Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Copa do Mundo 2014

1,391 views

Published on

A opinião dos brasileiros nas redes sociais sobre a Copa do Mundo 2014. Pesquisa da Consultoria Bites sobre o que foi publicado deste assunto em 2013.

Published in: Internet
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Copa do Mundo 2014

  1. 1. ESTUDO DA BITES CONSULTORIA REVELA O QUE SE FALOU SOBRE A COPA NA INTERNET EM 2013 ACOPA SEGUNDO OS BRASILEIROS
  2. 2. WWW.BITES.COM.BR • Cotação de 26 de fevereiro no Banco Central do Brasil (http://goo.gl/A1ZriF) APRESENTAÇÃO A Copa do Mundo será o principal evento do Brasil em 2014. A previsão oficial de investimento supera 14 bilhões de dólares* (http://goo.gl/v4PjTh), considerando os gastos com infraestrutura, como construção de estádios, reformas de aeroportos, melhoria da mobilidade urbana nas cidades-sede e segurança. O estudo de BITES apresenta a percepção dos brasileiros com acesso à Internet sobre a Copa de 2014 e o alcance do evento dentro do universo digital, a partir de dados apurados nas redes sociais e na Internet de 01 de janeiro e a 31 de dezembro de 2013. Nesta primeira edição, “A Copa, segundo os brasileiros” traz uma ampla análise sobre o comportamento do internauta digital. Até o final do evento atualizações semanais serão produzidas pela equipe de Integração de Dados de BITES. Manoel Fernandes Diretor Executivo Bites manoelfernandes@bites.com.br
  3. 3. WWW.BITES.COM.BR AGRADECIMENTOS Esse estudo faz parte da série regular de caráter público produzida pela área de Análises e Integração de Dados de BITES. É fruto do esforço e inteligência coletiva acumulada pela equipe da consultoria nos últimos sete anos. Além da participação de todos da empresa e do time de análise, é necessário agradecer a quem contribuiu com opiniões relevantes e assertivas para o trabalho, como a equipe da empresa de pesquisa MC15 de NELSOM MARANGONI, que iniciou no ano passado um trabalho exemplar de acompanhamento de opinião pública sobre a Copa do Mundo, e o professor Marcelo Coutinho do Núcleo de Redes Sociais da Fundação Getúlio Vargas (FGV).
  4. 4. WWW.BITES.COM.BR METODOLOGIA A s informações apresentadas nas próximas páginas refletem o pulso do universo digital e das redes sociais, em especial o Twitter, sobre a Copa 2014 entre 01 DE JANEIRO A 31 DE DEZEMBRO DE 2013. Para efeito de pesquisa foram escolhidas duas expressões e duas hashtags: copa do mundo, copa 2014, #copadomundo e #copa2014. Considerando essas palavras foram analisadas as menções publicadas no Brasil no Twitter sobre o evento, o nível de atividade das fanpages que fazem referências à Copa no Facebook, o volume médio mensal de buscas pelos termos no Google Brasil, os vídeos mais relevantes, considerando no número de visualizações no YouTube em português, e a audiência do site Copa 2014 (www. copa2014.gov.br), a página institucional do governo brasileiro sobre o evento. Para a medição do alcance do site foi utilizado serviço Alexa da Amazon.com e softwares que permitem identificar o número de backlinks apontados de outros sites. As demais informações foram coletadas e contextualizadas pelo Sistema Bites, que reúne poderosos extratores de dados dos Estados Unidos e Europa. Todas as informações desse relatório foram coletadas em bancos de dados públicos e perfis abertos nas redes sociais. A ANÁLISE FOI BASEADA EM DUAS PALAVRAS-CHAVE E DUAS HASHTAGS
