BICBANCO - Apresentação Institucional - Junho 2009

726 views

Published on

Apresentação Institucional - Junho 2009

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
726
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3
Actions
Shares
0
Downloads
6
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

BICBANCO - Apresentação Institucional - Junho 2009

  1. 1. Junho 2009 Institucional Apresentação Administração Central Avenida Paulista nº 1048 11º andar 01310 100 São Paulo/SP – Brasil Tel.: (11) 2173-9190 relacoes.investidores@bicbanco.com.br www.bicbanco.com.brApres_Inst_Novo CAPA.indd 1 12.08.09 11:50:53
  2. 2. SumárioPerfil 1Informações Financeiras 7Características Operacionais 13Governança Corporativa 25Contatos 29
  3. 3. Perfil Agência Blumenau – SC
  4. 4. Perfil F undado em 1938, o BICBANCO é um dos A especialidade bancos privados mais antigos do Brasil; do BICBANCO é É controlado pelo Grupo Financeiro Bezerra conceder crédito de Menezes desde a sua fundação; às empresas de médio e grande F oi um banco regional até os anos 80; a partir de então, passou a operar em escala nacional; portes. Adota as melhores práticas de Governança Corporativa; E m outubro de 2007, o Banco concluiu o processo de abertura de capital (IPO), com ações negociadas na Bovespa; É o 5º maior Banco de capital nacional privado por operações de crédito*.* (Fonte: BACEN – março/2009). 1
  5. 5. Principais Números Jun/2009As Operações Operações de Crédito R$ 7,4 bilhõesde Créditocorrespondem a Ativos Totais R$ 10,0 bilhões74% dos ativos Captação Total R$ 7,1 bilhõesdo Banco. Patrimônio Líquido R$ 1,7 bilhão Lucro Líquido do semestre R$ 156,3 milhões ROAE* 19,3% Índice de Basileia 18,4% *Retorno sobre o PL médio anualizado. 2
  6. 6. Posicionamento no Sistema Financeiro Ranking por Operações de Crédito* – R$ milhões Ranking Bancos Bancos Nacionais Crédito + Instituição Bancos Geral Privados Privados Leasing(*) 1 Banco do Brasil 220.531 Privados 2 1 1 Itaú-Unibanco 173.214 3 2 2 Bradesco 139.500 Nacionais 4 3 Santander 115.503 5 Caixa Econômica Federal 89.210Operações de Crédito 5º 6 4 3 Votorantim 35.882 7 5 HSBC 31.689Ativos Totais 7º 8 6 4 Safra 14.251 9 Banrisul 11.237 10 7 Citibank 10.299Depósitos Totais 6º 11 Banco do Nordeste do Brasil 6.830 12 8 5 BICBANCO 6.245Patrimônio Líquido 7º 13 9 6 Alfa 5.550 14 10 BNP Paribas 5.388Lucro Líquido 5º 15 11 7 BMG 4.283 16 12 ABC-Brasil 4.045 17 13 Credit Suisse 3.890 18 14 8 Mercantil do Brasil 3.886 19 15 9 Panamericano 3.416 20 16 10 Banco Cooperativo Sicredi 3.202 21 17 Ibibank 3.099 22 18 Société Generale 2.984 23 19 11 Daycoval 2.970 24 20 12 Fibra 2.884 25 Banco de Brasília 2.794 26 21 Rabobank 2.753 27 Banestes 2.692 28 22 13 Pine 2.346(*) Não inclui ACC. 29 23 14 Sofisa 2.046Fonte: BACEN, data-base mar/2009. 30 24 John Deere 1.905 3
