Eq 6 nota2,0_43_53_690_65_72

713 views

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
713
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
8
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Eq 6 nota2,0_43_53_690_65_72

  1. 1.  Ana Cláudia Piau – 11043 Carolina Martins – 11053 Isadora Amalfi – 11690 Julia Santos – 11065 Marina Mastrelli - 11072
  2. 2. Ósculo PorosÁtrio
  3. 3. Classe Demospongiae Classe hexactinellida Classe calcarea
  4. 4. a) Varia desde a zona costeira até profundidades de mais de 6000 metros. Encontradas no mundo inteiro, desde águas polares à regiões tropicais. Meio aquático (água doce ou salgada).b) Diblásticos, assimétricos ou de simetria radial, ametaméricos.c) Reprodução assexuada ou sexuada. Assexuada por regeneração, brotamento ou gemulação. Sexuada formando uma larva ciliada, a anfiblástula. Há mais detalhes sobre a reprodução das esponjas em seção específica.d) Circulação de água pelo átrio, amebócitos móveis na camada gelatinosa da parede do corpo.e) A excreção é feita por difusão.f) São desprovidos de um sistema nervoso que ofereça coordenação.g) Poríferos não têm órgãos.h) O corpo de uma esponja apresenta um revestimento externo de células achatadas (epiderme), um revestimento interno com células flageladas e providas de gola ou colarinho, chamadas coanócitos, e uma camada intermediária na qual se encontram células móveis que se deslocam intensamente por meio de pseudópodos (amebócitos).
  5. 5. Mesogleia BocaTentáculos
  6. 6. Classe antozoários Classe cifozoários Classe cubozoaClasse hidrozoários Classe staurozoa
  7. 7. a) Aquático, geralmente marinho.b) Simetria radial; Diblásticos, organização do corpo em nível de tecidos; Protostômios; Ametaméricos.c) A reprodução dos celenterados pode ser assexuada ou sexuada. A metagênese, que é o nome dado a alternância de gerações sexuadas ou assexuadas nos cnidários. Ocorre apenas em algumas espécies. Pode ser direta ou indireta (com ou sem larva)d) Ausente. Os tentáculos capturam o alimento e o distribui na cavidade gastrovascular.e) Ausente, excreções lançadas no ambiente.f) Surge a coordenação nervosa dos animais pluricelulares e é um tecido formado por células nervosas que se organizam como uma rede. Não existe um centro de comando do organismo.g) Apenas classe scyphozoa possui algum desenvolvimento de órgão sensorial.h) Epiderme e a gastroderme.
  8. 8. Lóbulo Sensorial IntestinoBoca
  9. 9. Classe trematoda Classe cestodaClasse monogenea Classe turbellaria
  10. 10. a) Tem como habitat ambiente muito úmido. Vivem à custa de outros seres vivos como os parasitas. As planárias vivem na água doce, no fundo de lagos, sob pedras ou da folhagem.b) Simetria bilateral. São acelomados e triblásticos (possuem os três folhetos germinativos: ectoderme, mesoderme e endoderme).c) A reprodução varia de acordo com a espécie. Muitos platelmintos são hermafroditas. Alguns se reproduzem por partenogênese (desenvolvimento do embrião sem fecundação). E alguns se reproduzem por fissão (ruptura de um pedaço do corpo gerando outro) ou de forma sexuada.d) Avasculares.e) Protonefrídias, que possuem células terminais multiciliadas chamadas de células-flama, responsáveis por eliminar excesso de água e resíduos metabólicos por meio de um sistema de canais. São amoniotélicos.f) Sistema nervoso central composto por um anel nervoso que se liga a cordões longitudinais ou por um par de gânglios cerebroides, de onde saem filetes nervosos laterais que percorrem todo o corpo através de ramificações, proporcionando uma melhor coordenação muscular aos platelmintos.g) Ocelos em cálices pigmentares, que podem ser numerosos, são os principais.h) Ectoderme origina o revestimento externo. A endoderme dá origem ao intestino e seu revestimento.