  5. 5. WWW.BITES.COM.BR METODOLOGIA Foram considerados dois eixos de análise. O primeiro de natureza quantitativo, considerando os números identificados pelo Sistema Bites. O segundo sob perspectiva qualitativa. O TWITTER foi a rede que mais permitiu acesso a sua base de dados em função das características do serviço em oferecer possibilidade de buscas históricas. Dentro desse contexto foram identificados 1.120.669 tweets sobre o objeto do estudo. Na análise qualitativa foi selecionada uma amostra de 3.834 tweets para avaliação por sentimento. A amostra respeitou critérios estatísticos, com método aleatório de erro de 2,0 p.p e margem de confiança de 95%. Os tweets analisados foram segmentados nas seguintes categorias: Corrupção, Desempenho da seleção/ torcida, Desempenho econômico e político do Brasil, Imagem no Brasil no exterior, Infraestrutura, Investimentos na Copa do Mundo, Obras para construção/reforma de estádios, Organização do evento e Outros. Na análise qualitativa, a amostra respeitou os critérios estatísticos com o método aleatório de erro de 2,0 p.p. e margem de confiança de 95% nos dados analisados
  6. 6. WWW.BITES.COM.BR METODOLOGIA Foi realizado levantamento de fan pages no FACEBOOK sobre a Copa do Mundo. A investigação utilizou a ferramenta de busca do serviço e um contextualizador do Sistema BITES. A partir dessa investigação foram analisadas as páginas com maior número de fãs. No caso do GOOGLE BRASIL , a base da pesquisa foi o Google Adwords, ferramenta que permite mensurar o volume de buscas para uma palavra- chave e suas derivadas dentro do período de 12 meses. Esse recurso ajuda a entender a dinâmica da procura de assuntos dentro do serviço de buscas pelos internautas brasileiros. No YOUTUBE , o time de análise considerou os dez vídeos com maior taxa de visualizações até 26 de fevereiro de 2014. Esse corte contrariou o intervalo inicial em função da impossibilidade de se montar um intervalo histórico. No caso da audiência do SITE INSTITUCIONAL foram consideradas as seguintes métricas, segundo o Alexa.com: • tempo médio de visita • quais palavras na busca estão gerando mais tráfego • backlinks (links de outros sites apontados para determinado site e que serve para analisar a relevância de um endereço na Internet). O ESTUDO DE BITES IDENTIFICOU O COMPORTAMENTO DO INTERNAUTA SOBRE A COPA
  7. 7. WWW.BITES.COM.BR SUMÁRIO EXECUTIVO A principal descoberta desse trabalho está relacionada à importância da mídia clássica na propagação de informações nas redes sociais. Como será apresentado, 80% dos links compartilhados nos tweets, por exemplo, foram notícias publicadas em portais, sites e blogs, sendo sua maioria das grandes marcas do jornalismo brasileiro. Por mais poderosa na repercussão e fatos, as redes sociais ainda estão longe de produzir informações tão estruturadas quanto os jornalistas. Essa barreira pode ser quebrada a qualquer momento, mas este estudo mostra a força da mídia clássica. Outra descoberta foi a inexistência de uma “opinião da Internet” sobre a Copa dissociada do mundo analógico. As percepções aqui apresentadas estão em linha comos dados publicados em pesquisas de opinião tradicional. A Internet permite a captura de um volume único de informação e sua análise em TEMPO REAL, algo que nenhum instituto de pesquisa é capaz de realizar. Com esse dado em mãos, crises podem ser evitadas e boatos podem ser administrados antes de se transformarem em verdades incontestáveis. A OPINIÃO DA INTERNET SOBRE A COPA NÃO ESTÁ DISSOCIADA DA PERCEPÇÃO REAL
  8. 8. WWW.BITES.COM.BR SUMÁRIO EXECUTIVO Também ficou claro ao final do trabalho do time de Integração de Dados de BITES, a incapacidade dos principais personagens desse universo de atuarem preventivamente contra correntes de opinião negativas em relação à Copa do Mundo. O esforço da Fifa, do Comitê Organizador da Copa e do próprio Governo Federal em oferecer uma segunda versão para cada fato não se mostrou efetivo. Faltou estratégia e entendimento do contexto das opiniões nas redes digitais. O repertório individual de cada internauta se transformou numa percepção coletiva, que é algo que acontece com certa recorrência