Aula3 _3S_introd. genética_março 2013

1,662 views

Published on

0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
1,662
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3
Actions
Shares
0
Downloads
50
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Aula3 _3S_introd. genética_março 2013

  1. 1. Aula 3- Introdução á Aula 3- Introdução á Genética . Março 2013 Genética Mendeliana http://www.facebook.com/photo.php?fbid=478111175585010&set=a.205751866154277.51996.142443345818463&type=1&theater11/03/13 Professora Ionara 1
  2. 2. Aula 3- Introdução á Genética Mendeliana1. Vocabulário2. Porque ervilhas3. O método de Mendel4. Proporções esperadas5. A primeira Lei de Mendel6. Herança com domiância7. Herança sem dominância8. Heredogramas9. Descobrindo Dominância e recessividade10.Cruzamento teste11.Como resolver problemas de genética!11/03/13 Professora Ionara 2
  3. 3. Vocabulário para genética Atual Mendel • Genes , par de alelos========== fatores • Genótipo================== par de fatores • Fenótipo = características, ====== caráter • Heterozigoto==Aa=========== Híbrido • Homozigoto===AA ou aa======= Puro • Proporção Fenotípica= proporção caracteres visíveis • Proporção genotípica= proporção da distribuição dos genes • P= Geração Parental = casal que inicia os cruzamentos em estudo. Homozigóticos( a menos que se diga o contrário) • F1 : Filhos da geração P • F2 : Filhos de dois F1 cruzados11/03/13 Professora Ionara 3
  4. 4. Por que ervilhas ...11/03/13 Professora Ionara 4
  5. 5. 11/03/13 Professora Ionara 5
  6. 6. 11/03/13 Professora Ionara 6
  7. 7. Por que ervilhas ???? •Flores monoclinas e fechadas : sempre auto fecundação – geram indivíduos ” puros” •Grande produtividade deAs sementes originadas doscruzamentos artificiais feitos sementes. por Mendel germinavam, produzindo as •Caracteres facilmente plantas cujas características foram analisados distinguíveis. •Ciclo vital curto. 11/03/13 Professora Ionara 7
  8. 8. 11/03/13 Professora Ionara 8
  9. 9. . O método de Mendel: 1- 2. 3- . 4 5 611/03/13 Professora Ionara 9
  10. 10. 1. Pais Puros e diferentes O método de Mendel: P 1- arentais puros , com características em estudo distintas 2.Pólen Transferido hibridização P: Púrpura X branco 2-Transferência manual de pólen para uma planta com anteras removidas.F1 3-Produção de descendência F1 100% Híbrida (heterozigotos) ( F1) : Todos parecidos com um dos pais! (Mendel chamou de caráter dominante)11/03/13 Professora Ionara 10
  11. 11. 4-Auto fecundação de um dosPais diferentes F1 produzindo a segunda geração: F2 púrpura x púrpura pólen ( F2) resultado : Produção de prole mista: sempre na proporção de 3com flor de fenótipo púrpura para cada 1 com flor de fenótipo brancoF1 11/03/13 Professora Ionara 11
  12. 12. Estudando a transmissão dos fatores determinantes da cor da semente1.Qual é o fator recessivo? Justifique2.Como designaremos os genes que determinam os diferentes fenótipos em questão? 11/03/13 Professora Ionara 12
  13. 13. As sete características estudadas por Mendel11/03/13 Professora Ionara 13
  14. 14. Parentais puros lisas rugosas F1 Auto híbrido Fecundação 100% lisos: Liso é Fenótipo “dominante” F2: filhos dos F1 autofecundados 3/4 com fenótipo dominante Proporção fenotípica 11/03/13 1/4 com fenótipo recessivo Professora Ionara 14
  15. 15. Cruzamento Teste : Descobrindo genótipo de indivíduos comfenótipo dominante Possíveis gametas masculinos Possíveis gametas Femininos Encontros gaméticos possíveis para gerar F2 11/03/13 Professora Ionara 15
  16. 16. Resumindo... Proporções Mendelianas típicas:• Proporção genotípica• Em F1= (filhos dos puros) 100% Aa• Em F2= (Filhos dos híbridos):• 25% AA 50% Aa 25% aa• Proporção genotípica em F2: 1 / 4 AA 2/4 Aa 1/4 aa11/03/13 Professora Ionara 16
  17. 17. Resumindo... Proporções Mendelianas típicas:Proporção Fenotípica• Em F1= (filhos dos puros) 100% caráter dominante• Em F2= (Filhos dos híbridos):• Proporção Fenotípica em F2:• 3 /4 fenótipo dominante• 1/4 fenótipo recessivo11/03/13 Professora Ionara 17