  11. 11. Ânus BocaCorpo(intestino)
  12. 12. Classe secernenteaClasse adenophorea
  13. 13. a) Solo úmido, areia, águas estagnadas e até mesmo no plâncton.b) Possuem três folhetos embrionários.c) Realizam fecundação interna, com dimorfismo sexual: machos, que são menores que fêmeas, apresentam espinhos copulatórios e possuem a cauda encurvada. Na cópula, machos depositam seus espermatozoides no poro genital das fêmeas através da cloaca, pois não tem poro genital. Espermatozoides ameboides (sem flagelo) deslocam-se por pseudópodos. Os zigotos se desenvolvem dentro de ovos, com a casca resistente, que são eliminados para o ambiente, onde as primeiras divisões acontecem e o ovo se torna embrionado. O ciclo evolutivo pode ser direto ou indireto, dependendo da formação de larvas por dentro ou fora dos ovos.d) Avasculares. Circulação realizada pelo líquido pseudocelomático.e) Os resíduos são excretados a partir do líquido que ocupa o pseudoceloma, por meio de dois tubos longitudinais ligados por um menor, transversal. Os dois ramos longitudinais do sistema se abrem em orifícios próximos da boca.f) Sistema nervoso periesofagiano. É formado por um anel nervoso ao redor da faringe e por dois cordões longitudinais.g) Anfídio: disposto em par lateralmente na parte anterior com função quimiorreceptora. Pequenos órgãos sensorias – papilas cefálicas e caudais, anfídeos.h) Revestimento feito por uma cutícula acelular, flexível, semipermeável e transparente, deixando à mostra os órgãos internos. É através dela ocorre a respiração.
  14. 14. Cerdas ÂnulosClitelo
  15. 15. Classe polychaeta Classe clitellataClasse myzostomida Classe archiannelida
  16. 16. a) Água dos mares e oceanos ou a água doce e a terra úmida.b) São triploblásticos (em seu desenvolvimento embrionário formam-se três folhetos embrionários, que dão origem a todas as partes do seu corpo). São celomados.c) As formas de reprodução variam entre as espécies. Podem ser monoicos ou dioicos, com desenvolvimento direto ou indireto e com fecundação cruzada. Pode ocorrer reprodução assexuada por esquizogênese.d) Possuem vasos sanguíneos (sistema circulatório fechado) por onde o sangue é bombeado para outros órgãos do corpo por cinco pares de arcos aórticos ou corações. O sangue é constituído por placas que contém amebócitos livres e hemoglobina dissolvida.e) Constituído por nefrídeos, que removem excretas do celoma e da corrente sanguínea diretamente para o exterior. Cada segmento possui um par de nefrídeos.f) É do tipo ganglionar, formado por vários gânglios conectados por um cordão nervoso, chamado periesofagiano.g) Várias espécies marinhas de anelídeo possuem órgãos sensoriais bem desenvolvidos, como, por exemplo, tentáculos, olhos e papilas sensoriais.h) Superfície corporal é revestida por uma cutícula fina e permanentemente úmida. Abaixo dela está a epiderme, formada por uma única camada de células.