no mundo digital, segundo a teoria de análise do discurso do professor e coordenador do núcleo de Redes Sociais da Fundação Getúlio Vargas, Izidoro Blikstein. Esse trabalho também identificou o esforço dos parceiros oficiais da Fifa e patrocinadores da Copa em associar seus nomes ao evento. Também ficou claro a hegemonia do Twitter sobre o Facebook. Como uma rede mais aberta e transparente no acesso aos dados dos seus usuários, o Twitter permitiu um mergulho mais profundo nas informações e na construção das análises. O ESTUDO MOSTROU A HEGEMONIA DO TWITTER SOBRE O FACEBOOK
  9. 9. WWW.BITES.COM.BR A COPA FACILITA A CORRUPÇÃO A REPUTAÇÃO DO BRASIL NO EXTERIOR NÃO IRÁ MELHORAR COM A COPA A COPA NÃO AJUDARÁ A ECONOMIA DO PAÍS AS OBRAS NÃO SERÃO CONCLUÍDAS DENTRO DO PRAZO NÃO EXISTIRÁ LEGADO DA COPA OS RECURSOS PÚBLICOS ESTÃO SENDO MAL EMPREGADOS O PADRÃO FIFA NÃO FUNCIONA NO BRASIL DESCOBERTAS
  10. 10. WWW.BITES.COM.BR TWITTER PARTE 1
  11. 11. WWW.BITES.COM.BR 0,8% #copadomundo 4,3% #copa2014 51,3% Copa do Mundo 43,6% Copa 2014 TWITTER REPERCUSSÃO Foram identificados 1.120.699 tweets entre 01 de janeiro e 31 de dezembro de 2013 sobre a Copa do Mundo. A baixa representatividade do uso das hashtags #copadomundo e #copa2014 indica que a discussão sobre o evento no Twitter ocorreu de forma desestruturada sem a formação de correntes de opinião digitais organizadas. Em cerca de 80% dos posts foram reproduzidos links de portais e sites de notícias. A agenda da imprensa influenciou a percepção da opinião pública digital. Por isso, trabalhar junto aos veículos para ampliar fatos positivos pode melhorar a repercussão no Twitter sobre a Copa do Mundo junto aos internautas brasileiros, hoje um universo de 100 milhões de pessoas. 1.120.669 TWEETS SOBRE COPA DO MUNDO
  12. 12. WWW.BITES.COM.BR TWITTER REPERCUSSÃO WWW.BITES.COM.BR Janeiro69.686 Fevereiro50.642 Março67.036 Abril63.150 Maio71.157 Junho183.041 Julho67.856 Agosto48.603 Setembro51.367 Outubro87.320 Novembro113.947 Dezembro246.895 Dezembro registrou 22% dos comentários em função do sorteio de grupos da Copa. O segundo mês de maior repercussão foi junho com 16,3% em função das manifestações e da Copa das Confederações. Esse quadro revela o interesse da população digital sobre grandes acontecimentos do evento. Em dezembro, o papel da atriz Fernanda Lima amplificou a propagação. Ela foi citada em 132.903 tweets nesse mês, segundo o Sistema Bites, e gerou 139 milhões de impressões no Twitter.
  13. 13. WWW.BITES.COM.BR São Paulo 36,8% Rio de Janeiro 7,7% Rio Grande do Sul 6,7% Minas Gerais 5,8% Paraná 2,8% Ceará 2,3% Rio Grande do Norte 2,2% Pernambuco 2,2% Distrito Federal 1,9% Bahia 1,8% Santa Catarina 1,8% TWITTER REPERCUSSÃO WWW.BITES.COM.BR Como era esperado, os internautas do estado de São Paulo foram os que mais publicaram no período, responsáveis por 36,8% das mensagens. O Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul seguem em segundo e terceiro lugares.
  14. 14. WWW.BITES.COM.BR 1% 3% 3% 4% 7% 7% 13% 1% Corrupção ImagemnoBrasilnoexterior DesempenhoeconômicoepolíticodoBrasil Obras Infraestrutura InvestimentonaCopadoMundo Organizaçãodoevento Desempenhodaseleção/torcida 62% Outros TWITTER ANÁLISE DE SENTIMENTO WWW.BITES.COM.BR Para identificar a opinião dos internautas sobre a realização da Copa do Mundo no Brasil, foi avaliada uma amostra de 3.834 tweets válidos, que foram analisados por sentimento e categorizados com a intenção de possibilitar a identificação dos temas que mais motivaram comentários. As categorias consideradas foram: corrupção, desempenho da seleção/ torcida, desempenho econômico e político do Brasil, imagem do País no exterior, Infraestrutura, investimentos na Copa do Mundo, como construção/reforma de estádios, organização do evento e Outros.
