Miíase

1,887 views

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
1,887
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
4
Actions
Shares
0
Downloads
23
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Miíase

  1. 1. Miíase é uma doença produzida pela infestação de larvas de moscas em pele ou outrostecidos de animais.Caracteriza-se pelo desenvolvimento e crescimento de larvas de moscas sobre tais tecidos.[editar]ClassificaçãoA miíase pode ser classificada em:Miíase primária A larva da mosca (geralmente a Dermatobia hominis) invade o tecido sadio e nele se desenvolve. Essa infestação é também conhecida por berne. Miíase secundária A mosca coloca seus ovos em ulcerações na pele ou mucosas e as larvas se desenvolvem nos produtos de necrose tecidual. A miíase secundária apresenta-se sob três formas:  cutânea  cavitária  intestinal [editar]Tratamento  Limpar a ferida  Retirar larva por larva com uma pinça  Fazer curativos  Usar medicação, mediante indicação médica, para eliminar as ovas postas pelas larvas que foram removidas  O que é?  Doença parasitária provocada pela larva da mosca Dermatobia hominis. A larva da mosca penetra na pele do hospedeiro, que pode ser o homem ou outros animais, onde vai se desenvolver.  Manifestações clínicas:  Após a penetração, começa a formar-se uma lesão nodular, avermelhada, com um orifício central, por onde é eliminada secreção aquosa (exsudato), levemente amarelada ou sanguinolenta. Podem ser uma ou mais lesões e atingir qualquer área da pele, inclusive o couro cabeludo. A doença provoca dor em fisgada e, em alguns casos, coceira.  Uma característica clínica que define o diagnóstico pode ser notada observando-se atentamente o orifício central da lesão. De tempos em tempos a larva sobe ao orifício para respirar e esta movimentação pode ser percebida claramente. Com a evolução, que pode durar entre 30 a 70 dias, a larva tende a deixar o orifício.

×