  7. 7. Pontos de Atendimento Cidade Ponto de Atendimento AL Maceió Maceió BA Salvador Salvador Aldeota Fortaleza Bezerra CE Centro Juazeiro do Norte Juazeiro do Norte DF Brasília Brasília GO Goiânia Goiânia MA São Luís São Luís Belo Horizonte Belo Horizonte MG Minas Gerais Uberlândia Uberlândia MT Cuiabá Cuiabá PB João Pessoa João Pessoa PE Recife Recife PI Teresina Teresina Curitiba Curitiba PR Londrina Londrina Assembleia RJ Rio de Janeiro Rio de Janeiro RN Natal Presente nas principais Porto Alegre Natal Carlos Gomes RScapitais e cidades do País. Caxias do Sul Porto Alegre Caxias do Sul Blumenau Blumenau SC Florianópolis Florianópolis No Brasil: SE Aracaju Aracaju Campinas Campinas 36 pontos de atendimento. Guarulhos Guarulhos Santo André ABC Santos Santos Em Grand Cayman: SP Augusta São Paulo Berrini 1 agência. Masp Paulista Ribeirão Preto Ribeirão Preto 4
  8. 8. Ratings Data do Data da Rating/ Âmbito/Classificação Balanço Publicação Índice Analisado do Rating O Banco é Escala Global – epósitos D avaliado por Ba2/Ba1 – Moeda estrangeira/local Escala nacional seis Agências 31/12/2008Moody´s Aa2.br – epósitos D 02/03/2009 de Rating, – Longo prazo BR-1 – Curto prazo três delas Estável Perspectiva internacionais Escala Global (Rating de contraparte) – Moeda estrangeira/local (Moody´s,Standard BB- – Longo prazo Poor’s B – Curto prazo 31/03/2009 24/06/2009 Standard brA- Estável Escala Nacional Perspectiva Poor’s e Fitch). Escala Nacional A-(bra) – Longo prazoFitch Ratings 31/03/2009 21/05/2009 F2(bra) – Curto prazo Estável PerspectivaAustin Rating A+ Escala nacional de longo prazo 31/12/2008 19/03/2009LF Rating A+ Moeda nacional 31/03/2009 13/07/2009RISKbank 10,26 Baixo risco para médio prazo (-) 31/03/2009 Julho/2009 5
  9. 9. Vantagens CompetitivasE xpertise e credibilidade acumulados ao longo de 70 anoscom foco no segmento de Middle Market;F orte capacidade de originação de operações de crédito e potencialcrescimento com os recursos atualmente existentes;A gilidade na percepção das oportunidades, na análisede risco e na aprovação de créditos;Intensidade de relacionamento com seus clientes;Estrutura tecnológica customizada e eficiente;Pulverização dos riscos; eC omprometimento com as melhores práticasde Governança Corporativa e controles internos. 6
  10. 10. InformaçõesFinanceiras Agência Paulista – SP
  11. 11. Destaques do 1º Semestre de 2009Lucro Líquido e rentabilidade Depósitos a Prazo – (R$ milhões) +12,0% 156,3 3.724 3.325+10,3% 74,3 82,0 21,0 19,0 19,3 1T09 2T09 1S09 1T09 2T09 Trimestres Semestre Lucro Líquido (R$ milhões) ROAE (%)A despeito da crise econômica mundial, o Lucro Líquido A recuperação da liquidez domésticado semestre atingiu R$ 156,3 milhões. A rentabilidade está refletida no crescimento da captaçãosobre o Patrimônio Líquido atingiu 19,3% no semestre. dos Depósitos a Prazo que atingiramDestaca-se o movimento de evolução entre os trimestres: R$ 3,7 bilhões no final de junho 2009,o resultado obtido no segundo trimestre de 2009 de montante 12,0% superior ao finalR$ 82,0 milhões superou em 10,3% o anterior. de março de 2009 (sem impacto do DPGE). 7
  12. 12. Carteira de CréditoR$ milhões 96% dos 8.066 créditos são 7.618 6% 5% 7.370 direcionados a 4% 21% 24% empresas. 21% 4.434 10% 25% 73% 71% 75% 65% dez/06 dez/07 dez/08 jun/09 Créditos corporativos em Reais Trade Finance Crédito Consignado 8
  13. 13. Carteira de Crédito por Produto – Junho 2009 % da Jun/09 Carteira Carteira comercial (capital de giro, contas garantidas, leasing, 95,8% Crédito cheque empresarial) 5.499,0 74,6% Corporativo Trade finance (ACC, financiamento à importação e exportação) 1.560,3 21,2% Crédito consignado 310,5 4,2% 4,2% Crédito Pessoal Total 7.369,8 100,0%O Crédito Corporativo representa cerca de 96% das operações. 9