  15. 15. WWW.BITES.COM.BRWWW.BITES.COM.BR TWITTER ANÁLISE DE SENTIMENTO Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro 82% 83% 81% 77% 84% 56% 87% 81% 91% 88% 89% 79% 13% 12% 16% 21% 14% 39% 9% 10% 8% 10% 18% 9% 5% 5% 3% 2% 1% 5% 4% 9% 2% 3% 2% 3% A desconfiança de que a realização do evento no Brasil favoreceria a corrupção e a percepção de que o valor investido na Copa poderia ser melhor empregado foram os principais motivadores de críticas à realização da Copa no Brasil. Em contrapartida, a torcida para que a Seleção Brasileira conquiste o Mundial e o compartilhamento de notícias sobre obras de infraestrutura nas cidades-sede para atender a demanda gerada pelo evento foram os temas que mais renderam repercussão positiva. Em junho, o volume de mensagens negativas aumentou em função dos protestos. Das críticas aos investimentos para a Copa do Mundo, 68,3% foram publicadas no mês em questão. A maioria dos internautas afirmou que o valor gasto pelo Governo deveria ser empregado na área social. Em dezembro, três fatores estimularam as críticas: a briga entre torcedores do Atlético-PR e Vasco em Joinville; o acidente no estádio do Itaquerão, ocorrido em 27 de novembro; e os alagamentos provocados pela chuva em várias cidades brasileiras.
  16. 16. WWW.BITES.COM.BR TWITTER ANÁLISE DE SENTIMENTO WWW.BITES.COM.BR ABRIL • Amistoso Brasil x Chile terminou em empate • Manifestação contra a privatização do Maracanã • Imprensa divulga atraso nas obras Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro 82% 83% 81% 77% 84% 56% 87% 81% 91% 88% 89% 79% 13% 12% 16% 21% 14% 39% 9% 10% 8% 10% 18% 9% 5% 5% 3% 2% 1% 5% 4% 9% 2% 3% 2% 3%
  17. 17. WWW.BITES.COM.BR Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro 82% 83% 81% 77% 84% 56% 87% 81% 91% 88% 89% 79% 13% 12% 16% 21% 14% 39% 9% 10% 8% 10% 18% 9% 5% 5% 3% 2% 1% 5% 4% 9% 2% 3% 2% 3% WWW.BITES.COM.BR TWITTER ANÁLISE DE SENTIMENTO EM JUNHO • Protestos
  18. 18. WWW.BITES.COM.BRWWW.BITES.COM.BR TWITTER ANÁLISE DE SENTIMENTO EM DEZEMBRO • Acidente no Itaquerão • Briga entre torcedores do Atlético-PR e Vasco • Alagamentos causados pela chuva Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro 82% 83% 81% 77% 84% 56% 87% 81% 91% 88% 89% 79% 13% 12% 16% 21% 14% 39% 9% 10% 8% 10% 18% 9% 5% 5% 3% 2% 1% 5% 4% 9% 2% 3% 2% 3%
  19. 19. WWW.BITES.COM.BR 12% 83% 6% Desempenho da seleção/torcida 1% 93% 6% Outros 1% 82% 16% Organização do evento 7% 42% 51% Obras 4% 37% 59% Imagem no Brasil no exterior 2% 32% 66% Desempenho econômico e político 8% 31% 61% Infraestrutura 5% 23% 73% Investimento 2% 98% Corrupção Positivo Neutro Negativo WWW.BITES.COM.BR TWITTER ANÁLISE DE SENTIMENTO * Em alguns gráficos, a soma do percentual não totaliza 100%, variando 1 ponto para mais ou para menos. Isso acontece em função de arredondamentos feitos no estudo.
