Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

A evolução das aplicações no ne

1,054 views

Published on

Published in: Travel
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

A evolução das aplicações no ne

  1. 1. O Desenvolvimento Regional e Atuação do BNDES ASSEMP-Associação das Empresas de Planejamento e Consultoria Empresarial do Nordeste 19/04/2011 Paulo Guimarães Chefe do Departamento Regional Nordeste
  2. 2. Quem somos Fundado em 20 de Junho de 1952 Empresa pública de propriedade integral da União Instrumento chave para implementação da Política Industrial, de Infra-estrutura e de Comércio Exterior Foco no financiamento do investimento Principal fonte de crédito de longo prazo Captação de recursos de longo prazo Apoio a micro, pequenas e médias empresas
  3. 3. Escritório Montevideo BNDES Limited Rio de Janeiro 2.723 empregados (Março de 2011) Subsidiária Escritórios Brasília Recife São Paulo
  4. 4. Quem pode tomar financiamentos <ul><li>Federal </li></ul><ul><li>Estadual </li></ul><ul><li>Municipal </li></ul><ul><li>Micro-empreendedor </li></ul><ul><li>Transportador autônomo de carga </li></ul><ul><li>Produtor rural </li></ul><ul><li>ONGs, OSCIPs ou Fundações </li></ul><ul><li>Cooperativas ou associações </li></ul><ul><li>Empresas de agropecuária, indústria, </li></ul><ul><li>comércio ou serviços </li></ul>Pessoas Físicas Administração Pública Pessoas Jurídicas
  5. 5. Classificação de porte MICRO até R$ 2,4 milhões PEQUENA até R$ 16 milhões MÉDIA até R$ 90 milhões MÉDIA-GRANDE até R$ 300 milhões Receita Operacional Bruta Anual M P M E GRANDE acima de R$ 300 milhões
  6. 6. Como apoiamos Operações Diretas Contratadas diretamente com o BNDES EMPRESÁRIO Instituição Financeira Credenciada EMPRESÁRIO Operações Indiretas Instituições financeiras credenciadas pelo BNDES Informação e Relacionameto
  7. 7. O Brasil ingressa em um novo ciclo de desenvolvimento <ul><ul><li>A economia brasileira pode crescer acima de 5% a.a. nos próximos cinco anos; </li></ul></ul><ul><ul><li>O mercado interno viabilizará a expansão da demanda: consumo básico das famílias, habitação e duráveis; </li></ul></ul><ul><ul><li>O investimento será dinamizado por cinco grandes vetores: petróleo e gás, energia elétrica, logística, construção habitacional e agronegócios; </li></ul></ul><ul><ul><li>Grandes desafios: i) aumentar a taxa agregada de investimento / PIB, e ii) viabilizar o avanço competitivo da indústria manufatureira. </li></ul></ul>
  8. 8. Fonte: IBGE Índice do volume do PIB das grandes regiões – Base 2002=100 As regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste apresentam crescimento maior que as demais regiões...
  9. 9. ....inclusive na geração de emprego formal que cresce acima da média Taxa anual de crescimento do emprego formal (% a.a) 2002-2010
  10. 10. Evolução dos desembolsos 609 mil operações 390 mil operações 204 mil operações
  11. 11. Aprovações vs Desembolsos
  12. 12. Fonte: BNDES Excluídos R$ 9,89 Bilhões da Refinaria Abreu e Lima BNDES – Desempenho Regional Nordeste: Valores desembolsados do BNDES (R$ milhões)
  13. 13. Fonte: BNDES Número de Operações do BNDES no Nordeste
  14. 14. 2008 2011* *acumulado em 12 meses até fevereiro O BNDES vem contribuindo para democratizar o acesso ao crédito...
