Successfully reported this slideshow.
Your SlideShare is downloading. ×

Controle de pragas em granjas avícolas

Ad
Ad
Ad
Ad
Ad
Ad
Ad
Ad
Ad
Ad
Loading in …3
×

Check these out next

1 of 39 Ad

Controle de pragas em granjas avícolas

Download to read offline

controle de pragas em granjas avícolas, pragas, controle, manejo ecológico, granjas, aves, salmonela, identificação, análise, bactérias, nutrição, saúde.

controle de pragas em granjas avícolas, pragas, controle, manejo ecológico, granjas, aves, salmonela, identificação, análise, bactérias, nutrição, saúde.

Advertisement
Advertisement

More Related Content

Advertisement

Controle de pragas em granjas avícolas

  1. 1. CONTROLE DE PRAGAS ASSOCIADAS EM GRANJAS AVÍCOLAS Eng. Agro. Dr. Marcel Tanzini www.biomax-mep.com.br (19) 3124 3600
  2. 2. CONTROLE DE PRAGAS ASSOCIADAS EM GRANJAS AVÍCULAS INTRODUÇÃO EExxpplloorraaççããoo ddee rreeccuurrssooss aalliimmeennttaarreess AAssssoocciiaaççããoo ccoomm iinnsseettooss ee rrooeeddoorreess SSOOCCIIEEDDAADDEE UURRBBAANNIIZZAADDAA MMOODDEERRNNAA www.biomax-mep.com.br (19) 3124 3600 ((ccoonncceennttrraaççããoo ddaa ppooppuullaaççããoo))
  3. 3. CONTROLE DE PRAGAS ASSOCIADAS EM GRANJAS AVÍCULAS TENDÊNCIA MUNDIAL PARA O CONSUMO DE CARNE DE AVES EXIGÊNCIAS ALIMENTARES www.biomax-mep.com.br (19) 3124 3600 DO CONSUMIDOR MODERNO: qualidade - segurança - preço
  4. 4. CONTROLE DE PRAGAS ASSOCIADAS EM GRANJAS AVÍCULAS TENDÊNCIA MUNDIAL PARA O CONSUMO DE CARNE DE AVES • Ausência de patógenos humanos - Salmonella. • Redução de resíduos químicos - antibióticos. • Produtos mais saudáveis, com menor risco ao consumidor. www.biomax-mep.com.br (19) 3124 3600
  5. 5. CONTROLE DE PRAGAS ASSOCIADAS EM GRANJAS AVÍCULAS PERIGOS EM ALIMENTOS www.biomax-mep.com.br (19) 3124 3600
  6. 6. CONTROLE DE PRAGAS ASSOCIADAS EM GRANJAS AVÍCULAS PERIGOS BIOLÓGICOS CAUSADOS POR MICROORGANISMOS PATOGÊNICOS VOCÊ NÃO OS VÊ, MAS ELES PODEM ESTAR PRESENTES!!! www.biomax-mep.com.br (19) 3124 3600
  7. 7. CONTROLE DE PRAGAS ASSOCIADAS EM GRANJAS AVÍCULAS BACTÉRIAS • Salmonella spp. • Pseudomonas spp. • Aeromonas spp. • Clostridium • Escherichia Gram. negativas • Lactobacillus spp. • Bacillus spp. • Staphylococcus spp. • Streptococcus spp. Gram. positivas www.biomax-mep.com.br (19) 3124 3600
  8. 8. CONTROLE DE PRAGAS ASSOCIADAS EM GRANJAS AVÍCULAS www.biomax-mep.com.br (19) 3124 3600
  9. 9. CONTROLE DE PRAGAS ASSOCIADAS EM GRANJAS AVÍCULAS CONSEQUÊNCIAS DOS PERIGOS EM ALIMENTOS Para os Consumidores: • Lesões • Doenças • Morte Para a Empresa: • Perda de clientes • Divulgação pela mídia • Prejuízo por perda do produto • Custos hospitalares • Custos com processos, multas e indenizações • Fechamento da empresa www.biomax-mep.com.br (19) 3124 3600
  10. 10. CONTROLE DE PRAGAS ASSOCIADAS EM GRANJAS AVÍCULAS POSSÍVEIS CONTACTANTES Animais silvestres (roedores, macacos e etc...) Animais sinantrópicos (roedores, morcegos e pombos) www.biomax-mep.com.br (19) 3124 3600
  11. 11. CONTROLE DE PRAGAS ASSOCIADAS EM GRANJAS AVÍCULAS SALMONELOSES AVIÁRIAS • TIFO • PULOROS E • PARATIFO Salmonella Gallinarum Salmonella Pullorum Salmonella spp. www.biomax-mep.com.br (19) 3124 3600 S. Enteritidis S. Typhimurium