  20. 20. WWW.BITES.COM.BR A COPA FACILITA A CORRUPÇÃO
  21. 21. WWW.BITES.COM.BR Corrupção Positivo Neutro Negativo Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro 100% 100% 100% 100% 100% 100% 100% 100% 100% 100% 33% 67% TWITTER CATEGORIZAÇÃO WWW.BITES.COM.BR • A categoria obteve a menor representatividade volumétrica na análise. Ela é composta quase que exclusivamente por mensagens de tom acusativo levantando denúncias a respeito da idoneidade da organização do evento. Os internautas acreditam que os investimentos da Copa do Mundo serão desviados. Os neutros foram referentes a uma reportagem sobre corrupção, que foi compartilhada sem juízo de valor por parte dos internautas.
  22. 22. WWW.BITES.COM.BR A REPUTAÇÃO DO BRASIL NO EXTERIOR NÃO IRÁ MELHORAR COM A COPA
  23. 23. WWW.BITES.COM.BR TWITTER CATEGORIZAÇÃO A movimentação do setor turístico em função da Copa motivou mensagens positivas e neutras. A repercussão sobre o vestido usado por Fernanda Lima durante o sorteio dos grupos da Copa, que desagradou iranianos, foi considerada neutra. Os internautas consideraram a polêmica irrelevante. Houve uma variação no volume de críticas ao longo do ano. Nas mensagens negativas, internautas demonstraram acreditar que o Brasil não está preparado para receber o evento em função de problemas políticos e de infraestrutura, sugerindo que a Copa vai contribuir para uma imagem negativa do País no exterior. Em várias oportunidades, usuários compartilharam matérias com críticas ao Brasil feitas por membros de seleções estrangeiras e pela imprensa internacional. Imagem do Brasil no exterior Positivo Neutro Negativo Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro 100% 100% 100% 100% 33% 67% 50% 50% 33% 67% 33% 67% 38% 62% WWW.BITES.COM.BR
  24. 24. WWW.BITES.COM.BR A COPA NÃO AJUDARÁ A ECONOMIA NACIONAL
  25. 25. WWW.BITES.COM.BR TWITTER CATEGORIZAÇÃO A tese sobre a qual a expectativa de que a realização da Copa do Mundo no Brasil ajudaria a aquecer a economia do País rendeu repercussão positiva e neutra. Entre as mensagens negativas, destacaram-se apoio à realização de protestos contra o evento e o uso de dinheiro público para a sua realização, sugestões de que a Copa irá desviar a atenção da população sobre as eleições e preocupação com violência. Em dezembro, a briga entre torcedores do Atlético-PR e Vasco durante um jogo realizado em Joinville (SC) alimentou a crença de que os brasileiros não estão preparados para sediar a Copa do Mundo e que o evento não deve trazer dividendos econômicos e financeiros. Desempenho econômico e político do Brasil Positivo Neutro Negativo Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro 33% 67% 50% 50% 60% 40% 50% 50% 100% 50% 50% 31% 4% 65% 60% 20% 20% 50% 50% 50% 50% 13% 88% 8% 92% WWW.BITES.COM.BR
  26. 26. WWW.BITES.COM.BR AS OBRAS NÃO SERÃO CONCLUÍDAS DENTRO DO PRAZO
  27. 27. WWW.BITES.COM.BR Obras Positivo Neutro Negativo Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro 20% 40% 40% 88% 13% 75% 25% 100% 29% 29% 43% 50% 50% 75% 25% 100% 100% 38% 13% 50% 27% 73% 48% 52% TWITTER CATEGORIZAÇÃO • A mídia clássica foi essencial na repercussão desse tema, já que cerca de 80% dos tweets analisados eram compartilhamento de notícias. O atraso na construção de estádios para a Copa do Mundo foi o principal motivador de críticas, mas os internautas também falaram sobre denúncias de erros estruturais nas obras, de violações de direitos dos operários. Houve um pico de tweets negativos em novembro e dezembro em função dos acidentes fatais nos estádios do Itaquerão e Arena Amazônia. Notícias sobre o andamento das construções, a mobilização do Governo Federal para garantir o cumprimento do prazo imposto pela FIFA e a entrega de estádios finalizados garantiram a repercussão positiva e neutra. A percepção pública negativa mostrou-se mais forte em função da impressão de que as obras de infraestrutura e de estádios podem não ficar prontas a tempo do evento ou de que foram mal executadas. WWW.BITES.COM.BR