  17. 17. Tentáculos Concha Pés
  18. 18. Classe Classe Classe Classecaudofolveata aplacophora polyplacophora monoplaco phoraClasse bivalvia Classe scaphopoda Classe Classe cefalopodes Gastrópodes
  19. 19. a) Os moluscos são encontrados no ambiente terrestre como a lesma e o caracol; na água doce (rios) como os caramujos; e na água salgada (oceanos) como as lulas, polvos, ostras e mariscos.b) Os moluscos são animais triblásticos, celomados, protostômios, esquizocélicos e hiponeuros.c) Podem ser hermafroditas ou dióicos, a fecundação pode ser interna ou externa e o desenvolvimento pode ser direto ou indireto.d) Aberta ou lacunar. Coração ocupa a posição dorsal e fica em uma cavidade chamada pericárdica. Possui um ou dois átrios, e 1 ventrículo. O sangue das células volta ao coração pelas lacunas. Nos cefalópodes a circulação é do tipo fechada. Os moluscos possuem pigmentos respiratórios chamados hemocianina e, principalmente os cefalópodes possuem hemoglobina.e) Feita por metanefrídios. Cada metanefrídio possui um ducto com duas aberturas: uma para a cavidade pericárdica, chamada nefróstoma, de onde retira as excretas, e um poro excretor, chamado nefridióporo, por onde saem as excretas.f) Continua a ser feita por um sistema ganglionar, nos mais complexos, como polvos e lulas, há verdadeiros “cérebros” controladores das atividades, que são capazes de executar ações altamente complexas como o reconhecimento da forma de objetos e de cores.g) Variam muito conforme a espécie: algumas possuem apenas um órgão de tato; outras têm um número variável de olhos ou apresentam "ouvidos" rudimentares que podem detectar o ruído de pedrinhas raspando umas nas outras.h) Região não coberta pela concha tem um revestimento ciliar e células glandulares, cujas secreções torna o tegumento úmido e mole. A concha tem uma camada orgânica externa e uma camada predominante calcária subjacente, das quais a interna pode ser uma camada madrepérola.
  20. 20. Quelícera QuelaCauda Possuem apêndices corporais (corpo segmentado) chamados de tagmas; o sistema circulatório é aberto; possuem exoesqueleto
  21. 21. a) Pode ser aquático ou terrestre, e entre os invertebrados são os únicos dotados da capacidade de voar.b) Apresentam simetria bilateral, são triblásticos, celomados e protostômios.c) Os artrópodes são, em sua maioria, dióicos e muitos utilizam seus apêndices modificados para a cópula. A fecundação é interna nas formas terrestres, podendo ser externa nas aquáticas. O desenvolvimento pode ser direto ou indireto. A cópula e a fecundação variam muito de acordo com a espécied) A circulação é do tipo aberta. O coração ocupa posição dorsal, é primitivamente tubular e possui uma ou mais câmaras com aberturas laterais denominadas óstios. Possuem hemocianina e hemoglobina como pigmentos respiratórios.e) É feita, na maioria deles, por meio de tubos de Malpighi, que são estruturas pouco mais evoluídas do que as nefrídias de uma minhoca, pois não lançam resíduos metabólicos na superfície corporal externa, mas sim no interior do intestino.f) Possuem um alto grau de cefalização exigido por olhos, antenas e padrões complexos de comportamento. Os quelicerados não possuem antenas.g) A maioria possui olhos, que variam em complexidade de acordo com a espécie. Os insetos e vários crustáceos possuem olhos compostos, formados por omatídeos. A córnea de um crustáceo possui um arco de 180o graus ou mais.h) Todas as superfícies externas do corpo são revestidas por um exosqueleto orgânico contendo quitina, segregado pela epiderme, que é composto por camadas sucessivas de quitina, proteínas e ceras, e lipídios, podendo ser ainda mais endurecido por impregnação de cálcio, como nos crustáceos.
