Fotos de óbàtálá

5,108 views

Published on

  • Be the first to comment

Fotos de óbàtálá

  1. 1. Obàtálá Àse Dímòlòkò
  2. 2. Orin Eléda ni Cantiga para o criador A na wúre Eléda wa.  Nós agora rogamos as bênçãos do nosso Criador. A na wúre Eléda wa.  Nós agora rogamos as Awa adúpé wúre ti osù- bênçãos do nosso Criador. m’osù.  Nós agradecemos as bênçãos Awa adúpé wúre ti odún- de mês após mês. m’odún.  Nós agradecemos as bênçãos de ano após ano. Awa adúpé wúre ti ibà  Nós agradecemos as bênçãos gbogbo. e saudamos a todos. A na wúre Eléda wa.  Nós agora rogamos as bênçãos do nosso Criador.
  3. 3. Orin(s) (Cânticos Antigos) As Orin(s) que apresentamos aqui são do Candomblé de Kétu. A palavra Kétu, nos dicionários, tem o significado de: “Uma importante cidade surgida no antigo território yorùbá. Com posterior demarcação de fronteiras ficou situada no antigo país do Dahomé, atual Benin. O soberano é denominado Alákétu. No Brasil, passou a definir uma das modalidades de Candomblé oriunda do povo yorùbá”. Mas, o significado da palavra Kétu O filho de Òrísàlá tem uma como expressão idiomática é:personalidade forte e moral ímpar. COISA NOSSA – COISA DE NOSSA GENTE –Bàbá Efun-t’Olà é um exemplo vivo NOSSA CULTURA, NOSSOS COSTUMES. dessas qualidades.
  4. 4. Orin (1) Olóòrísà canta: Òrísà rewà mora bàbá e e. Mora bàbá nilé wa o. Mora bàbá èèpà e! Orixá bonito e sensato é o pai. Acurado pai de nossa casa é Ele. Cuidadoso pai, saudações! Egbé responde: Òrísà rewà mora bàbá e e. Mora bàbá nilé wa o. Mora bàbá èèpà e! Orixá bonito e sensato é o pai. Acurado pai de nossa casa é Ele. Cuidadoso pai, saudações!Obàtálá, a mais perfeita Observação: manifestação de vida e A cantiga propõe morte. respeito,consideração e sensatez perante a Òrísàlá.
  5. 5. Orin (2) Olóòrísà canta: A wa bàbá kí nilé wa wò. A wa bàbá èèpà e! Ao nosso pai declinem seus Títulos, Ele se move em direção a nossa casa, vejam. Ao nosso pai, saudações! Egbé responde: Òrísà e rewà, a wa bàbá èèpà e! Orixá vós sóis lindo, ao nosso pai, saudações! Observação: A cantiga propõe imaginar ou visualizar Òrísàlá vindo em nossa direção. Isto exige compenetração, determinaçãoObà-séséfun
  6. 6. Orin (3) Olóòrísà canta: Aso funfun awa bí alà funfun ti Òrísàlá. Paramentados de branco (placenta) nós nascemos possuindo o branco de Orixalá. Egbé responde:Obàlùfòn Òsógiyán Obàtálá(Efun-Bolàdé) (Òsó-Orí-Olà) (Efun-t’Olà) Alààyé, Àjàlá o, alà funfun ti Òrísàlá. Os viventes, Ajalá, possuem o branco de Orixálá. Observação: A cantiga lembra a importância da placenta que seria a parte ruim dos nascimentos, mas sem a qual o filhote não nasceria.
  7. 7. Senhor do Ar da Atmosfera – Obàtálá Orin (4)  Olóòrísà canta:  Òwú silè ìgbìn to ró-ró.  O algodão foi plantado na terra, basta chover para brotar.  Egbé responde:  Bàbá a fe abà kí e mó a wò o.  Pai, nós o desejamos no celeiro, vós por algum tempo, cuide dele.  Observação:  Esta Orin lembra que Òrísàlá na qualidade de Òrísà-Oko – Orixá da Fazenda -, pode proporcionar boas colheitas por ser uma divindade relacionada a fertilidade da terra; lembra, também, que o algodão lhe pertence.