  28. 28. WWW.BITES.COM.BR NÃO EXISTIRÁ LEGADO
  29. 29. WWW.BITES.COM.BR TWITTER CATEGORIZAÇÃO • Reportagens sobre investimentos para obras de infraestrutura direcionadas à melhoria dos serviços de telecomunicações, transporte e turismo foram predominantes entre os tweets positivos e neutros. As críticas representaram 61% das mensagens analisadas na categoria. Internautas reclamaram de problemas crônicos de cidades brasileiras, como alagamentos e congestionamento. Infraestrutura Positivo Neutro Negativo Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro 33% 80% 11% 44% 44% 45% 9% 45% 29% 38% 23% 3% 73% 42% 17% 42% 20% 20% 60% 60% 40% 20% 67% 20% 71% 62% 33% 67% 7% 4% 89% WWW.BITES.COM.BR
  30. 30. WWW.BITES.COM.BR OS RECURSOS PÚBLICOS ESTÃO SENDO MAL EMPREGADOS
  31. 31. WWW.BITES.COM.BR TWITTER CATEGORIZAÇÃO • Essa foi a segunda categoria com a maior taxa de tweets negativos (72,4%), ficando atrás apenas de corrupção. A percepção digital sobre o assunto foi impactada pelos protestos que ocorreram em todo o Brasil em junho. Os internautas criticaram o Governo Federal por destinar verba para a realização da Copa em lugar de investir em projetos sociais. A frase “Não se faz Copa do Mundo com hospitais” do ex-jogador Ronaldo ao defender a necessidade de construção de estádios para o evento foi amplamente reproduzida e criticada. Em dezembro, as mesmas críticas voltaram a se destacar. O mês registrou 100% de tweets negativos. Investimentos na Copa do Mundo Positivo Neutro Negativo Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro 50% 50% 67% 11% 22% 33% 33% 33% 43% 57% 50% 8% 42% 33% 8% 58% 91% 70% 10% 20% 50% 14% 36% 60% 10% 30% 60% 40% 100% 7% 2% WWW.BITES.COM.BR
  32. 32. WWW.BITES.COM.BR O PADRÃO FIFA NÃO FUNCIONA NO BRASIL
  33. 33. WWW.BITES.COM.BR TWITTER CATEGORIZAÇÃO • Na categoria, predominaram mensagens neutras divulgando anúncios da FIFA sobre os preparativos para a Copa, como o início da venda de ingressos e o sorteio dos grupos. Os comentários positivos foram escassos, representando apenas 1,4% do total analisado. Entre as críticas, destacaram-se reclamações sobre o preço dos ingressos, o alto custo do evento para os cofres públicos, piadas desmerecendo o trabalho de voluntários e a desconfiança de que a competição será marcada pela desorganização, sem culpar a Fifa, mas alegando incapacidade do governo. Esse tipo de comentário proporcionou o pico de comentários negativos observado em junho. Em dezembro, internautas também compartilharam a suspeita de que o sorteio dos grupos teria sido manipulado pela FIFA. A polêmica foi provocada por um vídeo em espanhol que sugere que secretário-geral da Fifa, Jèrôme Valcke, teria trocado os papéis com os nomes das seleções durante o sorteio. Organização do Evento Positivo Neutro Negativo Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro 75% 4% 21% 94% 6% 100% 79% 21% 88% 6% 6% 61% 3% 36% 97% 3% 100% 93% 6% 93% 2% 5% 75% 25% 41% 59% WWW.BITES.COM.BR
  34. 34. WWW.BITES.COM.BR A ESPERANÇA É A SELEÇÃO
  35. 35. WWW.BITES.COM.BR TWITTER CATEGORIZAÇÃO • Foi a segunda categoria com maior representatividade da análise (12,7%) e a que registrou maior participação de comentários positivos. Em 12% das mensagens, os internautas se disseram ansiosos pelo início da Copa 2014 e na torcida pela vitória do Brasil. A repercussão neutra foi marcada por especulações sobre as partidas e jogadores que irão participar do Mundial. Entre as mensagens negativas, internautas mostraram-se pessimistas quanto à chance de o Brasil ganhar a competição e queixaram-se sobre o custo/benefício da realização evento. Desempenho da seleção/torcida Positivo Neutro Negativo Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro 81% 16% 3% 92% 8% 91% 5% 4% 70% 30% 84% 4% 13% 79% 17% 4% 87% 13% 84% 16% 100% 98% 2% 80% 20% 55% 39% 6% WWW.BITES.COM.BR
