Beco Dos Poetas

1,150 views

Published on

Conteudo de nossa rede

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
1,150
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
14
Actions
Shares
0
Downloads
3
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Beco Dos Poetas

  1. 1. December 29th, 2009 Published by: vozlivre Beco dos Poetas Querem te ver feliz Existem pessoas raras, Querem, te ver sorrir difíceis de se encontrar Elas Estão sempre perto... Não te deixam só são lindas por fora... Mas Mesmo quando você não percebe... principalmente, são … Estão cuidando de você! Se você teve a sorte, como eu tive... By rosemeire leme on December 28th, 2009 De encontrar uma dessas pessoas... Existem pessoas raras, difíceis de se encontrar Não se esqueça de dizer... Elas são lindas por fora... Vc é ESPECIAL e ESSÊNCIAL em minha VIDA!!! Mas principalmente, são lindas por dentro E eu encontrei VOCÊ...... São feitas de carinho... Obrigado pelo carinho d'sempre! E recheio de verdade! DEUS ilumine seu caminhar, hj e sempre!!!BEIJOS,TE Costumam chegar de mansinho... ADORO E te conquistam dia a dia... Conquistam com verdades e muito amor! Elas ñ têm medo de competição Bendito seja 2010 Valorizam qualidades... By Tete Crispim on December 28th, 2009 Não defeitos! Querem te ver crescer Querem te ver feliz Querem, te ver sorrir Estão sempre perto... Não te deixam só Mesmo quando você não percebe... Estão cuidando de você! Se você teve a sorte, como eu tive... De encontrar uma dessas pessoas... Não se esqueça de dizer... Vc é ESPECIAL e ESSÊNCIAL em minha VIDA!!! E eu encontrei VOCÊ...... Obrigado pelo carinho d'sempre! DEUS ilumine seu caminhar, hj e sempre!!!BEIJOS,TE Bendito seja 2010 ADORO Que venha com muita paz Que seja de muita fartura para nós Existem pessoas raras, Que as alegrias floresçam nos corações Que os amores renasçam em todas as manhãs difíceis de se encontrar Elas Que a prosperidade edifique vidas e as transforme Que a união estabeleça atenuando cada vez mais a guerra são lindas por fora... Mas Que a fé e a justiça se multipliquem com base no bem comum principalmente, são … Que a esperança permaneça mesmo nas tristezas dos insucessos By rosemeire leme on December 28th, 2009 Que os sonhos se realizem se cumpra ofertas e a vida se Existem pessoas raras, difíceis de se encontrar sobressaia. Elas são lindas por fora... Tetecrispim Mas principalmente, são lindas por dentro São feitas de carinho... E recheio de verdade! Costumam chegar de mansinho... E te conquistam dia a dia... Conquistam com verdades e muito amor! Elas ñ têm medo de competição Valorizam qualidades... Não defeitos! Querem te ver crescer Created using zinepal.com. Go online to create your own zines or read what others have already published. 1
  2. 2. December 29th, 2009 Published by: vozlivre HONRAR PAI E MÃE NOSSA CUMPLICIDADE By Jose Augusto Cavalcante on December 28th, 2009 By Elcio José de Moraes on December 28th, 2009 Se eu pudesse, HONRAR PAI E MÃE Fazer o que eu queria. Honrar pai e mãe Com certeza Não é apenas respeitá-los Não é uma visita cordial Me transformaria, Não é uma palavra formal Não é um simples afago Em alguma parte do teu ser. Não é um abraço Não é um beijo E com você ficaria Não é medo Não é desprezo A cada instante, Não é um cumprimento Não é nenhum sofrimento A cada momento. Não é nenhuma dor Não é favor E você me tocaria, Não é caridade Não é saudade E experimentaria, Honrar pai e mãe O extase, É ama-los na profundidade da alma É o gesto amável que acalma Deste meu sentimento, É o amor incondicional É a entrega total De amor e de ternura, É assisti-los nas suas necessidades É ampara-los nas suas fragilidades Que eu sempre tive por você. É dar-lhes o repouso na velhice É cerca-los de cuidados precisos Se eu pudesse! É se dispor a qualquer hora É sorrir a cada melhora Como eu gostaria. É senti-se feliz com sua presença É revesti-los de benevolência Eu seria tão feliz. Assim como nos fizeram Por toda nossa existência Nem que eu fosse, Jose Augusto Cavalcante A pontinha do seu nariz!... Elciomoraes Created using zinepal.com. Go online to create your own zines or read what others have already published. 2
