Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Publicidade exemplo

3,510 views

Published on

Published in: Education
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Publicidade exemplo

  1. 1. Escreve um texto de 100 a 200 palavras em que refiras a importância da mensagem verbal para a intencionalidade crítica deste anúncio. Estrutura: Introdução (25-30 palavras) – apresentação do assunto a tratar. Desenvolvimento (+/- 140 palavras) – apresentação dos argumentos que defendem e explicam o assunto a tratar. Conclusão (25-30 palavras) – reforço da ideia-chave desenvolvida ao longo do texto, sem introduzir ideias novas. Conteúdo: - publicidade que alia interesses: o comerciais – compra de livros na Bertrand; o institucionais – adoção de um comportamento ativo na promoção do saber, cultura de cada indivíduo; - apelo à ação dos mais jovens para o bem de Portugal; o aquele que estuda, aprende, participa, insiste e lê contribui para o desenvolvimento do país e para uma população mais letrada e culturalmente enriquecida; - utilização de frases imperativas no sentido de persuadir o público-alvo: o para a necessidade de estudar, de ser honesto, de ser proactivo na construção do seu saber, de ser persistente, evitar o facilitismo; - encorajamento para que o público-alvo se afirme na sociedade, seja original e leia livros; - o livro enquanto veículo de saber. Correção linguística - erros ortográficos, acentuação, pontuação, construção frásica, organização do discurso. Limite de extensão do texto.
  2. 2. Esta publicidade da Bertrand – livreiros alia interesses comerciais, pois necessariamente pretende persuadir o público a comprar livros, e interesses institucionais, porque sensibiliza para a adoção de um comportamento ativo na promoção do saber e cultura de cada indivíduo. Essencialmente, existe um apelo à ação dos mais jovens a fim de que estudem, aprendam, participem, insistam e leiam, já que isso contribui para o desenvolvimento de Portugal e para uma população mais letrada e culturalmente enriquecida. É através da utilização de frases imperativas que surge o alerta para a necessidade de estudar, ser honesto, proactivo na construção do seu saber, persistente e evitar o facilitismo. Este encorajamento e possibilidade existe sob uma única fórmula – “Sê original. Lê os livros.” É neste pedido final que sobressai a intenção comercial do anúncio, já que é na Bertrand que o público-alvo encontrará os livros necessários à ação que se pretende num país que precisa de sair da letargia. Em suma, “Portugal precisa que estudes”, embora seja uma publicidade comercial, adquire um valor mais simbólico enquanto publicidade institucional devido à consciencialização que faz acerca do país e daquilo que qualquer um pode fazer para o bem de Portugal. (193 palavras)

×