Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Capítulo 2 - A Aventura Humana

2,625 views

Published on

Neste capítulo mostramos que a História é uma aventura humana marcada por contradições, lutas, sonhos e frustrações. O historiador deve procurar fazer o registro e interpretar essas múltiplas dimensões do homem.

Published in: Education
  • Be the first to comment

Capítulo 2 - A Aventura Humana

  1. 1. Pré-história: um conceito discutível Os historiadores do século XIX dividiram o tempo dos seres humanos na terra em dois períodos:  Pré-história: Começou com o aparecimento dos humanos (há cerca de 2 milhões de anos) e teria fim com a invenção da escrita (por volta de 3000 a.C.).  História: Idade Antiga, Idade Média, Idade Moderna e Idade Contemporânea. Essa periodização considera as sociedades sem escrita como sociedades sem história. Os historiadores atuais não aceitam essa visão, pois para eles as fontes não escritas são tão importantes para o conhecimento das sociedades humanas quanto as fontes escritas para o conhecimento das sociedades humanas. Portanto, acredita-se que a Pré-história é parte da História.
  2. 2. Para a ciência atual, todos os seres humanos fazem parte de uma mesma espécie que surgiu na África há cerca de 70 mil anos e foi fruto de uma longa evolução. O que podemos aprender com os fósseis? Fósseis são vestígios de organismos ou plantas que se conservaram sem perder as suas características básicas. Através deles obtemos informações importantes sobre um organismo que viveu a milhares ou milhões de anos. Essas informações são processadas pelos Paleontólogos (cientistas que buscam conhecer as formas de vida vegetal e animal por meio dos fósseis). Os primeiros habitantes da terra.
  3. 3. Os hominídeos  Os antepassados dos seres humanos são chamados pelos cientistas de hominídeos.  O mais antigo hominídeo, o Ardipithecus, viveu na Etiópia, entre + 4,5 e 5,5 milhões de anos. Mais tarde, + 3,5 milhões de anos, surgiu os Australopithecus.  Posteriormente, + 2 milhões de anos, surgiu o gênero Homo, no qual estão incluídos os hominídeos de maior capacidade cerebral.
  4. 4. Paleolítico: humanos fazendo o fogo
  5. 5. O domínio do fogo  A descoberta do fogo foi uma conquista decisiva do Paleolítico.  O fogo servia para aquecer-se nas regiões frias, afugentar animais ferozes, ter luz à noite e assar ou cozinhar os alimentos.  Cozida, a carne era mais digestiva e podia ser conservada por mais tempo.  Isso tudo colaborou para evitar longos períodos de fome, aumentando o tempo de vida dos grupos humanos daquela época.
  6. 6. Especiés de hominídeos do gênero Homo
  7. 7. Imagem Espécie Ardipithecus Homo habilis Homo erectus Homo sapiens neanderthalensis Homo sapiens sapiens Quando surgiu + 4,5 a 5,5 milhões de anos atrás 2,2 milhões de anos atrás 1,5 milhões de anos atrás 200 mil anos atrás 100 mil anos atrás Habitat África África África e Europa Europa, Ásia e Oceania Todos os continentes Volume do crânio 300 a 350 cm³ 650 cm³ 1000 cm³ 1500 a 1600 cm³ 1500 cm³ Modo de vida e alimentação Frutas, folhas, gramíneas e outras vegetações rasteiras. Alimentava-se de vegetais e carne obtida por meio da caça. Utensílios de pedra lascada e armas para a caça e a coleta Utensílios de pedra, madeira ossos e armas para a caça. Praticava a caça e a coleta. Construíam diversos instrumentos complexos para a caça, a coleta, a pesca, agricultura e o pastoreio.
  8. 8. Os períodos da pré-história Pedra trabalhada de um lado Uso do fogo 2,2 milhões de anos 1,5 milhão de anos Homo habilis Homo erectus PALEOLÍTICO
  9. 9. Arpão de osso NEOLÍTICO 200 mil anos 100 mil anos 10 mil a.C. 8 mil a.C. 6 mil a.C. 3 mil a.C. Surgimento da escrita Homo neanderthalensis Homo sapiens Vaso de cerâmica Estatueta de cerâmica da deusa da fertilidade Os períodos da pré-história
  10. 10. Pintura rupestre na caverna de Lascaux, França, cerca de 15 mil anos a.C.
  11. 11. Vênus de Willendorf -15 mil anos a.C.
