Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.
Simplificação do uso de                                           Uso do hífen    maiúsculas e minúsculas                 ...
Topónimos de origem estrangeira (nomes              Andei a passear pelo Gerês.                                          ...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Acordo ortográfico - o que mudou?

2,050 views

Published on

Published in: Education
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Acordo ortográfico - o que mudou?

  1. 1. Simplificação do uso de Uso do hífen maiúsculas e minúsculas Em compostos quePassam a escrever-se com letra designam espéciesminúscula: zoológicas ou botânicas: Meses do ano (setembro…); couve-flor, galinha-da- Estações do ano (outono…); índia; Pontos cardeais (norte…); Com os prefixos circum- Pontos colaterais (nordeste…); e pan-, quando o Pontos subcolaterais (nor-noroeste…) segundo elemento Exceto se estes nomes começa por vogal, h, m ou n: Acordo Ortográfico corresponderem a uma região e não circum-navegação, pan-africano; forem usados no seu valor absoluto Com os prefixos hiper-, inter- e super-, (Vivo no Sul) ou se usarem as quando o segundo elemento começa correspondentes abreviaturas (A Finlândia é um país do Norte). por r: hiper-realista, super-resistente; O que mudou? Com os prefixos pós-, pré- e pró-: pós-graduação, pré-fabricação, …; Supressão do hífen Quando o segundo elemento começa Nos compostos em que se perdeu a pela mesma vogal com que termina o noção de composição: paraquedas; prefixo: infra-axilar, micro-ondas. Quando o prefixo termina em vogal e o Nas palavras formadas por prefixos ou segundo elemento começa por r ou s, falsos prefixos quando o segundo duplicando-se a consoante: elemento começa por h: contrarrelógio; anti-histamínico. Quando o prefixo termina em vogal e o segundo elemento começa com uma Biblioteca do Agrupamento Vale de Ovil vogal diferente: autoestrada, e extraescolar; Grupo de Português Com o prefixo co-, mesmo quando o segundo elemento começa com o: Casa de Chavães coocorrência; Rua Dra. Emília Silva Na maior parte das locuções: cartão de 4640-383 S. João de Ovil - Baião visita; fim de semana; Telefone: 255 542 446 Nas formas monossilábicas do presente do indicativo do verbo haver com a biblioteca.ebsbaiao@sapo.pt preposição de: hei de, hás de, há de, heis http://biblioteca-baiao.blogs.sapo.pt de; hão de. http://bibliotecaebsbaiao.webnode.com http://www.facebook.com/biblioteca.vale.de.ovil Imagem disponível em http://pt.wikipedia.org/wiki/Ficheiro:Acordo_ortogr%C3%A1fico.png
  2. 2. Topónimos de origem estrangeira (nomes  Andei a passear pelo Gerês. próprios de lugares, cidades, países – Malawi, Yorkshire); Uso facultativo do acento nas formas verbais terminadas em -ámos do pretérito perfeito do indicativo na 1ª pessoa do Acordo plural (amámos ou amamos), na forma verbal grave do presente do conjuntivo do Ortográfico Siglas, símbolos e unidades de medida verbo dar (dêmos ou demos) e no nome internacionais (Kg - quilograma, Km – feminino forma com sentido de molde quilómetro, W.C. – water closet); (fôrma ou forma). Mudam-se os tempos, mudam-se as vontades, Supressão das sequências Muda-se o ser, muda-se a confiança; Estrangeirismos (palavras de origem consonânticas Todo o Mundo é composto de mudança, As consoantes mudas ou não articuladas estrangeira de uso corrente - Halloween, Tomando sempre novas qualidades yoga). são suprimidas e admitem-se duas grafias (Luís de Camões, século XVI) quando há oscilação da pronúncia: Acentuação de palavras  Exemplos de supressão da consoanteAo longo do século XX, algumas foram as tentativas para em casos em que não há dúvidasuniformizar as regras ortográficas entre os vários países Supressão do acento agudo nas palavras quanto à sua articulação: coleção,de expressão portuguesa. Contudo, só em 1998 ficou graves com ditongo tónico ói (jiboia, joia); adoção, atual, adotar, dececionar,estabelecido que todos os membros da Comunidade dos Supressão do acento circunflexo nas assunção…Países de Língua Portuguesa (CPLP) ratificariam as formas verbais graves terminadas em -normas ortográficas criadas anteriormente. Em 2009 êem da 3ª pessoa do plural do presente doentrou em vigor um novo acordo ortográfico, mas o indicativo ou conjuntivo (leem, deem);período de transição decorre até 2012. A acentuação diferencial nas palavrasE que mudanças podemos encontrar neste acordo? As graves homógrafas é feita pelo contexto:professoras Ana Isabel Ribeiro, Cristina Alvarenga, Luísa  Exemplos em que se pronuncia aPolónia e Vera Lúcia Carvalho apresentam-nos algumas sequência consonântica e, por isso,dessas alterações. Exemplo 1 - para (presente do indicativo e não é eliminada: egípcio, corrupção, imperativo do verbo parar) e para adepto, bactéria, convicção… (preposição) Alfabeto da língua portuguesa  Exemplos de casos de oscilação da  O automobilista para no sinal pronúncia em que é aceite a grafiaO alfabeto da língua portuguesa passa a ter 26 vermelho; dupla: característica ou caraterística,letras com a inclusão de k, w e y. Essas letras  A passadeira é para os peões intersecção ou interseção, sector oupassam a ser usadas nos seguintes casos: atravessarem com segurança. setor, conceptual ou concetual… Antropónimos estrangeiros (nomes Exemplo 2 - pelo (presente do indicativo do próprios de pessoas - Walt Disney, George verbo pelar), pelo (nome) e pelo (contração Cloney); da preposição por + artigo o)  Eu pelo uma castanha;  O cão tem o pelo muito fofo;

×