Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Obesidade

3,088 views

Published on

  • Be the first to comment

Obesidade

  1. 1. Obesidade Excesso de peso corporal, aumento do peso corporal; aumento de gordura, gordura.Denomina-se obesidade uma enfermidadecaracterizada pelo acúmulo excessivo degordura corporal, associada a problemas desaúde, ou seja, que traz prejuízos à saúde doindivíduo.
  2. 2. Regulação da ingestão de alimentosFOME Desejo ou necessidade de alimentoAPETITE Desejo por um tipo específico de alimentoSACIEDADE Sentimento de realização completa na busca por alimento.
  3. 3. Causas da obesidade1- Distúrbios nutricionais:Quantidade e Qualidade
  4. 4. Exemplo: Ingestão e gasto ALIMENTOS CALORIAS POR UNIDADEBIG MAC 590CHEDAR MACMELT 550MILKSHAKE CHOCOLATE 465MÉDIOQUARTEIRÃO COM QUEIJO 530
  5. 5. Gasto calórico conforme atividadefísica ATIVIDADE 10 MIN 30MIN 60 MINFUTEBOL 85 255 510VOLEIBOL 53 159 318MUSCULAÇÃO 150 450 900HIDROGINASTICA 111 333 666NADAR 49 148 296CORRER (VELOCIDADE. MODERADA) 145 436 872* Média de calorias gastas por uma pessoa de 70 Kg
  6. 6. Causas da obesidade2-Inatividade FísicaSedentarismo, incapacidade e idade avançada.3-Alterações endócrinasHipotireoidismoSíndrome de cushingDiabetes mellitusSíndromes hipotalâmicasOvários policisticosDéficit de hormônio de crescimentoHipogonadismo
  7. 7. Causas da obesidade4-Obesidade secundáriaDrogas, medicamentos (psicotrópicos, corticóides e antidepressivos,lítio, medroxiprogesterona)5- GenéticaSíndrome de Lawrence Moon BieldSíndrome de Down
  8. 8. Síndrome de Lawrence Moom Bield
  9. 9. Causas da obesidade6- PsicológicoAnsiedade e depressão
  10. 10. Classificação da obesidade de acordocom a disposição da gordura1- Obesidade difusa ou generalizada
  11. 11. Classificação da obesidade de acordocom a disposição da gordura2- Obesidade Andróide ou troncular- o pacienteapresenta uma forma corporal tendendo amaça. Está associada com maior disposição degordura visceral e se relaciona intensamentecom alto risco de doenças metabólicas ecardiovasculares.
  12. 12. Classificação da obesidade de acordo com a disposição da gordura3- Obesidade Ginecóide : a disposição de gordura predomina ao nível do quadril, fazendo com o paciente apresente uma forma corporal semelhante a uma pêra. Está associada a um risco maior de artrose e varizes.
  13. 13. Exemplos:Ginecóide Andróide
  14. 14. Circunferência abdominalRisco aumentado Risco muito aumentadoHomem 94 cm 103 cmMulher 80 cm 88cm
  15. 15. Obesidade e doenças ou distúrbiosDoenças1-Hipertensão arterial2-Doenças cardiovasculares3-Doenças cérebro-vascular4-Diabetes Mellitus5- Câncer6-Osteoartrite
  16. 16. Obesidade e doenças ou distúrbiosDistúrbios1-Distúrbios lipídicos2-Hipercolesterolemia3-Diminuição de HDL4-Aumento da insulina5-Intolerância à glicose6-Distúrbios menstruais/ infertilidade7-Apnéia do sono
  17. 17. DiagnósticoIMC – INDICE DE MASSA CORPORAL Esse índice é calculado dividindo-se o peso do paciente em kilogramas(KG) pela sua altura em metros elevada ao quadradoIMC= PESO(kg)/ ALTURA2(metros)
  18. 18. Exemplo:Professor MarconiPeso: 70 kgAltura: 177 cmIMC= 70 / (1,77)2 = 22,5
  19. 19. Avaliação do IMCIMC GRAU DE RISCO TIPO DE OBESIDADE18 A 24,9 PESO SAUDAVEL AUSENTE25 A 29,9 MODERADO SOBREPESO30 A 34,9 ALTO OBESIDADE I35 A 39,9 MUITO ALTO OBESIDADE II40 OU MAIS EXTREMO OBESIDADE III (MÓRBIDA)
  20. 20. Tratamento Reeducação alimentar (nutricionista) Aumento da atividade física Eventualmente medicações auxiliares Às vezes acompanhamento psiquiátrico Em alguns casos cirurgia bariátrica
