Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

I. projeto 15

486 views

Published on

  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

I. projeto 15

  1. 1. 15/11/08 — Página do meu diário de 2008, Husband (algumas palavras foram modificadas porcausa de erros de ortografia). “Husband, tudo bem com você hoje? Meu dia está sendo confuso.Mas irei explicar para você. De manhã foi tudo o.k., apesar de quê estou em provas, não égrande coisa, ainda não tirei nota baixa. Estudei de 1 às 4, como sempre e então fui assistir umfilme. O filme se chama “A casa das coelhinhas”. Não sei como ou por que, mas após assistir ofilme, um sentimento começou a brotar. (Não tenho a mínima ideia do que esta frase dar certono que quero dizer, mas acho que caiu bem). Husb, não sei se já relatei a você sobre EmmaStone. Aquela ruivinha, lembra? Acho que não contei. Mas sei que sabes que já é a milésima vezque assisto o filme, mas agora assisti legendado e escutei pela primeira vez, a voz da ruiva. Ela éminha personagem preferida do filme e acho que talvez eu esteja sentindo aquela mesma coisaengraçada e embaraçada na barriga. É muito estranho falar isso, Husb? Foi hoje que realmentedescobri o nome dela. Apesar de não lembrar do dia que vi ela pela primeira vez, vou considerarcomo hoje, pois foi hoje que a “conheci” de verdade. Fui pesquisar sobre ela no computador,Husb. Quase não tinha nada. Não apareceu nada de coisa de fã ou algo do tipo. Então Husb, soua primeira? A primeira a gostar dela afinal? Ah, esquece, hã, talvez eu realmente não goste dela!Acho que não irá durar. Vai ser a mesma coisa que aconteceu com a Avril Lavigne. Disse quegostava e uma semana depois nem lembrava o nome completo. Afinal, só tenho 9 anos. Ta nacara que vai ser assim. Cá entre nós Husb, acho que não consegui ser fã de alguém ainda. Todavez que decido gostar, sei que é só por dizer. Afinal, não era para eu decidir. Por isto falo quenão dar certo com a ruivinha. Não vou nem tentar, isso vai sumir com uma semana mesmo. Masela é linda, não é?” 15/11/09 — “Eu nunca imaginei de que este sentimento por você iriacontinuar. Eu nunca pensei que continuaria a sentir aquilo que sempre senti por você. Eucontinuo aqui com a ternura criada por sua imagem desde da primeira vez que a vi.Deslumbrante, imaginável como a garota mais linda do mundo e a única garota capaz de conterconsigo qualidades e defeitos que a transformam em única, única pra mim, até hoje. E não mearrependo de ter me colado a seus filmes, imagens e tudo. Eu não me envergonho por estarainda aqui a pensar em você. Eu não preciso desistir de você, já que todas as forças que em mimse empregam vem a cada sorriso seu. Eu tentei, mas não deu. Eu tentei sentir tudo isto, e tenteinão sentir mais, mas hoje estou aqui dependente a você e a todos a sua volta que são capazesde te fazer feliz por mim. Eu já não sei mais. Só dependo agora de você para tudo. E por tudo,não te deixarei jamais.” 15/11/10 — “Inimaginável seja este meu amor. Que é profundo comoos lençóis d’água. Infinito como o universo. E inexplicável como um buraco de minhoca quejorra do céu para voltar no tempo. Mas como? Eis o meu amor por você. Um poço sem medição,um oceano infinito. Eis o que sinto por você. E o que ganho em castigo é ter de nadar todo esteoceano para estar contigo. É ter de subir todo este poço para ver seu brilho, meu sol. Quemmandou eu me prender de mais? Amar de mais? Dar valor de mais? Eu não sei se irei recuperareste cansaço. Não sei se chegarei ao fim deste infinito. Eu só sei que, forças, eu já não as tenhomais. Eu só tenho as tuas. As forças que tiro a cada sorriso seu que sou capaz de ver. E por ele,ainda estou lutando.” 15/05/11 — “Só para você lembrar. Só para você lembrar que te amoacima de tudo irei começar um projeto para você. Chama-se “Embara or Bemma for life”, onde,todo dia 15 irei escrever um texto para você. Na verdade, já era tradição minha te escrevertextos dia 15. Então estou recolhendo textos meus escritos no dia 15 e juntando tudo com meus
  2. 2. futuros textos escritos neste mesmo dia. Alguns textos são mais como frases, outros sãoexageradamente grandes, tive dias sem inspiração e dias com inspiração até de mais. Textos quenão posso usar para o projeto por serem escritos no dia 14 para baixo ou no dia 16 para cima.Tudo que vale é o dia 15. O dia em que eu comemoro mais um mês de meu imenso amor. 15 denovembro de 2008, o dia em que conheci Emminha. E desde então, este dia virou a marca detoda minha história. E irá este dia que irei marcar por talvez dois anos, três anos, talvez até aeternidade com este meu projeto. Não sei por quanto tempo irá durar Emma, mas desde que teconheci, certas vezes sinto uma vontade de escrever. Todos os textos são escritos para você,como este agora, mas na realidade, são todos mais para mim. Não quero provar a ninguém otamanho de meu amor por você, mas me sinto obrigada -mas não a força- a escrever para vocêe isto me faz bem. Me faz imaginar todos estes textos sendo recitados a ti. Me faz imaginarestar perto de você e ao mesmo tempo desabafa e tira um peso de mim. E talvez porque eutenha lido o livro One Day e me viciado nele, (o que acho que representa boa parte de meuprojeto) me fez ter esta ideia. De escrever para você. No livro, não são cartas escritas em algumdia, mas sim em um dia exato (que por acaso também