  8. 8. Orin (5) Olóòrísà canta: Ègbo bàbá ègbo nje awa Gbà ègbo bàbá ègbo nje awa. Milho branco pai, milho branco, coma-o conosco. Aceite o milho branco pai, milho branco, coma-o conosco. Egbé responde: Òrísà Sá Alààbò Orí o, gbà ègbo, bàbá ègbo nje awa. Orixá Velho Guardião da Cabeça, aceite o milho branco pai, milho branco, coma-o conosco. Observação: Esta Orin confirma que o milho branco pode ser oferecido a Òrísàlá. Significa dizer que na África também, costumes foram adaptados, pois o milho é orinal dos Estados Unidos da Amarica.
  9. 9. Orin (6) Olóòrísà canta: Èlè oun bàbá bèré kí o, èèmó awo. Cuidado com o pai, ajoelhados cumprimentem o esplendor dos mistérios. Egbé responde: Èlè oun bàbá bèré kí o, èèmó awo. Cuidado com o pai, ajoelhados cumprimentem o esplendor dos mistérios. Observação: Esta Orin confirma que Òrísàlá conhece os segredos da Vida. Que Ele é o Pai da Humanidade, o Esplendor da Existência.
  10. 10. Orin (7) Olóòrísà canta: Awa dé o mò ti bí o. Awa dé o mò ti bí bàbá. Nós chegamos sabendo que nascemos d’Ele. Nós chegamos sabendo que nascemos do pai. Egbé responde: Bàbá o, awa dé o mòdí bí bàbá. Oh pai, nós o abordamos para agradecer a origem dos nascimentos, pai. Observação: Esta Orin nos alerta sobre a consciência que devemos ter sobre a origem dos nascimentos. Ou seja, a Vida é gerada longe da Terra.
  11. 11. Orin (8) Olóòrísà canta: Mèro yin, mèro yin bàbá, enyin mò awo. O precavido o enaltece, o precavido estima o pai, vocês sabem o segredo. Egbé responde: Mèro yin, mèro yin bàbá, enyin mò awo. O precavido o enaltece, o precavido estima o pai, vocês sabem o segredo. Observação: Esta Orin lembra que, aquele que conhece Òrísàlá não se atreveria em cometer enganos diante dele.
  12. 12. Orin (9) Olóòrísà canta: Awa dé o mòdí bí o. Awa dé o móju re Lé. Nós o abordamos para agradecer a origem dos nascimentos. Nós viemos apreciar o seu Poder. Egbé responde: Bàbá kí bà Àse! Awa dé o móju re Lé. Pai proclamar as suas qualidades é Lei! Nós viemos apreciar o seu Poder. Observação: Esta Orin nos lembra que, agradecer pela vida que temos é Lei!
  13. 13. Orin (10) Olóòrísà canta: Olórun wa kí bà Àse o! Senhor do Céu, nós, o saudar ajoelhados, é Lei! Egbé responde: Bàbá, Oní. Olórun wa kí bà Àse o. Pai, Senhor. Senhor do Céu, nós, o saudar ajoelhados, é Lei! Observação: Esta Orin nos lembra que ficar ajoelhado diante do Sagrado é uma Lei e deve ser cumprida por todos os Iniciados.
  14. 14. Bàbá Efun-t’Olà e Bàbá Bonitão. Dentro da maior simplicidade o ritual flui comcompostura, honra, purifica ção e compreensão do Sagrado. A única coisa que me incomoda é a minhabeleza, pois causa inveja e sofrimentos aos meus inimigos. Por isto, em minha próxima encarnação vou pedir a Òrísàlá para eu nascer feio como o Fábio Jr. Cansei de ser Belo.