  36. 36. WWW.BITES.COM.BR # IMAGINA NA COPA
  37. 37. WWW.BITES.COM.BR TWITTER CATEGORIZAÇÃO • Dos tweets analisados, 61,8% foram categorizados como Outros por não abordarem explicitamente um dos temas investigados nesse estudo. Essa categoria foi marcada essencialmente pela repercussão neutra (93%). Destacaram-se piadas, notícias e o meme “imagina na Copa” e suas variações. Outros Positivo Neutro Negativo Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro 94% 2% 4% 93% 1% 6% 82% 3% 15% 89% 11% 97% 3% 88% 3% 9% 97% 2% 1% 92% 6% 2% 98% 2% 90% 1% 9% 97% 1% 2% 93% 1% 6% WWW.BITES.COM.BR
  38. 38. WWW.BITES.COM.BR FACEBOOK PARTE 2
  39. 39. WWW.BITES.COM.BR Do total, 21 páginas publicaram somente em português, 1 em português e inglês, 8 em inglês e 5 em espanhol. Uma das fan pages tinha publicações. 4 fan pages são oficiais, sendo 3 da FIFA e 1 do Governo Federal brasileiro. Juntas, elas detinham 83% da audiência no período. O conteúdo gerou pouco diálogo com o público. Os internautas comentaram pouco nas páginas e a interação mais comum com as publicações foi o curtir. 47,2% das páginas não receberam tiveram atualização nos 7 dias analisados (4 a 10 de fevereiro de 2014) e as demais publicaram em média 1,9 posts/dia Entre as 10 fan pages com maior número de fãs, o conteúdo mais comum foi a publicação de fotos. As páginas publicaram curiosidades sobre Copas do Mundo e informações sobre os times classificados para a próxima competição. Apenas 2 publicavam conteúdo contra o evento. FACEBOOK FAN PAGES Foram mapeadas 36 fan pages no Facebook dedicadas à Copa do Mundo. Juntas, elas reuniam, em dezembro de 2013, cerca de 7,4 milhões de fãs.
  40. 40. WWW.BITES.COM.BR FACEBOOK FAN PAGES MAIS POPULARES FÃS: 3.829.483 Página oficial do evento no Brasil, a fan page que mais arrebanhou seguidores fala sobre curiosidades acerca do evento e notícias do mundo do futebol. As publicações sobre ingressos geraram mais engajamento. #1
  41. 41. WWW.BITES.COM.BR FÃS: 1.806.529 FACEBOOK FAN PAGES MAIS POPULARES Trata-se da página oficial da FIFA para o evento em âmbito mundial. A página foi usada como um repositório de imagens e fatos históricos que giram em torno da Copa do Mundo. As galerias homenageando jogadores fizeram mais sucesso. #2
  42. 42. WWW.BITES.COM.BR FÃS: 531.730 FACEBOOK FAN PAGES MAIS POPULARES Página da Coca-Cola dedicada a turnê do troféu da Copa do Mundo. A fan page fez posts sobre os países visitados pelo troféu e curiosidades sobre a competição. A página também deu ênfase aos torcedores, compartilhando fotos de crianças e adultos que acompanharam a turnê. #3
  43. 43. WWW.BITES.COM.BR FÃS: 435.394 FACEBOOK FAN PAGES MAIS POPULARES Trata-se da página oficial do mascote da Copa do Mundo 2014. A fan page apresentou linguagem visual infantil e dialogou com o público através de charadas e atividades lúdicas. Comunica-se com potenciais fãs do evento que não se enquadraram na categoria “alucinados por futebol”. #4
  44. 44. WWW.BITES.COM.BR FÃS: 202.042 FACEBOOK FAN PAGES MAIS POPULARES Página dedicada a compartilhar informações e notícias sobre a Copa e os jogadores. O conteúdo, durante a análise, era do site Estádio Vip. #5
  45. 45. WWW.BITES.COM.BR GOOGLE PARTE 3
  46. 46. WWW.BITES.COM.BR E m 2013, foram identificadas 771 associações de busca no Google Brasil para a expressão Copa 2014. No total ocorreram 3,6 milhões de consultas para esse conjunto de palavras. A mais procurada foi “Copa do Mundo 2014” que representou 22% do volume total. Esse resultado reforça a premissa que não existia até dezembro de 2013 diálogos estruturados na Internet sobre o evento, e nenhum hub significativo capaz de alterar as ondas de percepção digital negativa existentes na época. Houve 220 associações a termos relacionados a questão de ingressos, que representaram 28% das buscas. Buscas sobre a palavra investimentos representaram 0,22% daquilo do que foi pesquisado no Google sobre a Copa do Mundo.