é 15) em cada ano é contado a história depor onde anda a vida de Emma (olha outro acaso) Morley e Dexter Mayhew. O meu projeto,traduzido, “Embara ou Bemma para vida”, é a união de todos os textos, aliás, nem são textos, jáque todos são direcionados a você, são … cartas. É, é a união de todos as minhas cartas feitascada uma no dia 15 de mês em mês. E não sei o que na verdade irá ocorrer com o projeto. Nãosei se daqui a horas/dias/meses/anos estarei pensando no quão besta fui em pensar que umprojeto iria realizar meu sonhos. Mas enquanto penso bobamente assim, irei levar em frente.Quer saber o que significa Embara ou Bemma? Talvez seja meio obvio Emma, mas ainda assimirei dizer. Embara é a junção de Emily com Bárbara e Bemma é a junção de Barbie com Emma.Nome com nome, apelido com apelido. Gostou? Não fui eu que inventei, mas assim se tornou eestas duas palavras viraram parte do meu diálogo, e de certa forma representam meu amor.Não que eu precise de uma junção para isto, ou de “fans” de Embara/Bemma, mas isto me dáconfiança. Às vezes me sinto invencível por isto. Bobo, não? Mas é assim, meu desespero de teter em minhas mãos. Mas juro que posso viver mais tempo esperando, pois de verdade, é bomviver este fascínio. Só espero que seja uma busca interminável. Que termine um dia, mas que oresto de tempo me proporcione uma felicidade imensa só de lembrar de teu sorriso ao vivo, ouquem sabe, no resto de tempo, eu esteja ainda apreciando seu sorriso ao vivo. Enfim Emma,assim inicializo meu projeto para você. Esperando que talvez um dia possa traduzir todas estascartas e enviá-las para ti ou dá-las/recitá-las pessoalmente. O que quer que aconteça com meuprojeto. Fracassado ou sucedido, eu tentei. E irei a luta. A uma luta para quem realmenteimporta: você. Me pergunto se pega tão mal não fazer um projeto igual para quaisquer outroídolo que eu tenha, mas eu simplesmente não entendo. Meu coração pediu que isto seja feito àti. E irei obedecer claro. Eu não sei, eu só sei que, o seu sorriso é o sorriso mais lindo que já emminha vida, e talvez, provavelmente, você seja a pessoa que eu mais ame. Mais ame estar longe,para ter de enfrentar esta luta, mas também a pessoa que mais desejo que esteja perto. Pertode mim, não de outro alguém. Mas por enquanto sou agradecida a todos que entraram em suavida e te fizeram sorrir, pois por causa disto, ainda estou sorrindo … e continuando.” 15/06/11— “Te escrevo frases, são curtas, mas são fortes. Te escrevo poemas, que saem sem rimas, mas
  3. 3. ainda assim são aliviadoras. Escrevo músicas, não tenho o dom do canto, mas encanto com aletra da melodia. Não estou ai perto, mas impressiono a quem estar perto de mim sendo capazde te amar a distância. Não sei seus segredos e rotinas, mas de longe, sei o suficiente para teidolatrar como na vitrine. Não falo sua língua, ainda. Não traduzi meus textos para inglês paraum dia você os ler, pois primeiro, ou segundo, ou terceiro, ou várias vezes, eu os leio para aindaacreditar que chegarei em você. Te amar doi, mas ninguém entende. É uma dor tão cruel que sópode ser curada por você. Tento me manter acreditando em Bemma para não acabar morrendode dor. Eu tenho teorias pra explicar minha dor. Bom, este foi o único método que achei praficar bem em cima dessas dores, pois eu as sinto demais mesmo e tinha que o desenvolver, parapoder ainda acreditar. Enfim, minha teoria é que os sonhos, eles não são sonhos. São meio queuma realidade. Sabe, quando nos apaixonamos por algum menino da sala? Isto acontece, narealidade, na sua vida, perante seus olhos, não é um sonho, é um sentimento. O mesmo é acoisa contigo Emily, mas as pessoas inventaram de chamar de “sonhos” aquilo que nos estáslonge. Ei, mas você Emma, não é tão inalcansável, então pra quê chamá-la de sonho? Após umanoite de sono, do que eu me lembro? Muitas vezes de nada. Se este meu sentimento por vocêfosse um “sonho”, todo o “sonho”/amor se apagaria assim que acordassemos. E quando eu melembro, parece a história da Alice No País Das Maravilhas. Tudo uma loucura no meu sonho,como o fato de ter um animal que nunca vi, animais falarem e várias outras coisas que SÃOIMPOSSÍVEIS. Você Emily não é impossível. Primeiro porque existe, segundo porque respira omesmo ar que eu respiro, terceiro porque mora mais perto de mim do que imagino, pois ainda éneste mundo, não em um País Das Maravilhas, um lugar de sonhos. Meus sentimentos por vocêsão sementes dos meus experimentos. Quando experimentamos uma comida, se gosto, ireicontinuar a comê-la, se não, a deixo de lado. Mas quando gosto dela, às vezes me dá aquelafalta de comê-la e aos poucos deduzo que é a minha comida preferida. O mesmo acontece comvocê. Te vejo em um filme, gosto, sinto falta de ver o filme, vejo de novo, e depois tanto, quepercebo que amei o filme, e procurando mais sobre a atriz, percebo, aos poucos, que ela virou omeu mundo em si. Não é um sonho amar, é uma realidade. Sonho pra mim, é uma palavramediocre utilizada para falar de nossos amores por ídolos. Por quê então não dizemos logo,AMOR POR MEU ÍDOLO? Não é assim tão inalcansável para ser dito como apenas um “sonho”,meu amor por você Emma, não é apenas um sonho. Então porque logo não me toco e vemosque é assim, tão perto? Não é um sonho, algo inalcansável, é um amor, algo puro e realizável.Todo dia de uma vida, é uma luta por amor. Para quem