  12. 12. CONTROLE DE PRAGAS ASSOCIADAS EM GRANJAS AVÍCULAS CICLO DE TRANSMIÇÃO - SALMONELOSE www.biomax-mep.com.br (19) 3124 3600
  13. 13. CONTROLE DE PRAGAS ASSOCIADAS EM GRANJAS AVÍCULAS FONTES DE CONTAMINAÇÃO – S. Enteritidis www.biomax-mep.com.br (19) 3124 3600
  14. 14. CONTROLE DE PRAGAS ASSOCIADAS EM GRANJAS AVÍCULAS SALMONELOSE - TRANSMISSÃO Transovariana Casca do ovo Incubatório Ração www.biomax-mep.com.br (19) 3124 3600 Aves Silvestres Roedores
  15. 15. CONTROLE DE PRAGAS ASSOCIADAS EM GRANJAS AVÍCULAS ROEDORES Três tornaram-se sinantrópicas. São elas: o pequeno camundongo (Musmusculus), o ágil rato preto (Rattus rattus) e a poderosa ratazana (Rattus norvegicus). www.biomax-mep.com.br (19) 3124 3600
  16. 16. CONTROLE DE PRAGAS ASSOCIADAS EM GRANJAS AVÍCULAS ROEDORES - INTRODUÇÃO • Um único casal pode, ao longo de três anos, gerar até 20 milhões de descendentes. • Uma das características dos roedores é a presença de dentes incisivos • Estudos indicam que cerca de 25% dos incêndios classificados como "de causas desconhecidas" são provocados por roedores. • Cada roedor pode ingerir diariamente cerca de 10% de seu peso corporal em alimentos. Além disso, por meio de seus pelos, fezes e urina, estraga e contamina cinco vezes a mesma quantidade. www.biomax-mep.com.br (19) 3124 3600
  17. 17. CONTROLE DE PRAGAS ASSOCIADAS EM GRANJAS AVÍCULAS ROEDORES • Cerca de 32 doenças podem ser transmitidas. • Roedores silvestres que vivam nas cercanias da granja, podem aproximar-se e ali buscar alimento farto e fácil representado pela ração das aves. • Na prática, entram à noite, alimentam-se e retiram se em seguida, retornando à segurança de suas tocas. www.biomax-mep.com.br (19) 3124 3600
  18. 18. CONTROLE DE PRAGAS ASSOCIADAS EM GRANJAS AVÍCULAS SENTIDOS Os sentidos dos roedores são muito bem desenvolvidos com exceção da visão que é fraca. www.biomax-mep.com.br (19) 3124 3600
  19. 19. CONTROLE DE PRAGAS ASSOCIADAS EM GRANJAS AVÍCULAS REPRODUÇÃO Camundongo Ratazana Maturidade (Dias) 45-60 40-60 Gestação 22 19 Indivíduos/Cria 8-12 4-7 Crias/ano 4-7 8 Número de 20 30-35 Fêmeas / ano www.biomax-mep.com.br (19) 3124 3600
  20. 20. CONTROLE DE PRAGAS ASSOCIADAS EM GRANJAS AVÍCULAS EM UM ANO UM ROEDOR PRODUZ: • Defecações – 18.000 a 36.500 (Ratazana) • 6 litros de urina • Perde 300.000 pêlos www.biomax-mep.com.br (19) 3124 3600
  21. 21. CONTROLE DE PRAGAS ASSOCIADAS EM GRANJAS AVÍCULAS ASPECTOS COMPORTAMENTAIS www.biomax-mep.com.br (19) 3124 3600
  22. 22. CONTROLE DE PRAGAS ASSOCIADAS EM GRANJAS AVÍCULAS ASPECTOS COMPORTAMENTAIS www.biomax-mep.com.br (19) 3124 3600
  23. 23. CONTROLE DE PRAGAS ASSOCIADAS EM GRANJAS AVÍCULAS ESTRUTURA SOCIAL • Sociedade gregária dividida em grupos: Grupo Alfa (machos dominantes) Grupo Beta (fêmeas reprodutoras) Grupo Gama (jovens, velhos e enfermos) www.biomax-mep.com.br (19) 3124 3600
  24. 24. CONTROLE DE PRAGAS ASSOCIADAS EM GRANJAS AVÍCULAS DOENÇAS EM HUMANOS www.biomax-mep.com.br (19) 3124 3600
  25. 25. CONTROLE DE PRAGAS ASSOCIADAS EM GRANJAS AVÍCULAS www.biomax-mep.com.br (19) 3124 3600
  26. 26. CONTROLE DE PRAGAS ASSOCIADAS EM GRANJAS AVÍCULAS FORMAS DE CONTROLE www.biomax-mep.com.br (19) 3124 3600