  21. 21. Tipos de Cirurgia bariátricas Banda gástrica ajustável : coloca-se uma prótese de silicone com material inflável ao redor do segmento superior do estômago. O diâmetro da prótese, em formato de anel, pode ser regulado através de injeções de água, num compartimento situado sob a pele. Indicada para obesos mórbidos e contra-indicada para compulsivos por doces.
  22. 22. Tipos de Cirurgia bariátricas Cirurgias disabsortivas: duodenal switch scopinaro: É retirada mais da metade do estômago, fazendo com que os alimentos seja desviada até o final do intestino delgado, gerando má absorção alimentar: há mistura eficiente dos alimentos com os sucos gástricos somente nessa região. É a cirurgia que mais emagrece, mas cerca de 15 a 20 % das pessoas ficam desnutridas, podendo sofrer diarréia e crise de gases.
  23. 23. Tipos de Cirurgia bariátricas Gastroplastia em Y de roux (cirurgia de capela) Uma a região do estômago é seccionada, fazendo com que o volume do órgão seja reduzido a, aproximadamente, 30ml. Essa parte e é conectada ao intestino e, ao seu redor, é colocado um anel de silicone para evitar que a passagem se dilate com o tempo. Realizada em 75% dos casos. É bem sucedida em pacientes compulsivos por doces.
  24. 24. Transtornos da alimentação- ANOREXIA NERVOSA Transtorno caracterizado por preocupação com o peso físico e com comida.Comportamento dirigido à perda de peso, padrões peculiares de manuseio de alimentos, medo intenso de ganhar peso e distúrbio da imagem corporal e amenorréia.
  25. 25. Anorexia nervosaCritérios para diagnóstico: Peso corporal abaixo de um nível normal mínimo para sua idade Na infância e/ou adolescência- Fracasso em fazer os ganhos de peso esperados pela idade 85% do peso abaixo do considerado normal A vivência e a importância do peso e da forma corporal são distorcidos (pesagens excessivas, medições obsessivas das partes do corpo)
  26. 26. Anorexia
  27. 27. Anorexia nervosaDiagnóstico Uso persistente de um espelho para verificação das áreas Perda de peso é vista como uma conquista notável e como um sinal de extraordinária autodisciplina e o ganho de peso é percebido como fracasso Amenorréia
  28. 28. Complicações médicas daAnorexia Desnutrição e desidratação. Hipotensão (diminuição da pressão arterial). Anemia. Redução da massa muscular. Intolerância ao frio. Motilidade gástrica diminuída. Amenorréia (parada do ciclo menstrual). Osteoporose (rarefação e fraqueza óssea). Infertilidade em casos crônicos.
  29. 29. Transtornos da alimentaçãoBULIMIA NERVOSA Caracteriza-se por essencialmente pela apresentação de compulsões periódicas e métodos compensatórios inadequados para evitar ganho de peso. Ingestão em um período limitado de tempo, de uma quantidade de alimento definitivamente maior do que a maioria dos indivíduos consumiria sob circunstâncias similares.
  30. 30. BulimiaCritérios para diagnóstico: Ingestão compulsiva e exagerada de alimentos. Vômitos auto-induzidos uso de laxantes e diuréticos para evitar ganho de peso. Alimentação excessiva, sem aumento proporcional do peso corporal. Depressão. Obsessão por exercícios físicos. Comer em segredo ou escondido dos outros.
  31. 31. Complicações médicas da Bulimia Inflamação na garganta (inflamação do tecido que reveste o esôfago pelos efeitos do vômito). Face inchada e dolorida (inflamação nas glândulas salivares). Cáries dentárias. Desidratação. Desequilíbrio eletrolítico. Vômitos com sangue. Dores musculares e câimbras.
  32. 32. Obrigado! Marconi Fariabiohorrores@gmail.com

×