  15. 15. ... inclusive para as MPME Cartão BNDES – Evolução da cobertura (2005/2011*) 2005 2007 2011* 357 mil cartões emitidos até fev/11 *acumulado em 12 meses até fevereiro Nº Municípios 4297 % Cobertura 77,00%
  16. 16. Fonte: BNDES BNDES – Desempenho Estadual – 2008-2009 Nordeste: Participação dos Estados nos desembolsos do BNDES (R$ milhões) Excluídos R$ 9,89 bilhões da Refinaria Abreu e Lima
  17. 17. Fonte: BNDES BNDES – Desempenho Estadual – 2008-2009 Nordeste: Participação dos Estados nos desembolsos do BNDES (R$ milhões)
  18. 18. Fonte: BNDES BNDES – Desempenho Estadual – 2009-2010 Nordeste: Participação dos Estados nos desembolsos do BNDES (R$ milhões)
  19. 19. Projetos com Impacto Regional
  20. 20. Investimentos Copa 2014 Arenas Copa 2014 - NE: Recife, Salvador, Fortaleza e Natal Oportunidades: Melhoria de Infraestrutura, Hotéis, Comércio e Serviços
  21. 21. Ferrovia Transnordestina <ul><li>Principais características da Ferrovia </li></ul><ul><li>Valor total: R$ 5,42 bilhões </li></ul><ul><li>Extensão: 1.728 km </li></ul><ul><li>Municípios envolvidos: 81 </li></ul><ul><li>Estados: Pernambuco, Piaui e Ceará </li></ul><ul><li>Atualmente gera 6.000 empregos diretos no sertão do NE. </li></ul><ul><li>Destaque para município de Salgueiro - PE </li></ul>
  22. 22. Revitalização e Integração de Bacias do São Francisco
  23. 23. Revitalização e Integração de Bacias do São Francisco Fonte: Ministério do Meio Ambiente (2009) R$ 9.792.129,00 Total R$ 1.428.000,00 Projeto SOS São Francisco R$ 340.000,00 Censo da Pesca R$ 550.000,00 Turismo Sustentável R$ 2.000.600,00 Planos Regionais de Resíduos Sólidos R$ 337.000,00 Conservação da onça pintada R$ 230.000,00 Unidades de Conservação R$ 1.524.000,00 Centros de Referência em Recuperação de Áreas Degradadas R$ 1.082.133,00 Revitalização de micro-bacias R$ 390.396,00 Educação Ambiental R$ 530.000,00 Monitoramento da Cobertura Vegetal R$ 550.000,00 Acompanhamento de cheias R$ 830.000,00 Zoneamento Ecológico Econômico Revitalização e Integração de Bacias do São Francisco
  24. 24. Transnordestina + Revitalização do S.F.
  25. 25. Alguns Destaques Estaduais e Setoriais
  26. 26. BAHIA <ul><li>Ampliação da Refinaria </li></ul><ul><li>Landulpho; </li></ul><ul><li>Construção do Complexo </li></ul><ul><li>Logístico Integrado Ferrovia </li></ul><ul><li>Leste-Oeste; </li></ul><ul><li>Construção Aeroporto </li></ul><ul><li>Internacional de Ilhéus; </li></ul><ul><li>Produção de Grãos no Cerrado; </li></ul><ul><li>Implantação de Redes Varejistas e Atacadistas (Bahia e Região) </li></ul><ul><li>Pólo Petroquímico de Camaçari; </li></ul><ul><li>Estaleiros </li></ul>
  27. 27. PERNAMBUCO <ul><li>Complexo Industrial Portuário de Suape (116 empresas) – Refinaria, Estaleiro, Energia Eólica (componentes) </li></ul><ul><li>Indústria de Alimentos – Sadia, Perdigão e Kraft </li></ul><ul><li>Pólo Farmacoquímico; </li></ul><ul><li>Vale do São Francisco – Fruticultura e vitivinicultura; </li></ul><ul><li>Porto Digital – Tecnologia da Informação; </li></ul>