  22. 22. Cefalotórax AbdômenPernasarticuladas
  23. 23. Pernas articuladas (vários pares) Mandíbulas e Olhos maxilas compostosPrópode
  24. 24. TóraxAbdômen Pernas articuladas (aos Antenas pares) Mandíbula
  25. 25. a) Vivem em ambiente terrestre ou de água doce, e há representantes em todos os nichos alimentares.b) Simetria bilateral, corpo segmentado dividido em partes distintas: cabeça, tórax e abdome, exoesqueleto quitinoso, 1 par de antenas (díceros), 2 pares de asas (tetrápteros), 3 pares de pernas (hexápodos), mandibulados ectógnatos, aparelho circulatório dorsal, sistema nervoso ventral, ausência de epitélio ciliado.c) Tem sexos separados e a fecundação é interna. São ovíparos e podem apresentar três tipos de desenvolvimento: direto, sem metamorfose: do ovo eclode um jovem semelhante ao adulto. Indireto, com metamorfose gradual ou incompleta: do ovo eclode uma forma chamada ninfa, que é semelhante ao adulto (ou imago), mas que não tem asas desenvolvidas. Indireto, com metamorfose completa: do ovo eclode uma larva, bem diferente do adulto, que primeiro se alimenta ativamente, para depois entrar em estágio denominado pupa, quando ocorre a metamorfose: a larva se transforma no adulto ou imago, que emerge completamente formado. As larvas de algumas espécies produzem um casulo que protege a pupa. Depois de adulto, o inseto holometábolo não sofre mais mudanças, não crescendo mais. A fase da larva pode durar de meses até mais de um ano, e a fase adulta pode durar de uma semana á alguns meses.d) A circulação é do tipo lacunar ou aberta. "Sangue" é incolor, chamado de hemolinfa.e) É feita pelos túbulos de Malpighi e a principal excreta é o ácido úrico, que sai junto com as fezes. Nem todas as excretas saem pelos túbulos de Malpighi. Alguns sais são depositados na cutícula e são descartados na muda. A excreção do ácido úrico representa uma grande economia de água, devido ao metabolismo de proteínas.f) Consiste de um cérebro localizado na cabeça e um cordão nervoso localizado ventralmente, com gânglios em cada segmento.g) Todos possuem órgãos sensoriais que os capacitam perceber o ambiente. Estes órgãos convertem energia luminosa, química ou mecânica, originada do ambiente, em impulsos nervosos que conduzirão a uma resposta comportamental apropriada.h) O corpo dos insetos é coberto por um exoesqueleto de quitina e possui três partes definidas: cabeça, tórax e abdome.
  26. 26. a) Vivem em lugares úmidos, quentes e evitam a luz.b) O corpo dos diplópodes é dividido somente em cabeça pequeno tórax e um longo abdome segmentado. Possuem um corpo cilíndrico, com um par de antenas, olhos simples e dois pares de patas locomotoras por segmento (que podem variar de 20 a 100) e seu sistema respiratório é traqueal. Todos os diplópodes são ovíparos.c) São animais com reprodução sexuada, fecundação interna e desenvolvimento direto.d) O coração situa-se na parte posterior do tronco, mas na parte anterior uma curta aorta continua até a cabeça.e) O sistema digestivo é completo e a excreção é feita por túbulos de Malpighi.f) Igual a classe Chilopoda.g) Possuem visão por meio de ocelos; e cerdas táteis como órgãos sensoriais.h) O tórax desses animais é curto e formado por quatro metâmeros, sendo que do segundo ao quarto metâmero torácico também há a presença de um par de antenas.
  27. 27. a) São encontrados em regiões quentes, escondendo durante o dia debaixo de folhas e troncos, já a noite são muito ativas.b) Características embrionárias:c) Sexuada, assim como a Classe Diplopoda.d) O coração percorre o corpo todo, e emite artérias para cada segmento.e) Trato digestivo é reto com dois ou três pares de glândulas salivares na boca, no final do tubof) O sistema nervoso consiste de um cordão nervoso ventral que tem um gânglio em cada segmento.g) Alguns não possuem olhos, outros possuem de pouco a muitos ocelos que formam um grupo compacto em cada lado da cabeça e tendem a ser alongados com bastonetes óticos convergentes. Um par de órgãos de Tomosvary está presente na base das antenas. O último longo par de pernas de muitos tem uma função sensorial.h) constituído principalmente por quitina, podendo apresentar impregnações por sais de cálcio. Nas regiões de articulações de patas, antenas, ou entre as diferentes regiões do corpo, a cutícula é fina e flexível, permitindo a movimentação. Possuem revestimento externo rígido.