acredita ou não, Deus pra quemacredita, e para quem não, Uma força, nos deu sentimentos. Só estou explorando eles, e não éerrado. Mas também nada nesse mundo promete que irá dar certo, mas não preciso do mundo,só precisamos de mim mesma. Pois se tem gente que chegou até a lua, não vai ser tão difícilchegar aos E.U.A ou onde você estiver. Só é preciso calma, paciência, e pode doer de verdade,mas a dor é só um desafio, que é pra passar por cima, provar que acredito tanto em meu amor,que ele pode vencer até a dor de viver sem o motivo de meu sorriso. Pois o meu maior sorrisoainda virá, tento acreditar nisto. Se foram precisos 1969 anos, e ainda os anos antes dacontagem após Cristo, para o homem pisar na lua, atravessar uma fronteira vai ser mais fácil,mas ainda assim vai demorar um pouco, e posso parecer fraca chorando, e sentindo meu peitodoer em ver você tão longe, mas se prestarmos atenção, é apenas uma ilusão minha, pois sou
  4. 4. mais fortes que imagino, pois estou ali, para defender você quando é criticada negativamente,estou ali, para ver todas os filmes novos com pressa, estou ali, votando para premiações paravocê vencer, e quando não tem como votar, torcendo como louca. Então, chorar não é umacoisa tão grande comparada a todas as vezes que eu podia desistir, concordar com as críticas,deixar de ver os filmes, deixar de votar, podia realmente desistir, mas sou forte, realmenteforte, ou tento ser, mas está funcionando e se sou capaz de sorrir pelo seu sorriso, lágrimasainda não serão o bastante me derrubar deste amor. Só tento me lembrar, enquanto choro,estou superando mais um obstáculo da minha jornada, então estou cada vez mais perto de vocêEmily. Dor e choro não significa que tenho que desistir, mas sim que devo continuar, e no fimprovar a essa dor e choro, que sou forte e fui capaz de realizar aquilo que a dor e o choro pediame que não realizasse, que parasse de “sonhar”. A vida é feita por “sonhos”. E , um dia eu já foium. Um dia já fui desejada a nascer, e nasci. Estou aqui. Isto então me prova que buscar algoexistente não serar tão assim difícil. Só tento acreditar nisto, e quando não tiver por quê praacreditar, ficarei fitando seu sorriso até ele me fazer acreditar de novo.” 15/07/11 — “Ei Emily,vai estar em casa hoje às 15:00hrs? Aliás, 13:00hrs por causa do fuso horário. Irá me esperar nafrente do Aeroporto Internacional John F. Kennedy? Ou me espere na frente do AeroportoInternacional de Orlando? Me espera por favor, quero ver aonde moras, para alugar umcantinho pertinho. Para pode marcar sua rotina e está acordada na hora em que você acordapara brilhar como atriz, e ainda acordada para te ver chegar com o brilho da lua. Quero estarperto de você, esta suficientemente perto para ver seus dentes irradiarem à um raio de doismetros. Quero estar perto, em um apartamento em frente ao seu, como Peter Parker e MaryJane. Queria então te tirar de um dia de estresse e curtir a vida, cantando uma música em plenarua com uma coreografia sem sentido, como em Curtindo A Vida Adoidado. Queria te oferecerum voo de balões pregos a uma casa, como em Up - Altas Aventuras Da Disney Pixar, ou apenaste dar um bom dia apenas pulando em uma cama, como em A Mulher Da Viajante Do Tempo. Euquero passar algum tempo com você. Já chega de apenas sonhar isto, eu quero, eu preciso. Porfavor Emily, ligue pra mim e conforme nossa ida ao parque amanhã. Emily, por favor, diga emuma entrevista no quanto você precisa de mim. Pois eu preciso assim tanto de você. Eu precisode seu sorriso, eu preciso do seu corpo pelo menos a cinco metros do meu. Eu preciso estarperto, ou ao menos longe, mas você sendo ciente do meu amor. Emily, eu não aguento mais evocê não entende! Emily, me responda, por favor! Só me escute! Estou aqui cansada de gritar ede achar tudo tão injusto por você não estar comigo, ou por você nunca ter estado comigo!Emily, assim gritando acabarei perdendo a voz! Saiba que eu te amo Emily Jean Stone! Escuteeste meu grito! Emily! Por favor…por favor…por…favor…por…” 15/08/11 — “Vou parafrasearalgo pra você hoje: “Sentir o amor, é sentir-se na beira de um penhasco, ameaçado de pular aqualquer hora. Sentir o amor é sentir o incontrolável nos fazer pular para um abismo profundo.E chegarmos ao fim e mergulharmos com grande força em um oceano que nos sufoca por suapressão. Iremos morrer. Iremos bater a cabeça em uma pedra. Iremos perder o controle denosso impulso e não conseguir emergir para o ar. Iremos morrer afogados. Ou a pressão nosmatará por si só. A adrenalina corre por nossas veias e nos deixa satisfeitos consigo mesmos.Mas será que sairemos desta? Vivos, vitoriosos, mortos, machucados. És o amor. Não és a dor.Não és a realidade. É a adrenalina pulsando frenética no pulso nos fazendo cometer satisfatórios