  14. 14. Captação TotalR$ milhões A captação total apresenta- 8.829 se diversificada 23% e adequada 7.137 6.936 ao perfil da 16% 26% 22% Carteira de 4.596 22% 17% Crédito, tanto 21% em volumes 23% 51% quanto em 62% 61% 56% prazos. dez/06 dez/07 dez/08 jun/09Captações em Reais - principalmente CDB´sCaptações para Trade FinanceCaptações em Moeda Estrangeira 10
  15. 15. PatrimônioR$ milhões O PL mantém nível apreciável, 1.685 1.698 mesmo com 1.563 importantes distribuições de lucros e recompras de ações. 527dez/06 dez/07 dez/08 jun/09 11
  16. 16. Lucro LíquidoR$ milhões O Índice de 320,5 retorno não foi afetado pela crise. 181,9 156,3 104,1 20,2 19,7 19,3 18,7dez/06 dez/07 dez/08 jun/09 (12 meses) (6 meses)Lucro LíquidoROAE (%) – Rentabilidade sobre opatrimônio líquido médio anualizada 12
  17. 17. CaracterísticasOperacionais Agência Aracaju – SE
  18. 18. Descrição do NegócioF ornecimento de produtos e serviços bancáriosa empresas de portes médio e grande;B ase principal da formação de receitas:margens advindas da atividade de crédito;P articipação ativa e tradicional no Comércio Exterior;A Tesouraria atua, em complemento à atividade creditícia,para servir aos clientes em suas demandas de hedges e,em menor escala, na administração de posições proprietárias. 13
  19. 19. Características Operacionais Os objetivos da Instituição e sua sustentabilidade dão ênfase à pulverização de riscos e à diversificação das fontes de recursos. 14
  20. 20. Diversidade Das regiões geográficas cobertas – % – Jun/09 A dispersão regional das 0–5 13 – 22 Operações de Crédito do Banco apresenta proporções semelhantes à distribuição 13 – 9 57 – 46 do PIB. Cayman – 3 16 – 16BICBANCO – Operações de crédito – %PIB – %Fonte: IBGE – 2006. 15
  21. 21. DiversidadeDos segmentos econômicos atendidos – %Jun/09 47,3% Indústria 30,6% Serviços 10,5% Comércio 5,6% Pessoa física 2,6% Setor público 2,1% Agricultura 1,3% Intermediários financeiros 16
  22. 22. DiversidadeDos produtos oferecidos – %Jun/09 54,9% Capital de giro 21,2% rade Finance T (ACC, Financiamento à importação e Financiamento à exportação) 10,7% Contas garantidas 4,2% Crédito consignado 2,0% Financiamentos Agrícolas 1,9% Arrendamento Mercantil 0,8% Cheque Empresarial 4,3% Outros créditos (Resolução 2770, Compror, Vendor, etc.) 17
  23. 23. Pulverização dos Principais Riscos A política deJun/09 % da Carteira pulverização de Crédito da carteira de Maior risco 2,7 crédito se traduz em não haver 10 Maiores riscos 11,3 concentração de 20 Maiores riscos 16,7 risco, tanto para um único cliente, quanto para um pequeno número de clientes. 18
  24. 24. Vencimento das Operações de CréditoJun/09 Predomínio das1,2% 0,7% 1,6% 2,1% operações de 16,7% curto prazo. 20,6% 19,6% 22,6% Cerca de 75% dos créditos 33,1% 41,7% 37,7% 38,5% possuem vencimentos inferiores a um 40,4% 41,0% 45,7% ano. 36,8% Historicamentedez/06 dez/07 dez/08 jun/09 é bastante baixaAté 3 meses a inadimplênciaDe 3 meses a 1 ano da carteira.Acima de 1 anoVencidos a partir de 15 dias 19