  28. 28. Ânus SimetriaPés pentarradialambulacrais
  29. 29. Classe ophiuroidea Classe crinoidea
  30. 30. a) Marb) O blastóporo dará origem ao anûs, por isso são chamados de Deuterostômios.c) Fecundação externa. Órgãos sexuais simples, contendo apenas gônadas sem ductos genitais. O desenvolvimento é indireto. Reprodução assexuada em algumas larvas.d) Não possuem coração, porém há um reduzido sistema de canais, onde circula um líquido incolor contendo amebócitos.e) Não existe um órgão especializado. Os catobólitos são levados por amebócitos a qualquer estrutura exposta à água, que os elimina por difusão.f) Não há glânglios, mas há um anel nervoso próximo à região oral, de onde saem nervos radiais.g) Possuem células táteis na superfície do corpo. Na extremidade dos braços das estrelas-do-mar existem células fotorreceptoras.h) A epiderme simples recobre o esqueleto e os espinhos, estes são alongados e providos de glândulas venenosas. Algumas espécies possuem pinças, que servem para defesa e para manter limpa a superfície do corpo.
  31. 31.  É nesse filo que estão incluidos os mamíferos São animais deutorostômicos, com celoma verdadeiro, são triblásticos e possuem simetria bilateral Características exclusivas dos cordados: presença de notocorda, tubo neural e fendas faringianas
  32. 32.  São pequenos animais marinhos destituídos de crânio e de coluna vertebral, cuja única estrutura esquelética de sustentação é a notocorda, que pode ou não persistir em certas espécies adultas São subdivididos em cefalocordados e urocordados
  33. 33.  Assemelham-se a um tubo oco com duas aberturas Alimentam-se filtrando a água do mar que passa no seu interior Possuem um revestimento secretado pelo próprio corpo, formado por polissacarídeos São hermafroditas ascídias
  34. 34.  Duas extremidades do seu corpo são pontiagudas, não possuindo uma cabeça distinta Possuem notocorda anterior ao tubo nervoso dorsal oco, cauda pós-anal muscular e grande faringe Apresentam as primeiras nadadeiras dorsais, que são membranas como a nadadeira caudal ventral anfioxo
  35. 35.  Possuem uma estrutura endurecida, presente na região anterior do corpo O corpo é dividido em três regiões: probóscida, colarinho e tronco (a boca abre- se logo a frente do colarinho) É um filo de animais vermiformes que mostram semelhança tanto com o grupo dos cordados e com os equinodermos
  36. 36.  A notocorda desaparece durante o desenvolvimento e, em seu lugar, forma-se coluna vertebral Podem ou não ter cavidade amniótica Podem ou não ter mandíbula Podem ter ou nadadeiras (peixes) ou ter 4 membros (tetrápodes)
  37. 37.  Classe de peixes com esqueleto cartilaginoso. Pele revestida por pequenas escamas placoides, que confere grande mobilidade aos peixes, facilitando o movimento no ambiente aquático, auxiliando a funcionalidade das nadadeiras. Nadadeiras ímpares e dois conjuntos de nadadeiras pares: as peitorais e as pélvicas, conferindo maior velocidade, estabilidade e agilidade no deslocamento vertical. As brânquias dos peixes cartilaginosos abrem-se em fendas laterais na região anterior do corpo.
  38. 38.  Classe de peixes que possuem esqueleto totalmente ósseo. Nadam mediante movimentos do corpo e das barbatanas e respiram por brânquias ou guelras. Possuem escamas finas e flexíveis, pela complexidade das suas mandíbulas, pela existência de bexiga natatória e pela avançada estrutura do encéfalo. As barbatanas, pares e ímpares, têm formas, tamanho e posição diversos. Os peixes são em geral ovíparos, embora existam espécies e membros de alguns grupos que são vivíparos.