  27. 27. CONTROLE DE PRAGAS ASSOCIADAS EM GRANJAS AVÍCULAS FORMAS DE CONTROLE www.biomax-mep.com.br (19) 3124 3600
  28. 28. CONTROLE DE PRAGAS ASSOCIADAS EM GRANJAS AVÍCULAS MEDIDAS PREVENTIVAS O entorno •As áreas que circundam cada galpão não devem ter cobertura de vegetação, especialmente grama ou capim alto, que podem acobertar tocas e a movimentação dos roedores. Os alambrados •< 2 cm. •pode-se fixar em angulação de 45o com o piso, ao longo da mureta, na interface entre a alvenaria e o alambrado, uma defensa metálica em forma de placa contínua de no mínimo 40 cm de largura, cujo bordo fique a não menos de 50 cm do solo. www.biomax-mep.com.br (19) 3124 3600
  29. 29. CONTROLE DE PRAGAS ASSOCIADAS EM GRANJAS AVÍCULAS MEDIDAS PREVENTIVAS www.biomax-mep.com.br (19) 3124 3600
  30. 30. CONTROLE DE PRAGAS ASSOCIADAS EM GRANJAS AVÍCULAS MEDIDAS PREVENTIVAS A mureta circundante •Em forma de T invertido, com no mínimo 30 cm de largura E tem que ser de concreto, já que os roedores são capazes de roer a alvenaria simples. Os drenos •Os canais e drenos que escoam as águas de chuva e de lavagem dos galpões, podem servir como rotas de acesso aos roedores invasores. Devem, portanto, receber grades basculantes especiais que impeçam a passagem de roedores invasores, mas deixem escoar a água e detritos. www.biomax-mep.com.br (19) 3124 3600
  31. 31. CONTROLE DE PRAGAS ASSOCIADAS EM GRANJAS AVÍCULAS MEDIDAS PREVENTIVAS Os Silos •Devem ser metálicos e completamente fechados para evitar que os roedores acessem a ração que garantirá sua sobrevivência. Um prática recomendável é recolher totalmente eventuais restos de grãos ou de ração que tenham caído ao solo durante as operações de carga e descarga dos silos. www.biomax-mep.com.br (19) 3124 3600
  32. 32. CONTROLE DE PRAGAS ASSOCIADAS EM GRANJAS AVÍCULAS MEDIDAS PREVENTIVAS www.biomax-mep.com.br (19) 3124 3600
  33. 33. CONTROLE DE PRAGAS ASSOCIADAS EM GRANJAS AVÍCULAS www.biomax-mep.com.br (19) 3124 3600
  34. 34. CONTROLE DE PRAGAS ASSOCIADAS EM GRANJAS AVÍCULAS POMBOS Hábitos: Origem européia, alimentam-se de grãos, sementes e até de lixo. Além das fornecidas por pessoas em praças, parques, residências etc. Ciclo de vida: 3 a 5 anos, e 4 a 6 ninhadas por ano. Importância: criptococose, histoplasmose, ornitose (fezes seca). Salmonelose e ácaros. Medidas preventivas: umedecer as fezes antes de removê-las e usar máscaras. Proteger os alimentos e não alimentá-los. www.biomax-mep.com.br (19) 3124 3600
  35. 35. CONTROLE DE PRAGAS ASSOCIADAS EM GRANJAS AVÍCULAS www.biomax-mep.com.br (19) 3124 3600
  36. 36. CONTROLE DE PRAGAS ASSOCIADAS EM GRANJAS AVÍCULAS www.biomax-mep.com.br (19) 3124 3600
  37. 37. CONTROLE DE PRAGAS ASSOCIADAS EM GRANJAS AVÍCULAS COMO SURGEM AS PRAGAS? Tempo População www.biomax-mep.com.br (19) 3124 3600 -Alimento -Água -Abrigo - Inimigos na-turais -Alimento -Água -Abrigo
  38. 38. Esgotos Resíduos Resíduos de alimentos Esgo-tos Resíduos Resíduos de alimentos Alimento, Água, Abrigo e Acesso CONTROLE DE PRAGAS ASSOCIADAS EM GRANJAS AVÍCULAS www.biomax-mep.com.br (19) 3124 3600
  39. 39. CONTROLE DE PRAGAS ASSOCIADAS EM GRANJAS AVÍCULAS MUITO OBRIGADO PELA ATENÇÃO! biomax@biomax-mep.com.br (19) 3414-2674 www.biomax-mep.com.br (19) 3124 3600

×