  25. 25. Origens da Captação Jun/09 Os CDBs representam a Captação total – R$ 7.137,1 milhões modalidade de funding mais expressiva. 52,2% Depósito a prazo 17,5% brigações por empréstimos O no exterior Em Junho/09 11,0% Emissões de títulos no exterior 6,7% Outros depósitos os CDBs (à vista, poupança e interfinanceiros) atingiram 5,4% Obrigações por repasses (Exterior + BNDES) R$ 3,7 bilhões. 3,3% Dívida Subordinada 2,8% FIDC 1,1% Debêntures 20
  26. 26. Depósitos por Tipo de ClienteSobre depósitos a prazo – % Os depósitos do Banco provêemJun/09 de uma base tradicional de clientes e 64,6% Pessoas jurídicas mantêm uma 18,8% essoas físicas P 15,5% Investidores institucionais diversidade 1,1% Instituições financeiras equilibrada de origens. 21
  27. 27. Caixa LivreR$ milhões O Banco Jun/08 Dez/08 Jun/09 mantém Caixa e títulos de alta liquidez 946 1.964 1.596 um volume confortável de recursos de alta liquidez, em função das necessidades sugeridas pelo cenário econômico. 22
  28. 28. Acesso ao Mercado InternacionalL inhas para Comércio Exterior: 43 bancos internacionaisconcedem mais de US$ 600 milhões;E mpréstimos e garantias concedidas por Instituições Multilaterais –IFC, BID e IIC em valores superiores a US$ 370 milhões;C D/Short-Term Notes Program através da Agência de GrandCayman com emissões permanentes;M edium-Term Notes Program de US$ 1 bilhão,com mais de US$ 330 milhões outstanding;E missão de Dívida Subordinada de US$ 120 milhões em 2006com prazo de dez anos. Esta modalidade representa uma extensãodo capital, de acordo com o Banco Central. 23
  29. 29. 24
  30. 30. GovernançaCorporativa
  31. 31. Missão, Visão e ValoresMissão InstitucionalDesenvolver uma atividade financeira que, ao mesmo tempo e de forma integrada, maximize oretorno dos Acionistas, garanta um crescimento consistente e sadio da Instituição e valorize aComunidade em que está inserida.VisãoComo corolário do cumprimento de sua Missão, a Instituição ambiciona ter seus Colaboradoresreconhecidos pelos Clientes e pelo Mercado como a melhor equipe de profissionais emprodutos e serviços financeiros voltados para o Middle Market.Valores Respeito aos Colaboradores; Conformidade às normas da Instituição; Reconhecimento do desempenho; Incentivo ao trabalho em equipe; Promoção da Transparência; Ênfase na Integridade das ações; Incentivo à inserção ativa no ambiente financeiro; Responsabilidade Social perante a Comunidade. 26
  32. 32. Compromissos Transparência sistemática; S istema moderno e completo de Gestão de Riscos; Ê nfase nos procedimentos de Responsabilidade Socioambiental;Governança C onstituição de um modelo de Sustentabilidade;Corporativa É tica empresarial; A desão ao Nível I de Governança Corporativa da BOVESPA; 00% de tag-along para ações preferenciais. 1 27
  33. 33. ReconhecimentosC onjuntura Econômica – Fundação Getúlio Vargas/IBREA Revista Conjuntura Econômica e o Instituto Brasileiro de Economia– IBRE da Fundação Getúlio Vargas, em seu anuário “Melhorese Maiores Conglomerados Financeiros do País”, considerou oBICBANCO na categoria médios e pequenos Bancos como: “O maior Banco por Operações de Crédito” “O maior por Lucro Líquido” 28