  15. 15. Oríkì ti Òrísàlá Tradução (Saudações às origens de Saúdo o primeiro Ser Criado. Orixalá)   Saúdo o Criador.  Saúdo a Minha Mãe-Òsòròngà. Ìbà Àkódá.  Saúdo o abutre. Ìbà Àsédá.  Saúdo a Orixálá, Oxôguiã, Oxalufan, Obatalá e Orixá-okô, meu Orixá. Ìbà Ìyámi-Òsòròngà.  Eu não sou filho de outro, exceto de Ìbà akalamagbo. Orixalá. Ìbà Òrísàlá, Òsógiyán, Òsàlúfòn, Obàtálá  Meu Pai, eu vos chamo! àti Òrísà-Oko, Òrísà mi.  Eu vos chamo para apaziguar a Terra! Èmi komo èlómiròn àfi Òrísàlá.  Para que a moradia no Mundo seja forte! Bábá mi, mo pè o!  Para que a moradia no Mundo seja boa e Mo pè e èro ilè. agradável. Kí Ilé Àiyé ó ní lègbára!  Para que a moradia no Mundo seja boa durante o sono das pessoas. Kí ilé Àiyé ní dára tútù.  Meu Pai, Pai Orixá. Kí ilé Àiyé ní dára ó sùn òwó.  Eu o chamo para acalmar a Terra; que nós Bàbá mi,Bàbá Òrísà. jamais sejamos executados sobre Ela, Senhor Mo pè èro Ilè ki a máà bé abe ni bére das solas dos pés. Olú Àtélèsè.  Guie-nos às benesses da prosperidade. A gbénòn dídun là.  Que o orobô seja prazeroso à riqueza. Ki orógbo dídun lá.  Que o obi seja prazeroso à opulência. Ki obì dídun là.  Abençoe-nos, meu Pai Orixá.  Eu vos chamo! Que vos venhais conosco semear A gbè Bàbá mi Òrísà. o Mundo. Mo pè e! Ki e wa báàwa tu ilé Àiyé.  Venha fazer com que todos os habitantes do Wá sé ki ilé àiyé wá lè dára oko mi Mundo saibam como fazer prósperas as Òrísà. fazendas, meu Orixá. Òrísàlá sé yo, mo pè.  Orixalá, faça brotar e crescer, eu solicito. Àse!  Assim seja!
  16. 16. Ìgbín – Caracol(Símbolo de serenidade e resiliência)
  17. 17. Ofò = palavra ou encantamento Tradução que dá alívio a dor.  Calma, calma, receba o caracol Orixá!  Calma, a calma do caracol  Para fulano... Filho de ... Èro, erò gba ti ìgbín Òrísà!  Que ele/a tenha calma. Èro, èro, èro ni tí ìgbín.  Calma como o frescor do anoitecer. Kí aráàyé (nome), omo ni (nome da mãe).  Senhor da água fresca, fresca como o anoitecer. Kí ó tútù ní ó!  Dê-lhe a calma, a calma do anoitecer. Tútù ní tútù láláàlé.  Que este habitante do mundo não sofra Oló omi tútù, tútù láláàlé. castigos. Óun tútù, tútù láláàlé.  Faça-o calmo(a) como calma é a cabana do agricultor. Kí yìí kínkín aráàyé (nome) máà òhun.  Que as pessoas que habitam esta casa, os Tútù, tútù bí l’abà! habitantes do Mundo e (fulano(a), não sofram castigos. Máà te lori ilé ará mi.  Dê-lhe a calma, a calma e a tranquilidade Gbèté, gbèté ni won aralé èro ìgbín. do caracol em sua jornada. Ìgbín ki ilé ayé re.  Afaste a vergonha e a desonra de sobre a minha casa e de minha família. Kí ó dára, ki ilé ayé re sunwon.  Espalhe, espalhe em todos os familiares a Èro gbèté, gbèté títí ìgbín. calma do caracol.  O caracol tem boa casa no mundo.  Que para (fulano(a) também seja boa a sua  estada no mundo enquanto viver. Àse!  Calma distribuída, distribuída pelo caracol.  Assim será! 
  18. 18. Animais de sacrifícios: Ewúre funfun Eiyelé funfun (Pombo branco) (Cabra branca)Òrísàlá aceita o sangue vermelho ou preto? Não! Considera-se as característicasgenéticas do animal, e ponto! Ou seja, cabra branca, sangue branco.O resto é coisa de antropólogo que gosta de esclarecer esses assuntos sem entenderdeles.
  19. 19. Àkúko funfun Etú funfun (Galo branco) (Galinha D’Angola branca)A expressão: “Nós nascemos da emplumada galinha d’Angola refere-se a Iniciação”.
  20. 20. Ejá aro Isu-ode (peixe bagre) (inhame selvagem) O peixe bagre é usado em vários rituais... É um símbolo de resistência e deantiguidade. Quanto ao inhame, este mereceu ser festejado pelos Òrísà(s) no dia que Elesconseguiram torná-lo branco. É o símbolo da boa colheita.

×