  3. 3. December 29th, 2009 Published by: vozlivre Sim, será que todos que, depois da desgraça, apresentam-se UM NATAL A MAIS,SERÁ? como tão humanitários By France da Matta on December 24th, 2009 e solidários desconhecem que foram eles que elegeram os governantes destes estados? Os seus governadores, deputados estaduais, prefeitos e vereadores? Nos últimos 10/20/30 ou mais anos. E que nenhum deles, políticos eleitos com os seus votos, nada fizeram para que tais catastrófes fossem evitadas e não acontecessem nas proporções gigantescas que todos nós assistimos! E isso é mostrado e provado por todos os especialistas nas área de geologia, metereologia, ecologia, UM NATAL A MAIS, SERÁ? bio-diversidade, proteção ambiental e tantos outros ROBERTO ROMANELLI MAIA que estudaram em detalhes e profundamente ESCRITOR, JORNALISTA POETA o que aconteceu. Todos os anos costumo escrever um artigo Afirmam eles que tal situação de descalabro ambiental é ou uma mensagem, quando o Natal se aproxima. resultante, na sua maior parte, de omissão e de incompetência política, E cada vez que escrevo mais e mais busco encontrar bons e de ausência de políticas preservacionistas em relação ao motivos e boas razões meio ambiente. e o que possa ser positivo, para participar destas minhas reflexões natalinas. E de um desmatamento cada vez maior acompanhado da não despoluição Mas, confesso, falta- me esta motivação diante de rios, de córregos, de lagoas, etc. de tantos que falam e escrevem sobre Paz e Amor, num mundo onde, cada vez mais, o que vemos Mas sobretudo da corrupção que permite é a violência desenfreada, em suas mais variadas formas e que grandes empresas façam tudo, com o meio ambiente, que conteúdos. não é permitido. E onde o amor, ao contrário de ser amor, E não se salva desta imensa lista, passa cada vez mais a ser desamor. de predadores do meio ambiente, nem mesmo a Petrobrás que recebeu Ou pior: uma simples palavra que deve ser envolvida numa nos últimos dez anos inúmeros autos embalagem de papel de infração e multas por vazamentos de óleo combustível e por para presente ou para exportação. infrigência às leis ambientais. E ela para não pagar estas multas, Sim, infelizmente constato que diante de desgraças e das junto com outras empresas igualmnte infratoras, catástrofes, como as enchentes recorre sempre às instâncias que vitimaram tantos jurídicas superiores! em nosso país, o que vemos diante de nós, nas Tvs e nos jornais e revistas, E com isso as multas passam a ser apenas papel sem valor! é a chamada solidariedade de ocasião! Sim, ninguém paga, nem é responsabilizado Que se revela através da doação de roupas, no Brasil pelos crimes ambientais! de artigos de cama e mesa, de brinquedos, de mantimentos não perecíveis, de ajuda financeira, etc. É tudo um grande faz de conta com o Ministro Carlos Minc ( um homem que se preocupa mais com os seus coletes e a sua Como se os que assim agem mostrassem, aparência) vindo para a TV e para os jornais todos os dias de fato, com essas suas atitudes, uma verdadeira afirmando que tudo, e sincera demonstração de amor ao próximo. em sua pasta, está cada vez melhor! Mas me pergunto por que nenhum de nós E que o desmantamento na Amazônia desce ao ponto crucial da questão? reduziu-se e está diminuindo!!!! Created using zinepal.com. Go online to create your own zines or read what others have already published. 3
