Case Ecotelhado - 1º Seminário PEIEX

777 views

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
777
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Case Ecotelhado - 1º Seminário PEIEX

  1. 2. CASE – Região Metropolitana <ul><li>Caracterização </li></ul><ul><li>Empresa: Ecotelhado </li></ul><ul><li>Localização: Porto Alegre – RS </li></ul><ul><li>Sócio Responsável: Henrique Eschiletti Machado Guimarães </li></ul><ul><li>Número de funcionários: 16 </li></ul><ul><li>Ramo de atividade: Indústria de revestimentos térmicos e ecológicos. </li></ul><ul><li>Principais produtos comercializados: ecotelhado, ecoparede e ecopavimento. </li></ul>
  2. 3. 2. Produtos <ul><li>Ecotelhado é um jardim suspenso, também conhecido como telhado verde. Esse tipo de cobertura vegetal pode ser instalada tanto em cobertura de prédios (laje) ou sobre telhados convencionais, como o de telha cerâmica, fibrocimento ou calhetão.  </li></ul>
  3. 4. <ul><li>2. Produtos </li></ul><ul><li>Ecoparede são paredes verdes, muito conhecidas como jardins verticais, podendo ser utilizadas tanto na fachada externa como em painéis no interior do prédio. </li></ul>
  4. 5. <ul><li>2. Produtos </li></ul><ul><li>Ecopavimento é um pavimento ecológico e permeável constituído de grelhas alveoladas de plástico reciclado que se caracteriza por permitir a passagem de água e ar. </li></ul><ul><li>Etapas: </li></ul><ul><li>1. Nivelar a base 2. Fixar os módulos a base 3. Espalhar brita ou plantar grama </li></ul>
  5. 6. 3. Principais Benefícios <ul><li>Aumento da biodiversidade; </li></ul><ul><li>Redução da velocidade de escoamento da água da chuva na fonte (telhado); </li></ul><ul><li>Aumento da retenção da água da chuva na fonte (drenagem urbana); </li></ul><ul><li>Limpeza da água pluvial, contribuindo para redução da poluição; </li></ul><ul><li>Redução da emissão de carbono, atenuante da poluição do ar; </li></ul><ul><li>Diminuição da temperatura do micro e macro ambiente externo; </li></ul><ul><li>Conforto térmico e acústico para ambientes internos; </li></ul><ul><li>Contribui para a maior durabilidade dos prédios, pois diminui a amplitude térmica; </li></ul><ul><li>Inclusão social, aumentando a oportunidade de convívio com a natureza em diferentes locais e embelezamento dos centros urbanos. </li></ul>
  6. 7. <ul><li>4. Demandas Priorizadas </li></ul><ul><li>Descrição de funções, normas, procedimentos e instruções operacionais (AE2); </li></ul><ul><li>Implantação de planilhas de custo e indicadores (FC3 e FC4); </li></ul><ul><li>Implantação do plano de internacionalização, contemplando as fases de engenharia e processos de exportação (CE2). </li></ul>
  7. 8. <ul><li>5. Evolução após adesão ao PEIEX </li></ul><ul><li>Aumento do Faturamento em 200%; </li></ul><ul><li>Contratação de mais 02 novos Colaboradores; </li></ul><ul><li>Melhora da Margem de Rentabilidade em mais 5%; </li></ul><ul><li>Conquista de Novos Mercados: Uruguai e Chile; </li></ul><ul><li>Utilização da Capacidade produtiva de 90% para 100%; </li></ul><ul><li>Redução da Ociosidade na Produção de 10% para quase 0%; </li></ul><ul><li>Redução do Índice de Defeitos de 2% para 1%; </li></ul>
  8. 9. <ul><li>5. Evolução após adesão ao PEIEX </li></ul><ul><li>Treinamento dos Funcionários; </li></ul><ul><li>Diminuição da Sucata e Retrabalho; </li></ul><ul><li>Redefinição das Funções Administrativas e Operacionais; </li></ul><ul><li>Estruturação dos Custos e Formação do PV; </li></ul><ul><li>Introdução de Instrumentos Gerenciais na Tomada de Decisões. </li></ul>
  9. 10. <ul><li>6. Perspectivas após o PEIEX </li></ul><ul><li>Lançamento de Novos Produtos: Módulos para Floreiras e Ecoparede Vertical; </li></ul><ul><li>Ensaios para o Desenvolvimento e Melhoria de Insumos, Produtos e Processos; </li></ul><ul><li>Desenvolvimento de Parcerias na Comercialização; </li></ul><ul><li>Participação em Eventos e Feiras de Negócios no Brasil e Exterior. </li></ul>
  10. 11. <ul><li>7. Declaração do Empresário </li></ul><ul><li>“ Prezado Eduardo, boa tarde, (Monitor) </li></ul><ul><li>Aproveito o ensejo para participá-los que estamos em vias de fechamento de nossa primeira exportação negociada para uma empresa do Chile, negociação a qual tivemos o auxílio prestimoso do consultor Nuno Volker,(Extensionista) que muito nos tem auxiliado nesta área. </li></ul><ul><li>Gostaria de demonstrar minha satisfação pela oportunidade que nos foi dada para participar deste acompanhamento por meio de palestras e consultoria promovido pelo PEIEX - FIERGS. </li></ul><ul><li>Agradecemos a oportunidade e reiteramos nosso interesse em outras promoções que visem aprimorar nossos setores de pessoal, financeiro, comércio interno e externo e marketing. </li></ul><ul><li>Atenciosamente, </li></ul><ul><li>Paulo Renato Machado Guimarães  -  engenheiro civil e Diretor da Ecotelhado” </li></ul>
  11. 12. EQUIPE DO PEIEX REGIÃO METROPOLITANA PORTO ALEGRE - RS <ul><li>COORDENADORES: Diogo Thomé e Sabine Bencke </li></ul><ul><li>MONITOR EXTENSIONISTA: Eduardo Albuquerque </li></ul><ul><li>TÉCNICOS EXTENSIONISTAS: </li></ul><ul><li>Antônio Oliveira Júnior; </li></ul><ul><li>João Pedro da Costa Teixeira; </li></ul><ul><li>Luiz Roberto Oliveira; </li></ul><ul><li>Maria Julieta Espíndola Biermann; </li></ul><ul><li>Noeli Huppes Teixeira; </li></ul><ul><li>Nuno Trebor Völker; </li></ul><ul><li>Patrícia Kersch; </li></ul><ul><li>Aline de Oliveira Ramos – Estagiária. </li></ul>

×