  39. 39. a) Lagos, córregos, rios, oceanos e em todas as regiões do globo terrestre, sejam elas polares ou tropicais.b) Desenvolvimento embrionário indireto (alevino).c) Reprodução sexuada com fecundação externa.d) Tem um coração com duas cavidades (aurícula e ventrículo) por onde circula apenas sangue venoso. O sangue é pálido e escasso, quando comparado com um vertebrado terrestre.e) Seu sistema digestivo é completo, apresentando pâncreas, fígado bem desenvolvido e intestino sem válvula espiral, que finaliza no ânus. É formado por rins mesonéfricos.f) Coordenação Inclui um encéfalo distinto.g) Olhos, ouvidos, narinas e linha lateral.h) Possuem esqueleto ósseo. As escamas que recobrem o corpo são de origem dérmica. Cordados, vertebrados, gnastostômios e pecilotérmicos.
  40. 40. Saco vocal (caixa) Glândula parotoidePés com dedos(tetrapodes)
  41. 41. a) Uma fase na água e outra fase da vida em ambiente terrestre.b) Os ovos são heterolécitos, com segmentação homoblástica e desigual.c) Dependem da água para reprodução, pois são de reprodução sexuada, com fecundação externa e a forma larval só respira por brânquias.d) A circulação é do tipo fechada e o coração tem três cavidades: duas aurículas e um ventrículo. No ventrículo ocorre mistura de sangue venoso com arterial (circulação dupla e incompleta).e) O sistema digestivo e excretor terminam na cloaca.f) O sistema nervoso é mais desenvolvido que o dos peixes, é constituído por um sistema nervoso central (encéfalo e medula espinhal) e um sistema nervoso periférico.g) Visão (olhos localizados nas cavidades orbitárias), Olfato (sacos nasais que possuem células sensoriais em cápsulas olfativas), Gosto (botões gustativos, localizados no epitélio da boca, da língua e até da faringe), Tato (terminações nervosas em toda superfície da pele).h) Pele fina e úmida e não apresentam pêlos ou escamas, é uma mucosa , para protegê-lo e porque vive em ambientes próximos da água.
  42. 42.  Locomoção por meio do rastejamento, roçando o ventre no solo. Membros locomotores situados no mesmo plano do corpo. Pele seca e frequentemente recoberta por fâneros, como escamas, placas dérmicas, plastrões e carapaças. São pecilotérmicos. Desenvolvem-se diretamente de um ovo amnioto.
  43. 43. a) Ambiente terrestre ou água.b) Deuterostômios.c) Fecundação interna, geralmente por órgãos copuladores; ovos grandes, com grandes vitelos, em cascas córneas ou calcárias geralmente libertados.d) A circulação é fechada, dupla e completa.e) O sistema digestivo é completo, com glândulas bem desenvolvidas, como fígado e pâncreas, terminando em cloaca.f) Mudança do centro de atividade encefálica que nos anfíbios estava situado no mesencéfalo e nos répteis muda para os hemisférios cerebrais. Tal mudança resulta na invasão do palio por muitas células nervosas para começar a formar o neopalio.g) Possuem órgãos que lhes permitem sentir o gosto e o cheiro das coisas. Os olhos possuem pálpebras e membrana nictitante, que ajudam na proteção dessas estruturas. Eles têm glândulas lacrimais, para manter a superfície dos olhos úmida fora da água. Embora os répteis não tenham orelha externa, alguns deles apresentam conduto auditivo externo e curo. Na extremidade de cada conduto auditivo situa-se o tímpano, que se comunica com a orelha média e a interna.h) Em muitos casos, ocorrem mudas dos tegumentos, com a eliminação das camadas mais superficiais da epiderme.
  44. 44.  São vertebrados que descendem dos répteis. São vertebrados amniotas, alantoidianos e homeotérmicos. São bípedes, pela transformação dos membros anteriores em asas, o que lhes permite voar. O corpo é coberto de penas que contribuem para o vôo e para a manutenção da temperatura corpórea. Os maxilares foram transformados em bicos e atualmente são desprovidos de dentes.