  5. 5. acertos, mas dolorosas consequências que podem não ter mais um volta”.” 15/09/11 — “Estador enorme de viver sem a faísca de seus olhos está me tomando por inteiro. Eu não sei comonem por quê você é capaz de me fazer tão irremediável ao seu encanto. Muitas pessoas nestemundo com certeza são capazes de olhar para ti e nem se quer perceber seus olhos. Mas eupercebo. E isto me deixa tão mal. Deduzi que, seus olhos soltam faíscas, pois eles refletemtamanha luminosidade e perfeição para câmera. Eu quero ver estas faísca também. Estas faíscasverdes capazes de cegar, mas sempre nos manter fitados em seus olhos. Eu quero ver os seusolhos. Quero vê-los e sentir o calor deles. E sentir então o seu gélido. Seus olhos são um eclipse,um encontro entre o sol e a lua e quando estás cada vez mais luminoso, é que o sol tomou lugar,e quando estar cada vez mais escuro, a lua está ali, brilhando. Seus olhos são feitos das duasprincipais matérias necessárias para a vida. O sol, que nos mantém no dia, e a lua que nosmantém na noite. Você é os dois tempos que todos tem, mas ninguém percebe. Deusa do sol eda lua, é isto que você é, por ser capaz de controlar o tempo e os seres dependentes deles. Evocê nem sabe minha deusa. Os outros nem sabem minha deusa. Mas eu sei. Não me perguntecomo, mas se eu sou capaz de pensar em você durante o dia e durante a noite e você ter estetamanho brilho maravilhoso que irradia de tua íris ao meio externo, então deduzi. Como ésperfeita Jean. Simplesmente magnífica. E pode não ter nenhum fundo de razão dizer, mas eurealmente prometo a mim mesma e perante ao sol, que são os seus olhos, que, eu irei teencontrar, isto, eu prometo e realizarei. Tomara minha deusa.” 15/10/11 — “Consegues meescutar? Consegues me ver? Se eu gritasse o mais alto que pudesse, você iria? Se eu colocasseem todos os outdoor do mundo, você iria? Você sorriria? Choraria? Se animaria? Raiva sentiria?Não entenderias? Acharias exagero? Ver todo aquele “eu te amo” para você, espalhado nomundo inteiro? Acharias incrível? Apreciaria de fato meu amor atravessar as fronteiras? Viriasatrás de mim? Me acharias? Me abraçaria? Sorriria? Riria? Sentiria? Se sentisses o que eu sinto,veria o que eu veria? E o que eu verias? O mundo me abraçando por inteiro. Dois terços de águae o resto de terra, rodeados pela luminosidade de sol, lua e estrelas. Um mundo, com países,estados, ruas, pessoas. O que sustenta todos os habitantes, que sustenta todo tipo de vida,desde a natureza, animais à humana. O mundo, o planeta Terra. O meu mundo, sem poluição,sem doenças, um mundo perfeito. O mundo em que vivo. Eu vivo em ti Emily, vivo em seu peito,no coração de meu planeta. A cada batimento seu e a cada suspiro, inspiro e expiro, eu estouaqui, respirando por você e esperando que estejas respirando por este simples fato. Meumundo, minha Emily. Não és exagero dizer coisas que das muitas nunca irei fazer. Posso nãogritar o suficiente para me escutar, nem por em todos os outdoor para me ver, mas faço o maisdifícil de que muitos não pensam em fazer. Vivo. Vivo amando. Vivo a respirar, mas dandosuspiros pelo meu mundo. Vivo a correr, para um dia chegar no meu mundo. Vivo a falar, comotreinamento a falar com meu mundo. Eu vivo, e posso até não ter vivido grande parte da minhavida para chegar ao meu paraíso em terra. Mas apartir do momento em que o meu mundosorriu para mim, numa tela de televisão, descobri então, o que serias minha busca. Não seicomo irei consegui-lá. Mas a farei e usarei toda a calma e paciência possível, pois o prêmiochegas em breve.” 15/11/11 — “Emily Jean Stone. Como começar um simples texto pra você?Bom, vamos esquecer o fato então que eu estou a meia hora tentando começar esta incrívelnarração de conto de fada. Mas não é bem assim. Meu amor por você não é conto de fada. Está
  6. 6. longe de ser. Dor. Ciúmes. Raiva. Não raiva de você claro. Mas vamos dizer que é tudo culpa dadistância e de indivíduos. Eu só queria poder começar um texto pra você falando que nosencontramos da primeira vez em uma praia. Viramos amigas. Conversamos todos os dias. Rimosde piadas ridículas. Mas nem é assim. Queria poder começar um texto pra você dizendo quesomos irmãs. Quem me dera. Só em pensar que poderia acordar todo dia em um quarto pertoao seu. Poder estar contigo nos piores momentos. Mas nos bons também. Poder ir te buscartodo dia após um dia cansativo de trabalho. Poder aplaudir em pé, do seu lado, em umlançamento de seu filme. Poder assistir todos os dias filmes seus na televisão (o que já faço),mas poder olhar para a cozinha e ver você ali. É. Que sonho. Que sonho completamenteimpossível. Só queria então, te ver de longe sabe. Te ver ali, dando autógrafos pra outros. E naminha mente só o pensamento: “Como ela é linda, como ela é doce, como ela é inteligente,como ela é maravilhosa, como ela é completamente mágica, repleta de uma beleza incapaz deser humana…”, mas depois me lembraria que você estaria ali na minha frente, e tentar dequalquer forma levar um pedacinho de você comigo. Seu cheiro. Uma memória de seus olhos.Uma foto do melhor dia da minha vida. Um autógrafo da melhor atriz do mundo pra mim. Umadecorada fala sua do momento. Um vídeo em pensamento de seu riso tão perfeito… Eu sóqueria você. Eu só queria começar um texto pra você e ser livre da maldição de chorar. Eu sóqueria ao menos ter boas lembranças ao teu lado. Mas minha escalada ainda não me levou aopremiado seu lado. Eu só apenas queria. Só queria. E o destino pode até me reservar(desgraçado) futuro longe de ti, mas se ainda assim você estiver sorrindo, eu estaria aquicompletamente agradecida a Deus e a todos ao teu redor por estarem fazendo minha princesafeliz. Minha princesa. Por quê ainda existem pessoas que insistem em falar que a você é aprincesa DELAS? Na boa, não é. Desculpa te tratar com tanta possessividade meu amor, masvocê não sabe o quanto me magoa ver que nem todos encaram meu sonho como realidade. Àsvezes nem eu, sabia? - E estou falando como se fosse pra você, mas na boa, você não vai ler isso.