  18. 18. Herança com dominância DOIS FENÓTIPOS - TRÊS GENÓTIPOS• O gene dito dominante , em dose única, provoca seu efeito.• Os heterozigotos Aa e os homozigotos dominantes AA são iguais, fenotípicamente.• Os indivíduos de fenótipo recessivo são CERTAMENTE homozigotos recessivos aa11/03/13 Professora Ionara 18
  19. 19. A primeira Lei de Mendel:• Cada caráter é condicionado por dois “ fatores .Estes se separam na formação dos gametas, indo apenas um fator para cada gameta ”.Traduzindo!!!! Cada fenótipo ou característica, é provocado por dois genes. (alelos) Os genes alelos se separam na meiose, ao se formarem os gametas, e cada gameta só recebe um de cada gene do par de alelos que o parental tinha. O zigoto,formado pelo encontro destes gametas, terá pares de genes : Apenas um dos genes, recebido de seu pai e o outro de sua mãe!!!11/03/13 Professora Ionara 19
  20. 20. 11/03/13 Professora Ionara 20http://dc432.4shared.com/doc/VUQPqax7/preview.html
  21. 21. (UFMG) Indique a proposição que completa, de forma correta, a afirmativa abaixo: Por meiose, uma célula ________ com ________ cromossomos formará _______ células ­­­­­­­­­­­_________________, com _________ cromossomos cada uma. a) 2n, 20, 02, 2n, 20. b) Diploide, 10, 04, haploides, 05. c) Diploide, 46, 04, haploides, 23. d) n, 10, 02, 2n, 05. e) Haploide, 05, 04, n, 20. f) 2n, 30, 04, n, 15.11/03/13 Professora Ionara 21
  22. 22. (UFMG) Indique a proposição que completa, de forma correta, a afirmativa abaixo: Por meiose, uma célula ________ com ________ cromossomos formará _______ células ­­­­­­­­­­­_________________, com _________ cromossomos cada uma. a) 2n, 20, 02, 2n, 20. b) Diploide, 10, 04, haploides, 05. c) Diploide, 46, 04, haploides, 23. d) n, 10, 02, 2n, 05. e) Haploide, 05, 04, n, 20. f) 2n, 30, 04, n, 15.11/03/13 Professora Ionara 22
  23. 23. •Se cruzarmos dois gatos, sendo ambos heterozigóticos (Aa), obteremos: a) Apenas indivíduos Aa; b) Indivíduos AA e aa, na proporção de 3:1, respectivamente; c) Indivíduos AA e aa, na proporção de 2:1, respectivamente; d) Indivíduos AA, Aa e aa, na proporção de 1:2:1, respectivamente.11/03/13 Professora Ionara 23
  24. 24. •Se cruzarmos dois gatos, sendo ambos heterozigóticos (Aa), obteremos: a) Apenas indivíduos Aa; b) Indivíduos AA e aa, na proporção de 3:1, respectivamente; c) Indivíduos AA e aa, na proporção de 2:1, respectivamente; d) Indivíduos AA, Aa e aa, na proporção de 1:2:1, respectivamente.11/03/13 Professora Ionara 24
  25. 25. (FUC-MT) Cruzando-se ervilhas verdes vv com ervilhas amarelas Vv, osdescendentes serão:a) 100% vv, verdes;b) 100% VV, amarelas;c) 50% Vv, amarelas; 50% vv, verdes;d) 25% Vv, amarelas; 50% vv, verdes; 25% VV, amarelas;e) 25% vv, verdes; 50% Vv, amarelas; 25% VV, verdes.11/03/13 Professora Ionara 25
  26. 26. (FUC-MT) Cruzando-se ervilhas verdes vv com ervilhas amarelas Vv, osdescendentes serão:a) 100% vv, verdes;b) 100% VV, amarelas;c) 50% Vv, amarelas; 50% vv, verdes;d) 25% Vv, amarelas; 50% vv, verdes; 25% VV, amarelas;e) 25% vv, verdes; 50% Vv, amarelas; 25% VV, verdes.11/03/13 Professora Ionara 26
  27. 27. Extensões da Genética Mendeliana11/03/13 Professora Ionara 27
  28. 28. •Mendel 1865 - Fundamentos básicos da hereditariedade, resultou na primeira esegunda Leis de Mendel.•Segundo as regras mendelianas clássicas, cada caráter seria governado por um genee cada gene teria dois alelos, um de efeito dominante e o outro recessivo. Na geraçãoF2, isso resultaria em uma proporção fenotípica clássica de 3:1. Por outro lado, sedois caracteres mendelianos fossem analisados em conjunto, na F2 isso resultaria emuma proporção fenotípica de (3:1)(3:1) = (9:3:3:1).•Novos estudos, espécies e caracteres foram sendo analisados, mostrando que asproporções mendelianas clássicas, bem como a forma de interaçãodominante/recessiva, poderiam não ser totalmente universais.• Extensão à genética mendeliana : padrões de herança que complementam aquelesque foram descobertos por Gergor Mendel.•Neste grupo, normalmente são estudados: (a) os padrões de dominância incompleta,codominância e sobredominância; (b) os genes letais; (c) o alelismo múltiplo; (d) ospadrões de interação gênica (com ou sem epistasia) e (e) a ligação gênica. 11/03/13 Professora Ionara 28