  4. 4. December 29th, 2009 Published by: vozlivre Esquecendo por incapacidade, cegueira ou má fé de colocar a questão de forma correta. Pessoas que fecharam os seus olhos e continuam com eles fechados a espera Que a continuar no ritmo atual, ( este que ele afirma estar da próxima catástrofe que certamente, menor do que nos anos anteriores) em pouco mais de dez anos em pouco tempo, virá! a Amazônia terá uma redução de mais de 50 % em sua área original Pessoas que estão permitindo e aceitando, que deveria, de fato, ser preservada intacta. a pretexto de um falso progresso e desenvolvimento, a destruição de nossas reservas florestais E a nossa bio- diversidade, animais, plantas, aves e minerais e toda a vida floral e animal terá diante de si e da nossa bio diversidade! uma extinção de espécies ainda maior! São essas e outras tantas razões, que me fazem imaginar mais O que sequer é uma prioridade governamental! este Natal apenas como uma festa de shoppings, de comércio, de consumo e de gente que só se reúne, para estar juntos, Ou o Ministro Minc e todos os demais políticos desconhecem em festas ou em velórios. que, hoje, no final de 2009, dezenas de espécies estão extintas Gente que se considera Ser Humano mas que, em minha ou prestes a desaparecer em nosso país? modesta visão, nunca foi nem será! Desconhece o acontecido com a nossa Mata Atlântica, que Gente que faz parte apenas da paisagem que, por não ter nenhuma proteção, concreta e efetiva, representa, como rios, florestas. lagos, animais e plantas, desaparecerá hoje, menos de 5% do que abrangia, quando o homem destruída pelo próprio homem! começou o seu contínuo e permanente desmatamento Aos restantes, àqueles que ainda possuem discernimento, bom e destruição. senso, capacidade de entendimento, de reflexão Por isso não vejo como podem estar de consciência tranquila e de questionamento, eu desejo de fato tantos que se mostram agora, depois da desgraça ocorrida em um excelente Natal. tantos estados brasileiros, solidários de última hora. Mas uma festa sem tantas árvores de Natal Sim, onde estavam eles, voltamos a indagar, quando votaram com lâmpadas importadas da China, fabricadas em políticos que já se mostravam, a maioria, históricamente, por escravos que ganham 50 reais por mês. incompetentes e corruptos? Sim, para estes poucos, desejo um Natal, Que sempre dirigiram estados e municípios olhando, em onde o pensamento esteja voltado para Jesus, primeiro lugar, os interesses que é o mais ausente de todas estas comemorações. próprios e nunca os das suas populações. E para um Deus que não tenha nada a ver com aquele que o Sim, basta de tanta inocência ou hipocrisia! homem criou, para ser, também, o seu objeto de consumo e de comércio. Neste Natal é chegada a hora de refletirmos sobre as razões de tanta desgraça. Um Deus que esteja onde estiver, por mais que seja esquecido, estará pensando Pois se nada for feito, como sempre acontece, em nos perdoar. no futuro, novamente, tudo voltará a acontecer! Da mesma forma que aconteceu Dezembro em todos esses últimos anos! By maria Clara Segobia on December 24th, 2009 Dezembro,2009 Sim, temos que denunciar tanta ingenuidade !!! dos que agora se revelam tão "solidários e prestativos". O comércio inicia seus preparativos para o Natal. As vitrines começam a colocar enfeites natalinos coloridos, pré Pessoas e empresas que aparecem anunciando a chegada do Papai Noel. para "ajudar" mas que contribuiram Os Shoppings e as grandes avenidas iluminam os espaços para e muito para que tudo isso acontecesse, o grande momento. “Nascimento do menino Jesus”! Nova através da omissão, da passividade, esperança. da indiferença e até mesmo O bom velhinho vestido de vermelho e branco, com sua barba da ignorância em relação aos danos branca e macia abraça as crianças, que com o olhar encantado e a destruição sistemática que o homem está causando ao seu próprio planeta. Created using zinepal.com. Go online to create your own zines or read what others have already published. 4