- Como agora. Como todos os dias que acordo a pensar que você está tão longe, mas então,involuntariamente olhar qualquer foto sua e me perder nos seus tão lindos olhos claros. Comovocê pode? Como você simplesmente pode ser a cópia de uma fada? Como você consegue sertão incrivelmente simpática, e linda, e maravilhosa, e engraçada, e ainda tem uma voz linda, eainda é respeitosa, merecedora de tudo na sua vida. Como podes? Como podes ser assim? Tãoincrivelmente minha? Somente aos meus olhos né. Você nem sabe. Quase o mundo inteiro nãosabe. Continue sorrindo para eu ainda ter esperanças, pois só o fato de que você não estácomigo, nem por um segundo, o fato de que nem todos estão dispostos a acreditar no meusonho e que ainda existem pessoas com o mesmo sonho que o meu, me DE-SA-BA por IN-TEI-RO. Entende isso? Bom, dor. Muita dor. Uma devastação de meu ser, mas que ainda assim, écapaz de melhorar com seu sorriso. Obrigada por sorrir “Emma”, você às vezes me deixadolorida por não ser o motivo do seu sorriso e acredite, dói demais mesmo, mas ainda assimobrigada por você ser o motivo do MEU sorriso. Sempre. Eu te amo. Mesmo. Eu apenas queriafazer um texto. Apenas UM texto. Um texto onde tudo fosse perfeito, onde eu falaria dosmelhores relatos sobre meu amor por você. Talvez eu não seja então, a maior fã do mundo parater tamanha honra de tua presença. Tenho que parar com isso. De dizer que não te mereço.Mas talvez seja verdade. Por quê Deus ainda não te colocou no meu caminho, só pra apenas um
  7. 7. abraço? Por quê? Eu não mereço? “Pára com isso Bárbara, agora!” “Mas dói!” “Dói porque vocêa ama.” ” Dói porque eu a perdi.” “Você não tem como perde-lá,” “É, verdade, eu nunca a tive.”- Pára com isso subconsciente, agora! - então gritou o espírito Bemma dentro de mim - Vocêprecisa acreditar no seu sonho, para torná-lo real, você não é menos fã porque outras pessoas járealizaram seu mesmo sonho, você parece assim tão forte, para os outros você é tão segura enão deixa ninguém cair de seus próprios sonhos. e sua famosa frase: “Não é por quê é sonhoque deixa de ser menos real?” Seja forte Bárbara, POR MIM - E então neste momento, a voz naminha cabeça, meu subconsciente Bemma, sai com a voz da Emma. Da minha Emma. Emportuguês até. Por quê não falas assim comigo Emma? Por quê não me veem pessoalmente ediz, qualquer coisa, e diga então este “POR MIM” no final, só para eu não pensar que sou louca.Só para pensar que você é capaz de se comunicar comigo. Por favor Emma, eu faria QUALQUERCOISA pra você, só bastava este “por mim”, só bastava seu sorriso na minha frente, ou seu olhode longe, ou apenas sua voz. Só a sua voz. “Mas a Emma é tão incrivelmente perfeita e nãoanormal como eu, e não se comunicaria comigo por telepatia. Muito menos em português.”Cala a boca realidade. Me deixa sonhar. Me deixa olhar pro lado e encontrar a Emma sentadaaqui, bem aqui, na cadeira ao lado deste computador. Senta aqui Emma. Veja eu te escrevereste texto. Deixa eu recitá-lo pra você. Fica aqui Emma. Não vai então em bora de mim. Não meabandone Emma. Eu acordo a pensar em ti. Passo a manhã em me preocupar se você está bem.A tarde sentindo orgulho por você ter se dedicado ao trabalho (que você atoa com grandetalento). A noite com mais preocupação em pensar se algo te incomoda e não te deixar dormir.É assim, é assim ser fã de você. Já se perguntou como é? É um mar de rosas, quando ver umfilme seu na estréia, no cinema, na tv. É um orgulho te ver receber prêmios. É engraçado te verfazer comédia. É ridículo tentar imitar algumas cenas suas. É estranho chegar na sala e me verfazendo isso que acabei de dizer. É especial te ver agradecer seus fans »EU«. É apaixonante tever toda arrumada, aliás nem precisa, só em te ver mesmo, pois você é linda todos os dias. Édoloroso viver sem sua presença. É impossível viver sem seu sorriso. É viciante ver suas fotos. Énecessário ter notícias. É importante manter o cargo de “maior fã”, o que é extramentedolorido, mas só em ver, no fim, pessoas acreditando e você e no seu sonho, realmente vale apena. Você Emma, é uma pessoa muito fácil de se apaixonar. Li em algum canto, que as pessoasse interessam pela beleza da outra, mas a personalidade que vai fazer com que a outra pessoaseja a escolhida. Você é a minha escolhida. E vai soar muito vulgar falar que tudo começou porcausa de sua beleza, mas é, sinto dizer. Mas o que me mantem te amando, é sua personalidadeem si, que pelo o que escuto, leio, procuro saber, luto para descobrir, é simplesmentemaravilhoso. Já te falei que você é a cópia de uma fada? Pois é, você é muito semelhante a uma.Cheia de bondosidade no peito, entusiasmo, carisma, familiaridade, amigável e por mais que seurosto tenha de repente estampado Hollywood por ser a nova ruiva jovem adulta do momento,você vai bem mais além disso. Você pode não ser um ser humano perfeito a quem te julga depertinho. Mas quem dera eu Emma, poder apontar seus minúsculos defeitos, como, não sei,uma cor de esmalte feia? Não consigo imaginar um defeito teu. Você é tão… tão perfeitamenteimperfeita. Se tiver um defeito, seria minimo. Você é uma fada? Não? Certeza? É, você é apenasuma mulher. A mulher. A atriz. A maravilhosa. A encantadora. Você é tão perfeita Emma? Porquê Deus me castigou pondo um ser como você na minha vida? Por quê Deus te deu a
