11,022
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
10
Actions
Shares
0
Downloads
74
Comments
1
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Texto 1 Dia De Aula

  1. 1. Escola SENAI de Itumbiara CAT Waldyr O’Dwyer Ensino Médio Articulado à Educação Profissional Técnica Resolução CEE / CEB nº 1 de 30 de Outubro de 2009 com vigência até o 31 de julho de 2014. HISTÓRIA – UMA HISTÓRIA “A história é a história do homem... quer saibamos ou não, quer aceitamos ou não, somos parte da história, e todos desempenhamos nela um papel.”(Vavy Pacheco Borges) PRIMEIRO DIA DE AULA... Legal! Inicia-se mais um ano e nesse estou indo pra uma escola nova, vou fazer novos amigos, aprender coisas novas, acredito que crescerei muito nesse processo. Apesar de toda a empolgação, da curiosidade e ansiedade, a única coisa na qual consigo pensar nessesúltimos instantes que me separam da escola é “Senhor não permita que a minha primeira aula seja de História!” Não me leve a mau, mas eu não entendo cara... “Pra que estudar um troço que aconteceu lá em 1.900 e bolinha?”“Qual é a utilidade da História?”“Praque eu vou me preocupar com algo que estápronto e acabado?”“E pior, de que me adiante saber o que aconteceuse eu não vou poder voltar lá e consertar?” Outra coisa que me intriga na História são os professores, geralmente uma galera com cara de Museu!!! Enfim, tenho trauma de História, prefiro mil aulas de Geometria Analítica! E assim vou eu caminhando e fazendo pensamento positivo: GEOMETRIA ANALÍTICA, GEOMETRIA ANALÍTICA, GEOMETRIA ANALÍTICA... Acabo de chegar à escola, estou indo em direção a minha sala, já encontrei alguns colegasda outra escola, meu vizinho ta aqui cara!! Bacana! Já vi pessoas novas... Chegou a hora de entrar na sala de aula... Giro a maçanetapensando na geometria, enfim entro, agora não dá mais, não possofugir... A primeira impressão é de que a aula vai ser boa, a professora lá na frente olha os alunos com um ar amável, de curiosidade e expectativa talvez, não me parece nenhuma ditadora, também não me parece chata ou metódica... Ufa! Acho que não é História! Toca o sinal, todos os alunos se sentam, vai começar a aula... a professora se aproxima do centro da sala, começaa apresentação... Bom dia turma! Bom dia! Eu me chamo Ana Cláudia, é um prazer muito grande recebê-los, nesse ano trabalharei com vocês o componente curricular de História. Bummmm!!!! Meu mundo caiu! Caraca! Como pode essa professora com cara de meiga ensinar uma disciplina tão chata! Como ela sobreviveu à faculdade! Logo as explicaçõescomeçam... Bom pessoal, vocês sabem o que é a História? Como ela surgiu e para que serve? Vocês acham que a História se modifica ou que ela está pronta e acabada? E por último, mas não menos importante, vocês acham que participam da construção histórica e que ela tem importância na vida de vocês? Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial – Escola SENAI de Itumbiara – Rua Olívia Garcia Fagundes, 32 – Bairro Paranaíba Itumbiara / GO – CEP: 75503-970 – Fone/Fax: (64) 3432-2500 E-mail: itumbiara.senai@sistemafieg.org.br – Homepage: www.sistemafieg.org.br Serviço Social da Indústria- CAT Waldyr O’Dwyer – Rua D. Pedro I, nº 273 Qd 07– Bairro Nossa Senhora Aparecida Itumbiara / GO – CEP: 75.536-040 – Telefone: (64) 3404-2901 Fax (64) 3404-2914 E-mail: itumbiara.sesi@sistemafieg.org.br – Homepage: www.sistemafieg.org.br
  2. 2. Em minha mente as respostasdas perguntas da professora vinham em cascata... História é só uma matéria chata, não serve pra nada, é morta porque no passadonão acontecenada de novo e eu só participaria dela se fosseo Tiradentes! História é uma palavra de origem grega que significa investigação e informação, como atividade ela teve início na região mediterrânea, é uma forma de explicação da realidade, antes dela o mito tinha a função de explicar o mundo. Heródoto é considerado o pai da História, nesse período ela era uma narração temporal cronológica referente a uma realidade concreta, havia uma grande preocupação com a verdade, de modo geral, a História é vista como mestra da vida, levando os homens a compreenderem o seu destino. A História é feita com documentos, fontes, idéias e imaginação e pelos homens, sendo assim, todos nós fazemos parte da História já que vivemos em sociedade e todas as nossas ações interferem, direta ou indiretamente na realidade dessa sociedade e como a História é um meio de explicação dessa sociedade, ela também sofre influência das nossas ações. Ela é filha do seu tempo e fruto das nossas ações o que prova que ao contrário do que a maioria pensa, ela não está pronta e encerrada e sim em constante movimento. Na tentativa de explicar a sociedade para a própria sociedade o historiador, que é aquele que estuda a História e se ocupa de realizar suas pesquisas, tem por função questionar tudo o que se relaciona com o homem , fazendo perguntas básicas como O que? Quando? Onde? Como? Por quê? Para quê? Dessa forma, podemos observar que apesar de parecer o conhecimento histórico não está pronto e acabado e você também não precisa ser um presidente ou um herói nacional para ajudar na sua construção e a utilidade da História não satisfazer a curiosidade que uns e outros possam ter a cerca de fatos passados. A História é antes de tudo a busca por explicações sobre a nossa realidade com base nos acontecimentos passados, porque a realidade presente é fruto de um processo contínuo e por se relacionar à nossa realidade, está em constante transformação. Compreenderam? Nãoooo ! É tenho que admitir, ela me apresentou uma nova visão dessa tal de História, mas ainda não tenho certeza, acho que continuo preferindo a Geometria Analítica... Mas quem sabe até o final do ano a História não vira minha amiga! Prof.ª Suzanne Oliveira Araújo EBEP SESI/SENAI Itumbiara- GO Referências Bibliográficas: BLOCH, Marc. A observação Histórica. In: Apologia da História. BORGES, Vavy Pacheco. O que é História. Brasiliense, 2 ed. São Paulo: 1993. Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial – Escola SENAI de Itumbiara – Rua Olívia Garcia Fagundes, 32 – Bairro Paranaíba Itumbiara / GO – CEP: 75503-970 – Fone/Fax: (64) 3432-2500 E-mail: itumbiara.senai@sistemafieg.org.br – Homepage: www.sistemafieg.org.br Serviço Social da Indústria- CAT Waldyr O’Dwyer – Rua D. Pedro I, nº 273 Qd 07– Bairro Nossa Senhora Aparecida Itumbiara / GO – CEP: 75.536-040 – Telefone: (64) 3404-2901 Fax (64) 3404-2914 E-mail: itumbiara.sesi@sistemafieg.org.br – Homepage: www.sistemafieg.org.br

×