  28. 28. Operações em Suape <ul><ul><li>Outros: R$ 1.010,1 Milhões desembolsados nos principais municípios do Território Estratégico de Suape – Jan/2010 até Ago/2010. </li></ul></ul>49% R$ 707,7 milhões M & G Participação BNDES Valor Total Projeto 80% R$ 120,1 milhões Wind Power 60% R$ 4,6 bilhões Petroquímica Suape 46% R$ 2,8 bilhões EAS – Navios 71% R$ 1,4 bilhão EAS – Implantação 49% R$ 25,0 bilhões Refinaria Abreu e Lima
  29. 29. CEARÁ <ul><li>Complexo Portuário do Pecém </li></ul><ul><li>Refinaria Premium Petrobrás </li></ul><ul><li>Siderúrgica Vale </li></ul><ul><li>Usina Termelétrica </li></ul><ul><li>Projetos de Energia Eólica </li></ul>
  30. 30. MARANHÃO <ul><li>Refinaria Premium </li></ul><ul><li>Usina Termelétrica </li></ul><ul><li>UHE de Estreito </li></ul>
  31. 31. Aspectos Favoráveis
  32. 32. <ul><li>Políticas Nacionais com impactos regionais </li></ul><ul><ul><li>Programas de transferência de renda </li></ul></ul><ul><ul><li>Valorização do Salário Mínimo </li></ul></ul><ul><ul><li>Aposentadoria Rural </li></ul></ul><ul><li>Retomada dos Investimentos com destaque para grandes projetos regionais </li></ul><ul><li>Crescimento do PIB-NE acima das taxas nacionais </li></ul><ul><ul><li>Alguns Estados da Região devem crescer mais de 9% em 2010 </li></ul></ul>
  33. 33. <ul><li>Possíveis mudanças culturais na busca por financiamento </li></ul><ul><ul><li>taxas e prazos mais atrativos </li></ul></ul><ul><ul><li>redução no uso de capital próprio nos investimentos (capacidade de endividamento) </li></ul></ul><ul><ul><li>quase ausência do modelo de financiamento SUDENE </li></ul></ul><ul><ul><li>ampliação da divulgação das linhas do BNDES na região </li></ul></ul>
  34. 34. <ul><li>Atuação Regional dos Bancos de Desenvolvimento </li></ul><ul><ul><li>expressivo aumento do financiamento na Região </li></ul></ul><ul><ul><li>possível complementariedade entre as fontes BNB e BNDES </li></ul></ul><ul><ul><li>demanda por crédito a médio prazo acarretará necessidade de novas fontes de financiamento </li></ul></ul><ul><ul><li>desafio da concentração intra-regional </li></ul></ul>
  35. 35. Desafios e Propostas
  36. 36. <ul><li>Contribuir para a irradiação e enraizamento do desenvolvimento nos entornos dos grandes projetos; </li></ul><ul><li>Projetos de desenvolvimento integrado de longo prazo que envolvam o apoio a APLs, infraestrutura, logística, urbanização, saneamento, gestão pública, meio ambiente e outros. </li></ul>Estratégias Selecionadas
  37. 37. <ul><li>I – planejamento e ordenamento territorial e ambiental; </li></ul><ul><li>II – infra-estrutura regional e desenvolvimento urbano, social, ambiental e cultural; </li></ul><ul><li>III – fortalecimento e modernização de gestão; </li></ul><ul><li>IV – educação e formação dos recursos humanos, capacitação e qualificação da mão-de-obra local e mobilização dos sistemas de conhecimentos locais e regionais; e </li></ul><ul><li>V – desenvolvimento econômico – cadeia produtiva, aglomeração, arranjos produtivos e inovativos e ampliação do efeito trabalho e renda. </li></ul>Trabalhados de forma complementar e integrada gerando uma agenda específica para o território em questão. Visão Integrada organizada em 5 eixos
  38. 38. Obrigado! Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social - BNDES Departamento Regional Nordeste www.bndes.gov.br

×