Nota da EditoraA oitava edição de Cartas paraMadame Austen acaba de serpublicada! Espero que gostem!Madame AustenMAIO/2013...
A oitava edição traz duas personagens bas-tante diferentes!Enquanto Charlotte Lucas defende o bomsenso, Mary Crawford atir...
Madame Austen,não consigo "me entregar ao amor" e todosmeus relacionamentos anteriores acabara porisso. Não consigo confia...
Depois do meu último desastroso fim derelacionamento, eu me fechei e não namoreimais ninguém. Agora já se passaram uns mes...
Cartas Para Madame AustenEspaço para tirar suas dúvidas, lamentações e Diversão!A coluna semanal “Cartas para Madame Auste...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Cartas para madame austen edição 08 maio de 2013

546 views

Published on

Published in: Entertainment & Humor
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
546
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
264
Actions
Shares
0
Downloads
5
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Cartas para madame austen edição 08 maio de 2013

  1. 1. Nota da EditoraA oitava edição de Cartas paraMadame Austen acaba de serpublicada! Espero que gostem!Madame AustenMAIO/2013 EDIÇÃO 08Cartas Para Madame AustenCartas Para Madame AustenCartas Para Madame AustenCartas Para Madame Austenwww.janeaustenbrasil.com.brHá sempre algo a dizer para consolar uma donzela desesperadaou uma senhora de respeito!
  2. 2. A oitava edição traz duas personagens bas-tante diferentes!Enquanto Charlotte Lucas defende o bomsenso, Mary Crawford atira em todas as di-reções.Espero os comentários de todos vocês noblog da JASBRA.Abraço e até a próxima edição!Madame AustenEDITORIAL
  3. 3. Madame Austen,não consigo "me entregar ao amor" e todosmeus relacionamentos anteriores acabara porisso. Não consigo confiar na pessoa, e por isso,estou começando a desconfiar que vou ficar pratitia. O que faço para conseguir me entregar eter um relacionamento? Georgina Reis***Querida GeorginaParece-me que você está muito assustada, que vocêtem muito medo... o medo é uma emoção, nos fazhumanos, tem lá sua valia para que possamosaprender a nos proteger, mas em demasia, ele nospriva de adentrar os passos seguintes da vida. Medodemais é paralisante, faz com que fiquemos nomesmo lugar, sem construir nada. E você gostaria deviver sua vida assim?Entrementes podemos dar um passo para o lado eacessar nossa capacidade de racionalização. Poisemoções fazem parte de quem nós somos, mas paraser feliz, precisamos também pensar de modo maisprático. Não devemos deixar que as emoções sejamnosso único norte, pois a nossa razão e nossacapacidade de avaliar a realidade deve tambémcontar para nossas tomadas de decisão.Portanto, em primeiro lugar faça um exame deconsciência sobre do que você REALMENTE temmedo, quando fala sobre se entregar. Quais os sinaisque seus parceiros lhe davam que efetivavam essemedo, que lheinspiravam a evitar a entrega?Use algum tempo pensando sobre isso, leia o quevocê escreveu naquela época, pegue os presentesque ganhou dos seus parceiros e pense nosmomentos em que os recebeu, converse com suasamigas sobre como elas percebiam você nessasrelações... Pode ser de grande auxílio fazeranotações sobre essas lembranças.O próximo passo é seguir adiante. Que tipos depensamentos essas lembranças lhe evocavamnaquela época? Refiro-me aos pensamentos quevinham automaticamente e que se relacionavam dealguma forma com esse seu medo da entrega.Que elementos de realidade lhe serviam comojustificativa ou comprovavam a necessidade dessemedo? Pense sobre isso com calma, evite asarmadilhas emocionais nesse momento, ou melhor,procure não deixar que as emoções sozinhascomandem sua reflexão. Deixe esses pensamentosamadurecerem. Converse com seus amigos, senecessário.Acredito, querida Georgina, que esses simplespassos podem em curto ou médio prazo lhe ajudar adesanuviar esse sentimento que você percebe comolhe massacrando... e dar mais chances aos meninosque estiverem ao seu redor...Boa sorte, minha querida!Assinado,Charlotte Lucas Collins (Prudência e bom sensonão fazem mal à ninguém)SE ENTREGAR POR INTEIRO
  4. 4. Depois do meu último desastroso fim derelacionamento, eu me fechei e não namoreimais ninguém. Agora já se passaram uns mesese eu ainda estou "fechada" pararelacionamentos, mas agora eu me vejo cercadade opções (se é que a madame me entende).Tem um da minha sala, outro da minhafaculdade e dois outros do meu trabalho! Estoutão surpresa e desnorteada por ter tantasopções que não sei como agir, escolher ousequer tentar. Estou com medo de demorar praescolher e acabar sem nenhum. Como façopara voltar ao mundo da vida amorosa?Rosalie Sparks***Prezada Rosalie,pelo que vejo você está rodeada de opções!Isso é muito espantoso, visto que por aqui pelasbandas da região de Mansfield Park é tudomuito atrasado e sem grandes novidades...Fiquei tentada a lhe perguntar onde você mora,quem sabe eu possa ir te fazer uma visita?As minhas opções são bem reduzidas... Queriao herdeiro de um baronete, mas acabei meinteressando pelo segundo filho, que não temdireito à herançada família e a única que almeja na vida é serpastor! Pode isso?Eu, sinceramente, espero convencê-lo que essavida de pastor não é algo que pensei para mim.Enquanto não tomo uma decisão acertada,acabo jogando sorrisos e olhares para osdemais que me rodeiam. Quem sabe nãoconquisto um bom partido?Voltando ao seu caso, acredito que com tantasopções à sua frente, você seria muito boba se nãosoubesse escolher direito! Acho que você devejogar um certo charme para todos e ver no quedá. Fique atenta para não dar atenção emdemasia para umrapaz, em detrimento dos outros. Isso poderiaarruinar seus planos. Tente conhecer melhor qualé a posição social das famílias envolvidas e penseno que for melhor para você, combinado?Eu sei que meus conselhos podem ser um tantoavançados para o meu tempo ou interesseiros.Mas o fato é que devemos nos prevenir para umfuturo mais seguro. De nada adianta se casar poramor e sofrer as consequências da falta dedinheiro.Acredito que você deve ficar atenta para o tempo,não demore muito a se decidir, pois os rapazespodem se cansar ou até mesmo perceber quevocê está fazendo uma espécie de seleção. Sejasempre vaga em suas colocações e se precisarinvente desculpas para faltar à um encontro, casovocê já tenha compromisso com outro rapaz. Nãová fazer como eu: fui sincera demais comEdmund Bertrand e isso arruinou meus planos. Orapaz acabou se afastando de mim e não tenhomais certeza sobre um futuro juntas.Assinado,Mary Crawford (Meu lema é: aproveite a vidae não deixe se levar apenas pelos sentimentos)MUITAS OPÇÕES, NENHUMA DECISÃO
  5. 5. Cartas Para Madame AustenEspaço para tirar suas dúvidas, lamentações e Diversão!A coluna semanal “Cartas para Madame Austen” tem o prazer de ler suasdúvidas e responder com o maior carinho possível! Sejam todos bem vindos!Por trás de toda essa brincadeira estão: Lady Eliza, Lady Sophie e Lady Emily.Envie suas perguntas paraMadame AustenVisite o blog e veja como participar:WWW.JANEAUSTENBRASILCOM.BRou envie um e-mail para:adriana@jasbra.com.brEste obra foi licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Brasil..

×