  29. 29. 11/03/13 Professora Ionara 29
  30. 30. Herança sem dominânciaco-dominânciaTRÊS GENÓTIPOS,TRÊS FENÓTIPOS Ambos os genes produzem seu efeito mesmo em dose única. O s heterozigotos terão características mistas, resultado da combinação da manifestação de ambos os genes. Os híbridos não se parecem com nenhum dos homozigotos. Eles apresentam um terceiro fenótipo! Não se usa letra minúscula para nenhum dos genes 11/03/13 Professora Ionara 30
  31. 31. 11/03/13 Professora Ionara 31
  32. 32. “Pedigrees”ou genealogias ou heredogramas11/03/13 Professora Ionara 32
  33. 33. Descobrindo o comportamentodos genes Pelos filhos se sabe os pais e vice - versa!11/03/13 Professora Ionara 33
  34. 34. Descobrindo o comportamentodos genes Pelos filhos se sabe os pais e vice - versa!O filho diferente dos pais. Recebeu dois genes que estavamnos pais e não mostravam seu efeito, ou seja, estes genes 11/03/13 Professora Ionara 34eram recessivos,e os pais eram heterozigotos.
  35. 35. Descobrindo o comportamentodos genes Pelos filhos se sabe os pais e vice - versa! A A a a aa A_ A_ A_O filho diferente dos pais. Recebeu dois genes que estavamnos pais e não mostravam seu efeito, ou seja, estes genes 11/03/13 Professora Ionara 35eram recessivos,e os pais eram heterozigotos.
  36. 36. E os filhos de fenótipo dominante? Aa Aa aa AA Ou A_ A_ Aa11/03/13 Professora Ionara 36
  37. 37. E os filhos de fenótipo dominante ? Aa Aa aa AA A_ (? ) A Os filhos iguais aos pais,(de fenótipo dominante), podem ser homozigotos ou heterozigotos , e isso só se poderá saber se11/03/13 tiverem filhos recessivos! eles Professora Ionara 37
  38. 38. E os filhos de fenótipo dominante ? Aa Aa aa Aa A_ (? ) A Os filhos iguais aos pais,(de fenótipo dominante), podem ser homozigotos ou heterozigotos , e isso só se poderá saber se11/03/13 tiverem filhos recessivos! eles Professora Ionara 38
  39. 39. I 1 2II 4 1 2 3 5 1 2 3III 11/03/13 Professora Ionara 39
  40. 40. Fenótipo =Genótipo =Alelos =Parental=Puros=Híbridos=F1 =F2 =Cruzamento teste = 11/03/13 Professora Ionara 40
  41. 41. Fenótipo = característica, manifestação do geneGenótipo = fatores = genes, par de alelos A, aAlelos = genes que ocupam a mesma posição em cromossomos homólogosParental= “Primeiro” casalPuros= homozigotos = Tem os dois alelos iguais , recebidosum do pai e um da mãeHíbridos= heterozigotos= Tem um gene diferente do outroF1 = filhos de P (resultado do primeiro cruzamento)F2 = filhos de F1 cruzados entre si ou auto- fecundadosCruzamento teste: cruzar um indivíduo de fenótipo dominanteA( ? ) e genótipo desconhecido com um homozigotorecessivo( aa) 11/03/13 Professora Ionara 41
  42. 42. Método ( quase ) infalível!!! )para resolver exercícios em genética: 1-Identificar os genótipos e fenótipos correspondentes - elabore uma tabela com os dados fornecidos pelo problema 2- Identificar o “casal” fenótipo ou genótipo. Use as pistas dadas no enunciado: como são os pais? Como são os filhos que já tiveram? 3-Descoberto o genótipo dos pais, determinar os gametas que produzem ( de dois tipos – A ou a - os heterozigotos, de um tipo só - homozigotos) 4-Montar o quadro de Punnet 5- Realizar os encontros gaméticos e formar os zigotos 6- Ler as proporções genotípicas no quadro. O total de possibilidades é quatro: ¼ de chance para cada encontro! 11/03/13 Professora Ionara 42
  43. 43. Saiba mais:A (primeira) descoberta do DNA. Por Alysson Muotri no portal G1. O texto podeser acessado no endereço: http://g1.globo.com/platb/espiral/2008/08/29/a-primeira-descoberta-do-dna. Traz interessante esquema “caseiro” para isolarDNA.A descoberta da estrutura do DNA. Por Lúcia Ortiz na revista ComCiência. Otexto pode ser acessado no endereço:www.comciencia.br/reportagens/genetico/gen09.shtml. Traz um quadro com acronologia das principais descobertas da área de genética.Andrew Simpson – bioquímico diz que genoma humano está ajudando adesenvolver um novo leque de terapias. Por Marcos Pivetta na revista PesquisaFAPESP on line. O texto pode ser acessado em:www.revistapesquisa.fapesp.br/?art=3591&bd=1&pg=1&lg= 11/03/13 Professora Ionara 43

×