  5. 5. December 29th, 2009 Published by: vozlivre e inocente espera receber o presente tão almejado visto na É MUITO MAIS BONITA televisão ou nas prateleiras das lojas. DO QUE QUALQUER EXPRESSÃO EM PALAVRAS Para tê-los prometeu comportar-se. Estudar e passar de ano. QUE JÁ FOI DITA Seu presente é um prêmio de obediência. O 13º salário chega na hora certa; gastar na necessidade do poder de compra. Eu, na pobreza material, percebo que o que vejo ano após ano se repete: O sonho realizado de uns e a mão vazia de outros. Não tenho mais idade para sonhar, a vida para mim é real, crua, pura. Quando criança ficava nas vitrines das lojas observando o vai e vem de pessoas com pacotes de presentes para enfeitar a árvore de Natal. Em frente aos Shoppings, ficava imaginando como seria bom estar lá, já que todos saiam sorridentes carregando seus embrulhos. Nas noites de Natal ficava na minha casinha imaginando quando Papai Noel iria me visitar. Nunca foi! Hoje adolescente, obediente, sabedor das minhas limitações; fico na fila do Centro Comunitário para receber meu presente de Natal. Nunca o que sonhei! Apenas uma roupa usada para trocar pela surrada que uso. Até agora me pergunto o significado do Natal! Sei que é o nascimento do menino Jesus. Para quê? Maria Clara Segobia Alvaro Sertano"MOTE GLOSADO"! MEU UNIVERSO By Alvaro Sertano on December 24th, 2009 By Antonio Roque Fialho Fiuza on December 25th, 2009 Art-*S* SE FOSSE VOCÊ O ESPLENDOR DAS ESTRELAS EU SERIA O UNIVERSO SE FOSSE VOCÊ O BRILHO DA LUA EU SERIA A TERRA PARA TE RECEBER DE BRAÇOS ABERTOS SE FOSSE VOCÊ O CALOR DO SOL EU SERIA TODOS OS CORPOS PARA RECEBER O SEU CALOR SE SEU SORRISO FOSSE A CHUVA OU O SERENO EU ESTARIA SEMPRE MOLHADO POR SUA DOÇURA SE FOSSE VOCÊ TODOS OS CORAÇÕES O MEU PALPITARIA DE ALEGRIA. Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons . PRINCESA By Antonio Roque Fialho Fiuza on December 24th, 2009 A VOCÊ EU DIRIA AS PALAVRAS MAIS BONITAS MAIS VOCÊ Created using zinepal.com. Go online to create your own zines or read what others have already published. 5
  6. 6. December 29th, 2009 Published by: vozlivre Feliz Natal Alvaro Sertano"PEDAÇO DE By Cacilda on December 25th, 2009 NÓS"! feliznatalCA.wmv By Alvaro Sertano on December 25th, 2009 ART-*S* SAUDADES By Roldão Aires on December 25th, 2009 SAUDADES Saudades, que não se mata certamente, mata quem a sente. Saudades, não passa nunca. Nem lenta, nem derrepente. Saudades de quem se ama. A ausência de quem não se ve. Saudades de um grande amor, que não vemos, mas nos chama. Nos chama em voz alta, Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons aperta o peito só em ouvir. . O pensamento se exalta. Saudades, porque machucas? Um coração que suplíca Feliz ano novo By CLÁUDIO DOMINGOS BORGES on December 26th, 2009 a presença de quem lhe falta. Um dia a mais no nosso calendário (Roldão Aires) Mais um dia mais um ano Deixamos nossos passos para trás Medimos nossos progressos Alvaro Sertano"NENHUM DE E por muitas coisas nos arrependemos Sentimos muito NÓS"! Porque erramos By Alvaro Sertano on December 25th, 2009 E por isso sofremos ART-*S* Fizemos uma retrospectiva Analisando tudo que passou Lamentamos Rimos Agradecemos Choramos Perdemos Ganhamos Mais tudo que passou Serviu como lição Para aprendemos Para rejuvenescemos E ficarmos mais bonitos de coração Chegamos ao um novo ano Novas esperanças Novos sonhos Novos caminhos Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons E novas escolhas . Que sejamos guiados pela corrente do bem Iluminados pela luz do amor Abrindo nossos corações Sem preconceitos Created using zinepal.com. Go online to create your own zines or read what others have already published. 6
  7. 7. December 29th, 2009 Published by: vozlivre Sem diferenças para os desempregados Um amor puro e verdadeiro Que não faça questão de títulos para os sem lar Nem de cor nem de religião nem de raças O amor de Deus para os sem laços Incondicional. Cláudio D. Borges. para aqueles que papai Noel nunca existiu O que fiz da vida... By Maria Julia Guerra on December 26th, 2009 que o presente é uma roupa, de pano de guarda chuva que a vida maltrata que a enxurrada leva tudo Este sentimento O que fiz da vida Maju Guerra que nos leva ao shopping Bateste forte na porta consome-nos a alma Querendo saber o que fiz da vida, Andavas buscando minha presença Há tanto tempo