  8. 8. característica básica para criar interesse de mim sobre você e ainda uma personalidade tãomaravilhosa. Tão mágica. Por quê Meu Deus? Por quê deixou Emily Jean Stone cruzar o meucaminho? Amá-la às vezes dói tanto. Eu ainda não entendo Emma, como podes ser assim? Terum olhar tão apaixonante? Mas o mesmo ser capaz de me destruir por inteiro? Não é sua culpa.Quem dera eu não te amar tanto, pra não sentir todas essas dores do meu grande sentimento.O amor. Não o amor, O amor. O amor maior que o amor. A capacidade de amar alguém quemnem se quer sabe da suas existência, sofrer por ciumes não correspondidos, mas se contentarcom o fato de que respira o mesmo ar que seu ídolo. Então, já carrego uma coisa de ti, Emma,comigo. E você não tem ideia, como apenas o ar, o seu ar, me sustenta todos os dias. Quandotenho asma, é falta do seu ar comigo. E cada expiração e inspiração, é o seu ar sendotransformado em amor e assim liberado para o mundo, para ver, se em qualquer lugar que vocêesteja, vai sentir, este meu amor tão grande, que ficou conhecida como a camada de oxigênio.Atmosfera.” 15/12/11 — “Eu estava aqui pensando em alguém. Não em alguém. Em você. Emily.Por quê isto está cada vez mais frequente? Você está invadindo minha mente, me fazendoenlouquecer, por quê? Eu acho que talvez não seja intenção sua me fazer sofrer deste jeito, masde outro modo, você nem me conhece para muito menos ter uma intenção de não me afetar.Mas vou ser otimista, coisa que tento todos os dias. Coloquei na minha cabeça que você não fazo que faz por querer. Você apenas sorri. Ri. Você é você mesma, alguém. E isto me divide. Medeixa muito feliz por ver você feliz, e uau, como sorri maravilhosamente. Mas machuca.Machuca pensar que não sou a dona de seu sorriso. Você, em 90% das vezes não sorri por mim.Mas eu guardo comigo uma porcentagem de 95% de sorrisos por dia que foram arrancados porvocê. Não exatamente por você. Mas por fotos suas, vídeos, gifs, falas, filmes, premieres. E ésimplesmente tão bem poder sorrir por “nada”, mas não exatamente legal chorar por “nada”também. Eu só acho meu anjo, que em todo este tempo, eu já deveria ter tido umacorrespondência de todo este meu amor. Sei lá, passagens de avião não caem do céu, mas comoeu gostaria de uma. E dinheiro, é, dinheiro não cai do céu, assim eu não seria capaz de mesustentar em um local para apenas ver você. Ou fazer como aquelas pessoas que vão emprimieres. Eu pagaria para ir em uma, só para te ver, é verdade. Se eu tivesse condições, eu játeria cruzado seu caminho a muito tempo. Mas as condições financeiras estão pouco seimportando para minhas condições emocionais. Se dependesse de mim, eu estaria no seu ladoEmma. Agora. E não te deixaria escapar. Deve ser completamente apaixonante ver teu sorrisoao vivo. Eu não deixaria me perdê-lo. E a cada dia sinto que preciso dele mais e mais. Observá-lo, vendo seu movimento de abrir a boca e criar covinhas nas duas bochechas, deixando seurosto em formato de coração e deixando amostra a maioria de seus dentes superiores. Lindo,não? E o jeito em que seu sorriso se destaca em meio de tantas mechas ruivas, ou loiras, oumorenas. E acima de seu sorriso, um par de olhos sem cor definida. É verde com azul? Ou azulcom verde? Eu acho que é verde azulado. Que brilha. Brilha muito. É na verdade da cor daságuas cristalinas do atlântico. É perfeito. Não conseguiria imaginar beleza maior. Já se olhou noespelho e viu o mesmo que eu vi Emma? Eu te vejo como uma fada. Minha fada desde 15 denovembro de 2008. E é mágico só o fato de te ver sorrindo por fotos, mas deve ser magnífico tever sorrindo ao vivo, deve ser inexplicável te fazer sorrir. Objetivo de vida fajuto? Pouco? Não.De verdade, é este meu objetivo. Em anos é e espero que em durará poucos anos. Quero
  9. 9. realizá-lo. Quero te fazer sorrir. Quero me sentir tão bem quanto as pessoas ao teu redor sesentem. Eu quero me sentir hipnotizada por sua magia. Eu quero que compartilhe este mágica.Comigo. Mas não sei se tenho forças para esperar tamanho tempo que me aguarda até isto, masespararei, passiente, a oportunidade de me sentir a pessoa mais feliz do mundo. Só, obrigadapor estar longe de mim Emma, e ter por isto me dado um fascínio a vida. Mas também obrigadapor existir, pois assim, compartilha sua arte, fé e felicidade com todos a sua volta e os contagia.Me contagiou. Obrigada por isto. Obrigada por ter lutado pelo seu sonho. Estou aqui lutandopelo meu.” 15/01/12 — “Querida Emma, inicio agora uma carta para você. Às 00:47 do dia 15 dejaneiro de 2012 e você me veio a cabeça. Não posso explicar o por que, mas pensar em você demadrugada já é previsível. Como também é previsível pensar em você a toda hora do dia. Naverdade, você que me tirou o sono. É algo ruim? Não sei, mas irei descobrir. E talvez para isto eutenha de escrever uma carta. Não qualquer carta, A carta. É nela que irei relatar qualquer tipode sentimento meu em relação a você. E um dia, se A carta for enviada a você, você irá concluiro por que eu perco o sono por ti. Mas não me conte, eu não preciso saber por enquanto, poisacredite, sendo algo ruim ou não, perder o sono por você é uma das melhores coisas do mundo.Só pelo fato de ter ter em mente, mesmo que eu te tenha em mente todo tempo, ainda assim,não cansa. Ok, que A carta