  34. 34. SustentabilidadeS ustentabilidade é prover o melhor para as pessoas e para oambiente, tanto agora como no futuro;C ada ação, cada escolha, cada atitude, individual e coletiva deveter a consciência de que outras áreas são atingidas; você ambiental financeiro socialO símbolo representa a iniciativa individual repercurtindo nosnegócios, no ambiente e na sociedade. 25
  35. 35. Contatos Agência Goiania – GO Goiânia
  36. 36. Contatos RELAÇÕES COM INVESTIDORES CEARÁ – CE PIAUÍ – PIrelacoes.investidores@bicbanco.com.br Fortaleza TeresinaTel. (11) 2173-9190 • ag.aldeota@bicbanco.com.br • ag.teresina@bicbanco.com.br PABX: (85) 3304-8400 PABX: (86) 2107-2355 MESA DE OPERAÇÕES • ag.bezerrademenezes@bicbanco.com.br(Tesouraria, Câmbio e Captações) PABX: (85) 3304-8300 MATO GROSSO – MTTel. (11) 2173-9290 • ag.centro@bicbanco.com.br Cuiabá PABX: (85) 3304-8200 • ag.cuiaba@bicbanco.com.br PONTOS DE ATENDIMENTO PABX: (65) 2123-5100 Juazeiro do Norte ALAGOAS – AL • ag.juazeiro@bicbanco.com.br MARANHÃO – MAMaceió PABX: (88) 2101-8000 São Luis• ag.maceio@bicbanco.com.br • ag.saoluis@bicbanco.com.brPABX: (82) 2123-8450 DISTRITO FEDERAL – DF PABX: (98) 3334-6100 • ag.brasilia@bicbanco.com.br BAHIA – BA PABX: (61) 2107-3100 MINAS GERAIS – MGSalvador Belo Horizonte• ag.salvador@bicbanco.com.br GOIÁS – GO • ag.belohorizonte@bicbanco.com.brPABX: (71) 2101-0199 Goiânia PABX: (31) 2108-3700 • ag.goiania@bicbanco.com.br • ag.minasgerais@bicbanco.com.br PABX: (62) 2765-7700 PABX: (31) 2108-3700 PARAÍBA – PB Uberlândia João Pessoa • ag.uberlandia@bicbanco.com.br • ag. joaopessoa@bicbanco.com.br PABX: (34) 3303-5000 PABX: (83) 3515-5200 29
  37. 37. Contatos PARANÁ – PR RIO GRANDE DO SUL – RS Santo AndréCuritiba Porto Alegre • ag.abc@bicbanco.com.br• ag.curitiba@bicbanco.com.br • ag.carlosgomes@bicbanco.com.br PABX: (11) 2168-0700PABX: (41) 2107-9550 PABX: (51) 2129-3199 • ag.portoalegre@bicbanco.com.br SantosLondrina PABX: (51) 2129-3199 • ag.santos@bicbanco.com.br• ag.londrina@bicbanco.com.br PABX: (13) 4009-0166PABX: (43) 2101-7800 Caxias do Sul • ag.caxiasdosul@bicbanco.com.br São Paulo PERNAMBUCO – PE PABX: (54) 4009-3000 • ag.augusta@bicbanco.com.brRecife PABX: (11) 2169-0949• ag.recife@bicbanco.com.br SANTA CATARINA – SC • ag.berrini@bicbanco.com.brPABX: (81) 2119-3050 Blumenau PABX: (11) 2167-0999 • ag.blumenau@bicbanco.com.br • ag.masp@bicbanco.com.br RIO DE JANEIRO – RJ PABX: (47) 2102-9000 PABX: (11) 2169-0955Rio de Janeiro • ag.paulista@bicbanco.com.br• ag.riodejaneiro@bicbanco.com.br Florianópolis PABX: (11) 2167-0900PABX: (21) 2157-0600 • ag.florianopolis@bicbanco.com.br• ag.assembleia@bicbanco.com.br PABX: (48) 3205-2000 Ribeirão PretoPABX: (21) 2157-0600 • ag.ribeiraopreto@bicbanco.com.br SÃO PAULO – SP PABX: (16) 2111-0100 RIO GRANDE DO NORTE – RN CampinasNatal • ag.campinas@bicbanco.com.br SERGIPE – SE• ag.natal@bicbanco.com.br PABX: (19) 2116-9400 AracajuPABX: (84) 4009-6868 • ag.aracaju@bicbanco.com.br Guarulhos PABX: (79) 3045-2300 • ag.guarulhos@bicbanco.com.br PABX: (11) 2179-9500 30
  38. 38. Junho 2009 Institucional Apresentação Administração Central Avenida Paulista nº 1048 11º andar 01310 100 São Paulo/SP – Brasil Tel.: (11) 2173-9190 relacoes.investidores@bicbanco.com.br www.bicbanco.com.brApres_Inst_Novo CAPA.indd 1 12.08.09 11:50:53

×