desaparecida. Este sentimento Olhei no fundo dos teus olhos, Serenamente te respondi: de união de família -Senta comigo no meu jardim sem flores Debaixo do céu sem o calor do sol. fecha-nos o vidro Se tiveres sede, esquece a água da fonte, Está seca e envelhecida, nos sinais fechados Encheu-se de poeira e de folhas podres. Ouve o silêncio da música que morreu Com o canto dos pássaros que partiram. Este sentimento Perguntas sobre a minha vida? Olha ao teu redor e saberás... que desejamos comida, Maria Julia Guerra. emprego, saúde, casa, Licença: Creative Coomons. que papai Noel exista Imagem: Google. e venha sempre de saco cheio Flor morta, by Corinne Abrams. que a vida nos abrace É NATAL e o amor aconteça By jorge amancio on December 26th, 2009 é porque é Natal e Natal é para todos NA FLOR DA POESIA AFLORA SONHOS HUMANISTAS !!! By Claudia Ferreira Lopes de Almeid on December 27th, 2009 O AMOR QUE TE DEI Natal para os famintos ERA MINHA ALMA, Created using zinepal.com. Go online to create your own zines or read what others have already published. 7
  8. 8. December 29th, 2009 Published by: vozlivre QUE SEU CORPO, Melhor,mas muito melhor é te ver, NÃO SOUBE SENTIR do que pelo album do pensamento recordar. Te sentir, beijar, olhar. O AMOR QUE TE DEI Prá te lembrar, é necessário o pensamento, ERA MEU CORPO, te ver, a cada momento é uma nova emoção. QUE A SUA ALMA, Melhor, é ter-te bem perto, dentro do coração. NÃO SOUBE SENTIR (Roldão Aires) O AMOR QUE TE DEI ERA MINHA VIDA, Lady estranho de Rouen QUE NA SUA VIDA, By Gianni Truvianni on December 27th, 2009 NÃO DEIXO FICAR !!! Um poema sobre um jovem francês de Rouen senhora que veio na minha vida a mais de 20 anos atrás e saiu logo após o nosso O AMOR QUE TE DEI tinha terminado. ERA MEU MELHOR, Segunda-feira Catherine cher QUE BUSCAVA E LUTAVA para ele agora parece tanto tempo atrás PELO SEU AMOR RECEBER quase uma outra vida ou sonhos nunca percebi que era nosso O AMOR QUE TE DEI, para permanecer apenas recordações em mente uma falta na certeza VIVE COMO POESIA de autenticidade NA MINHA ALMA E CORPO Segunda-feira Catherine cher POETA !!! a pontuação mais dois tenham enterrado minhas emoções compartilhada por aquele que tinha visto mais cinco anos NESSE MUNDO GLOBALIZADO então quando eu o último dos teens e inocência PELO CAPITALISMO, É NECESSÁRIO a partir de vós oh essência feminina em fase de beleza VIVIFICARMOS O AMOR !!! Segunda-feira Catherine cher NA FLOR DA POESIA, mas ela era uma chance em vésperas do encontro do ano velho AFLORA SONHOS HUMANISTAS !!! que vos introduziu dama de Rouen divino sobre a ele de extrema adoração ao teu encanto BEIJO DE VIDA oh, femme Francaise CLAUDINHA POETA LONDRINA BRASIL Segunda-feira Catherine cher 06/12/2009 a partir de la França vim ye uma cabeleira preta em cachos tanto com a delicadeza REGISTRO em vós com os olhos brilhantes verde esmeralda funcionalidades incluem multa, enquanto o resto do rosto By Roldão Aires on December 27th, 2009 tão cuidar da tua mensagem REGISTRO Oh, Mon cher Catherine Enquanto não te vejo, te recordo assim como me levou para infantile estiverdes cada passo, cada jeito, cada riso, mulher madura maneiras de mistério os caminhos que abraçados andamos, corpo pleno exultar a tua mama de mãos dadas,beijos? Quantos precisos. pálida, em contraste da tua rosa carmesim tão requintado ao pico, mas no meu stroke A nossa mente, ajeita tudo, levando o meu gosto para baixo vale influenciável como um album, que fazendo estamos. na luxúria ao teu mais exclusivos de fechaduras A máquina do cérebro registrou, um escuro a crescer para cobrir ye habitação com clareza, cada momento em que ficamos. tão cobiçado por todos os instintos de masculinidade tão fortemente compelido por acaso Nessa fita ou album, que o cérebro congela. Coisa há, que ao registro escapa. Oh, estranha dama de Rouen uma volta, outra esquecida é, tínhamos vulcânica paixão além da carne ou talvez nós não precisássemos, vela. Palavras como base o amor ou sexualidade negrito e com forte intensidade era ela Created using zinepal.com. Go online to create your own zines or read what others have already published. 8