  12. 12. Por volta de 10.000 a.C. ocorreu uma grande mudança climática e os animais de grande porte desapareceram. Os seres humanos tiveram de se adaptar a nova realidade. Tudo indica que teriam sido as mulheres as inventoras da agricultura. Há evidências de cultivo de cereais no Oriente Médio, por volta de 10.000 a.C. Paralelamente os seres humanos iniciaram:  A domesticação dos animais;  A sedentarização;  A produção de novos instrumentos de trabalho;  A cerâmica.  O crescimento populacional = surgimento das primeiras aldeias (vida comunitária). Agricultura, uma descoberta revolucionária
  13. 13. Trabalhando os metais Os seres humanos descobriram a metalurgia. Inicialmente trabalharam com o cobre – faziam utensílios e enfeites. Devido a necessidade aprenderam a fundir os metais: estanho, cobre e ferro. O cobre + estanho = bronze (metal mais resistente).  Aprenderam a forjar o ferro (resistência ainda maior).  Aperfeiçoaram suas armas e ferramentas;  Inventaram a roda mais ou menos em 3000 a.C. e fizeram os primeiros carros de boi.
  14. 14. Para atender a realidade da população que crescia os humanos inventaram novas tecnologias e técnicas de trabalho e assim passaram a produzir mais alimentos. Com uma produção de excedentes passaram a se dedicar a outros tipos de trabalho, surgindo a divisão e especialização do trabalho. Da aldeia à cidade As pessoas passaram a trocar aquilo que faziam por aquilo que necessitavam, e assim surgiu o comércio. Com o tempo as trocas deixaram de serem feitas pelos produtores e passaram a ser feitas pelos comerciantes. O comércio
  15. 15. O processo de centralização do poder Com o crescimento populacional os chefes passaram a disputar as melhores terras. O vencedor passou a ter um poder maior (autoridade), até um dia tornar-se rei. Isso é chamado de processo de formação do Estado. Algumas aldeias neolíticas tornaram-se cidades com as seguintes características:  Maior divisão do trabalho (especialização);  Comércio feito com regularidade;  Centralização do poder. As primeiras cidades surgiram próximas aos grandes rios: Tigre, Eufrates, Nilo, Indo, Azul e Amarelo, devido à necessidade de transporte, abastecimento e água para a agricultura.
  16. 16. Trajetórias do Homo Sapiens Analisando o material genético de pessoas de diferentes partes do mundo, os estudiosos concluíram que os primeiros seres humanos surgiram na África, e do continente africano, em um processo que durou dezenas de milhares de anos, povoaram a Europa, a Ásia e posteriormente a América. O caminho que o homem percorreu da África até a América continua provocando debates. Há 3 hipóteses:  Atravessaram o Estreito de Behring, entre a Sibéria (Rússia) e o Alasca (Estados Unidos).  Atravessaram o Oceano Pacífico navegando de ilha em ilha.  A outra hipótese admite que as duas primeiras estejam corretas.
  17. 17. Vestígios da presença humana na América Vestígios encontrados em Clovis (EUA) com cerca de 11 mil anos, foram considerados por muito tempo, os mais antigos da América. Eles originaram a Teoria Clovis, que os humanos teriam entrado na América há 11 500 anos. Mas nas últimas décadas foram descobertos sítios arqueológicos ainda mais antigos. A pré-história brasileira: descobertas recentes Em 1999, Walter Neves descobriu o mais antigo fóssil humano conhecido até então na América: um crânio que pertenceu a uma jovem que viveu há cerca de 11 mil anos. Os arqueólogos o batizaram de Luzia. O fóssil aponta semelhanças com os povos nativos da África e Austrália. Com isso, defendem que a América foi povoada por populações distintas.
  18. 18. A pré-história brasileira: descobertas recentes Crânio de Luzia e possível reconstituição de seu rosto
  19. 19.  O Parque Nacional da Serra da Capivara, no Piauí, com mais de 250 sítios arqueológicos (entre eles, o Boqueirão da Pedra Furada), com cerca de 20 mil anos, e contendo achados com 30 mil pinturas rupestres;  Estudos recentes da arqueóloga francesa, Niède Guidon, mostram restos de fogueiras encontrados nos sítios arqueológicos com mais de 50 mil anos. Pintura Rupestre - Sítio Arqueológico em Santana do Riacho-MG. A pré-história brasileira: descobertas recentes
  20. 20. Boqueirão da Pedra Furada, localizado no Parque Nacional da Serra da Capivara, em São Raimundo Nonato-PI.
  21. 21. Bibliografia: História Sociedade & Cidadania Alfredo Boulos Júnior – 1º Ano Editora FTD - 2015

×