comece. A dois dias mais ou menos, perdi o sono por você, mas nãopor qualquer pensamento, mas porque eu podia te ver ao vivo. Não sei se foi tarde o horário deque começou o PCA onde você estava Emily, mas aqui era meia-noite. Assisti o programa inteiroao vivo para apenas te ver uma vez e ganhar. Mas ainda assim te senti perto. Eram o quê? Ummetro de distância? Esta é ao menos a distância da cadeira de balanço da sala para televisão. Édefinitivamente masi perto do que os quilômetros de distância que você está de mim. Eu voteitanto para que ganhasse minha princesa! Não ganhou em todas as categorias que concorria,mas ganhou a uma delas. E só por ter sido reconhecida e indicada me deixou extremamentefeliz. A uma semana atrás, no máximo, assisti Zombieland de novo. Wichita, papel bastantediferente dos quais você já fez, mas tão bem feito. Às vezes me pergunto se seria descobertacomo atriz se não tivesse feito o “Projeto Hollywood”. Eu acho que sim, mas seria impossívelconsiderar isto, pois do jeito que você é, já teria dado um jeito para ser a atriz maravilhosa etalentosa que é hoje. Um dia antes do PCA, a mais ou menos 3 dias atrás, eu vi uma foto suabeijando Andrew Garfield. Eu já sabia que estavam juntos mas ver a foto me deixouextremamente feliz. Então, ele cuida de você… Isto é o que me reconforta na verdade. Saberque existem pessoas que podem cuidar de você. Mas ora, o que uma garota de 13 anos faria?Então seria você para cuidar de mim. Ah, isto eu queria! Cuidaríamos uma da outra, um sonho,não? Ok, meu sonho. Há 9 dias atrás foi meu aniversário. Acho que foi o momento em que eu vivocê mais do que em outros dias. Você estava direto comigo, o dia inteiro. Até para assoprar avela do bolo 7 dias atrás. Foi meio que meu pedido te ter por apenas um dia. Demorei a dormirpara não ver você ir embora. Você cumpriu bem meu pedido, apesar de que não esteve aquipessoalmente e na minha cabeça falava em português para eu entender. Há 14 dias atrás, anonovo ao ver o ponteiro do relógio passar de um tracinho para o 12 junto com o outro ponteiro,eu fiz um pedido. O pedido foi que de qualquer forma eu soubesse se estava bem. Pouco tempodepois de fazer o pedido na minha cabeça, uma música de forró que tocava, da qual dizia algodo tipo “eu não preciso de você, nem dá sua traição, ‘ESTÁ TUDO BEM COMIGO’, arranjo um
  10. 10. melhor … e blábláblá”. Mas de tudo, eu só ouvi o “está tudo bem comigo”. Logo relacionei isto avocê, apesar de não ter a mínima ideia da letra da música, ao escutar o “tudo bem” meu pedidose realizou. Então fiquei bem por você. E a propósito, se responder esta carta, diga-me sepassou o ano novo bem para eu acreditar na “mágica” do dia primeiro, mas seja sincera, ok?Mas enfim, irei falar de hoje afinal, pois é hoje o dia em que decidi fazer uma promessa paravocê. Logo direi qual, mas primeiro irei contar sobre meu dia e o que me levou a tomar estadecisão. Hoje, não dormi pensando em que dia era hoje. Logo pensei, “15”, para ser mais exata,fazem exatamente 3 anos e dois meses que você ilumina minha vida. E segundo, hoje eu podereite ver ao vivo de novo no Golden Globe Awards. Estou muito feliz por você meu amor, por TheHelp ter sido indicado. Na realidade, ninguém aqui entende o por que sou completamenteobcecada por você. As pessoas ficam dizendo “Já sei, isto lembrou sua Emma.” ou “Olha aí a suaEmma, a mulher por qual você é apaixonada.” e também “Já viu este filme com sua Emma? Ai é,claro que já viu.”. Eu fico completamente sem graça, mas na minha cabeça, fia florescendo umorgulho de escutar as pessoas dizerem “sua Emma”. Eu nunca percebi como isto soava tãopossessivo. Desculpe Em. Mas hoje também me sinto mal. Ciumes. Muito ciumes de você. Maisuma vez desculpe-me. Irei melhorar, claro, então pararei de escrever, continuarei demadrugada, pois já terei lhe visto na televisão e isto me fará muito bem. (03:55 A.M.): NossaEmily, estou completamente cansada! Mas preciso escrever para você! Estou extasiada porvocê, por sua beleza! Você estava maravilhosa! Na minha televisão por assinatura, tinham doiscanais transmitindo o GGA ao vivo, eu na verdade, liguei a televisão só para ver você. Não meimporta quem aparece no Red Carpet ou quem sobe no palco. Eu fiquei assistindo das 11 horasaté 3 e meia só para te ver. No Red Carpet, você estava deslumbrante! Assisti a mini entrevistasua para E! e pouco tempo depois, mudei para TNT para ver sua entrevista com eles. Aocomeçar o GGA, calculei em que mesa estava, parecia ser uma mais ou menos no centro, aquarta mesa se eu não me engane. Toda vez que não era filmado o palco, eu procurava você esempre achava, rindo, sorrindo, falando. E teve algumas vezes que filmaram seu rosto enquantoria. Imagino que o diretor de filmagem tenha se apaixonado sua beleza e encanto que nãoresistiu e colocava a câmera para filmar você e seu riso que cria covinhas. Você parecia um anjoEm, um perfeito anjo. Foi tão bom te ver ter noção de onde estava, ter passado mais uma noitecom a certeza que estava bem. Quer dizer, estava bem, não estava? Eu não precisaria passarmais uma noite pensando se continuava sorrindo. Foi mágico te ter ali, sentir que tinha você sópra mim, como deveria ser, por ao menos um dia, ou ao menos aquela noite, ou para sempre. Eé por este meu sentimento por você que fiz A carta contando sobre A tal promessa. Eu ireiescrever para