  45. 45. a) A maior quantidade de aves habita regiões de florestas em função da grande disponibilidade de alimentos.b) Semelhante a forma adulta.c) As aves possuem reprodução interna. A fêmea possui um ovário, enquanto o macho libera espermatozóides através dos dois testículos. A fecundação é interna e as fêmeas põem ovos que são cobertos por uma casca calcária.d) A circulação é fechada e o coração tem 2 átrios e 2 ventrículos completamente separados, persistindo o arco aórtico sistêmico direito. Não há mistura entre sangue venoso e sangue arterial e isso é muito importante na regulação da temperatura.e) O tubo digestivo tem como particularidades: o bico sem dentes, o papo, a moela e termina na cloaca. Não possuem bexiga. A excreção é o ácido úrico, eliminado junto com as fezes.f) Sistema mais desenvolvido que o dos répteis.g) O paladar e o olfato são muito pouco sensíveis, ao contrário da visão e da audição. A visão privilegiada da maioria das aves possibilita uma excelente acuidade visual, inclusive para cores em muitas espécies.h) São animais vertebrados; São bípedes; São ovíparos; São homeotérmicos (a temperatura corporal é mantida constante); Possuem o corpo coberto por penas; Possuem asa; Possuem bico; Possuem ossos pneumáticos (com presença de ar na parte interna, são ocos).
  46. 46.  Os mamíferos são tetrápodes de sangue quente, cobertos de pelos e dotados de glândulas mamárias. A caixa craniana é comparativamente maior. O quadrado e ossos articulares servem à articulação nessa classe pelos ossículos do ouvido médio. Encéfalo altamente desenvolvido, mostrando numerosas circunvoluções que dão maior extensão à superfície ou córtex cerebral, onde se aloja a massa cinzenta. Os dentes são diferenciados em caninos, molares e incisivos. A coluna vertebral divide-se em cinco zonas específicas, permitindo movimentos de flexão e extensão no plano de simetria do corpo.
  47. 47. a) Alguns em ambiente terrestre, outros em ambiente marinho.b) Nos mamíferos, a manutenção do embrião é feita pela placenta. No entanto, nos peixes, aves e répteis a nutrição do embrião depende das reservas acumuladas nesta estrutura.c) Em muitos grupos de mamíferos, há rituais de "namoro" antes do acasalamento. Há fecundação interna, o macho coloca o esperma (que contém os espermatozóides) dentro do corpo da fêmea, onde ocorre o encontro dos gametas. Esses seres chamados vivíparos têm filhotes que nascem após serem gerados no útero da mãe.d) O sangue percorre um duplo circuito. No primeiro, entre o coração e os pulmões, o sangue é oxigenado. No segundo, entre o coração e os tecidos, o sangue perde paulatinamente o oxigênio. O coração está dividido em quatro cavidades: dois átrios e dois ventrículos. Desta forma, o sangue oxigenado não se mistura com o sangue rico em gás carbônico. Os mamíferos são homeotermos, assim como as aves.e) O sistema digestivo é completo, começando pela boca, cheia de dentes e terminando no ânus. Possuem as mais variadas dietas e estratégias de captura de alimento. A excreção é feita no ânus.f) O cérebro dos mamíferos possui muitas circunvoluções ou dobras, que aumentam a superfície do órgão e o número de células nervosas. Por esta razão, os mamíferos desenvolveram um comportamento complexo, que pode ser percebido em atitudes como as estratégias de caça, o cuidado com os filhotes, a adaptação a ambientes e os diferentes sistemas de comunicação estabelecidos entre os indivíduos da mesma espécie.g) O olfato dos mamíferos é muito desenvolvido. Ele é utilizado para procurar alimento, identificar outros organismos e reconhecer o sexo oposto. Os machos de algumas espécies podem perceber o odor de uma fêmea a vários quilômetros. A visão dos mamíferos não é tão desenvolvida quanto a das aves. Outros sentidos dos mamíferos: paladar, tato, audição.h) As principais características que identificam os mamíferos são as glândulas mamárias e a presença de pelos no corpo. As glândulas mamárias são produtoras de leite, um alimento fundamental para o desenvolvimento dos filhotes que acabam de nascer.

×