  9. 9. December 29th, 2009 Published by: vozlivre aos pontos de que não poderia ser por muito tempo Pulsa o sangue da bailarina, extrema sensação de nós não podíamos controlar Em desejos incontidos para mudar nossa natureza a desempenhar papéis Quadris em flores de luar quando nos outros da sociedade, como deve ser Emergem do fundo do mar. estranhos para nós mesmos Raros véus cobrem em cetim, Sim, senhora estranha de Rouen Seus lábios rubros amendoados, fizemos uma vez em uma realidade Époque de adore Com seu corpo seminu seduz com certeza todos ainda breve como a quinzena No mel do seu suor derramado. de lava ardente não é a última para todas as coisas que faltam ser compromisso para ser menos então total Espera... By Ubirajara Huffel on December 27th, 2009 Quiçá! Um dia pudesse eu estar envolvido em teus braços e neles descansar Te alimento com meus versos meu cansaço de tanta espera. com letras de todos alfabetos Mas isto são quiméras diante serei teu poeta mais correto de tudo que espero de ti, nos teus desejos mais incertos pois o que tenho a te oferecer é o amor mais puro e infinito o mais bonito inspirado pela Dueto Com Paty criação e está em meu coração, By Ricky Bar on December 27th, 2009 que lhe dou por toda a minha vida.... Vermelho Escarlate By Ricky Bar on December 27th, 2009 Você nua... Deitada na cama Sozinha, descoberta Sob a prateada Luz da lua Boca vermelha, Que entrando Escarlates lábios. Junto com uma Sangue nas veias. Leve brisa, Te refresca Refreia a paixão E brilha Da bailarina guerreira Seios intumescidos Que seu ventre incendeia. Desejos incontidos Dedos em carinhos Dança seu ventre sem rédeas No sexo retraído Solto num galopar incessante, Boca amante, Na lua cheia de amor pra dar! Desejosa, insinuante Acaricia os bicos Created using zinepal.com. Go online to create your own zines or read what others have already published. 9
  10. 10. December 29th, 2009 Published by: vozlivre Crispados, latejantes Uma gota que se estilhaça ao me aproximar Geme de prazer, Me faz parar, deitar e chorar Sonha comigo E te abandonar Estou com você... E te deixar só em tua ilha distante Longe dos meus versos azuis Longe do meu olhar suplicante Nunca saberás, então Quanta saudade sentirei no primeiro segundo No instante em que me rasgar tua ausência Nunca saberás qual é o gosto de minha essência Não posso mais vagar pelas trevas De tua velha mansão em ruínas Não consigo buscar-te às cegas Numa queda livre que nunca termina No entanto Se tudo que fomos foi poesia Deixo-te uma garrafa de minha essência Infelizmente Eu nua... Vazia. Em minha cama... Sozinha, descoberta Entreaberta... a te esperar Somente a Lua a me acompanhar Poetisa dos ventos... By ana lúcia peres koyama on December 27th, 2009 A leve brisa, quente de verão Atiça minha paixão plena de caricias, de meiguice, alma de poeta Meus seios então... só posso ler e emudecer Começo a tocar há tanto tempo é so o que me resta. Como se fosse você Deth, voce que consegue jogar prá fora, Com tuas mãos, vivas, indecentes, voce que tão bem se expressa... Deliciosas, lascivas me faz chorar, me faz rir O desejo lateja em minhas veias tuas verdades, tua alma! Aquece o corpo que bom ler teus pensamentos, compartilhar tua Deixa-me febril, em chamas sensibilidade! Agora eu quero te amar... A voce, amiga virtual (Paty Padilha) saúde e risos no ano de 2010!!!!! ana lucia ESSÊNCIA By Eduardo B. Penteado on December 28th, 2009 ESSÊNCIA Eduardo B. Penteado Às vezes Sinto-me batendo nas teclas de um piano mudo Surpreendo-me camponês Semeando terras estéreis Vejo-me voando com asas de cera Cada vez mais alto, tentando alcançar teus olhos Tentando alcançar com a ponta dos dedos Uma lágrima que cai com o vento Created using zinepal.com. Go online to create your own zines or read what others have already published. 10

×