  47. 47. WWW.BITES.COM.BR YOUTUBE PARTE 4
  48. 48. WWW.BITES.COM.BR A análise mapeou os dez vídeos no Youtube Brasil com o maior volume de visualizações e associados ao termo Copa do Mundo 2014. No total, eles geraram, até o dia 26 de fevereiro de 2014, cerca de 15 milhões de visualizações. O recordista é baseado numa teoria da conspiração sobre uma suposta manipulação do sorteio dos grupos da Copa em dezembro de 2013 (http://goo.gl/87ekCk). Esse vídeo conseguiu 65% da audiência da relação dos mais vistos. Na época da sua divulgação, em 06 de dezembro, o vídeo ganhou as redes sociais no Brasil, e houve quem acreditou na possibilidade. O ponto de destaque do ranking dos mais vistos é a ausência de vídeos oficiais e produzidos há menos de seis meses. O YouTube é um espaço não ocupado pela mídia oficial da Copa do Mundo. YOUTUBE 15 MILHÕES DE VISUALIZAÇÕES
  49. 49. WWW.BITES.COM.BR SITE PARTE 5
  50. 50. WWW.BITES.COM.BR O site oficial da Copa do Mundo, Portal da Copa (http://www.copa2014.gov.br), coordenado pelo governo brasileiro, ocupa a 4.329ª posição no País, segundo o ranking do Alexa.com. O endereço já foi compartilhado 3.244 vezes no Facebook e apareceu em outros 2.201 tweets até fevereiro de 2014. Como métrica de relevância no Google, o site tem 39 mil links apontados de outras páginas em comparação com os 15.000 do Palácio do Planalto, a página oficial do governo brasileiro. O Portal da Copa reúne 730 mil seguidores e fãs nos seus perfis no Twitter, Facebook, Google Plus e Instagram. As outras redes, considerando a importância do evento, eram pouco representativas. SITE: 4.329a POSIÇÃO 39 MIL LINKS NO GOOGLE 730 M IL SEGUIDORES
  51. 51. BITES CONSULTORIA RUA WISARD - 308 - CONJUNTOS 01,02 E 07 VILA MADALENA – SÃO PAULO – SP (11) 3814.5928 BITES@BITES.COM.BR DIRETOR EXECUTIVO MANOEL FERNANDES MANOELFERNANDES@BITES.COM.BR DIRETORA DE CONTEÚDO LUCIANA COSTA LUCIANACOSTA@BITES.COM.BR DIRETORA OPERAÇÕES ERIKA DIAS ERIKADIAS@BITES.COM.BR GERENTE DE INTEGRAÇÃO DE DADOS ISABELA CREPALDI ISABELACREPALDI@BITES.COM.BR GERENTE DE OPERAÇÕES FABIANA PARAJARA FABIANAPARAJARA@BITES.COM.BR DIREÇÃO DE ARTE MAYU TANAKA Este estudo está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.
  52. 52. WWW.BITES.COM.BR

×