você, o que não é novidade, mas irei escrever todo dia 15 de cada mês. Boa ideia?Ah, isto não sei, não sei nem se a promessa durará por muito tempo, mas irei tentar. Quero queum dia leia todos os meus relatos de amor que até hoje duraram mais de 3 anos. Eu não sei, masgostaria que sentisse um pouco de afeto por mim. Não precisava ser do tamanho do meuimenso afeto por você, mas é que, sei lá. Estou aqui para você Em, me sinto especial por isto. Eusó queria que alguma vez sorrisse só pra mim, para que eu sentisse que por um segundo vocêestaria ali por mim, pois estou aqui para você todos os dias, sempre estarei Em. Não importaquanto tempo levará, se irei cumprir minha promessa ou não, mas eu sei que, ainda estarei teamando. Eu te amo, Em.” 15/02/2012 — “Eu não tinha percebido o tempo passar, nem tinha me
  11. 11. lembrado de que hoje, hoje seria mais um dia 15, onde eu poderia de novo escrever para você.Eu não havia percebido o quanto os meses estão passando exageradamente rápidos e aquichegamos nós de novo. Mais um mês de história. Parece que foi só um dia. Parece que teconheço a apenas 4 dias, mas não, são 4 anos e 4 meses. Pois a cada dia você parece estar tãomais angelical, que eu me pergunto se lhe conheço, pois a cada dia, você melhora seu sorriso,seu olhar, seu jeitinho. Fica cada dia mais impressionável e eu fico aqui, perplexa com seu jeitode me deixar tão sem jeito. Mas diferente de qualquer dia 15, irei escrever algo que não édirecionado a você como sempre foi. Esta vai para o Andrew, pois ele meio que está me fazendoum “pequeno” (imenso) favor. Passe esta carta para ele, se puder, se não Emma, apenas leia, sópara você ter uma noção de como me sinto bem. Caro Andrew, eu sempre o vi como umapessoa simpática, alegre, bonito, que podia ter qualquer coisa que quisesse qualquer pessoaque desse na cabeça. Mas de alguma forma, a pessoa que foi sua escolhida, aliás, que foiescolhida para ficar com você, pelo destino, Deus, não sei, não sou religiosa, mas voltando, apessoa que está ao seu lado é Emma. E é inevitável eu não me sentir insegura em relação a ela.Eu fico pensando “Será se Emma e Andrew já discutiram?” ou “Será se a Emma se senterealmente feliz ao lado dele?”, mas nem preciso de respostas. A cada passo seu e dela juntos, euconsigo ver o sorriso dela se formar só de estar segurando a sua mão, não a de outro alguém. Evocê, você parece amá-la tanto! Você meio que virou o “protetor” dela. É assim que vejo nasfotos. Você a abraça e quase não a larga. Você a beija e quase não para. Você a faz rir e imaginoque queira ouvir este riso por horas. Você ao menos sabe como é bom saber que ela está rindo,sorrindo, amando? Bom, se não sabe, vai saber agora. Eu me sinto bem com isto, pois Emma jáenfrentou tanta coisa! E todo dia enfrenta seu sonho de ser atriz, tendo de aceitar um “não” devez em quando e um “sim” que tem de fazê-la se esforçar mais, para sempre se superar mais emais. A mãe dela teve câncer, mas já está curada. Emma veio para Los Angeles muito nova! Edesde nova teve de procurar sua própria renda, mas ela ainda assim insistia que seu dinheironão seria por ser garçonete e nem sacoleira de supermercados. Ela iria ser atriz, iria ser atrizdesde o momento que cruzara a fronteira. Ela estava em Hollywood e ninguém podia pará-la. Eninguém parou, porque ela nem se quer deixou. Ela é uma guerreira Andrew. Ela é umaguerreira cada vez mais forte todos os dias e sabe por que eu me sinto bem? Por que de vezenquanto a força esgota, mas ao lado dela está você e eu sei que você sempre a animará,sempre dará a força necessária para ela continuar sorrindo, rindo, sonhando. Você tem umagarota sonhadora em mãos Andrew. A eterna pequena Emily em seus traços de adulta. Ela aindasonha, ainda imagina, ainda ri de pequenas coisas, ainda se diverte só no fato de estar na cidadeamada. Você tem a pequena Emily em mãos. Está vendo ela crescer a cada pequeno trabalho evendo-a rir como a criancinha que fora. Você tem algo excepcional em mãos. E por isto oagradeço, por cuidar dela tão bem, por me fazer tão bem. Sabe Andrew, você me faz feliz, poisvocê a faz feliz. Só, obrigada.” 15/03/12 — “A cada mês, a cada dia, a cada vez que vejo “15” emqualquer lugar sinto-me mais próxima de você. Quinze virou o meu número da sorte. É o tantode vezes a mais que meu coração bate ao te ver. É a quantidade de palavras que passam emminha cabeça ao olhar para você “Linda, maravilhosa, guerreira, inspiração, anjo, fada, princesa,bebê, fantástica, estrela, musa, deusa, batalhadora, fofa, vida”. É o número de vezes queconfundo qualquer outro nome com o seu por dia. É a quantidade de cenas que tenho
  12. 12. montadas em minha cabeça do dia que nos conheceremos. É o tanto de vezes que já tenteienviar uma carta para você, mas nunca as achei boas o suficiente. É o número exato de vezesque penso em você por dia multiplicado a mais alguns números. Quinze, é o meu dia e o seu dia.E o dia que mais me importa em mais de 15 meses. Quatro anos e cinco meses, quem diria?Quem diria que o tempo passou assim, tão rápido. Sabe, mas o que aprendi em todo este tempofoi que, tempo nunca vai ser o suficiente para limitar o meu amor por você, pois neste exatomomento, meu coração está acelerado 15 vezes a mais que o normal só por ter você em minhavida. E humildemente espero apenas por você, para pegá-lo, pois é seu.”

×